31 janeiro 2016

Resenha - O Segredo de Emma Corrigan





Em O Segredo de Emma Corrigan , Sophie Kinsella segue a receita que fez da série Os delírios de consumo de Becky Bloom sucesso de público - foram mais de 35 mil exemplares vendidos só no Brasil - e crítica. Com humor e muito charme, ela nos apresenta a Emma, uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultraconfidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real.
Funcionária Júnior da Panther Corporation, uma empresa de produtos energéticos e esportivos com filiais por toda Grã-Bretanha, Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing sobre um novo refrigerante, a Panther Cola. O que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu vôo de volta para casa quase cai. Em momentos de tensão as pessoas fazem as coisas mais estranhas. E Emma Corrigan não é exceção. Acreditando estar a um passo de uma morte trágica, ela conta todos os seus pequenos pecados para o passageiro ao lado. Afinal, qual a probabilidade de vê-lo de novo? Ainda mais com vida?
Mas o destino decide brincar com a protagonista: o avião pousa em segurança e o distinto cavalheiro nada mais é que o fundador e presidente da empresa onde trabalha. E além dos segredos pessoais, Emma abriu o verbo sobre todos os colegas da Panther e suas estratégias para enrolar no serviço. Para recuperar o respeito profissional - e voltar às boas com o pessoal do escritório - Emma se mete nas situações mais inusitadas, quase novelísticas. Mas com as quais todas as mulheres acabam se identificando.

Livro: O Segredo de Emma Corrigan
384 páginas || Skoob || Editora: Record || Onde Comprar ||







O livro nos traz Emma Corrigan, uma garota que faz uma viagem a trabalho para representar a Corporação Panther onde é assistente de Marketing. O seu atual destino é estar em uma reunião na Escócia, para ela essa reunião é primordial, pois quer de qualquer forma mostrar que tem capacidade de ser promovida. Porém, as coisas não ocorrem como ela gostaria e tudo desaba em um desastre total.

‘’Todo mundo no escritório vai pensar que foi minha culpa. Vai pensar que eu estraguei tudo, que fiz uma merda completa.’’
‘’Minha primeira reunião importante. Minha primeira grande chance – e é isso que acontece. Sinto vontade de desistir de tudo.’’

Arrasada com tudo que houve, ela enfim entra no avião de volta para casa, mas só que durante o voo ela começa a ficar bastante amedrontada com a turbulência e começa a pensar que vai morrer. O medo deixa-a tão nervosa que começa despejar seus segredos inconscientemente para um homem que ela nunca viu na vida que está sentado ao seu lado.

“… Ouço alguém atrás de mim recitando “Ave Maria cheia de graça…” e um novo pânico de causar engasgo me domina. Tem gente rezando. É sério. A gente vai morrer. A gente vai morrer…”
‘’O avião dá outro salto aterrorizante e eu me pego agarrando a mão do sujeito, em pânico. – A gente não vai sobreviver. Sei que não. É isso. Estou com 25 anos, pelo amor de Deus. Não estou pronta. Não realizei nada.’’

Como esperado, as turbulências não passavam de rotina durante o vôo, coisas que normalmente acontecem, e então, o  avião pousa tranquilamente. O que Emma não esperava é que seu confidente/ouvinte do vôo era simplesmente o dono da Corporação: Jack Harper.
O pior é que o mau caráter começa utilizar dos segredos confidenciados por Emma durante o vôo para deixá-la constrangida em diversas situações.


De posse de seus segredos mais íntimos, Emma não tem outra saída a não ser lidar com cada uma das situações que lhe aparecem no dia a dia, visto que o emprego era muito importante para ela, alem de outros problemas e situações tanto familiares quanto com os amigos, tudo isso torna o livro bastante atrativo no sentido da tensão que Emma passa a cada dia.



[ - Minhas Impressões -]


Fazia algum tempo que encaixei esse livro na fila de minhas leituras mensais e pensava se pulava logo para ele ou não. Desde que vi um vídeo resenha no Youtube da Aione Simões ( Blog -Minha Vida Literária), acabei me interessando ainda mais e gostei muito quando o tive em mãos para iniciar a aventura de Emma.

