Resenha - Além do Azul

15 dezembro 2021



Henrico Davi sentia que não pertencia ali, sempre fazendo seus amigos e parentes tomarem mil cuidados por sua conta, ele sente que é um problema, ainda que todos insistam em dizer o oposto. Diagnosticado com Autismo, sua vida não é a típica de um jovem tendo em vista os pequenos detalhes que acompanham essa característica, no entanto, cansado de viver sempre dentro desse seu “mundinho” ele sente que já é hora de mudar e tentar coisas novas, e quando uma viagem o faz reencontrar seu primeiro e único amor Sophie Albuquerque realmente tudo começa a se transformar.


"É como se não houvesse no mundo qualquer outra mulher em potencial. Sempre foi, sempre é ela. Não há escapatória ou chance de fuga dos sentimentos, mas eu fujo sempre que estamos perto, porque... porque eu não consigo não querer algo que eu não posso ter." 




Sophie sempre foi apaixonada por Henrico, no entanto, sabendo que para ele as coisas não eram tão simples ela sempre nutriu uma paciência enorme para esperar o momento que finalmente, talvez, ele olhasse para ela e nutrisse os mesmos sentimentos que existiam nela. No entanto, após quase 20 anos nessa espera, ela já está cansada de esperar e resolve retomar sua vida e principalmente ir atrás de quem sempre amou.


"- (...) Você é o oposto. Você não se declara tanto com palavras, mas está o tempo todo se declarando com suas atitudes. Eu sei o que sente por mim, sei a grandeza do sentimento, a grandeza do nosso amor. Eu sou a garota mais sortuda e mais feliz do mundo há alguns bons dias, desde que me beijou pela primeira vez."



Ao abandonar a faculdade para poder voltar e ficar perto de Henrico, Sophie não faz ideia do que vai acontecer… e quando os seus planos acabam sendo adiantados por ele estar indo justamente para onde ela está é que ela se vê ainda mais perdida.

Henrico sempre sentiu algo forte por Sophie, mas ver ela ali tão perto e tão linda o faz se sentir ainda mais balançado. Sentindo na pele o ciúmes quando outros se aproximam e cansado de sua zona de conforto, junto a menina mais linda do mundo ele decide se aventurar e descobrir o que a vida pode oferecer… no entanto, as coisas não são fáceis para ele e nem serão para ela, mas será que juntos eles conseguirão viver esse amor indo além do azul?


"- Você é muito além do capaz. Só não fes, porque desde que se entende por gente, só existe uma garota na vida para você. E sabe o que é mais incrível? Essa garota é a sua melhor amiga. Ela sabe tudo sobre você, sabe tudo sobre o seu universo, suas limitações, sua inteligência... Há tanto para você descobrir sobre tudo que ela sente e sabe."





[ - Minhas Impressões - ]

Além do azul é uma daquelas obras que tem muito o que ensinar ao leitor. Trazendo um enredo com questões que geralmente são difíceis de serem abordadas, Jussara Leal conseguiu criar uma daquelas obras que é cheia de reflexões, lições importantes e principalmente muito amor. Com diversos personagens repletos de personalidades únicas e divertidas, somos levados a conhecer e a acompanhar de perto a vida de jovens que mesmo tão diferentes se tornam extremamente parecidos por estarem aprendendo a viver e principalmente a amar.





Falar sobre os personagens dessa obra é difícil, não porque eles não tenham o que ser falado, mas porque cada um apresenta características próprias que vão sendo reveladas de pouco em pouco ao leitor no momento ideal. Henrico, Sophie, Samuel, cada um tem definitivamente suas peculiaridades e seus próprios problemas e fantasmas pessoais… aprendendo a viver, juntos eles vão mostrar o que é realmente ser familia, o valor de uma verdadeira amizade e principalmente o quão forte é o amor e proteção aqueles a quem se ama.


Com uma capa que realmente transmite a mensagem da obra, Jussara Leal soube acertar em cada detalhe de tudo que fez. Muito bem revisado e diagramado, essa obra é aquela que você não encontra defeitos e se vê envolvido e perdido no meio de suas páginas sem sequer notar o tempo passar.





