19 julho 2017

Dia de Quote [41]


Oi, leitores! Há pouco tempo realizei a leitura de Confissões de Um Adolescente Depressivo e me deparei com muitas citações incríveis e reflexivas. Esse livro me emocionou bastante e a história do autor me fez repensar bastante sobre a doença que se apoderou dele em sua adolescência e que afeta milhares de pessoas atualmente: a depressão suicida. Espero que gostem das passagens que separei com muito carinho e que, assim, se sintam motivados a conhecer o livro (a resenha você encontra aqui). Vale muito a pena. ♥


Sinopse: Aos 19 anos, Kevin Breel tornou-se um fenômeno mundial com sua TED Talk. O mundo nunca tinha visto um garoto dessa idade falar sobre um tema tão pesado quanto a depressão suicida e com tamanha leveza, inteligência e consciência. Ele conta como um adolescente saudável e supostamente feliz, passou a lutar diariamente contra a depressão e o desejo de se matar. Este livro é um guia para sobreviver à depressão ou entender melhor quem a enfrenta na adolescência, escrito por alguém que atravessou a escuridão e agora lança mão do seu estilo único para trazer luz e esperança à vida de milhões de jovens e adolescentes.


“Toda família tem problemas, mas só que algumas deixam que os outros saibam disso. O restante simplesmente convive com o caos por trás de portas fechadas e sem falar a respeito.”
“Embora, para além da grama ligeiramente crescida, desse para ver dentro de casa – a sala de estar, a sala de jantar -, não dava para ver os nossos problemas. Eles estavam mais no fundo, um pouco abaixo sob a superfície, nadando em algum lugar sob o disfarce da vida familiar.”
“Talvez eu pudesse ter mudado isso. Talvez pudesse ter encontrado um jeito de vencer meus inimigos. Mas me parecia na época que meu corpo idiota, meu cabelo idiota e minha cara idiota tinham conspirado para me condenar a uma vida inteira de vergonha.”


“Talvez precisemos nos importar com os outros para aprender a apreciar as maneiras pelas quais os outros se importam conosco. Talvez precisemos da amizade como uma maneira de nos forçar a prestar atenção em alguém que não seja nós mesmos.”
“Num momento como esse, tudo que você acha que sabe sobre o mundo, percebe que não sabe. Você quer que seja uma piada. Quer que estejam errados. Que que seja um sonho. E não é nenhuma dessas coisas. É real. E dói mais do que qualquer outro tipo de dor que você já tenha sentido.”
“Talvez essa seja a raiz de tudo que veio depois. Talvez todos os meus problemas e a minha dor estivessem vinculados à minha solidão. A verdade era que eu não me sentia amado. Eu me sentia, isto sim, como uma mercadora defeituosa, tirada da linha de produção da fábrica humana cedo demais e ganhando nada, exceto arranhões, machucados e vergonha, desde então.”


“Todo mundo quer saber “por que” você está deprimido. Nós gostamos de lógica, suponho. Se você está magoado, alguém deve ter magoado você. Se você está triste, alguém deve ter deixado você triste. Mas às vezes, quando você está vivendo em meio à sua própria depressão, perguntar o que a causou é como perguntar o que faz o motor de um carro dar partida. Não se trata de uma coisa só. É um conjunto de coisas tão inextrincavelmente ligadas que fica impossível distingui-las umas das outras.”
“Tudo não passa de argumentos sem sentido, fragmentados, dispersos, absurdos de agonia, que você mistura com uma narrativa de insuportável negatividade. Você está criando uma história para explicar por que a sua vida é ruim e depois volta a contá-la para si mesmo todos os dias. É como auto-hipnose para pessoas que querem odiar a si próprias.”
“Não existe um mapa nem um manual de instruções. Ninguém pode lhe dizer onde virar à esquerda ou à direita. Você simplesmente vai e sente que direção deve seguir em meio à coisa toda. Você corre e esfola os joelhos. E quando cai, encontra uma razão, qualquer que seja, para voltar.”
“Há dias, muitos dias na verdade, em que eu sinto como se tivesse uma corda enrolada no meu braço esquerdo me arrastando para o passado, e uma corda enrolada no meu braço direito me puxando para o futuro, e eu estou aqui tentando não me partir em dois. Eu me ressinto do dia de ontem e temo o dia de amanhã e, desse jeito, acabo perdendo o dia de hoje.”

                                                                                                                                              PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!











17 comentários:

  1. Nossa, tem uns quotes bem legais. E dá pra perceber o clima da história.
    Adorei esse sobre apreciar as maneiras pelas quais os outros se importam com a gente e o que falou da amizade. Bem legal. Esse sobre todo mundo querer saber a razão de estar deprimido também foi muito bom. E esse final foi demais. Deu pra perceber como é a confusão e as coisas que sente, como é difícil e complicado, a sensação ruim que isso deve ser. Gostei da comparação. É triste e estranhamente bonita. Esse livro deve ser muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Amei o post, gosto de ler livros assim. Gostei muito das citações. Já vou adicioná-lo na minha listinha rsrs.

