Resenha - Mortos não Contam Segredos


Título: Mortos não contam segredos
Autora: Karen M. MacManus
N° de páginas: 352
Editora: Grupo Editorial Record \ Galera Record
Skoob
Onde comprar: Amazon
Por trás das cercas brancas e dos gramados perfeitos da pacata cidadezinha de Echo Ridge, há segredos de natureza obscura. Ellery conhece as histórias a respeito da cidade natal de sua mãe e sabe que ali garotas desaparecidas não voltam para casa. Cinco anos atrás, a rainha do baile foi assassinada e o culpado jamais foi preso. Sua tia também foi uma das vítimas quando ainda era adolescente, mas a mãe pouco fala sobre isso, preferindo mascarar o luto com bebidas e remédios. Quando o vício culmina em uma internação na clínica de reabilitação, Ellery e seu irmão gêmeo, Ezra, se mudam para a casa da  avó em Echo Ridge e passam a testemunhar em primeira mão a sinistra fama da cidade.
Antes mesmo do início das aulas, novas ameaças surgem em forma de pichações. Alguém deixa bem claro que a temporada de caça às rainhas do baile está aberta, e o nome de Ellery surge entre as possíveis vítimas. Poucos dias depois, outra garota desaparece e, desta vez, Ellery está determinada a descobrir quem está por trás de tudo isso.
Mas quanto mais a menina se envolve com os segredos dos moradores, mas se põe na mira do responsável pelas mortes. Ellery está prestes a descobrir que segredos são perigosos, e é por isso que, em Echo Ridge, é melhor guardá-los para si.





Ellery e Ezra são obrigados a morar com a avó que mal conhecem por conta de mais um ato inconsequente por parte de Sadie, a mãe deles. Chegando a pacata cidade de Echo Ridge eles se deparam com um mundo totalmente novo e diferente do qual estavam acostumados e sabem que precisam se enturmar e fazer amizades. Para Ezra isso não será problema, visto que ele é o gêmeo descolado que não tem nenhum problema quanto a fazer amigos. Já Ellery é mais de ficar na sua observando os lugares e as pessoas que estão ao seu redor. Com uma mente aguçada e bastante inteligente, a adolescente sempre tem teorias para tudo o que vê e ouve. Apaixonada por programas que abordam casos de assassinatos e que apontam motivos e razões pelos quais as pessoas matam umas às outras não é de se estranhar quando Ellery começa a tecer suas conjecturas sobre o que pode ter acontecido à menina que desapareceu sem deixar rastros.

Echo Ridge é uma cidade pequena, mas que esconde grandes segredos como por exemplo, a identidade do responsável pelo assassinato da rainha do baile há cinco anos, e também, o desaparecimento da tia e irmã gêmea da mãe de Ellery e Ezra quando era ainda uma adolescente.

Ninguém tem a menor ideia do que ou quem está por trás desses acontecimentos aterrorizantes e que até hoje permanecem sem solução. Mas quando Ellery se coloca na mira do assassino como uma provável vítima, ela contará com a ajuda de seu irmão e de poucos verdadeiros amigos que fez desde que chegou à cidade. Afinal, assim como ela e o irmão, Malcom e Mia, seus novos amigos querem e precisam descobrir a identidade do assassino antes que seja tarde demais.



[- Minhas Impressões -]

Mortos não contam segredos foi um livro que eu amei fazer a leitura. Desde à primeira página até a última, porque a autora soube prender minha atenção de forma que eu não consegui parar de ler. Os personagens criados por ela foram tão carismáticos e interessantes que até mesmo o mais "insignificante" não passou despercebido, visto que a maioria deles tinha algo a esconder sobre o passado que envolvia o desaparecimento da tia de Ellery e Ezra até os acontecimentos mais recentes, como a morte e o desaparecimento de duas adolescentes. O suspense esteve presente a cada página lida e a cada nova pista que surgia. Eu me vi desconfiando de tudo e de todos à medida que fui me envolvendo cada vez mais com a história.

Ellery e Ezra são personagens muito bem escritos e com um forte apelo emocional que me fez gostar instantaneamente deles. E o relacionamento deles como irmãos foi algo extremamente emocionante de ler. Deu para perceber a grande cumplicidade e o enorme amor que os unia e o fato de eles decidirem investigar por conta própria o autor dos apavorantes acontecimentos em Echo Ridge, que aliás me deixou bastante entusiasmada para continuar a leitura. A cada novo desenrolar da história o livro ganhava cada vez mais ares de mistério e suspense, o que fez com que a minha curiosidade ficasse cada vez mais aguçada. E conforme fui avançando na leitura vários segredos foram vindo a tona e me surpreendendo cada vez mais e mais.


A descoberta da identidade do assassino foi algo que me deixou completamente sem ação, pois jamais me passou pela cabeça que pudesse ser quem foi. Eu fiquei alguns segundos de boca aberta sem acreditar no que eu havia acabado de ler. Foi sinceramente um choque descobrir enfim quem estava por trás daquela onda de medo e terror que acometeu os moradores de Echo Ridge.

A autora Karen M. MacManus é realmente extraordinária em seu jeito de contar histórias e na maneira de enredar e levar o leitor para dentro de seus livros. Mas ela não aborda somente essas coisas em suas histórias, tem muito mais coisas que fazem de seus livros o sucesso que são. Ela aborda de forma delicada e emocionante os sentimentos que unem verdadeiramente uma família tais como, amor, perdão, esperança e segundas chances de forma que no final tudo acabe bem de algum jeito.

Se vocês gostam de livros que tenham mensagens como essa além de suspense e mistério não percam a oportunidade de ler e tirarem suas próprias conclusões. Eu sou suspeita porque simplesmente amo a escrita da autora, e sempre fico muito empolgada quando leio suas histórias. Ela com certeza sabe contar histórias como ninguém.


Categorias:

Nenhum comentário:

Postar um comentário