28 julho 2017

Resenha - Mil Pedaços de Você #1



Título: Mil Pedaços de Você #1
Autor: Claudia Gray
Editora: Agir Now
Skoob / Goodreads 
Páginas: 288
Onde comprar: Amazon / Saraiva 


Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas. Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois?Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?







Após o cientista Henry Caine ser assassinado por um de seus pupilos e assistente, sua filha, Marguerite Caine, decide lutar por vingança. Ela, que nunca matou ninguém, decide ter a coragem para matar quem tirou a vida de seu pai. Para isso, é preciso que ela encontre o assassino fugitivo que pode estar em qualquer dimensão.

"O universo é, na verdade, um multiverso. Há incontáveis dimensões quânticas da realidade, que se encaixam umas dentro das outras. Vamos chamá-las apenas de dimensões, para abreviar."

Com o Firebird, invenção do casal de cientista Caine, pais da garota Marguerite, de 16 anos, é possível que se faça viagens entre os mundos paralelos. Esses mundos existem de acordo com as ações do "ser" original. Milhares de cópias de cada pessoa surge decorrente de decisões ou acontecimentos, refletindo nestes outros mundos as possibilidades do que poderia acontecer.

Paul Markov, quem acredita -se ser o responsável pela morte do cientista, rouba o Firebird e viaja para outro mundo. Assim, Marguerite decide ir atrás do homem, usando um dos protótipos que não está pronto do Firebird. Junto ao amigo Theo, passou a viajar para outras dimensões, usando os corpos de suas vidas daqueles planetas para encontrar Paul.

"Não consigo encontrar uma caneta, mas há um batom. Com os dedos trêmulos, tiro a tampa e começo a rabiscar o cartaz rasgado colado ao muro. É a mensagem que preciso passar adiante, o único objetivo do qual tenho que me lembrar depois que tudo o mais que me faz ser quem sou desaparecer. MATE PAUL MARKOV."

Na procura do assassino, Marguerite foi para a Rússia Czarista. Sendo filha do Czar, tornou-se sua Alteza Imperial, a grã-duquesa Margarita de todas as Rússias.

Viajou para uma Inglaterra futurista, onde era uma garota festeira. Mas, dentre todas essas dimensões, suas dúvidas em relação a culpa de Paul pelo morte de seu pai aumentavam. Ela aproximava-se dele a cada nova dimensão que visitava. Então, passando a conhecê-lo melhor, não teve tanta certeza quanto antes e assim se perguntando se ele realmente poderia cometer tal crime.

Ao passo em que cedia sobre a idéia de vingança, aproximava-se de Paul e Theo. Suas vidas em outras dimensões eram apaixonadas por pessoas diferentes, deixando-a cada vez mais confusa sobre como agir ou o que pensar.

"As possibilidades se chocam, as emoções se confundem como nós górdios. Há mil maneiras de amar, perder e duvidar de Paul Markov, e sinto que estou só começando a descobrir todas elas."


Sería Paul Markov o culpado?
Se sim, ela teria a coragem de matá-lo para vingar seu pai?




[-Minhas impressões-]

Confesso que sou apaixonada por livros do gênero de ficção científica. Com toques de romance, ainda por cima, fica muito mais interessante.

Mil Pedaços de Você é uma leitura leve, rápida e divertida. As aventuras que Marguerite vive em suas viagens para novas dimensões e é instigante. São mundos muito diferentes por onde os personagens transitam em cada capítulo. Saber como eram os costumes, roupas e pessoas da Rússia Imperial ou de uma futura Inglaterra é como viver essas experiências junto a Marguerite.

A narração em primeira pessoa facilita ao leitor a visão do mundo sob o olhar de Marguerite. Suas dúvidas e questões, medos e até seus sentimentos em relação a Theo e Paul. Principalmente a sua carência em ter um pai ou mãe para apoia-la em alguns momentos, já que mesmo sendo forte e corajosa, não deixa de ser apenas uma jovem adolescente.

Há alguns clichês no enredo, mas que com alguns pontos inovadores não tornaram a leitura "mais do mesmo". Até mesmo porque o foco aqui não é o romance, embora tenha bastante dele presente, e sim tudo que envolve a ficção científica. Quem não gostaria, afinal, de ter um Firebird para viajar entre os mundos e saber como seu outro eu vive por lá? Seria incrível (risos).

Os personagens são bem construídos. Theo, Paul é Marguerite vivem em um triângulo amoroso que nos deixa em dúvida sobre quem apoiar. Em um momento Paul é um sujeito carismático, em outro é suspeito de um assassinato. Confunde nossos sentimentos tanto quanto confunde Marguerite.

Tive a impressão de o começo ter sido um pouco apressado, sem explicar tanto sobre a morte do pai da protagonista e logo trazendo a tona esse desejo de vingança. A ligação com os personagem demoraram um pouco para surgir, já que os primeiros capítulos foram um pouco confusos. Adiante, a história prende a atenção e nos leva para a possibilidade de realmente existir mundos paralelos.

São 288 páginas, com vinte e sete capítulos que passarão num piscar de olhos. A capa está linda. Uma alusão aos mundos em que Marguerite tem a chance de ir.

Independente da crença ou não de cada leitor nessas teorias da ciência, Mil Pedaços de Você é uma obra para quem busca uma boa pausa entre livros de gêneros mais pesados. Recomendo muito!



PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!



15 comentários:

  1. Emily!
    Parece que o livro é realmente inovador no sentido de se ir para um universo paralelo, mas apenas com a consciência e lá é o mesmo dia, hora, local do que o da origem.
    É uma ideia inédita que traz uma curiosidade profunda em poder apreciar essa leitura.
    Sou bem fã de ficção e se vem com algo inovador, fico curiosa.
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Adoro histórias com outras dimensões, mundos paralelos.
    E a busca da principal por alguns questionamentos me deixou bem curiosa.
    Parece ser uma aventura e tanto! Romance, ficção científica... Gostei!
    Espero conferir em breve!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oie Emily, tudo bem?

    Há muito tempo eu quero ler essa trilogia, primeiro fui conquistada pelas capas, depois, pela sinopse maravilhosa! A premissa uma máquina que nos permite viajar para outras dimensões, conhecer outras versões de nós mesmos... Me deixa muito curiosa e eu quero muito ler!
    Adorei a sua resenha e as fotos!


    Com carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha! Fiquei com muita vontade de ler esse livro. Eu tinha visto ele no site da editora e me apaixonei pela capa, mas não tinha lido nada sobre ele. Como toda viciada em ficção científica, certamente vou ler ele.

    Beijos!
    Mi
    www.estantedami.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Emilly, tudo bem?
    Eu sou muito curiosa em relação a este livro. Eu amo esta capa, e sempre achei que se tratasse apenas de romance, ainda bem que estava enganada. Essas coisas de outras realidades me chamou muita atenção, imagina que louco se ver em outros mundos. Não sei se iria gostar deste triângulo amoroso, mas acho que vou arriscar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá !!
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro mas gostei bastante do enredo ♡♡
    Queria eu ter uma Firebird ! Ahahaha

    Gosto bastante de ficção científica e ainda mais com um toque de romance. .
    Adorei a capa!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Consegui esses livros recentemente e estou doida pra ler. A ideia da história é instigante, dá uma curiosidade pra conhecer mesmo não é? Também gosto de umas coisas com ficção cientifica assim. Ver a personagem transitando por dimensões e poder conhecer os costumes e o jeito de viver daquela época deve ser muito interessante. Ver tudo isso pela perspectiva da personagem pode ser como fazer uma viagem junto com ela também, então deve ser bem legal.
    Pode ter lá seus clichês, mas a leitura é rápida e gostosa de acompanhar pelo visto ^^

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    A proposta do livro é bem inovadora e até mesmo ousada, mas acredito que seja uma leitura bem envolvente. Fiquei curiosa para saber mais desse enredo e personagens.
    Não conheço a escrita da autora, mas parece ser bem cativante.
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ola!
    Livros desses gênero e comigo mesmo. Amei o livro, tem uma trama maravilhosa é incrível. Tenho curiosidade de conhecer mais sobre mundos paralelos, outros planetas, acho isso muito interessante e com certeza irei amar o livro.

    ResponderExcluir
  10. Oii Emilly ;)
    Gosto de livros de fantasia, e essa série me despertou a atenção desde que vi a capa do livro e li a premissa pela primeira vez! E pelo visto é um livro que tem essa mistura de fantasia, romance e aventura na dose certa né.
    Já conheço a escrita da Claudia Gray pela série Evernight, então sei que gosto da escrita dela.
    Parabéns pela sua resenha, me deixou mais ansiosa ainda para começar a ler a série!
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já faz um tempo que quero ler esse livro, já tenho no kindle em inglês e pretendo ler em breve.
    Adorei sua resenha, me deixou com ainda mais vontade de ler <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Emilly!
    Ainda não conhecia essa série! Achei super divertida!
    Ficção científica com romance não é algo facilmente encontrado, fiquei bastante interessada!
    Também não conheço ainda a autora, gostei da estória de "vingança pessoal" aliada a "universos paralelos". Acredito que a mistura será mais do que satisfatória. E de quebra conhecer a Rússia antiga e imaginar uma Inglaterra futurista será demais!
    Apesar de ser uma pausa entre livros mais pesados, será uma ótima pedida!! Vai já para a minha lista de desejados!

    ResponderExcluir
  13. Oi Emilly,
    Nossa, quero muito ler esse livro, na verdade estou empolgada para ler a trilogia inteira. Acho a trama criada original e genial, com muitos mistérios e aventuras. O universo criado pela autora é fascinante, com muitas criticas e reflexões à nossa sociedade atual, afinal os universos paralelos trazem muitos questionamentos de como seria viver num mundo com um desfecho totalmente diferente das tantas guerras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, também gosto de livros assim, eu pensava que era um romance hot, nunca tinha parado pra ler uma resenha.
    Essa coisa de universos paralelos é muito legal, queria muito viajar também kkkkkk
    Mais um pra listinha.

    ResponderExcluir
  15. Mesmo que o começo desta estória tenho sido um pouco lenta, pelo fato de não ter muitas explicações, como a morte do pai da protagonista, e sua cede por vingança, mas ainda sim chega um momento que a leitura da uma engrenada. Apesar de não ler livros deste gênero, gosto muito quando envolve viagem no tempo, onde podemos embarca em uma aventura, e conhecer novos tempos, mesmo que o romance não seja o ponto central desta estória, ainda sim me pareceu ser bastante cativante.

    ResponderExcluir