últimas resenhas

Resenha - BETWEEN: Aparências e Essências

 

Livro: BETWEEN: Aparências e Essências
Cortesia: Fabiana Nascimento (Autora Parceira)
Páginas: 335
Skoob
Onde encontrar: Amazon                                                              
Sinopse: Jayden Tigerwood é um superstar. Aos 36 anos ele se sente no auge da vida profissional. Com o seu álbum novo e uma nova turnê, sua querida esposa e seu amável filho de quatro anos, ele acredita não precisar de mais nada para ser feliz. Porém seu casamento se dissipa inesperadamente quando sua esposa, a famosa atriz Jenna Bacchi, confessa estar insatisfeita ao seu lado e decide se afastar. O motivo nem ela sabe ao certo.Jayden se vê desolado e nada mais parece importar sem o seu grande amor até que uma nova funcionária, simpática e perspicaz, passa a integrar sua equipe e lhe ajuda a enfrentar os problemas dentro e fora dos palcos. A personal stylist Hana Khader oferece a Jayden muito mais do que dicas de moda, ela lhe dá apoio e atenção a ponto de salva-lo de uma tentativa de suicídio. Devendo sua vida à nova amiga, Jayden passa a confiar em Hana e ser facilmente manipulado por ela. Em meio a shows, músicas e um arsenal de figurinos, eles vivem momentos especiais e dividem segredos, um desses é um antigo amor do popstar, a cantora Briana Spencer, da qual ele decide se reaproximar após um conselho de Hana.Agora, Jayden está confuso. Por trás da fachada de sucesso - a carreira musical, a vasta fortuna, a amada família - ele é um homem atormentado por segredos e por uma conturbada vida amorosa. Ele ama Jenna Bacchi, aprende a amar Hana Khader e percebe que seu amor por Spencer, sua primeira namorada, nunca deixou de existir. Em meio a conflitos pessoais e de personalidade, Jayden precisa lidar com essas três mulheres enlouquecedoras e descobrir qual delas faz seu coração bater mais forte.

"Acredito que existem amores que são fortes e verdadeiros, mas possuem um prazo de validade. E, para mim, o nosso já venceu."
Jayden tem uma carreira de sucesso: é uma das maiores celebridades da música pop. Sabe cantar, dançar, se vestir e encantar os fãs e a mídia com sua postura. Para o mundo e os tabloides, sua vida é incrivelmente boa e feliz, servindo de exemplo para todos. O que ninguém sabe é que ele está enfrentando um momento caótico em seu relacionamento, com a mãe de seu filho, por motivos primeiramente desconhecidos e, segundamente, apavorantes. Em meio a todos os conflitos inesperados e abruptos, ele precisa se manter focado na próxima grande turnê, visto que seu novo álbum é um sucesso tremendo e diferente de tudo que ele já fez. Precisando abandonar, mesmo sem querer, a vida em família no pior momento possível, Jayden embarca com sua equipe rumo ao estrelato.

Porém, uma nova contratada da equipe acaba por dominar a atenção de Jayden: Hana Khader! A jovem menina que sonha em ser uma grande estilista e conquista o apoio de Jayden, mas talvez queira, inconscientemente, conquistar mais do que apenas isso. Ela consegue entrar na mente dele, descobrir seus segredos, influenciar suas escolhas e, sem querer, atormentar ele a ponto de fantasmas do passado voltarem a ser discutidos. Além disso, os fantasmas da própria Hana voltam, em busca de tirar o que ela tem de melhor e tentar desestabilizá-la com injustiças, conflitos e confusões.

Será que eles cederão ao passado? Criarão uma nova história? Jayden resolverá sua situação familiar? Continuará a focar primeiro na fama? Qual o real papel de Hana em sua vida? Do que Hana tanto foge ao ocultar sua vida? Descubra, ou não, essas e outras surpresas no primeiro volume desse drama complexo. 