Além da admiração que tenho pela autora, Sophie Kinsella, parece que o prazer da leitura aumenta quando tudo se encaixa. Você gosta da sinopse, das impressões de quem já leu e da autora, bom não tem como não gostar de uma leitura com tantos pontos positivos, não é?

Ao iniciar a leitura eu já tinha uma ideia do que se tratava, mas fui lendo sem criar muitas expectativas e sinceramente confesso que gostei muito da trama e principalmente da narrativa em primeira pessoa que se tornou bastante envolvente durante as páginas. Sophie consegue nos cativar e nos prender, principalmente quando Emma começa a ficar em saia justa por conta dos seus segredos revelados.

O livro sim te proporcionar uma leitura leve, rápida e divertida. Pra mim foi uma estória boa e descontraída, mas nada assim que fosse de tirar o chapéu, sabe? E também esperava um desfecho mais satisfatório, porque o enredo nos deixa essa impressão de um final merecedor. O romance, por exemplo, também acabou ficando de lado nesse quesito. Achei que poderia ter sido mais bem desenvolvido após tudo que houve. A autora não deixou pontas soltas, em cada segredo ou situação que Emma passa, tem um fechamento e é bem esclarecedor, mas para o final que digo que faltou algo, claro minha opinião.

Quanto aos personagens, confesso que todos foram muito bem trabalhados na estória pela autora, principalmente Emma que se mostrou uma personagem engraçada, fofa e que apesar de tudo tentava passar por cima de todos os momentos constrangedores que lhe foram apresentados, contra sua vontade. E com isso aprendeu duas coisas importantes para a vida, duas lições na verdade, respeitar e ser respeitada pelas pessoas a sua volta. Já Lissy (amiga de apartamento de Emma), achei-a uma fofa particularmente, pois o tempo todo se mostrava compreensiva e disposta a ajudar Emma em tudo que precisava. Agora uma personagem que achei insuportável foi Kerry (prima de Emma) que praticamente caiu de paraquedas em sua família sem se importar com os sentimentos de Emma. Ela me deixou realmente brava, pois diversas vezes eu quis entrar no livro para ajudar Emma e confesso que a achei insuportável. Ela bem que merecia alguma lição viu?  Confesso que perdi a paciência em alguns momentos com ela. Já de  Jack eu até que gostei, mesmo ele sacaneando Emma, porque em alguns momentos ele saía em defesa de Emma, mas não foi um personagem daqueles que me surpreendeu sabe? E com o decorrer das páginas ele até me pareceu ser um homem que tem lá seus defeitos, mas não me senti cativada como eu imaginei desde o inicio, ninguém pode ser tão baixo o tempo todo. Acho que fiquei tão decepcionada com a situação que acabei tendo uma visão diferente dele (risos)

Ainda virei a ler outros livros da autora, até porque tenho todos em minha estante, mas só espero de alguma forma ser surpreendida, pois quero encontrar uma estória que tenha um desfecho ainda mais satisfatório. Emma Corrigan teve lá seus momentos, mas é um livro para se passar o tempo e sem esperar algo muito grandioso.

Quanto à diagramação, eu gostei muito da capa, porque a arte foi muito bem elaborada e em certo momento do livro é citado Emma dentro de um globo de vidro nevando como se tivesse fechada em seu mundo, mais uma maneira de se auto-proteger dos problemas. As páginas são brancas, a fonte é de um bom tamanho e a Editora Record está de parabéns pela revisão, pois em momento algum encontrei erros ortográficos.

Enfim... é tudo que tenho a dizer da obra e recomendo a leitura para todos aqueles que ainda não conhecem Sophie Kinsella e que querem iniciar conhecendo um bom gênero ChickLit!

22 comentários:

  1. Oi Silvana, achei essa capa linda. Achei a história bem diferente e fiquei curiosa para saber o desenrolar e o que ela vai fazer para se livrar desse cara. Nossa eu imagino a agonia dela achando que vai morrer, já passei por isso num avião e na ocasião, eu fiquei muito desesperada e achei mesmo que fosse morrer, é tenso demais. Pior de tudo é esse cara usar os segredos contra ele, nem li anda e já tenho um ódio mortal por ele. Mesmo não sendo uma leitura tão surpreendente eu quero ler, quero saber o que vai acontecer.

    ResponderExcluir
  2. Eu estou em busca de uma leitura da Sophie há algum tempo, mas os livros são sempre tão caros. O Segredo de Emma Corrigan é bem elogiado por todos que leem e penso em como vou rir nesta leitura com todos os sufocos que Emma Corrigan passa e é obrigada a sair por si própria, ou pelo menos tentar. Risos.

    Os 16 livros para 2016! | arafaelagodoy.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie, Sil!
    Adorei a resenha e fiquei curiosa para conferir o livro, mas dei uma desanimada quando você disse que o final não é tão satisfatório.
    Sabe, fiquei com medo de ler outro livro da Sophie depois de ficar apaixonada por A procura de Audrey.
    Adorei saber que a capa mostra a Emma dentro de um globo, estou adorando as descrições de vocês.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil, tudo bom?
    Ai esse livro me chama a atenção pela trama, e sim, ainda quero ler Sophie mesmo sendo meio bleh com chick lit
    Ai final não é bom? Ai complica pra autora

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil, tudo bom?
    Confesso que não gostei muito da capa, acho que gosto de coisa mais chamativa.
    Mas a sua resenha está incrivel, e ja me deu vontade de sair em busca do livro feito louca! Sucesso!
    Um xêro.
    Lydi - http://vinteeumaprimavera.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, flor!
    Adorei saber sua opinião, embora não concorde com algumas impressões que você teve (rs). O máximo da literatura é isso: cada livro tem o seu leitor e cada leitor tem os seus favoritos. Eu AMO essa obra. Ela me inspira a viver minha vida de modo verdadeiro, sem deixar de lado minha identidade e sem ferir o que quero para mim mesma. :) E tudo isso de um modo leve, descontraído. Concordo que o final não é arrebatador, mas (ao menos para mim) isso não tornou o livro menos especial (rs).

    Beijos, linda!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee Sil ^^
    Eu sou doida para ler os livros da Sophie, mas até agora não comprei nenhum. Pois é, e não sei se o farei tão cedo, estou tentando guardar dinheiro para a bienal...haha'
    Sempre li resenhas positivas do livro dela, e a maioria das pessoas fala super bem dos personagens e da narrativa, e também que as histórias são divertidas, apesar de os finais não serem lá tanta coisa.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/nova-parceria-philippe-alencar.html

    ResponderExcluir
  8. Olá Silvana,
    Eu tenho muita vontade de ler livros do gênero, pois vejo tantos elogios da Aione para ele e, principalmente, para a Sophie.
    Gostei muito da sua opinião e achei muito pertinente. De fato, por vezes, acho que a personagem merecia algo ruim, mas não queremos não é?
    Gostei muito das fotos também.
    Espero ler um dia.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Eu nunca li um chick lit, acredita? Sempre vejo ótimas resenhas do gênero, e fico pensando em comprar pra ler, mas leio resenhas e resenhas e percebo que não é pra mim de verdade, pois é sempre o mesmo tipo de história, e sempre são coisas inusitadas que infelizmente não me compram.
    Mas eu achei bem bacana o enredo desse, dela contar os segredos para um desconhecido e quando ve ele é nada menos que o dono da empresa... Fiquei curiosa pra ver como ela vai se livrar dessa confusão

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir

  10. Os segredos de Emma: Hello :)

    O livro parece legal (e a capa é fofa), mas sabe quando o santo não bate com o enredo? Posso estar perdendo a oportunidade de uma maravilhosa leitura, mas dessa vez eu vou passar. Acho que parte do meu problema foi o caso da personagem não ser muito marcante. Boa sorte com as outras leituras.

    Beijinhos e que a Força esteja com você.
    www.catinhocult.com
    www.galerageek.com.br

    ResponderExcluir
  11. Hello :)

    O livro parece legal (e a capa é fofa), mas sabe quando o santo não bate com o enredo? Posso estar perdendo a oportunidade de uma maravilhosa leitura, mas dessa vez eu vou passar. Acho que parte do meu problema foi o caso da personagem não ser muito marcante. Boa sorte com as outras leituras.

    Beijinhos e que a Força esteja com você.
    www.catinhocult.com
    www.galerageek.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Eu já li esse livro e, apesar de ter gostado bastante, não acho que foi o melhor da autora. Assim como você, eu não gostei da Kerry, guria metida pra caramba. E acho que Jack poderia ter sido um cara melhor rs
    Eu queria que, no final, a Kerry tivesse tido algo mais trágico, sei lá, rs.
    Da autora, também li Fiquei com seu número e AMEI.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  13. Oiie Sil, parabéns pela nova aparência do blog, adorei.

    Fui apresentada a Sophia pela Aione (Blog - Minha vida literária) e já té comprei alguns, mas ainda não esse rs e pela sua resenha eu preciso também compra-ló, para saber quais são os segredos da Emma e se ela vai conseguir se esquivar do Jack. É tão bom quando a autora sabe escrever bons personagens, faz a gente amar ainda mais a leitura. Espero em breve poder ler.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil, tudo bem??
    Não costumo ler Chick lit, porém me interessei por um, mas foi nacional e do Cláudio Quirino, que sumiu das redes sociais, estou até preocupada... eu gostei da capa do livro... achei as cores bem mescladas. Porém não seria uma leitura que eu faria, porque o enredo em si não me chamou atenção mesmo. Que bom que a leitura foi satisfatória, mesmo com a ressalvas citada, isso é bem importante.. de qualquer forma, você tem mais livros da autora... talvez se aventurando em um próximo a leitura seja bem melhor... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Faz muito tempo que essa autora estava na minha lista, mas depois de ver um filme baseado em uma de suas obras, não resisti e li Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. Simplesmente amei a narrativa da autora e através das confusões da personagem eu vi as mensagens que ela queria transmitir. Pelo visto esse livro segue o mesmo caminho e por isso não vejo a hora de ler mesmo com a sua ressalva. Gostei muito da resenha.

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil, com certeza gostaria desse livro, só com a sua resenha já comecei a dar algumas risadas pela situação da Emma. Vejo esse livro como aqueles para passar uma tarde, sem grandes acontecimentos, mas com um prazer durante a leitura. Pretendo ler em breve, apesar das páginas brancas, coisa que eu realmente não gosto.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  17. Oi Silvana!
    Amo Sophie Kinsella, e já que você tem todos na estante, te indico ler Menina de Vinte, que na minha opinião é o melhor de todos! rsrs
    Mas concordo com você quanto a Emma Corrigan, é mesmo uma leitura muito leve e divertida.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  18. Não me diga que ela ficou com o babaca que usou dos segredos que ela revelou para constrangê-la!!
    Aaaaah, detesto esse gênero, é sempre um monte de cliches reunidos e uma história rasa tsc tsc.
    Se diverte quem gosta, menos mal hahhaha
    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  19. Oi Sil, fiquei feliz em ver que você gostou do livro e da escrita da autora, eu nunca li nada dela mas morro de vontade de conhecer suas histórias. Todo mundo sempre me fala tão bem dela, sem contar que ela é a rainha do chick-lit! acho que seria uma boa eu começar com esse livro, já que você gostou!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  20. Hey Sil! Tudo bem? Nunca li nada da autora, mas vontade é o que não me falta. Que bom que gostou tanto, apesar dos deslizes. Ouvi pelo youtube que a Sophie usa sempre a mesma fórmula para todos os seus livros, porém acredito que quanto uma fórmula dá certo, como a dela deu, deve sim ser usada! Acabamos com leituras divertidas e instigantes para passar o tempo :D
    Gostei da resenha!
    Beijinhos
    Gaby

    ResponderExcluir
  21. Oi Silvana,
    Eu não sou fã de chick lit mas já li um livro da Sophie e gostei bastante.
    A trama desse livro me lembra de A Rainha da fofoca da meg Cabot que é maravilhoso.
    Por analogia, gostei da autora e do enredo, acredito que será um boa leitura.
    Vou coloca-lo na lista de talvez um dia,rs.
    Que bom que você se divertiu.
    bjs
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá Silvana!
    Acho que a melhor coisa foi você ter lido sem alimentar as expectativas. O livro não tem uma premissa incrível, não para mim... O fato de ela entrar ficar com medo e sair contando um milhão de segredos pra um cara que ela nunca viu é completamente improvável pra mim... eu ficaria completamente muda e esperaria o avião cair bem rápido (se fosse pra cair, claro) kkkkk
    Espero que os outros livros da coleção sejam mais substanciais pra você aproveitar mais ainda!
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir