Slider

Olá!
O blog I LOVE MY BOOKS foi criado no dia 06 de fevereiro de 2013 e desde então vem tendo postagens constantes. É um blog feito para trazer todas as novidades sobre o mundo Literário. Sob a Administração de Silvana Sartori - Criadora do Blog, conta com total ajuda de colaboradores que trabalham juntos para fazer desse hobby um trabalho de qualidade! Sejam todos bem vindos e aproveitem para compartilhar essa paixão pela leitura junto com a gente! SAIBA MAIS
ACABOU DE SAIR:

20 setembro 2021

Resenha - O CONTRATO



"Felizmente eu tive a decência de usar um número confidencial (daqueles que não aparecem o número para quem recebe a chamada) e desliguei depois de ouvir a voz grave e filhadaputamente sexy do Zaad. Sim, eu acabei de inventar um adjetivo que não existe, mas o Zaad é o tipo de homem que merece palavras novas para descrevê-lo."



Como falar desse hino que a Natasche escreveu, não é mesmo? O Contrato foi uma grata - e deliciosa - surpresa pra mim. Primeiramente, devo ressaltar que o livro não é indicado para menores de 18 anos, por conter conteúdo sexual gráfico, linguajar impróprio e pode desencadear gatilhos para portadores de síndrome de personalidade limítrofe por abordar a questão. E achei incrível que a autora colocou uma nota logo no começo do livro pra ninguém ler algo que se sinta desconfortável.

Agora sim, podemos começar. Foi meu primeiro contato com a escrita da Natasche, e não poderia ser melhor! É uma narrativa fluida, engraçada, divertida, e INTENSA; cada detalhe é esmiuçado sem se tornar maçante ou prolixo. E já vou falar pras assanhadas que nem eu que o livro entrega TUDO e mais um pouco, meninas! Os hots são MUITO bem escritos, e as cenas são quentíssimas, e muito românticas também. Cada página eu dava um suspiro ou tinha um surto diferente.

O Contrato é narrado em primeira pessoa, pelo Zaad e a Melissa. A Mel é uma das sócias de uma agência que ajuda empresas de médio a grande portes a saírem da falência, comprando uma porcentagem delas. E numa negociação com um árabe chamado Lucca, ela acaba se vendo numa situação horrível, onde ele, ao constatar que ela não é só intérprete e f#d#na, tenta estuprá-la depois da reunião, deixando-a em uma situação extremamente vulnerável. Essa cena não é explícita, mas pode desencadear algum tipo de gatilho também.

"Dinheiro e poder constroem mais monstros do que doenças mentais. O Homem de Ferro é um unicórnio. Uma ideia utópica e fofa porque o normal é ser gênio, bilionário, playboy e filho da puta. Filantropo só nos quadrinhos e filmes da Marvel."


E a Mel só consegue sair daquela situação porque o Zaad, nosso árabe lindo e maravilhoso, intervém e ameaça Lucca a tomar conta da parte das Arábias que este administra. É um pouco depois daí que descobrimos que, na verdade, o Zaad é podre de rico, e é cotado para o sultanato de Omã, sua cidade natal. Basicamente, o cara é um príncipe gato, gostoso, cavalheiro e muito sexy. E interesseiro também! Depois de "salvar" Melissa de todo b.o, ele propõe a ela um casamento de conveniência, e os motivos são: 1. ela não pode mais sair da França sozinha/sem proteção (ou de qualquer outro lugar) sem ser perseguida pelos capangas de Lucca; e 2. Zaad precisa de uma esposa por 1 ano para poder viver a própria vida, fora do sultanato. Se vendo sem opções, Melissa aceita a proposta, morrendo de medo de morrer, mas também morrendo de tesão pelo homem!


A fala mansa e suave me deixa menos tensa. Assinto. O que mais eu poderia fazer naquele momento? Tudo o que eu precisava era sair dali. Esfrego o rosto com as duas mãos. Talvez fosse um pesadelo muito real, mas depois de me beliscar ainda estou sentada na poltrona espaçosa do jatinho ao lado de um árabe muito gostoso. E a porra do piloto já começou a taxiar.


De verdade, não sei nem como começar a falar sobre o quanto eu AMEI esse livro. Li em uns 3 dias (ele tem quase 600 páginas no kindle, um calhamacinho!), e simplesmente adorei a composição, e o quanto eu fiquei rendida por esses personagens. Por abordar a cultura árabe de forma bem responsável, a Natasche criou um ambiente muito propício pro romance entre uma ocidental e um oriental, e é palpável o preconceito da Mel no começo da narrativa, porque ela não sabe absolutamente nada da cultura do Zaad. Ao longo da história, somos imersos em Omã, e vemos que é um país incrível, apesar dos problemas (como qualquer outro). 


E o romance né, minha gente!!! O que foi isso? Zaad é um cara quentíssimo, e Melissa é totalmente desbocada e atirada! Eu me identifiquei MUITO com ela, porque é uma mulher bem resolvida com a carreira, e não precisa de homem nenhum pra dizer a ela o quanto é maravilhosa, gata e gostosa. A construção deles foi diferente do usual, e o Zaad é o cachorrinho da Mel (o que eu amei, né?)


"Qualquer ordem que essa mulher me desse eu cumpriria de olhos fechados, mas parece que ela ainda não entendeu. Melissa desliza a sua língua para dentro tão devagar e suave que eu perco a noção da realidade."


A narrativa do Zaad foi minha favorita, de longe! Ele é detalhista, vigoroso e faria de tudo pela Melissa. Ama como se não houvesse amanhã, e protege quem ama com sua vida. Zaad é um personagem masculino frágil, delicado, que precisa ser cuidado; é totalmente diferente do que achei quando peguei a sinopse, sinceramente. Estava esperando um badboy, e ganhei um FOFO, o que foi melhor ainda. O relacionamento é feito de forma gradual, e eles primeiro de tudo se tornam amigos, o que eu considero o mais importante.

É muito importante ressaltar também aqui na resenha que o livro não parece, mas tem situações MUITO pesadas acerca de família, relacionamentos e abandono. Ele é incrível justamente por isso: aborda de forma RESPONSÁVEL assuntos que devem, sim, serem falados em romances contemporâneo. Isso deu muita credibilidade aos personagens, os deixou mais críveis. É uma ficção - muito bem escrita -, mas poderia ser real, por tratar de temas pesados a partir de situações vividas pelo Zaad e pela Mel. Eles são um casal maravilhoso, mas tem problemas e defeitos, como qualquer outro. Os personagens secundários também foram PERFEITOS pra mim, e eu to doida pelo spin off do Malik, que a autora já falou que vai rolar!! 



"Você fala em relação saudável, mas isso deve ser construído pelas duas partes. Não pense que vai encontrar um homem que te respeite, te ame e que fará tudo por você sem que exista alguns defeitos no pacote. Tudo tem um preço, Melissa. Resta saber se você está disposta a ser tão saudável para o Zaad quanto quer que ele seja para você."


O único ponto que me deixou um pouquinho chateada foi uma situação de competição feminina entre a Mel e uma outra mulher, e isso não achei tão legal.  A Mel é uma pessoa difícil de lidar, então algumas falas dela também me deixaram encucada. O livro não perde a magia, mas amargou um pouco. Não sei se precisava, mas de qualquer maneira está lá, e isso não tira o valor da história, só me incomodou mesmo, porque não curto esse tipo de abordagem.

Enfim pessoal, espero muito que tenham gostado dessa resenha! Super agradeço à Natasche pela parceria com a gente do blog, e por ter escrito esse livro maravilhoso! Leiam, pois ele está disponível no Kindle Unlimited, e vale muito a pena!!









 

Livro: O Contrato
Cortesia: Natasche Costa (Autora Parceira)
Número de páginas:  578

Um contrato de casamento. Essa era a proposta mais absurda que Melissa já tinha ouvido em toda a sua vida. O árabe sexy, de olhos pequenos e castanhos, mantinha um sorriso no rosto enquanto a lembrava de que salvara a sua vida duas vezes.
Melissa estava em dívida.
Pior, o desgraçado que tentou estuprá-la era um magnata do petróleo e sozinha ela não teria poder para mantê-lo longe por muito tempo. Ela precisava da ajuda que Zaad estava oferecendo, afinal, ele era um dos filhos do Sultão de Omã.
Nada seria real. Era apenas um casamento de aparências e depois de um ano ela estaria livre e com dez milhões de reais em sua conta bancária. Haveriam alguns inconvenientes sim, mas nada que ela não pudesse contornar. O problema maior seria não se apaixonar por esse árabe gentil, elegante e sensual que está disposto a fazer tudo por ela.
Mas será que a aparição desse árabe no lugar certo e na hora exata foi mera coincidência?





17 setembro 2021

5 motivos para ler - O Contrato


Olá pessoal, tudo bem?
Hoje venho falar 5 motivos para vocês lerem "O Contrato" da Natasche Costa!
Eu simplesmente amei e acho que vocês deveriam também conferir, por isso aproveite para ver esses motivos e corre para garantir o seu livro pra ler!



1. Clichê Casamento Por Conveniência
Esse é um dos meus clichês favoritos em livros, porque nada de bom pode sair de um casamento por conveniência, que não seja o envolvimento do casal. Zaad precisa de uma esposa, e Melissa de proteção; por que não juntar esses dois interesses em um casamento?
Seria incrível se não fosse trágico (e bem sexy). Os dois se envolvem e, putz, você torce muito por eles!


2. Personagens Complexos
Zaad é um cara emotivo, intenso, que ama com todo o coração. Melissa é focada, determinada, e não quer se envolver sem estar segura que isso não vai machucá-la novamente. Zaad tem tantos problemas quanto Melissa quando se trata do psicológico. Os dois estão quebrados e, juntos, conseguem ver a luz no fim do túnel. São dramas complexos, e a construção dos personagens é gradativa; vemos a evolução clara ao longo da história.


3. Cultura Árabe
O livro é quase todo em Omã, e podemos ver um pouco da cultura árabe ao longo do livro; porque se utilizam aquelas roupas, como são os casamentos, como funciona o sultanato, e enfim; a autora fez uma imersão muito boa em relação ao Oriente Médio, desmistificando nossos preconceitos em relação a esses países.


4. Romance Intenso
Como eu chorava, esperneava, gritava com esses dois! Eu AMO quando o livro me dá sensações desse jeito, e O Contrato cumpriu TUDO o que prometeu. As cenas eróticas são deliciosas, as carícias fofinhas são românticas e intensas, e o amor entre eles... é incomensurável. É uma história pra gente se jogar de cabeça.


5. Playlist

Pra fechar, a Nat fez uma playlist INCRÍVEL no Spotify, que deu todo o toque a mais no livro, por nos ambientar perfeitamente nos dramas do casal, no local onde se passa a trama, enfim; tudo compactua, e as músicas são carregadas de sensualidade e intensidade. 


Licença Creative Commons
O site I LOVE MY BOOKS por Silvana Sartori está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Por isso, qualquer contéudo aqui presente como resenhas, fotos e Colunas publicadas são exclusividade. RESPEITE e NÃO COPIE, pois PLÁGIO é CRIME!


Instagram

I Love My Books - Blog Literário . Berenica Designs.