12 janeiro 2016

Resenha - O Príncipe dos Canalhas






Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent... Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

Livro: O Príncipe dos Canalhas
287 páginas || Skoob || Editora: Arqueiro || Onde Comprar ||








“ E no coração negro e duro de lorde Belzebu, como nos pântanos de Dartmoor, a chuva doce caiu e uma semente de amor brotou naquela terra que até pouco tempo era estéril. ”

Uma das séries de romance de época que tem me conquistado a cada novo livro lançado. Nesse temos a história de Lorde Belzebu, um homem como todo descendente da Tenebrosa Família Balliste é, sem coração e possuído por uma vontade de ter tudo que deseja, mas isso se choca quando ele conhece a jovem Jéssica Trent que vem da França para salvar seu irmão Bertie das mãos do homem mais libertino e depravado de Londres: Lorde Belzebu.

Assim que conhece Jéssica num antiquário da cidade juntamente com seu decrépito e sem noção irmão, Bertie Trent, Sebastian é levado a um encantamento profundo e avassalador no seu peito. Ele nunca esperou se apaixonar por uma dama virgem que só serve para conquistar maridos ricos e viver às custas deles. Quando vê aquela pequena mulher branca como a neve, com uma pele de seda e olhos azuis quase cinzas que mostravam tanta selvageria como os deles, ele percebeu que em seu peito batia um coração humano.

“ Acima de tudo, queria pressionar seus lábios naquela boca dura e depravada e beijá-lo até perder os sentidos. ”

Jéssica é uma jovem solteirona que sonha em montar uma loja para vender quinquilharias e lá conhece Lorde Belzebu quando compra um relógio que futuramente será alvo de muita cobiça e roubos ao decorrer do livro. Ela é uma solteirona convicta e nunca aceitou se casar com homens que mal viveriam mais dois anos de tão velhos que eram e de homens que queriam que ela aceitasse ser amante deles. Uma desonra que ela nunca aturaria na vida.

Ela foi abalada quando conheceu o amigo inseparável de seu tolo irmão. Aquele homem não era real! Forte, alto demais, moreno como o pecado e olhos pretos que fuzilavam qualquer um que se cruzasse seu caminho. Todavia, aqueles olhos estavam cravados nela e indicavam um desejo arrebatador. Pela primeira vez na vida, Jéssica sente um tremor entre suas pernas e parece que vai desmaiar. Sempre viverá sem ser atingida por qualquer galanteio de homem, porque fora criada com seu irmão e vários primos e pensava ser imune ao charme masculino. Sebastian era a encarnação do Pecado e o próprio diabo em pessoa.

“Se ela fosse uma peça de porcelana de Sévres, uma pintura a óleo ou uma tapeçaria, ele a compraria imediatamente, sem reclamar do preço. ”

O jogo de conquista dos dois leva qualquer um ao ataque de risos. Lorde Belzebu tem o sangue dos Ballister em suas veias e nunca perde qualquer aposta e tem certeza que não será fisgado pela respondona e mandona Jéssica. Ela, ao seu ver nunca se casará com um homem sem moral e que carregava em seu currículo vários nomes de mulheres que ele desonrou. O que ambos não esperavam, é que o Amor adora juntar os opostos e brincar com seus corações.

As apostas já podem ser feitas, meus amores. Será que Jéssica conseguirá perfurar o coração rochoso de Lorde Belzebu e conquistar seu amor? Ou será que Sebastian conseguirá resistir aos encantos nada convencionais da cobiçada e tagarela Jéssica Trent?

“ Sognavo di te.
Ti desideravo nelle mia braccia dal primo momento ce ti visto.
Ho bisogno di ti. ”

Sebastian é um jovem que conquistou fortuna sem ajuda do seu pai que o odiou até sua morte. A mãe de Sebastian fugiu com outro homem e deixou os dois. Saberemos o motivo dessa fuga e porque ela deixou Sebastian com seu pai e não o levou consigo. Só pode dizer que isso mudará o rancor que ele tem por sua mãe. Quanto a  Jéssica, ela será a alma redentora para o coração duro e que carrega um ódio ancestral em seu peito.

“ Desejava cada coisa terrível que havia nele...[...] o corpo morno e musculoso vibrando com energia, insolência e graça animalesca...os olhos negros e atrevidos [...] a voz grave zombando, rindo, gélida pelo desprezo ou provocante pelo desejo. ”

Destaque para alguns personagens que aparecerão no segundo livro da série - O Último dos Canalhas - Duque de Ainswood, Bertie Trent, Beaumont e Sebastian e Jéssica.