Além do Azul é a mais nova obra de Jussara Leal sendo o Spin-Off de Íntima Ação, outra obra que vale muito a pena conhecer. Aqui iremos acompanhar o desenvolvimento de uma história com jovens profundos e cheio de qualidades, e defeitos em igual quantidade, que já vem arrancando suspiros e deixando os leitores apaixonados pela escrita da autora ávidos. Nessa obra, Jussara Leal convida o leitor a aprender mais sobre um assunto tão importante, mas tão pouco abordado, o autismo e descobrir mais sobre essa característica através do personagem mais fofo do mundo: Henrico.

Essa é uma obra que não traz apenas romance. Jussara Leal quis mais do que apenas entreter em suas páginas.. cada capítulo ensina sobre uma síndrome muito importante e que muita gente não entende verdadeiramente como é e que deveria ser mais divulgada. Por ter essa experiência na minha vida, a cada página eu pude ler, me identificar e principalmente me emocionar ao ver o esmero que a autora teve em retratar cada pequeno detalhe sem tirar a seriedade e importância do assunto.

As situações descritas no livro são feitas com muita sensibilidade e seriedade de forma a realmente demonstrar o quão grande é o tema, mas que isso não impede aqueles que apresentam essa característica a viver e principalmente: a amar e ser amado. Cada uma de suas mais de 300 páginas é um aprendizado sobre a vida, sobre amizade, sobre amor, mas principalmente sobre aceitar o diferente e amá-lo como se faria com qualquer um - porque todos nós temos nossas peculiaridades, apenas alguns tem elas mais intensas.

Profundo, sensível, com várias reviravoltas, essa é aquela obra de rápida leitura, apesar de seu número de páginas, e que te deixa com o gostinho de quero mais e saudades da história e de seus personagens assim que acaba. Além do azul foi definitivamente uma aposta certeira de Jussara Leal que já apresenta grande destaque em nossa literatura nacional e que vale a pena de se conhecer o seu catálogo.








 

Livro: Além do Azul
Cortesia: Jussara Leal (Autora Parceira)
Número de páginas: 537

(+18)
Eu sou diferente.
Muitas pessoas dizem que está tudo bem em ser "diferente".
Quando me dei conta de que não era "igual" a maior parte das pessoas, decidi criar o meu próprio universo e me fechei dentro dele. É confortável e seguro, solitário também. Desde que me entendo por gente, o medo é meu fiel companheiro, assim como a solidão. Ser diferente é estranho, mesmo que todas as pessoas mais próximas tentem me encaixar. Quando você percebe que não se encaixa, se sente um pouco perdido no início. Até se esforça, mas, com o tempo, se dá conta de que forçar um encaixe só faz com que você se sinta ainda mais perdido, e isso aumenta significativamente a frustração. Na maior parte do tempo, me sinto como um quebra-cabeça faltando peças. Ou talvez eu apenas seja a peça que não se encaixa.
Eu não me encaixo a nada ou a qualquer pessoa, mas eu queria me encaixar nela. Nunca me encaixei a qualquer garota, porque no universo que construí só há espaço para ela. Nós somos tão diferentes, ou talvez apenas eu seja diferente nessa história. Ela é cheia de vida, energia, eletricidade. Ela mergulha em oceanos, enquanto eu me afogo facilmente em um copo d’água. Eu morro um pouco a cada dia imaginando que ela esteja se encaixando em um alguém que não sou eu. Eu não quero que ela se encaixe em outro garoto, mas não quero que se limite a um universo que não a pertence.
Será que eu posso me encaixar no universo dela?




Postar um comentário

Licença Creative Commons
O site I LOVE MY BOOKS por Silvana Sartori está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Por isso, qualquer contéudo aqui presente como resenhas, fotos e Colunas publicadas são exclusividade. RESPEITE e NÃO COPIE, pois PLÁGIO é CRIME!


Instagram

I Love My Books - Blog Literário . Berenica Designs.