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Amei o post, gosto de livros assim. Ainda não conhecia esse, já vou adicioná-lo a minha listinha pra comprar. As citações também são ótimas.

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  4. Amanda!
    Li sua resenha do livro e acho importante livros que abordam assuntos delicados e complicados como a depressão suicida.
    Achei os quotes bem escolhidos e explicativos, dá o tom do que encontraremos no livro, obrigada.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Os quotes são incríveis e por ele dar para percebe o quanto a história é muito interessante e também entende o clima é a situação que o personagem está passando.

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda, tudo bem?
    Quando li a resenha deste livro, fiquei imediatamente com vontade de lê-lo. Já tive depressão e me identifiquei com cada um dos quotes que você separou para nos mostrar principalmente aquele que fala sobre os motivos para a pessoa estar assim, não existe realmente um só motivo... Adorei, preciso ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Esse livro aborda um assunto importante e delicado.
    Fiquei bem interessante. Parece ser uma leitura envolvente e que te faz pensar em certas coisas!
    Acheis os quotes incríveis. Me deixaram com ainda mais vontade de ler a obra.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Eu já havia gostado bastante quando li aqui a resenha deste livro, e já tinha falado que é uma temática que me interessa muito.
    Agora, eu relação aos quotes, fiquei destruída. São de uma sensibilidade ímpar.
    Os que eu mais gostei são os que, de alguma forma, lidam com a ideia do preconceito. Como, por exemplo, as pessoas perguntando: Por que vc está deprimido, ou procurando um manual de instruções para lidar com a pessoa.
    O mais emblemático, que mostra realmente a doença, é o último, acredito que a pessoa deprimida viva entre o futuro e o passado, e se sente "puxada" em relação a essas duas direções. Fiquei ainda mais apaixonada pela obra!

    ResponderExcluir
  9. Olá !!

    Já ouvi vários comentários positivos sobre esse livro e ele parece ser incrível !!

    Uma história aparentemente bem construída que abordam temas tão difíceis como a depressão!

    Já está na minha lista de desejados !!

    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro. Gostei das quotes, realmente abrem uma reflexão interessante. Muito importante encontrar na literatura esses assuntos.

    Beijo
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  11. Quando li a sinopse deste livro já me interessei pelo tema já que sou estudante de graduação em psicologia, e por isso irei lidar com este tipo de situação, e nada melhor que conhecer mais sobre assunto através da literatura. Da para perceber pelos quotes citados, que esta estória ira nos fazer refletir sobre as pessoas que passam pela mesma situação, e por isso mexe com os nosso sentimentos, e acabamos sentindo empatia pelo personagem.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Já faz um tempo que quero ler esse livro, parece ser muito interessante.
    Gostei muito dos quotes que você selecionou. Parece uma história muito profunda que provoca reflexão no leitor <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    O livro aborda assunto delicado e bem real. Parece uma boa leitura.
    Gostei muito dos quotes, dá para sentir o que o livro transmite ao leitor.
    Obrigada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Oi Amanda,
    Fiquei muito motivada em ler esse livro após ler a sua resenha, depressão suicida precisa ser levado mais a sério, e esse autor através de seus relatos, mostra de uma forma crua e nua que esse tema necessita ser tratado e discutido com a devida relevância.
    Os quotes mostram a carga emocional que a narrativa do autor traz, o que me instiga a ler esse livro, pois induz muito a refletir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. É linda a forma como Kevin se expressou através desse quotes, falando sobre seus sentimentos e vida pessoal. É impossível não se identificar com pelo menos um desses quotes. São tantas verdades escritas de forma tão sábia, como logo nos primeiros quotes quando ele fala sobre os problemas que muitas famílias escondem e que pela superfície não enxergamos. Depois, nos deparamos com uma chuva de pensamentos profundos, cada um tocando uma ferida. Os que mais me tocaram foi quando ele fala sobre a solidão, como ele se sente uma mercadoria defeituosa. Outro que puramente me identifiquei foi sobre quando alguém pergunta o porquê de estar deprimido. É que são tantas razões e sentimentos acumulados com o tempo que é impossível explicar. Pra fechar, o último quote achei de uma verdade impactante e emocionante. Se deprimir pelo dia anterior e temer o próximo enquanto desperdiça o hoje, deixando esse ciclo se repetir constantemente.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  16. Olá Amanda ;)
    Adorei os quotes! Desde a resenha que li no blog fiquei doida pra ler o livro, e essas citações lindas me deixaram com mais vontade de correr na livraria e comprar o livro *-*
    Acredito que o autor consiga passar tanta emoção por meio da escrita dele porque já vivenciou o que acontece no livro, e só por isso já estou ansiosa para ler.
    Adorei o post, parabéns :)
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Oi, são quotes maravilhosos, verdadeiros.
    O do "porque", como se a gente não pudesse ficar triste as vezes.
    E o último, se você fica lembrando demais e arrependendo-se do passado, e se preocupação demais com o futuro, a vida passa. Acho que esse é o que mais me tocou.

    ResponderExcluir