28 outubro 2020

Resenha - Preciso viver

 


Título:
Preciso viver
Autora Parceira: Adriana Brandão
N° de páginas: 647
Editora: Angel
Skoob
Onde comprar: Editora Angel
A vida... O que falar dela, quando aos dez anos, tem-se a sua metade tirada? E, além disso, ter de presenciar sua mãe entrar em depressão por perder o marido e filha de forma tão cruel? Isso aconteceu com Emily, ela teve que ser forte por sua mãe. Depois de tudo, veio o primeiro amor, e com ele tudo de catastrófico. Ela mudou por causa da dor e da decepção, agora só pensa em terminar a faculdade, seguir carreira e ajudar sua mãe, nada mais.“Ela escolheu deixar de ser a menina da sua vida, para ser a mulher da vida dela. ”

Crescer antes do tempo, amadurecer sem estar pronto ainda. A vida ensinou para Declan da maneira mais difícil. Mas a vida tem dessas coisas! Ele amava e admirava o pai... Só que a pior decepção é aquela que vem de onde menos se espera. Único filho homem e sendo o mais velho, ele teve que tomar a responsabilidade para si e cuidar da mãe e da irmã. Declan se tornou uma pessoa forte.
“A vida me fez assim e aqui estou. ”

Será que conseguirão dar para si a oportunidade de viver um amor em sua prioridade?

26 outubro 2020

Especial - Conhecendo os Autores... Adriana Brandão


Olá Amigos Leitores, tudo bem com vocês?

Espero que sim, porque hoje trouxe mais uma coluna de ''Conhecendo os Autores'' e dessa vez vocês terão a chance de conhecer um pouco das obras já publicadas dessa autora incrível que aborda em seus livros muito Romance e uma mistura de emoções que com certeza irá conquistar o seu coração e te deixar praticamente sem fôlego assim como deixou a colaboradora Kaline que leu um de seus livros. 

Curiosos ? Então embora Conhecer ?




22 outubro 2020

Resenha - Eu Estou Pensando em Acabar com Tudo


Título: Eu Estou Pensando em Acabar com Tudo
Autor: Ian Reid
Cortesia: Editora Rocco
Número de Páginas: 224
Skoob
Onde Comprar: Amazon
No romance de estreia do canadense Iain Reid, Jake conduz o carro em que ele e a namorada, que narra a história, vão à fazenda dos pais do rapaz. Durante a longa viagem por estradas desertas e escuras, a garota, atormentada com a perseguição de um homem misterioso que deixa sempre a mesma mensagem de voz em seu telefone, pensa em encerrar o relacionamento com Jake. Mas talvez seja tarde demais. Reid, que tem dois livros de não ficção elogiados pela crítica e contribui para veículos de prestígio como a revista New Yorker, une, numa narrativa profundamente psicológica, tanto referências de terror clássico, quanto elementos de suspenses menos tradicionais, sustentando a trama para além das limitações inerentes ao gênero. Um thriller curto e denso que esconde, em meio ao medo provocado pela sensação de uma tragédia iminente, alegorias sobre a própria vida ser uma tragédia anunciada.


14 outubro 2020

- Entrevista com a Autora Ariane Fonseca -


Olá Amigos Leitores, tudo certo ? Hoje voltamos com uma ENTREVISTA muito bacana, onde eu, Silvana e a colaboradora Larissa pegamos algumas perguntas tanto sobre a autora e seu trabalho para que vocês possam conhecê-la um pouco mais e quem sabe assim dar uma CHANCE de conhecer suas outras obras já publicadas, mas em especial ''Antes da Última Respiração'' ! 


13 outubro 2020

Dia de Quote - A Vida Mentirosa dos Adultos


Esse livro dividiu opiniões no mundo da leitura, eu mesma não morri de amores por ele, porém tem assuntos pertinentes nele, a linguagem é pode incomodar alguns, a escrita da autora é perfeita, bem fluída e hoje vou trazer alguns trechos que achei interessante durante a leitura. Quem sabe assim você não se anima para ler também.

Crédito da Imagem - Blog Intrínsecos

" Amei muito meu pai, era um homem sempre gentil. Tinha modos finos, de todo coerentes com seu corpo delgado a ponto de as roupas parecerem de um número maior, o que aos meus olhos, dava-lhe um ar de inimitável elegância". 

 

" Eu deveria ter uma vida feliz, mas estava começando um período infeliz, sem jamais vivenciar a alegria de me sentir como eles haviam se sentido e se sentiam".

 

"Talvez naquele momento, tenha se rompido algo em alguma parte do meu corpo, talvez eu devesse situar ali o fim da infância".

 

"Na minha casa, era uma obrigação esconder os sentimentos, mostrá-los parecia falta de educação". 

05 outubro 2020

Resenha - O amor não é óbvio


Título:
O amor não é óbvio
Autora: Elayne Baeta
N°de páginas: 390
Editora: Record
Skoob
Onde comprar: Amazon
Íris tem 17 anos e está viciada na novela Amor em atos. Ela e sua vizinha, Dona Símia, de 68 anos, não perdem um episódio. Na escola, parece que todo mundo só pensa em duas coisas: Na festa de formatura e em perder a virgindade. Só que a vida de Íris está prestes a mudar: Cadu Sena, sua paixão platônica desde a oitava série, está solteiro. Essa é a chance de Íris. Mas antes ela precisa entender o que levou a namorada de Cadu a deixá-lo por uma garota, Édra Norr. Montada em sua bicicleta, Íris vai cruzar São Patrique para descobrir tudo sobre Édra, e não vai demorar para se enredar também nos encantos da garota. A gente sempre acha que sabe por quem vai se apaixonar, mas o amor não é óbvio.

02 outubro 2020

Resenha - Não basta não ser racista


Título: Não basta não ser racista sejamos antirracistas
Autora: Robin DiAngelo
N° de páginas: 191
Cortesia: Faro Editorial
Skoob
Onde comprar: Amazon
EU NÃO SOU RACISTA, MAS...
Negação, silêncio, raiva, medo, culpa... Essas são algumas das reações mais comuns quando se diz a uma pessoa que agiu, geralmente sem intenção, de modo racista.
Ser abertamente racista não é algo socialmente aceitável. Ninguém quer ser visto assim. Mas cada vez que nega o racismo, impedindo que ele seja abordado, que nossos preconceitos sejam discutidos, jogamos tudo de volta para debaixo do tapete.
As reações de negação não servem apenas para silenciar quem sofre o preconceito, também escondem um sentimento que a autora Robin DiAngelo passou a chamar de fragilidade branca.
Apoiada em duas décadas de pesquisa, palestras e também em sala de aula, DiAngelo mostra como esse sistema de autodefesa sustenta a ideia de uma superioridade branca.
Em um experimento, a autora catalogou frases, palavras e sentimentos de voluntários que se veem sem qualquer preconceito e demonstrou que, no fundo, ele estava lá. Sua proposta é que todos comecem a ouvir melhor, estabeleçam conversas mais honestas e reajam a críticas com educação e tentando se colocar no lugar do outro.



Instagram

I Love My Books - Blog Literário . Berenica Designs.