25 maio 2017

Série [14] - Big little lies



Big Little Lies conta a história de três mães que se aproximam quando seus filhos passam a estudar juntos no jardim de infância. Até então, elas levam vidas aparentemente perfeitas, mas os acontecimentos que se desenrolam levam as três a extremos como assassinato e subversão.

Título: Big little lies
Lançamento: 02 de abril de 2017
Duração: 52 minutos
Gênero: Drama
Nota: 






Vidas perfeitas, é isso que todos os moradores da badalada Monterey apresentam uns para os outros. Celeste vive um casamento com um homem mais novo e parecem estar 24h por dia apaixonados. Madeline vive com seu novo marido e suas filhas perfeitas. Renata é uma mulher extremamente bem sucedida e forte. E no meio de tudo isso se encontra Jane, uma mãe solteira acaba de se mudar para Monterey / California, buscando um recomeço e uma boa educação para seu pequeno filho Ziggy. No primeiro dia de aula, ela vê Madeline precisando de ajuda e a socorre na rua. Logo descobre que ela é mãe de uma das aulas de classe de Ziggy. Apôs isso, Madeline apresenta Jane para Celeste, sua melhor amiga, e juntas elas tomam pra si a missão de ajudar Jane a se adaptar na nova cidade.

"-Você é nova em Monterey?
- Sim, nos mudamos a poucas semanas.
- Você vai amar aqui
- Você é.. tão gentil.
- Isso é Monterey"

Apôs o primeiro dia de aula, uma menina - Mabel - aparece machucada onde acusa Ziggy, na frente de todos os pais e alunos da escola, de tê-la estrangulado. Ziggy nega e se recusa a pedir desculpas por algo que não fez. Mabel é filha de Renata, e claro, ela jamais deixaria isso barato e usa todo seu poder de influência e persuasão para ter justiça para sua filha. Logo todas as crianças são proibidas pelos pais de brincar com Ziggy e Renata também os excluem de qualquer evento.
"Estamos falando de pessoas viciadas em competição"

Madeline e Celeste ficam inconformadas por uma mãe solteira ser obrigada a passar por isso. Porém Mabel continua dia apôs dia retornando para casa com machucados e hematomas. Os professores nunca viram nada acontecer, mas Renata quer que sua filha esteja a salvo de Ziggy, e assim, começa uma batalha entre as mães de Monterey que culmina na noite da festa beneficiante com um assassinato. Quem morreu? Quem é o culpado? Ninguém sabe, mas tudo está ligado as desavenças de Jane, Madeline, Celeste e Renata.


Adaptado do livro que recebe o mesmo nome, Big little lies estreio em abril e esta sendo um sucesso. A serie tinha uma proposta que se assemelhava com Gossip girl e Pretty little liars, mas pouco se vê de semelhança entre os enredo, chega até ser nula. Aqui vemos pessoas ricas que fazem de tudo para manter as aparências e suas vidas perfeitas. Logo nos primeiros episódios vemos que tudo é uma grande farsa. Jane esconde um passado sombrio e cheio de traumas. Madeline tem problemas com sua filha mais velha e reluta em esquecer o abandono do ex-marido, no qual é obrigada a conviver com sua nova família diariamente. Celeste é uma excelente advogada mas que apôs se casar e virar mãe se abdicou de tudo para agradar seu marido machista e agressor. Isso que estou falando nem são spoilers pois tudo vai sendo apresentando logo nos primeiros episódios. Nada é perfeito em Monterey.

A trama central se baseia em Jane tendo que conviver com a dúvida de seu filho ser mesmo um agressor, e com a ajuda de Madeline e Celeste, tenta buscar respostas. A principio são acusações rasas e até exagerados por parte da Renata, mas aos poucos sua filha começa a aparecer cada vez com mais frequência machucada. O que era irrelevante se torna imenso, vemos o desespero de Jane pelas acusações contra Ziggy, mas também vemos o desespero de Renata, como mãe de uma criança sendo agredida na escola.

O que mais me chama atenção é a superficialidade com que a escola tratou tudo, sempre tentando evitar um escândalo, ao ponto que ninguém via nada acontecer. Fica esse imenso mistério no ar, e confesso que desde o principio achei Ziggy uma criança sinistra, mas se ele agride ou não Mabel, não irei revelar (risos).

Também em torno dessa trama central outras subtramas que são desenroladas na vida dos personagens. Como o fato de Madeline ser super controladora e descontrolada que deseja a todo custo que a filha seja como ela. Sua vida começa a ruir aos poucos e ela não se conforma com a situação. O mais impactante foi a trama de Celeste, seu marido mais novo e sexy é um agressor. Ele a machuca deixando vários hematomas e logo depois descarregam toda a raiva num sexo selvagem e violento. Ela mal entende o que acontece ao seu redor e morre de medo que as pessoas descubra a vida que leva, e como quase toda vítima, acha desculpas pela atitude do marido. O interessante dessa trama, é que apôs uma briga feia que tiveram, eles começam a fazer terapia de casal. Pouco a pouco ela começa a contar as coisa que se passam e a terapeuta começa a entrar em sua cabeça de vitima e mostrar a realidade da situação que vive.

As crianças deram um show a parte. Ziggy mantém uma postura indecifrável por toda a serie. Ao mesmo tempo que o achava inocente, daqui a pouco já pensava o oposto. Chloe, filha de Madeline, também fez uma autuação incrível. Todo o elenco estava entrosado e mostrava a profundidade das situação, mas também agiam com superficialidade quando necessário por conta das fachadas e segredos. A fotografia é muito bonita e clara, ressalvas maravilhosas e honrosas para os cenários apresentados com praias ,pier's e varias mansões. A trilha sonora foi aplicada de forma fantástica e se encaixa nos momentos certos.

Não li o livro para saber se foi uma boa adaptação, mas fiz minhas pesquisas e sim, foi fiel em quase todos os sentidos. O mistério sobre quem morre e quem é o assassino foi mantido até os últimos minutos da trama, e devo confessar que no episodio seis já tinha sacado o que estava acontecendo, mas mesmo assim, me surpreendeu pela frieza. Não se sabe ao certo se ainda terá uma continuação, mas confesso que não vejo necessidade alguma. Porém como sempre, agradou muito ao público e é bem provável que tenha sim uma continuação, só espero que seja tão boa quanto essa primeira.


Big little lies é uma serie cheia de mistérios que a primeira vista pode ser considera superficial, mas é extremamente cheia de assuntos sérios e tão recorrentes nos dias de hoje como abusos sexuais, agressão a mulheres, relacionamentos abusivos, agressão infantil, traição, e muito mais. Recomendo a série para quem curte uma dose de tensão e mistério, para esses será um prato cheio.








Participe! - Já está valendo!


5 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Eu vi algumas pessoas falando sobre essa série e, justamente, comparando-a com Gossip Girl. Não me interessei mais porque, apesar de ter visto GG até o fim, é uma série que achei bem arrastada, teen demais (tô "véia" kkk) e não gostaria de ver outra no estilo. Agora, lendo seu post e vendo o trailer, mudou total minha impressão e me deu muita vontade de ver!!!
    Amei o post, rico em detalhes porém sem entregar demais e tirar a vontade de assistir!
    Beijos
    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tenho o livro, mas ainda não tive oportunidade de lê-lo, porém quando soube da adaptação para a serie, fiquei muito entusiasmada e por isso pretendia ler a obra esse ano para poder assistir a série, no entanto isso não aconteceu. E a primeira vez que vejo essa comparação ao seriado Gossip Girl que tanto amei, isso me deixou mais cativa em assistir essa adaptação.

    ResponderExcluir
  3. Stefani!
    Não li o livro, portanto não posso ne dizer se a adaptação é fiel ou não, mesmo porque, também não assisti a série.
    Agora gostei do enredo, porque tudo que se relaciona a família, sempre me chama atenção, ainda tem o bullying, a aparência social das famílias e o assassinato.
    Seria uma boa pedida.
    Bom final de semana!
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  4. Olá. Eu não assisti, mas o elenco dessa série está absurdo, e, pra ser sincera, foi isso que me interessou. A história em si, não sei. Talvez eu assista, mas acho que já sei o que esperar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oii, também adorei a atuação das crianças, em especial a playlist da Chloe hahah
    Num primeiro momento parece só mais uma série de mulheres ricas, mas vemos que não é bem assim. Já no início já tinha minhas dúvidas sobre quem seria o morto e apesar de ainda não ter lido o livro ouvi dizer mesmo que é bem fiel
    Beijos

    ResponderExcluir