14 janeiro 2016

Resenha - O Bisturi de Ouro





Duas vidas onde os destinos se cruzam. Dois estudantes: um sonha ser médico e o outro se torna um criminoso. Quais serão as consequências dessas escolhas? Você acredita que pessoas mortas possam voltar para assombrar as vidas de seus algozes?
Um estudante enfrentará um inimigo homicida, escondido sob o manto da amizade. O leitor conhecerá os amores da vida de Eduardo Balavante Penedo, sua busca pelo sucesso profissional e o grande dilema: o desejo de vingança ou de perdão.
Trata-se de uma obra de ficção que reúne romance, suspense, casos sobrenaturais e intrigas inerentes à investigação policial.


Livro: O Bisturi de Ouro
206 páginas || Skoob || Autor Parceiro: Chaiene Santos  || Editora: Novo Século || OndeComprar








Eduardo sempre foi uma criança sonhadora e feliz. Ele brincava com os amigos, era simpático com todos e, acima de tudo, estudava bastante - o suficiente para causar inveja, principalmente em Glauco.

Desde pequeno, Eduardo nutriu um sonho em se tornar médico, porém, sua família enfrentava dificuldades financeiras. Dona Catarina, sua mãe, era a única que o apoiava nisso, por isso sempre que podia guardava dinheiro em uma caixa para o futuro de seu filho - já que seu marido não concordava com aquilo - pois, em seu ponto de vista, era impossível por conta dos custos de uma faculdade de medicina.

Eduardo, sendo um bom homem, encontra o seu primeiro e único amor, Helena, uma jovem muito bonita que causa reviravoltas entre os homens. Ao mesmo tempo, Glauco inveja tudo que Eduardo conquista e ainda afirma ser seu amigo, mas só que percebemos que ele só está lá por interesse.

A adolescência é a fase mais ''estranha'' da vida. Nela as emoções são intensas - tantas dúvidas e ao mesmo tempo certezas. É nessa fase que se pergunta: '' O que é realmente o amor?'' (...) Não se sabe! Não se sabe se é isso, se é só isso, se é tudo isso, se é tudo isso e muito mais ou se não é nada disso. Não se sabe a correta definição do amor e se ela sequer existe. Eles sabem que se amam, independentemente do que seja isso...

Tudo na vida de Eduardo começa a dar errado quando sua mãe é assassinada dentro de sua casa e o dinheiro que ela guardava some. Aparentemente, o assassino não deixou nenhuma pista, mas logo Eduardo começa a desconfiar de seu "amigo" Glauco, que estava estranho e andava sumido de sua casa e considerando que ia lá quase sempre e observava todos os passos da família.

Despedida tem cara de morte. Algo difícil de traduzir, a não ser através da tristeza. Eduardo sentia seu coração se comprimir dentro do peito. Ele não podia esquecê-la... Era sua força estranha; uma busca desesperada por algo que tinha cheio de...Vida...

Eduardo cresceu e meio que foi forçado a trabalhar numa área completamente diferente do que esperava. Porém, Edu ainda guardava uma alma sonhadora, e por isso logo começou a estudar, passou num vestibular e começou a tão esperada faculdade de medicina.

Agora, numa nova etapa de sua vida, Edu tem novos obstáculos para enfrentar. Ainda decidido a colocar justiça no caso de sua mãe, ele não desiste até ver o assassino atrás das grades, mas para isso acontecer ele vai precisar manter-se a salvo de um perseguidor doentio, além de ajudar sua família, reencontrar o amor da sua vida e ter uma vida estável.


Esse livro foi uma grande surpresa para mim. Eu sinceramente tinha perdido o entusiasmo, até quando eu o peguei para ler e o terminei em poucas horas. O autor dessa estória mostra uma grande lição de vida, e soube transformar um mistério com intrigas bem ricas e nada que não fizesse sentido.

Nas primeiras páginas, eu achei a narrativa um pouco monótona pois vemos a vida de Eduardo desde os seus 11 anos de idade. Porém, quando avançamos e vamos descobrindo mais sobre os acontecimentos, isso começa a mudar. O livro, narrado em terceira pessoa, não mantém o foco apenas no protagonista, mas ele varia entre os personagens, e isso claro que é um ponto positivo, ainda mais quando é a visão de um dos "vilões".

