22 maio 2017

Resenha - Onze leis a cumprir na hora de seduzir


Título: Onze leis a cumprir na hora de seduzir #3
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Skoob / Goodreads
Páginas: 336
Onde comprar: Amazon

Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra. Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton. O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.








Resenhas Anteriores




No terceiro livro da série Os Números do Amor, a história gira em torno de Juliana Fiori, a meia-irmã dos nossos gêmeos preferidos. Prometo não dar nenhum spoiler importante dos anteriores nesta resenha, combinado? Pode ler sem medo. Então vamos lá porque eu preciso muito falar deste livro!

Não bastasse a dificuldade que Juliana tem que enfrentar para se adaptar aos costumes ingleses, a sociedade londrina não facilitará nada para que ela seja aceita nesse meio por causa da sua origem italiana e sua legitimidade questionável. Depois de tantos meses se esforçando, ela ainda é obrigada a ouvir inúmeros comentários inconvenientes pelos cantos dos salões de baile.

Em um dos bailes na casa de seu irmão, o Marquês de Ralston, Juliana vai para os jardins fugir um pouco da multidão e acaba sendo encontrada por um Grabeham muito bêbado que tenta agarrá-la. Ela se defende dando um soco no nariz dele e foge para onde estão as carruagens dos convidados, escondendo-se na primeira que conseguiu encontrar.

Entretanto, ela acaba na carruagem de ninguém mais, ninguém menos, do que Simon Pearson, o Duque de Leighton, o aristocrata que preserva sua reputação acima de todas as coisas que conhecemos nos outros livros, o completamente oposto de Juliana que encontra um escândalo onde quer que vá, vivendo constantemente nas sombras da reputação arruinada de sua mãe.

Ela havia tirado os sapatos e enroscado os pés debaixo de si, e Simon balançou a cabeça diante de tal comportamento. Damas por toda a Londres não ousariam andar descalças na privacidade de seus próprios lares, mas lá estava ela, à vontade, tirando um cochilo na biblioteca de um duque.

Não concebendo a frieza com que o Duque vive, Juliana aposta com ele de que não é possível viver sem emoção e o conduz por uma montanha russa de aventuras que mudará a forma como os dois encaram a vida, nos levando por um romance apaixonante cheio de altos e baixos que promete emocionar.




[ - Minhas Impressões - ]

Eu estava esperando ansiosamente por este livro depois de ter amado tanto os primeiros e, mesmo pensando que nada superaria esses dois romances, posso dizer (com muita felicidade) que a Sarah entregou uma história à altura para fechar esta trilogia maravilhosa. Não me conquistou tanto quanto o primeiro, nem me fez rir tanto quanto o segundo, mas me deixou com lágrimas nos olhos muitas e muitas vezes.

O livro tem uma carga de drama bem maior do que eu geralmente gosto no gênero, mas a autora criou uma história tão encantadora que eu não pude deixar de me apegar aos personagens, especialmente à Juliana que tem uma personalidade extremamente forte e determinada, aguentando muita coisa de cabeça erguida que acho que nem eu aguentaria.

Como todos os livros da Sarah que eu já li, este me prendeu desde o primeiro momento, não queria larga-lo por nada neste mundo. A história é narrada em terceira pessoa com as perspectivas revezadas entre a Juliana e o Duque, é ótimo para conseguirmos saber o que passa na cabeça de cada um e ajuda a entender o porquê o Duque age do jeito que age.

- E se eu dissesse que ela me vendeu uma noite?
As sobrancelhas dele se franziram.
- Uma noite de quê?
Ela encolheu os ombros de leve.
- Simplicidade. Tranquilidade. Paz.
Simon esboçou um meio sorriso.
- Eu diria: vamos comprar uma vida inteira disso.

Uma das coisas que mais me encantaram na trilogia é o companheirismo nas relações familiares e entre os personagens envolvidos, é impossível não se apaixonar pela maioria deles. Apesar de estar completamente imersa no romance, em certo ponto eu cheguei a achar que a história entre os dois estava muito repetitiva, mas logo depois, quando eu acreditava que nada mais poderia dar errado, vem uma reviravolta e muda tudo.

Ao longo da leitura eu senti falta de como a autora sempre colocava o número do título de alguma forma no enredo, mas foi só chegar no epílogo que eu encontrei exatamente o que eu queria, foi a cereja do bolo para mim! Se você gosta de romance de época tanto quanto eu, você não pode deixar de ler essa trilogia, confie em mim. Como eu sei que não vou conseguir ficar muito tempo longe da escrita da Sarah MacLean, em breve eu trago para vocês as resenhas da série O Clube dos Canalhas que traz muitos dos personagens que nós conhecemos aqui.



Participe! - Já está valendo!



25 comentários:

  1. Olá, Luana

    Estou esperando ansiosamente o meu exemplar chegar! Eu amei os dois primeiros livros e acho que vou adorar o livro da Juliana, ainda mais porque amo a personalidade dela. Gostei de saber que tem um pouco mais de drama nesse livro. Uma pena que acabou, mas também pretendo ler os livros da série Clube dos Canalhas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Não li esse livro e ainda nada da autora mesmo ela escrevendo sobre um gênero que gosto tanto quanto você: romances de época. Sabe tenho tanta coisa para ler que ainda não cheguei a cogitar ler as obras dela, mas por ela escrever com base numa temática que gosto acho que logo logo chego às obras dela [rsrs]. E, gostei de saber que esta trilogia prende nossa atenção e nos leva a uma montanha russa de emoções, isso me despertou um pouco a curiosidade. Bexitus!

    |amorlivresco.wordpress.com|

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Sarah Maclean escreve maravilhosamente bem, e apesar de não ter tido a oportunidade de conferir ainda esta trilogia, com certeza está na minha lista de desejados. Pelo que pude perceber em sua resenha - que está ótima e me deixou mais motivada ainda - é que a trama se mostra bem envolvente heim? Espero conferir em breve.
    beijos, FD

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Sou uma viciada em roamaces histórico.ainda não tive oportunidade de ler este livro e estava morrendo de medo de ler tua resenha e ter spoiler rsrs
    Terminei de ler com a única sensação parar todas as leituras que estou fazendo no momento e colocar no topo está mocinha atrevida que vive quebrando as regras rs

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita vontade de ter a oportunidade de ler essa trilogia, porque e possível notar que a estória e encantadora com um romance de época arrebatadora, além do autora conseguir de forma maravilhosa envolver os personagens, e nos fazer apaixonar por cada um pelas suas peculiaridades. Imagino que durante essa leitura vamos nos deparar com muitas surpresas e revira voltas.

    ResponderExcluir
  6. EU não conheço esse livro e nem a saga, pelo fato de que eu não leio romances mesmo uhashuashuas
    Porém se tratando de romance histórico, talvez eu até daria uma chance, eu sou apaixonado pela era vitoriana, adoro ler sobre essa época. É algo que me inspira.
    Parabéns pela resenha e pelo seu blog, é todo lindo e organizado haha amei;
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  7. Não sou de ler romances de época, mas preciso tentar ler mais, então agradeço pela dica!
    Eu já vi falar nos livros dessa série, mas será que a carga a mais de drama atrapalha muito? Pelo visto não, já que você adorou, mas só lendo pra eu saber, né? Hahah.
    Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  8. Olá adorei a capa e premissa do livro, sua resenha foi muito bem escrita, de fácil entendimento gosto muito disso, quero muito ler romances de época tem alguns na lista de compra e esse e os demais livros talvez entrem nela também, vou pesquisar mais sobre a autora do livro, mais ja gostei muito por ter uma temática diferente do que costumo ler.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Essa trilogia (antes eu pensava que era uma série kkk) está na minha lista há algum tempo e fico muito feliz ao ver o quanto tem caído no gosto do povo. O fato de ser um romance de série me deixa com mais vontade ainda de ler, pois amo muitoo livros de época.
    Gostei de saber que a escritora tem uma escrita envolvente, acredito que uma boa escrita seja fundamental.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Luana!
    Eita que dona Sarah ataca novamente! Gosto muito da escrita da Sarah justamente por conseguir trazer em uma mesma série várias formas de contar uma história de amor (uma mais feliz, outra mais dramática...). Ainda não li nenhum livro dessa série, mas está na minha lista. A Juliana me pareceu uma personagem muito boa (confesso que estou super curiosa para ver como ela lida com todo o burburinho ao seu redor) e deve ser muito satisfatório acompanhar sua história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?

    Queria muito ter solicitado este livro à editora, mas como ainda não li os primeiro, não foi possível. Adoro os romances de época da Arqueiro, e este livro (assim como outros) já estão na minha lista de futuras leituras.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Bem, eu não sou fã de romances e não costumo ler nada do gênero, mas acho interessante o fato desse ser de época. Gosto bastante de livros com uma ambientação mais histórica.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oii Luana, tudo bem? Adorei conferir tua opinião sobre o livro! Eu li os dois primeiros da trilogia e simplesmente amei a forma como a Sarah abordou as relações familiares dos personagens, além do romance em si. Foi bem bacana. Ainda não tive a oportunidade de ler esse terceiro (por motivos de $$) mas quero MUITO fazer isso logo, e espero gostar tanto quanto você gostou <3 Ótima resenha!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Como não se apaixonar por Juliana nesse livro, não é mesmo? <3 As coisas que ela aguenta de cabeça erguida só me fizeram admirá-la e cá entre nós? Ainda com a carga dramática desse livro, o mesmo conseguiu me arrancar boas risadas. Não sei se você já leu, mas a série O clube dos canalhas nos apresenta a história da Penélope. Vale muito a pena conferir também ^^
    Amei sua resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Quando tem a assinatura da Sarah pode ter certeza que é coisa boa. Fico feliz que tenhas gostado tanto dessa trilogia, pois só me instiga a ler mais rápido! Me agrada muito saber que a trama da trilogia traz esse companheirismo familiar. Espero ler essa série em breve!(Certamente será adiantada da minha lista srs) Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  16. Luana!
    Gosto demais de romances de época e quando tem uma protagonista tão altiva e impulsiva, fico com mais vontade de ler ainda, porque sei que terá muitas situações vexatórias e hilárias, para no final, fechar o livro com um belo romance, que aqui no caso, parece um tanto tumultuado e cheio de drama.
    Bom final de semana!
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  17. Oi Luana! Romances de época ou históricos não são meu forte, mas essa série/trilogia tem chamado minha atenção. Sua resenha acaba de completar meu nível de curiosidade rs. Já vou colocá-los novamente na minhas whishlist.
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi! Preciso dizer que faz muito tempo que eu li o primeiro livro dessa série, tanto tempo que eu já nem consigo me lembrar de detalhes... O segundo existiam pessoas que gostavam e pessoas que não curtiam nem um pouco, o que me fez crer que não sei se aproveitaria a leitura e deixei de lado, mas esse livro simplesmente me encanta ao ponto de eu já ter solicitado assim que o vi. Ainda não comecei a leitura, mas já vejo que me aguardam muitas emoções durante as páginas... Acho que também vou não gostar um pouco do fato de que entre eles se torna repetitivo e que só no epilogo que tem a questão do 11, mas acredito que mesmo com isso será uma leitura proveitosa! Vamos ver né? Amei sua resenha!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu também gostei muito dos primeiros livros dessa trilogia, então estou super ansiosa por esse volume e como estou com ele aqui para ler, li sua resenha meio por cima porque gosto de saber o mínimo possível sobre uma história antes de ler. Bom, fiquei feliz em ver que esse volume também te agradou, gostei de saber que há uma carga de drama maior nele e a Juliana é super cativante, acredito que vou adorar ela. Enfim, espero gostar tanto quanto você dessa leitura.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Até agora li apenas o primeiro livro desta série e gostei bastante! Quero muito contínuá-la e por isso não pude me aprofundar muito em sua resenha - evitar spoilers, mesmo que pequenininhos

    Essa série foi meu primeiro contato com romance de época, e gostei bastante da escrita da autora, me prendeu muito! Espero em breve poder dar continuidade na série Os numeros do amor!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  21. Oi!!
    Ainda não li nenhum romance de época e confesso que não sinto vontade hahahaha.
    Ai... eu não gosto de romance e né, sempre é o foco. Um homem, uma mulher... Acho chato. Ainda mais com essa sensação de que algumas coisas estavam sendo repetitivas... Acho que passo a dica :x

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  22. Esse livro está nos meus desejados desde que a editora anunciou o lançamento, e principalmente de pois que li '10 formas'.
    Julia é encantadora e tem um gênio muito forte, pelo jeito o livro é bem engraçado e bem dramático, afinal o passado dela é bem complicado.
    Fiquei feliz em saber que o livro é muito bom, estou mais necessitada dele

    ResponderExcluir
  23. Oi, Luana! Romances de época, nos últimos tempos, tem ficado muito repetitivos, mas confesso que esse me pareceu diferente. Acho que posso dar uma chance, vou adicioná-lo a minha lista de desejados. Beijos!

    ResponderExcluir
  24. O nome desses livros me pareceu familiar. Ou já li resenha ou já vi em livraria, mas com certeza, pela sua resenha, agora não me esqueço mais. Adoro romances de época (quem não ama Austen?) e adorei a saga dos Bridgertons. Acho que vou gostar desses também. Vou ler! Histórias assim que nos transportam no tempo são muito boas. Entrou na lista dos 'preciso ler'. Ótima resenha, sem spoilers! AMOOOO

    ResponderExcluir
  25. Oie... Que resenha mais linda... Sou apaixonada por romances de época, mas acredito que falhei muito em não ler ainda nenhum livro da Sarah. Não sabia que esse livros eram apenas uma trilogia, achava que era uma série mais extensa.

    Beijão
    LIVROS & TAL

    ResponderExcluir