Resenha - Um Dorama Para Chamar de Meu



Título: Um Dorama Para Chamar de Meu
Autora: Marina Carvalho
N° de páginas: 320
Cortesia: Astral Cultural
Skoob
Onde comprar: Amazon

Marina Pena orgulha-se de seu trabalho como assessora de comunicação, e não é qualquer pancada da vida que a derruba, afinal, ela é uma mulher forte, independente e, além de tudo, lutadora de boxe. Nem mesmo a nova missão à que foi designada é capaz de fazê-la ser nocauteada: assessorar Joaquim Matos - ou Yoo Hwa-In -, fotógrafo sul-coreano, autor de coletâneas de fotografias, durante a turnê de seu último lançamento, Retratos.
Em uma história cheia de romance, reviravoltas emocionantes e cenas dignas de novelas orientais, nasce um forte vínculo entre o artista e a assessora, que precisarão não apenas aprender a lidar com as diferenças culturais como também com uma ameaça vinda diretamente do passado do fotógrafo, lá da Coréia do Sul.
A vida e as tradições de Marina e Joaquim nunca mais serão as mesmas.


Mariana e Joaquim se estranham logo no primeiro dia em que começam a trabalhar juntos. O chefe dela a designa para assessorar o famoso e aclamado fotógrafo sul-coreano, Joaquim Matos, autor de uma das coletâneas de fotografias mais em alta da atualidade.

Os dois vivem batendo de frente o tempo todo e é nesse clima nada amistoso que eles viajam rumo a turnê de entrevistas e noites de autógrafos em várias cidades do Brasil. Tanto Mariana como Joaquim residem em São Paulo. Ela é mineira e ele sempre morou na terra da garoa com a família, que mudou há muitos anos de sua cidade natal na Coréia do Sul para o Brasil.

Mariana é descolada e bastante animada. Em suas horas vagas ela adora treinar os golpes de boxe que aprendeu com seu pai, Ernesto Pena, um homem enorme que coloca medo em qualquer um. Mariana sempre foi a queridinha do pai e sendo a terceira filha e também a caçula sempre acompanhou o pai na academia, demonstrando que seria ela a dividir com ele o gosto pela luta. Além do boxe Mariana  gosta de sair a noite para encontrar seu grupo de amigas, que inclui além dela mesma, sua irmã e duas amigas. Nessa noites para lá de animada ela se depara com um grupo de quatro homens asiáticos,  embora não faça a mínima ideia de qual parte da Ásia eles sejam. Seu olhar recai sobre um deles em especial. O homem é lindo e capta logo sua atenção.

"Chinês? Japonês? - Elas morreram de rir. No dia seguinte, porém, com o organismo livre do álcool, acabariam se lamentando pelas palhaçadas, mas não naquele momento, quando tudo parecia hilário e divertido."

Joaquim sempre foi um filho obediente e  que sempre seguiu os costumes de seu povo e, quando adulto, decide seguir seu coração e se tornar fotógrafo.  É de se imaginar que sua decisão não agradou nem um pouco aos seus pais, no entanto Joaquim é extremamente feliz com a escolha que fez e é assim que o seu destino esbarra novamente com o de Mariana. Entre um compromisso e outro Mariana encontra tempo de assistir a episódios de Dorama em seu celular e se vê fascinada por esse universo.

"Faz um tempão que estou concentrada no episódio, admirada com o tanto que o trem é bom. E o ator protagonista é tão... Uau! Dou uma pausa só para anotar o nome dele - algo que requer uma cópia letra por letra. Quero pesquisar sobre ele depois."

Entre um evento e outro e com intervalos de episódios de Dorama, no meio algo vai nascendo entre Mariana e Joaquim, mas de seu passado um perigo surge com força total ameaçando qualquer chance de um final feliz entre eles. E como se não bastasse todo o drama Mariana ainda tem que lidar com as tradições de família e as diferenças culturais que ameaçam separá-la de seu amor coreano.


[- Minhas impressões -]

Um Dorama Para Chamar de Meu foi uma verdadeira surpresa para mim. Com uma pegada ágil, divertida e engraçada a história conquistou minha atenção e me fez dar muitas risadas com a personagem da Mariana. Ela é muito divertida e tem um jeito de falar tão espontâneo que me divertiu pra caramba durante a leitura. Joaquim é um verdadeiro gentleman, e o jeito como ele trata Mariana derreteu meu coração em vários momentos. Seu personagem é muito fofo e carismático e eu gostei muito do jeitinho dele.

Eu adorei a abordagem da autora que inseriu na história um personagem principal autor de livros e também os eventos relacionados a esse mundo dos sonhos. Foi com certeza um enorme prazer  me aprofundar mais nesse mundo que eu amo de montão, então com certeza eu curti muito tudo o que li a respeito. O grupo de amigas da Mariana foi outro ponto forte do livro, pois elas animaram para valer a história e me alegraram à beça com o modo de ser de cada uma. Todas foram muito parceiras e sempre ajudavam em tudo o que podiam.

O momento de maior tensão foi realmente quando surgiu a tal ameaça vinda do passado de Joaquim e eu sofri com ele e por ele, mas a autora conduziu muito bem a história, o que fez com que tudo ficasse bastante emocionante e cheio de tensão. Esse momento específico da história mostrou que a autora Marina Carvalho soube muito bem misturar momentos de puro romance com adrenalina, perigo e aventura, o que contribuiu de forma positiva para que a história se desenvolvesse com bastante fluidez e desenvoltura. Isso foi maravilhoso porque eu li numa rapidez e numa empolgação de dar gosto.

A história foi crescendo a medida que os perigos foram surgindo o que deixou a trama ainda mais interessante e dinâmica, pois impediu que viesse a se tornar entediante o que, diga-se de passagem não aconteceu.

Quanto a diagramação do livro, confesso que eu achei uma fofura extrema, além de ter achado mega romântica e muito bela. O título também achei que foi de uma criatividade impar, pois foi o que contribuiu para que meu interesse aumentasse para fazer essa leitura.

Essa é a primeira vez que leio algo da autora e me vi completamente surpreendida por uma história original, criativa e com uma  história de amor que eu acredito que vá agradar a muitos corações românticos iguais ao meu e é claro que vai agradar em cheio todos os corações dorameiros que porventura estiverem por aqui.

A história é leve e descontraída, mas ao mesmo tempo ela nos mostra que não há barreiras que não possam ser vencidas pelo amor quando este é de verdade. Por isso, para quem gosta de um Romance fofo e cheio de surpresas, eu super recomendo esse livro!



Categorias:

Nenhum comentário:

Postar um comentário