A capa ficou maravilhosa e foi por isso que comprei o livro (risos). Entretanto, ressalto que seria melhor que o casal da capa fosse semelhante a Jéssica e Lorde Belzebu, porque ela é baixa e tem cabelos negros e ele é moreno e forte como um touro. No demais, as folhas são suave e a diagramação perfeita.

31 comentários:

  1. Oi Meninas!
    Príncipe dos Canalhas está virando um novo clássico ao meu ver.
    Eu não curto romance de época, mas depois de ler tantas coisas a favor não vejo motivos para não uma chance para este livro.
    Beijos, Maisa.
    Reino Literário Br

    ResponderExcluir
  2. Esses livros que retratam o passado são muito interessantes. É claro que nessa obra a autora faz uso de alguns dos elementos clichês necessários em romances de época, mas ela os utiliza de uma forma diferenciada, fazendo com que não pareçam assim tão clichês. As cenas são bem descritas e o contexto flui sem que o leitor chegue a notar.

    A capa é linda! Simples, delicada e capaz de chamar a atenção. Lorde Sebastian causa sentimentos dúbios no leitor, que hora o ama e hora não tanto.rs. A força e a caracterização da persoangem Loreta também foram incríveis.

    Fico feliz que também tenha apreciado tanto esta leitura!

    Uma colaboradora do meu blog chegou a fazer resenha desse livro também. Caso queira conferir e ver se as opiniões dela batem com as suas... rs: http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/09/resenha-o-principe-dos-canalhas.html#more

    ResponderExcluir
  3. Jo, eu tenho uma amiga que já me falou maravilhas do livro, e a tua resenha só aumentou a minha vontade de conhecê-lo. Embora não seja muito minha praia, eu estou curiosíssima em saber mais dessa história. Vou aguardar estar tudo lançadinho por aqui e acho que vou mergulhar nesse livro. HUahauha

    ResponderExcluir
  4. ahhhhhhhhhm, você percebeu a questão dos personagens da capa! Sim, são totalmente diferentes dos personagens que se retratam no livro mesmo, né? Mas acho que ela é tão linda que mesmo assim não me importei. Eu gostei muito deste livro, ainda mais que os personagens eram tão hilários e o final foi tão bonito! Mesmo sendo meio clichê, sabe? Mas achei lindo demais!!! E agora tenho a continuação para ler!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu amo as séries de romances de época da arqueiro e esse é um dos poucos livros que não li ainda, das que eles lançaram!
    Já li várias resenhas sobre esse livro e parece que todo mundo realmente amou a história.
    Ainda tenho interesse em ler esse livro, assim como o 2° que já foi lançado e também parece ser muito bom.


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Joanice, tudo bom?

    Não sou muito chegado a romances, principalmente históricos, mas essa caa é realmente muito linda! Dá vontade de comprar só pra ter na estante haha

    Ótima resenha!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adoro romances de época e inclusive já li esse livro. A Jessica é maravilhosa! As cenas em q ela n podia fz o q queria por ser mulher me davam um ódio! Mas era bem assim mesmo né? Ao menos a autora soube explorar bem esses elementos e nos fazer rir e torcer pelo casal.
    Eu tbm fico meio chateada quando a capa não tem muito haver com a descrição dos personagens :/ Preferiria que nestes casos eles não aparececem e sim qualquer outro elemento, mesmo ela sendo linda.

    Blog Mundo de Tinta

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro romances de época, e essa série está entre minhas metas para ler ainda esse ano. Sua resenha ficou boa, mas senti falta de mais opinião sobre o que você achou da leitura, pois sobre a história eu já sabia, rs.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Pelo que você descreveu dos personagens eu não achei a capa tão distante assim, a menina até parece um pouco baixinha, só os cabelos mesmo que são castanhos mais claros (e obviamente, o homem não é nenhum touro haha). Não sei se leria esse livro, acho que nenhum da série dos canalhas, aliás. Esse tipo de romance nunca me atrai. Gosto mais dos romances fora do padrão, nos quais a mulher não é delicada (fisicamente), tem personalidade forte e não cai de amores com o primeiro gostosão que passa na sua frente (isso é muito fora da realidade pra mim). Também não gosto dos caras "Senhor Perfeição", com corpo escultural, safados que só querem saber de usar as mulheres até que um belo dia encontram uma mulher delicada meio fora do padrão que os encantam e os mudam de uma hora pra outra. Sei lá, não é o tipo de livro pra mim, mas fico feliz que tenha tantos fãs por aí. O importante é ler :)

    beijos
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Eu nunca tinha me interessado por esse livro, até que minhas amigas fizeram uma super propaganda quando saiu o segundo, aí fui observar e o primeiro já entrou para minha lista de desejados para ler. Parece um bom livro, adoro romances de época.
    Senti um pouco de falta da sua opinião mas gostei da resenha e dos quots escolhidos, eles me deram mais curiosidade ainda em conhecer a história.

    ResponderExcluir
  11. Ola lindona sou apaixonada por ess livro, pela capa linda, comprei não resisti. e pela construção dos personagens que é perfeita o diálogo entre eles é impagável e muito inteligente, entrou para minha lista de favoritos também, amei a resenha. beijos


    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Jo, tudo bom?
    Essa capa é maravilhosa e sempre me pego namorando o livro na livraria, mas ainda não o comprei. Estou com alguns romances históricos parados aqui e espero lê-los logo para poder comprar mais, rs. Quem sabe né consiga lê-lo esse ano. Adorei a sua resenha, só fez a minha curiosidade aumentar ainda mais para conhecer o Lorde Belzebu.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  13. OIE.
    Aaaahhh como eu queria ler esse livro, mesmo eu achando ele um pouco clichê, mas mesmo assim adoro a premissa. Sem falar nessa capa maravilhosa.
    Adorei saber que o jogo de conquista entre eles faz com que o leitor gargalhe kkkkkkkkk isso é tão legal nos livros.
    Eu aprendi a amar os romances de época no meio do ano passado e esse livro está na minha lista desde então. É tão bom saber que vc gostou, heheheh
    Bela resenha

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Aaah, como eu gosto do Sebastian ♥ Lembro de ter sentido muita pena dele ao longo do livro, por conta das humilhações que sofrera quando mais novo, mas ele se deu bem, hein? haha' Bertie é tão bobinho, coitado...kkk'
    Espero que você goste do segundo livro, eu gostei bastante :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oieee, eu adorei a leitura de O príncipe dos canalhas e me encantei com a escrita da Loretta. RI bastante, gostei da crítica social e do feminismo embutido na trama. Já estou com a sequência e bem animada pra ler, será uma das minhas próximas leituras, beijos.

    ResponderExcluir
  16. Hey, tudo bem?

    Eu amei esse livro!
    Acho que ele foge um pouquinho dos padrões de outros romances épicos, e isso me conquistou rsrs
    Amo o Sebastian, e a Jessica é uma mocinha e tanto... cheia de marra (adoro aquela cena do bar e uma pistola muhahaah)

    lendo sua resenha chegou bater saudades do livro *-*
    Tô louca pela sequência, espero conseguir adquiri-la em breve.

    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Tudo bom?
    Eu sou suspeita para falar desse livro, pois me apaixonei pelo Lorde Belzebu e Jéssica, que foi capaz de enfrentá-lo e não abaixar a cabeça para ele, em breve vou ler o último dos canalhas e matar um pouco a saudade já que eles aparecem também lá.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Jo!
    Eu amo romances de época! Esse amor começou quando eu tinha uns 17 anos e lia muito os Clássicos Históricos, lançados pela extinta Nova Cultural. Quando grandes editoras começaram a lançar também eu quase enlouqueci. hahaha
    Li esse livro na época em que foi lançado e estava aquele burburinho em cima dele. Gostei da história, achei os personagens ótimos (Jéssica é uma mocinha beeeeem a frente do seu tempo, adorei) e também do Lorde Belzebu (tadinho, esse apelido é mesmo uma tragédia - hahaha). Achei a química entre os personagens perfeita e a história, embora eu eperasse um pouquinho mais, foi ótima.
    Já estou com o segundo aqui para fazer a leitura e estou bem ansiosa. Espero gostar!
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  19. Oie!!!
    Sou apaixonada por romances de época, e simplesmente amei O Príncipe dos Canalhas, Loreta conquistou um lugarzinho em meu coração.
    Não vejo a hora de poder ler o segundo livro. Que também está prometendo ser fantástico.
    Adorei sua resenha <3
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Oiii
    Já vi muitas resenhas desse livro e tenho que contar que eu estou louca para entrar na onda de leitura.
    Sua resenha só me fez querer antecipar ainda mais esse livro.
    O Príncipe dos Canalhas se encaixam,de acordo com a sua resenha,perfeitamente na minha preferência por livros.
    Livros de época são a minha paixão.
    Amei a resenha,bem escrita,detalhada, e bem explicativa com relação ao livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Não sou muito chegada em romances de época pois em geral eles tem uma fórmula sabe? Vi uma resenha do segundo livro e vi que ele fugia disso e me animei, mas esse pela sua resenha me pareceu ter muito disso ainda, mesmo a mocinha sendo uma solteira convicta. Mas é bom ver que o Sebastian mesmo sendo um canalha tem uns demônios que povoam sua mente devido ao seu passado.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Jo! Quero muito ler esse livro.
    Pois além de ele fazer parte de um dos meus gêneros favoritos que são os romances de época, ainda conta com uma história bem interessante. Quero lê-lo em breve! Mas antes tenho que finalizar os da Julia Quinn e Lisa Kleypas :)

    ResponderExcluir
  23. Encomendei o livro pela loja americana, e como você comprei pela capa, sem pensar duas vezes, lendo agra a resenha vejo que não errei na escolha, odeio mocinhas que só depende dos mocinhos, ela me mostrou ser diferente ela quer abrir uma loja o que indica que quer ser independente, o que a diferencia de todas daquela época ou quase todas, vai ser um triangulo amaroso ?
    já que tem o lorde e o sebastian.

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Olha eu li esse livro ano passado e devo dizer que ameiii.
    O Dain foi um personagem que me deu muito o que pensar sobre como a crianção das crianças vão determinar um futuro.
    A Jessica também é uma coisa, amo a personalidade forte dela, que não desiste nunca e sempre da um jeitinho para ter as coisas do jeito que ela quer.
    Eu tinha lido alguma coisa sobre essa série estar com a numeração trocada aqui no Brasil, então não entendo muito bem a ordem rsrs.
    Beijosss.
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem? Outro livro de duques e duquesas, principes e princesas, bom foi isso que eu ensei assim que vi a capa, o enredo eu gostei, não amei, mas também não deixei de gostar, e não posso negar que fiquei meio decepcionada em relação ao que você falou da capa, no começo eu achava a melhor capa para essa história até ler sua crítica, mas tudo bem, obrigada pela dica Beijos
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Flor.
    Apesar de não ser muito fã de livros de época, me rendi a esse e será uma das minhas próximas leituras.
    Bom saber que o livro tem humor e é um romance leve. Também achei a capa perfeita e compraria só por isso.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  27. Olá... tudo bem???
    Estou muito interessada na leitura desse livro... porque adoro um romance de época e esse vem chamando minha atenção desde o lançamento, já o tenho aqui e não vejo a hora de pegar para resenhar... achei incrível a premissa... sua resenha só aguçou ainda mais a minha curiosidade... louca para conhecer mocinho!!! Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Essa é a segunda resenha que leio falando que o jogo da conquista deles leva o leitor a gargalhadas.
    Tenho esse livro em minha estante desde o lançamento, mas não me animo de ler, acho que por medo de perder meu amor pelo gênero. Gostei muito das suas observações e espero gostar do livro, quando ler.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oii, tudo bem?
    Eu não sou uma grande fã de romances de época, porém todos tem falado tão bem desse livro que não tem como não ficar curiosa. Fico muito feliz que você tenha gostado da leitura e dos personagens, e espero ter a oportunidade de o ler algum dia.

    ResponderExcluir
  30. Oi Jo, sua linda, tudo bem
    Essa autora tem sido muito elogiada entre os amantes de romances épicos e os que se tornaram seus fãs. O que mais me atraiu foi a personalidade forte dos dois, tenho certeza de que também irei me divertir com o embate deles. Adoro as coleções de romances épicos que a Arqueiro está trazendo. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Eu comprei esse livro no ano passado, mas ainda não pude ler. Esse Lorde Belzebu faz sucesso entre as amantes de Romance de Época. A capa é bem bonita mesmo. Mas se fosse a forma dos personagens seria melhor ainda.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    https://eraumavezolivro.com.br

    ResponderExcluir