Resenha - O Chamado


Título: O chamado
Autora: Patricia Garcia (Autora Parceira)
N° de páginas: 234
Editora: Coerência
Skoob
Onde comprar: Amazon / Loja Coerência
Anna é uma jovem norueguesa que está cansada de levar uma vida de aparências e uma rotina que não condiz com seus ideais. Ao escutar boatos sobre uma cidade mágica chamada Winkerdom, ela resolve verificar se o lago lá localizado realmente oferece cura energética, como comentado por tantos turistas.
Em seu primeiro dia de exploração, a jovem conhece Sean, um morador local que desperta nela uma paixão avassaladora. Esse lindo romance faz com que Anna atenda ao chamado de sua alma, e, determinada a mudar de vida, ela se muda definitivamente para Winkerdom.
Sem demora, a jovem vê seu destino tomar um novo rumo: é amada como nunca imaginou ser possível, percebe sua possível espiritualidade aflorada e descobre uma conexão incrível com a cidade por meio de memórias de vidas passadas.

Anna vive uma vida que definitivamente não a faz feliz. Insatisfeita e cansada com sua rotina diária, que se resume a casa e trabalho, o que ela mais deseja no momento são suas desejadas e merecidas férias, e após escutar vários boatos de uma cidade mágica que possui um lago de curas energéticas ela decide  conhecer o local. Chegando lá ela se encanta pela cidade, e principalmente pelo lago, que a atrai como um imã.

Os moradores de Winkerdom são muito simpáticos e acolhedores, fazendo com que Anna se sinta muito bem vinda e bem recebida por todos, e em seu primeiro dia explorando as maravilhas da cidade Anna conhece Sean. Um homem lindo, charmoso e gentil que logo de cara balança as estruturas de seu coração.

"Ela olhou para o lado e viu a figura mais linda que seus olhos já puderam ver. Um homem alto, rosto másculo e ao mesmo tempo angelical, aparentando cerca de trinta anos; cabelos longos e louros e um par de olhos azuis que mais pareciam refletir o azul do céu."

Depois do primeiro encontro Anna e Sean passam a ser companhia constante um do outro, e um sentimento forte e avassalador parece nascer entre os dois quase que instantaneamente.

À medida que passa o tempo conhecendo as belezas de Winkerdom ao lado de Sean, Anna sente-se cada vez mais atraída por ele. Afinal, Sean é tudo o que ela sempre sonhou encontrar no homem dos seus sonhos. E o mais estranho de tudo é que Anna sente como se já o conhecesse de outras vidas. Sua ida para Winkerdom pareceu mais como um chamado irrecusável de sua alma, clamando por encontrar respostas para memórias de vidas passadas.

Sean reage a Anna como se sempre houvesse esperado por ela. Anna, por sua vez, reage a Sean como se o conhecesse de outras vidas e sente como se sua ida à Winkerdom fosse mais como um clamor profundo que ela precisa atender custe o que custar. E com a ajuda de Sean ela irá resgatar memórias de vidas passadas que imploram por serem libertas.

"O que me trouxe até aqui? Que sensação de pertencimento é essa?, Anna pensou, tentando chegar a uma conclusão. Achou melhor esquecer e descer a montanha enquanto ainda tinha seu raciocínio intacto. Levantou- se subitamente."




[- Minhas Impressões -]

A história de Anna foi muito agradável de acompanhar. Os anseios e angústias pelos quais ela passou até entender tudo o que estava acontecendo em sua vida foi bastante interessante e prazeroso de ler. A autora soube abordar questões relevantes à trama fazendo com que o desenvolvimento da história ficasse o tempo todo focado no gancho principal: a necessidade de Anna atender o chamado de Winkerdom e, a partir de então, sua vida ganhar um novo e real significado.

Anna e Sean são um dos casais mais fofos e apaixonantes que eu já tive o prazer de encontrar. Eles se amam tanto e com tanta verdade que não teve como eu não me emocionar com os dois. A Patricia mesclou com perfeição romance, mistério e suspense em sua história sem perder o foco em nenhum momento e isso só contribuiu para torná-la mais dinâmica e ágil também. Todos os personagens são bastante carismáticos e necessários  à trama e tornaram a história muito mais incrível e verdadeira.

A espiritualidade foi outra questão que esteve bastante presente em toda a leitura, fortalecida pela fé e a certeza de Anna em sentir total pertencimento à Winkerdom e a Sean. Torci para vê-los juntos e cheios de amor para dar, e foi exatamente isso o que encontrei em O chamado. A leitura fluiu muito bem, tanto que eu terminei de ler o livro apenas em algumas horas após ter dado início à leitura.

Gosto muito quando sou envolvida por personagens e histórias que me fazem perder a noção do tempo. É muito gratificante e animador. Para o primeiro livro que leio da autora sinto a obrigação de dizer que valeu muito a pena conhecer Anna e fortalecer com ela a importância do amor.

Se vocês curtem romances com uma pegada mais espiritualista O Chamado é o livro perfeito e ideal para vocês se encantarem por uma história de amor que transcende ao tempo.


Categorias:

Nenhum comentário:

Postar um comentário