 
[- Minhas Impressões -]

Comecei a ler esse livro sem muitas expectativas, apesar de ter gostado muito da sinopse! Para mim, ele seria mais um livro do gênero ao qual estou acostumada a ler, porém, logo no começo, já me marcou de uma forma muito diferente. Quando menos esperei, me senti completamente envolvida pelo drama familiar e as outras situações que giram envolta dos personagens principais. Me senti presa ao livro e não conseguia desgrudar das páginas, pois queria saber qual rumo tudo aquilo iria tomar.

O que mais me chamou a atenção foi a escrita da Fabiana. Quando algum capítulo inicia ou quando há a mudança de narrador, que é em primeira pessoa, ela não sinaliza que isso acontece e quem está narrando. Considero esse um tipo de recurso literário muito difícil de ser usado, pois pode causar confusão no leitor, já que não sabemos, no começo, quem narra explicitamente. Porém, ela conseguiu usar com uma maestria sensacional, pois seus personagens foram construídos de forma muito completa e única, portanto, apenas pelo modo como aquele personagem iniciava sua narração, eu já sabia quem estava narrando. Isso acontece de forma bem rápida, não demorei a "pegar" as características de cada um, novamente mostrando que ela sabe como construir um personagem e fazer o leitor facilmente identificar eles.

Então, os capítulos se alternam entre os personagens principais e, às vezes, a narração alterna dentro de um mesmo capítulo, fazendo com que a gente tenha a visão quase que "simultânea" de o que cada personagem está pensando do momento ocorrido. Eu gostei muito disso, pois senti que saber mais de um ponto de vista de determinada situação acrescentou muito para a trama da história e para conhecermos os personagens.

Como principais, temos Jayden, nosso pop star; Jen, a mulher dele; e Hana, a nova estilista. Há outros personagens, obviamente, mas senti que esses dominaram mais o livro e se envolveram em mais conflitos. Jayden me conquistou desde o começo, porque ele tem um carisma que é possível sentir de forma tão palpável! Achei lindo como ele se importa com todos e é humilde, apesar de ser quem é. Além disso, a importância que ele dá para a família é enorme e vemos como ele fica triste devido ao desenrolar de algumas situações. Inclusive, até quando ele é um pouco "babaca", eu não conseguia me sentir irritada com ele, visto que ele estava passando por um momento difícil e as emoções tomaram conta.

"Jayden é um eterno romântico que lê histórias de amor, toca piano e às vezes transa usando meias. Por que estou falando de mim em terceira pessoa? Não sei. Mas sou um cara comum por trás de uma figura que criaram de mim."
Jenna foi uma personagem que, no começo, eu achei detestável. Tanto pelas coisas que ela ia fazendo com a família, tanto pelo desprezo e desdém que tinha também por Jayden e seu filho. Porém, conforme fui lendo os capítulos narrados por ela, acabei entendendo e pensei comigo mesma que ali havia algo. Eu suspeitei de um motivo que estava fazendo ela agir daquele jeito e, logo, minha hipótese foi confirmada. A partir desse momento, eu me senti extremamente representada e tomei Jen como "minha protegida", pois me vi retratada nela por ter passado, e ainda passar, pela mesma situação que a aflingiu e criou um pouco de caos. Viver, depois de uma notícia como a que ela recebeu, é extremamente difícil no começo e podemos perceber a forma radical como isso afetou a vida dela.

"Nesse inverno eu pareço uma gota de chuva empoçada numa folha qualquer, inerte, aguardando que o vento frio me congele. E tudo o que eu mais quero é quebrar o cristal."

Hana também me conquistou desde o primeiro momento, com seu humor ácido, sua forma de ver o mundo, sua falta de medo perante situações difíceis, a espontaneidade. Essa personagem foi bem importante para a história, pois se tornou quase uma conselheira de Jayden e, assim, ajudou e atrapalhou ele em diversos momentos. Além disso, nela temos duas situações de representatividade bem importantes, que a autora soube abordar muito bem ao tratar de ambos os preconceitos que a personagem sofreu. Alguns momentos foram bem dolorosos de ler e uns finais foram quase que desesperadores por medo de algo muito grave acontecer. Eu gostei muito do mistério que se criou em volta dela, sem revelar muito de sua vida, pois depois temos um momento de tensão onde tudo começa a fazer mais sentido.

"Hana parece um anjo. Ela é linda, inteligente, delicada, atenciosa, divertida e a melhor amiga que eu poderia querer. Mas também parece o diabo."
No livro, temos todos os tipos de cenas. A maior parte dele contém muita tensão, por causa de todos os problemas que eles enfrentam, mas também temos momentos românticos e cenas bem sensuais. Essas cenas não chegam a ser explícitas, porém, são descritas de uma forma bem erotizadas e que se torna muito boas de ler, não cansando por ser "mais uma cena de sexo". 


Mas convenhamos, adoramos esse momento nos livros. E aqui, Fabiana sabe conduzir uma cena muito sensual. Assim como sabe descrever cenas bem humoradas e inusitadas entre os personagens, fazendo com que a gente esqueça "os problemas", que acabamos por tornar nossos também, já que é impossível não se deixar levar pela narrativa e pela empatia com os personagens.

Temos reviravoltas que são inesperadas, que balança as relações entre os personagens, e outras que são completamente chocantes. Depois que descobri tudo, percebi que o narrador havia deixado pistas durante toda a narrativa, mas, como eu estava focada no drama, não percebi. Então, quando chegou o momento de juntar todas elas, eu acabei ficando incrédula por sequer imaginar que algo do tipo poderia acontecer!

Outro ponto é a tensão no quesito romance. Jayden está praticamente em um fogo cruzado, sem saber para onde sua paixão o quer levar e isso permeia o livro inteiro. Sempre que ele compreende a direção, algo acontece e o rumo de suas emoções viram do avesso, deixando-o aos nervos sem saber o que fazer. Estou muito curiosa para saber, enfim, qual será a escolha dele e torço muito para uma certa pimentinha.


BETWEN Aparências e Essências é um livro para quem ama um bom drama, com romance, reviravoltas e muita representatividade. É um livro, que a meu ver, muito maduro e real. Os personagens são muito reais, apesar de serem basicamente famosos, eles também tem um lado da vida normal, que a fama afeta. Fabiana soube mostrar isso, esse lado mais oculto que os fãs não enxergam. Mostrou isso ao retratar o que aconteceu com Jen, ao mostrar como o filho já reconhecia mais a babá do que o pai famoso, ao mostrar a dor e o medo que uma pessoa famosa tem de ser vítima de uma notícia mal contada, ao mostrar como tudo isso afeta o psicológico das pessoas famosas. Muitas vezes esquecemos que nossos ídolos são como nós.

E para além disso, a autora soube conduzir todos os tópicos relacionados a isso de forma bem realista mostrando em como não é fácil e como nada se resolve de um dia para o outro, com cenas até um pouco pesadas e difíceis de ler. Para mim, a parte de Jen foi a mais difícil porque me vi nela, mas todos que sofreram deixaram meu coração apertado.

Considero esse livro uma das minhas melhores leituras de 2020 e com toda a certeza irei ler o segundo, pois preciso saber o que irá acontecer após o primeiro ter acabado no meio de uma cena completamente apavorante, para a personagem e para o leitor. Também preciso saber o que irá acontecer com os outros. Esses personagens ocuparam um lugar muito especial no meu coração de leitora, tanto por suas personalidade, quanto por serem tão reais e fáceis de gerarem empatia. 

"Quando me sinto eclipsado, menosprezado ou decepcionado, eu acabo tendo reações exageradas e tenho a mania de me deprimir e de me retirar completamente quando não ataco quem me feriu usando a língua afiada que a dor me proporciona."





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário