29 janeiro 2016

Resenha - Sombras do Medo



Em um futuro pós destruição em massa, provocada pelas guerras humanas e desastres naturais - para os quais os humanos também contribuíram grandemente - o mundo é dividido em 5 grandes regiões. Em cada uma delas vivem ordinários e singulares, pessoas com ambições completamente diferentes. Estes dominam o mundo. Aqueles tentam tão somente sobreviver. E ao viverem dessa forma, a bondade beira à extinção. O caos reina em seu lugar, despertando forças malignas que há muito esperam para serem alimentadas. A maior guerra de todos os tempos finalmente começa e a humanidade já se encontra em desvantagem. E em meio a tanto ódio e destruição, será o amor capaz de afastar as Sombras do Medo?





Livro:
Sombras do Medo
194 páginas || Skoob || Editora: Arwen || Onde Comprar ||








Em Sombras do Medo somos apresentados a um mundo distópico onde a humanidade luta para sobreviver. A população é separada entre os singulares, que formam a parte rica e esbanjam água e comida, além de viver no conforto. E os ordinários são a população pobre que luta para sobreviver com o mínimo, eles trabalham duro em baixo do sol escaldante e são obrigados a viver com o pouco que conseguem do trabalho, além de viver em péssimas condições.


Anabele vive com sua mãe e com Vicente, seu melhor amigo. É uma ordinária,  uma jovem muito bondosa que sempre que pode está ajudando quem precisa, só que muitas vezes ela deixa faltar dela para dar aos outros. Não entende também como o mundo chegou a tal ponto de destruição. Henry é o novo jovem que chegou para os ordinários, mas ninguém conhece o seu passado ou de onde ele vem, mas ele é querido por todos e ganhou a confiança dos trabalhadores. Ele é um mistério para Anabele, mas por algum motivo ela se encantou por ele.

As coisas começam a mudar quando pessoas desaparecem e deixam rastros de gelo por todos os lugares, sendo que no lugar não chove e de dia tem um sol muito forte. As pessoas começam a ficar com medo e sentem que estão todos em perigo, mas eles ainda não descobriram quem o ou quê é responsável por esses atos.

"O medo, como bem sabia ela, era capaz de fazer uma pessoa reagir, lutar. Mas em uma diferente intensidade era também capaz de tornar alguém tão inerte quanto um poste."

''Sombras do Medo'' é uma distopia que como o próprio título já diz, é repleto de medo e sombras. Ele é recheado de mistérios e deixa o leitor aflito para descobrir quem são os monstros que estão causando os desaparecimentos, além de nos deixar intrigados em como é possível causar danos sobrenaturais. Eu confesso que não sou chegada em distopias, mas não pude deixar de gostar dessa, tem algo diferente que chamou minha atenção. Além da autora ter uma escrita super leve e de fácil entendimento que conduz o leitor até a última página sem perceber que tanto tempo havia passado.

Os personagens são muito bem construídos e todos com personalidades muito fortes. Anabele é uma moça que tem o maior coração do mundo, ela é caridosa e se preocupa com o próximo, ela já passou fome para dar de comer aos doentes e aos mais velhos, além de alimentar um cachorro que ela havia encontrado na rua. Ela se preocupa com a humanidade e não aceita que existem pessoas que achem normal o que estava acontecendo, ou que não se preocupem em ver outras pessoas passando necessidades. Vicente é o melhor amigo de Anabele, ele é super protetor e está sempre por perto dela e da mãe, que ele considera como da sua própria família. Ele nutre sentimentos românticos por ela e fica revoltado quando percebe que o coração da moça bate mais forte por Henry, o cara que ninguém conhece de onde vem. Henry foi ganhando Anabele aos poucos, ele é carinhoso e se preocupa com ela, ele faz o coração dela balançar e aos poucos ele vai mostrando seu passado, que deixa todos surpresos.


Esse é um livro que aborda toda a humanidade e a destruição causada pelos próprios seres humanos, ele nos mostra o pior lado das pessoas, além de nos mostrar a bondade e a esperança que algumas pessoas nutrem no meio de tanto caos. Está recomendado para todos os fãs de distopias, e para quem não é fã também, porque assim como eu que não gosto de distopias, me encantei com essa.

20 comentários:

  1. Hello :)

    Sou super fã de distopias e aceito quase todas as sugestões. Com essa não foi diferente. Estou super curiosa sobre o desfecho do mistério dos desaparecimentos! Vou procurar logo, e o bom é que ele é curtinho, então a leitura nem deve ser demorada.

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?
    O Sombras do Medo está em minha lista desde que eu conheci o livro, eu sou apaixonada em distopias e amei a premissa desse livro, e todas as resenhas que vejo desse livro são positivas, e eu estou bem curiosa para saber o motivo desses desaparecimentos.

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Ainda não li nenhuma distopia, apenas li resenhas. O que eu gosto nelas é que tentem a passar na cara algo que todos sabemos que será o destino do mundo se continuar assim.
    Essa me interessou um pouco, já havia lido algumas coisas sobre ela. Estou curiosa pra saber como alguém conseguiu deixar rastros de gelo por aí rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Eu ando tendo muita preguiça de ler distopias, porque todas me parecem extremamente iguais e repetitivas. Mas Sombras do Medo apresenta uma temática diferenciada, é tipo respirar um ar limpo. A editora Arwen está com umas distopias muito boas e que valem a pena ler. Espero poder ler essa em breve, porque mundo das sombras, humanos tentando sobreviver, mistérios, etc, são coisas bem interessantes pra quem gosta do gênero. :)

    ResponderExcluir
  5. Nossa, não conhecia esse livro!
    Adoro livros distópicos que se enredam pelos caminhos que relatou na resenha e nos faz refletir o quão ruim nós seres humanos podemos ser e, claro, que, apesar de toda a maldade, ainda há aqueles que buscam o melhor para todos.
    Adorei a premissa do livro, ele tem tudo pra me agradar e espero poder lê-lo sem demora.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  6. Olá Kétrin,
    As distopias me atraem justamente pela forma mágica como os autores conseguem falar de acontecimentos doentios que foi causado pelo próprio homem.
    Gostei muito da premissa de Sombras do Medo e fiquei encantada com sua.
    Personagens bem construídos é um ponto primordial para uma boa leitura.
    Já anotei a dica ;)
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Kétria, achei bem interessante a premissa do livro, só que acho que faltou alguma coisa a mais que despertasse a minha atenção. Mas parece ser uma história interessante e eu adorei a capa, então se eu tiver uma oportunidade vou acabar lendo.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  8. Oii!

    Eu li a primeira edição desse livro e eu gostei bastante. Não sou fã de distopias mas acho ótimas as mensagens do enredo e isso acontece nesse livro. Eu terminei refletindo muito a forma como eu consumo as coisas.
    Gostei da sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá.

    Distopias me interessam muito, mas não são meu ponto forte em leitura. Achei muito legal o fato de você mesma não ser tão fã do gênero e ter amado o livro mesmo assim. Me interessou bastante, apesar do rastro de gelo não ter sido algo que li com entusiasmo, me pareceu meio nada a ver com a história. Mas enfim, eu não li o livro, né?

    Beijos
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Nunca falaria pra você que esse livro é uma distopia se me perguntasse, a capa parece muito com uma fantasia, é linda, mas não bateu muito bem com o livro.
    A história parece bem diferente, pois sempre a distopia gira em torno de protagonistas que lutam contra algo, e nessa parece que eles sobrevivem, e mostram como a humanidade foi destruida por ela mesma.
    Adorei esse lançamento, e com certeza é uma ótima dica de leitura

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  11. Também não sou grande fã do gênero, mas me interessei pela sinopse. Sua resenha ficou muito legal e conseguiu me deixar bem curiosa com a leitura. No momento, não estou no clima para esse tipo de livro, mas espero ter a oportunidade de vir a realizar a leitura qualquer dia desse :D
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Não sou muito fã de distopia meio fantasiosa, então a obra na me atraiu.
    Mas achei legal a atmosfera tensa criada pela autora. Com certeza isso deve ter dado um toque único na obra. Legal saber que é uma leitura que conquista.
    Vou indicar para o meu primo! Tenho certeza que ele vai adorar
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Ketrin lindona pelo visto o livro vai abordar a questão social, uns com tanto esbanjando, e a parte menos favorecida lutando para sobreviver. Gostei da capa e do tema abordado, adoro distopia e fico orgulhosa em ver esse gênero se destacando com autores nacionais. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Oi.

    Estou começando agora a me aventurar nesse mundo das distopias, não é o meu gênero literário favorito, foram alguns livros lidos até agora. Vou tentar ler esse livro, não prometo que será em breve, mas me arrisco a dizer que será ainda em 2016. :)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Achei uns elementos bem clichês na trama, mas apesar disso, creio que leria por ser tratar de um livro curto e me deixar curiosa com os monstros e desaparecimentos... sou apaixonada por distopias e espero que essa me surpreenda...
    não curti essa capa tbm, mas relevaria esse detalhe... rsrs
    bjs...

    ResponderExcluir
  16. Achei essa distopia bem diferente mesmo, só por ter esse toque mais sobrenatural e cheio de mistérios. É um dos meus gêneros favoritos, então não tinha como eu não amar saber mais sobre a história e não querer ler. Eu quero ler imediatamente essa obra, fiquei fascinada com tudo descrito.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia ainda! A história parece boa, apesar de ter uns belos clichês de distopia (sempre acho que o gênero tá saturado quando não aparecem livros que fujam deles). Me incomodou muito esse "Ordinários" ali. Não consegui ler uma vez na tua resenha sem pensar no Compadre Washington, imagina eu lendo o livro? hahaha

    ResponderExcluir
  18. Uma história cativante, aborda os sentimentos humanos mostrando que tanto os bons quanto os ruins têm força . Além disso, podemos perceber amor, amizade, família, caridade, coragem e por outro lado, egoísmo, maldade, orgulho nesse livro.
    Bem escrito e, finalmente, com uma cara totalmente condizente com a obra nessa segunda edição, lançada pela Arwen.

    ResponderExcluir
  19. Oii!

    São muitos lançamentos dessa editora!!
    Esse eu não tenho vontade de ler, justamente por ser distopia. Mesmo você me contando que gostou, eu não consigo escolher uma distopia se tenho outras opções! Mas gostei do enredo, parece ser bem interessante e ter uma liçãozinha à acrescentar.
    Pena eu não gostar dessa capa, não gosto de ilustrações, sou mais as capas com fotos!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  20. Oi, Silvana!
    Que resenha linda!
    Muito obrigada por ter lido e escrito sobre o Sombras com tanto carinho. Amei!

    ResponderExcluir