21 setembro 2018

Resenha - A Boa Filha


Título: A Boa Filha
Autora: Karin Slaughter
N° de páginas: 464
Cortesia: Editora HarperCollins
Skoob
Onde comprar: Amazon/Submarino

Quando eram adolescentes, a vida tranquila de Charlotte e Samantha Quinn foi destruída por um terrível ataque em sua casa. Sua mãe foi assassinada. Seu pai - um famoso advogado de defesa de Pikeville, Geórgia - ficou arrasado. E a família foi dividida por anos, para além de qualquer conserto, consumida pelos segredos daquela noite terrível. Vinte e oito anos depois, Charlie seguiu os passos de Rusty, seu pai, e se tornou advogada - mas está determinada a ser diferente dele. Quando outro caso de violência assombra Pikeville, Charlie acaba embarcando em um pesadelo que a obriga a olhar para trás e reviver o passado. Além de ser a primeira testemunha a chegar a cena, o caso também revela as memórias que ela passou tanto tempo tentando esconder. Agora, a verdade chocante sobre o crime que destruiu sua família há quase trinta anos não poderá mais permanecer enterrada e Charlotte precisa se reencontrar com Samantha, não apenas para lidar com crime, mas também com o trauma vivido.

A boa filha é mais uma obra-prima de Karin Slaughter, um enredo sólido, com caracterizações fortes e reviravoltas extraordinárias, um misto de drama e terror que faz arrepiar até os leitores mais corajosos.



Não posso começar a resenha sem antes dizer que "A Boa Filha" está entre os melhores livros que li até agora. Isso não é exagero, muito pelo contrário. E como bem diz a sinopse, é mais uma obra-prima de Karin Slaugther, sem sombra de dúvidas. Dito isso, vamos à resenha. Te prometo que você não vai se arrepender.

19 setembro 2018

DIA DE QUOTE [64] - Por onde andam as pessoas Interessantes?


Olá pessoal, tudo bem?
Sei que faz um tempinho que não venho por aqui colocar uma postagem, mas hoje resolvi trazer alguns quotes de um livro que li e que na verdade não foi um dos MELHORES que li, mais algumas crônicas confesso me agradaram bastante e então marquei algumas frases que me chamaram atenção.



''A gente acaba se prendendo tanto ao que poderia ter acontecido, que arrasta uma culpa imaginária à toa. E se culpar pelo que não pode ser desfeito é um daqueles errinhos bobos que fazem da gente um pouco mais infeliz num mundo em que a vida já não está fácil''
``Um amor nunca é tempo perdido, por pior que ele tenha sido. É experiência, é história escrita. Não importa quanta raiva ou amargura você sinta; não importa se dói muito em você ainda e tudo o que você sente vontade de fazer agora é rebaixá-lo a zero, para tirar a importância dele. Amor nenhum é lixo''
''Essas coisas de amor são meio que sorte combinada com disponibilidade e a pessoa certa. Eu já senti que você era minha pessoa certa, mas tinha um medo danado de perder o meu porto seguro``

18 setembro 2018

Resenha - O Coro dos Defuntos


Título: O Coro dos Defuntos
Autor: António Tavares
Cortesia: Leya
Páginas: 208
Skoob
Onde comprar: Amazon / Saraiva

Com personagens inesquecíveis e um texto extremamente original, O coro dos defuntos, romance de António Tavares, vencedor do Prêmio LeYa 2015 e aplaudido pelo público e pela crítica, é um retrato ímpar da última geração que vive esse momento histórico, do ano de 1968 ao 25 de Abril de 1974.
São tempos de grandes avanços e convulsões, mas, numa pequena aldeia portuguesa, os habitantes preocupam-se, sobretudo, com a falta de chuva, a praga e as colheitas, como a das uvas. E é nessa pequena aldeia que coisas muito estranhas começarão a acontecer: uma velha prostituta é estrangulada, o suposto assassino some dentro de um grande rochedo, uma mocinha casta que coleciona santinhos sofre uma inesperada metamorfose e a parteira, que também é bruxa, sonha com o ditador (Salazar) que cai da cadeira, e ela vê crescer-lhe, como espécie de hematoma, um enorme cravo vermelho dentro da cabeça. E eis que a primeira televisão chega e “as gentes” da aldeia começam a assistir às transformações por que passam o mundo.




17 setembro 2018

Resenha - Não Confie em Ninguém


Título: Não Confie em Ninguém
Autor: Charlie Donlea
Cortesia: Faro Editorial
Páginas: 352
Skoob
Onde Comprar: Saraiva / Amazon

O melhor livro de Charlie Donlea - até agora. O destino de Grace Sebold toma um rumo inesperado durante uma tranquila viagem com o
namorado. O rapaz é assassinado... e ela é condenada pelo crime. Depois de dez anos na prisão, surge a chance de Grace provar sua inocência ao conhecer a cineasta Sidney. Em um documentário que exibe as falhas do processo, a cineasta questiona se a condenação foi fruto de incompetência policial ou se a jovem foi vítima de uma conspiração. Antes do término das filmagens, o clamor popular leva o caso ser reaberto, mas um novo fato provoca uma reviravolta: Sidney recebe uma carta anônima afirmando que ela está sendo enganada pela assassina. A cineasta começa a investigar o passado de Grace e quanto mais se aprofunda na história, mais dúvidas aparecem. No entanto, agora, o que está em jogo não é apenas a repentina fama e carreira, mas sua própria vida.



13 setembro 2018

Luz, Câmera e Ação [57] - Megatubarão


Título: Megatubarão
Data de lançamento: 9 de Agosto de 2018 (Brasil)
Direção: Jon Turteltaub
Elenco: Jason Statham, Ruby Rose, Li Bingbing, Winston Chao, Cliff Curtis, Rainn Wilson e mais
Gênero: Suspense/Ação
Duração: 1h54m
Na fossa mais profunda do Oceano Pacífico, a tripulação de um submarino fica presa dentro do local após ser atacada por uma criatura pré-histórica que se achava estar extinta, um tubarão de mais de 20 metros de comprimento, o Megalodon. Para salvá-los, o oceanógrafo chinês (Winston Chao) contrata Jonas Taylor (Jason Statham), um mergulhador especializado em resgates em águas profundas que já encontrou com a criatura anteriormente.



Eu sou chegada a um bom filme de ação e adrenalina, e quando vi que Megatubarão estava em exibição no cinema próximo à minha casa e não pensei duas vezes em ir assisti-lo. O filme é bem legal, mas confesso que eu pensei que iria gostar muito mais do que gostei.