Os personagens foram bem construídos. Desde sempre eu já imaginei que Glauco não iria fazer coisa boa, porque no começo ele mostrou a sua falta de caráter - pensava em matar o próprio pai, imagine o quão doido ele era? - Já Helena, amor de Eduardo, encontramos uma doce mulher que simpatizamos de cara e torcemos para que ela fique com o Edu.


Gostei bastante do personagem principal, pois Eduardo sempre demonstrou ser focado no que quer e decidido. A partir disso, aprendemos inúmeras coisas. Para mim, que quero ser médica, aprendi que não importa os obstáculos que temos e o quão difícil seja, se tivermos fé e força podemos alcançar tudo.

Os sonhos nos ajudam a chegar ao lugar mais alto de uma escada. Os degraus devem ser subidos um de cada vez, sem pulá-los nem prejudicar outras pessoas. Como início de um projeto de vida, o sonho e a força de vontade nos ajudam a enfrentar obstáculos e a seguir adiante.

O livro é gostoso de ler ainda mais para quem procura uma estória detalhada mas rápida ao mesmo tempo (sim, isso tem como acontecer). A estória é bem desenvolvida, além que quando pensamos que tudo vai ficar bem, acontece algo para dar uma reviravolta maior ainda. Isso aconteceu no final (literalmente no último parágrafo) onde deixou o desfecho em aberto e com uma super curiosidade da minha parte que, lógico, não irei falar o que é!

No geral, o livro tem uma grande lição além do mistério. Temos que acreditar em nós mesmos, seguir os nossos sonhos, acreditar que podemos alcançar o que queremos e, claro, termos um bom caráter sempre pensando nos nossos atos.

Ser um vencedor é executar os sonhos, mesmo que haja riscos. É enfrentar os problemas, mesmo não tendo força. É caminhar por lugares desconhecidos, mesmo sem bússola. É tomar atitudes que ninguém tomou. É ter consciência de que quem vence sem obstáculos triunfa sem gloria. É não esperar a herança, mas construir uma história... Quantos projetos são deixados para trás, por medo de que eles se realizem? Quantas vezes os temores bloquearam os sonhos? Ser um vencedor não é esperar a felicidade acontecer, mas conquistá-la.

*****






Chaiene Santos mora na região serrana do Estado do Rio de Janeiro. É autor dos livros Os Filhos do Tempo 1 (Trilogia Os Filhos do Tempo), Os Filhos do Tempo livro 2 – A Origem da Vida, Os Filhos do Tempo livro 3 – A Batalha dos Deuses, The Children of Time 1, The Origin of Life - The Children of Time 2, The Battle of Gods - The Children of Time 3, Poesias e Poemas – Amar, Curtir & Compartilhar, O Bisturi de Ouro e Palavras Perdidas de um Anjo.




Escrita pela Colaboradora: Ana Lima ( Já não faz mais parte da Equipe)


5 comentários:

  1. Gostei da proposta do enredo, gosto de livros de mistério bem desenvolvidos e sendo uma leitura rápida, mas bem construída é melhor ainda. Já anotei a dica pra minha lista de leitura desse ano.

    Beijos!
    www.escritacolorida.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ola Ala lindona como estou lendo muitos romances, a premissa não me chamou muita atenção nesse momento, com sua resenha ressaltando a bela construção dos personagens e a grande mensagem do livro, vou deixar a dica para ler em outro momento. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana! Oi Silvana!
    Menina, quando vi a capa e o nome estava esperando algo totalmente diferente. Pensei que o livro fosse algum tipo de literatura fantástica. Foi só lendo a sinopse, e depois sua resenha, que percebi que a história não tinha nada a ver com o que imaginei.
    Gostei da proposta do livro, histórias com mistérios sempre me ganham de cara. Se tem reviravoltas então, melhor ainda.
    Sério que no último parágrafo as coisas mudam? Geeente, que babado!
    Parece ser bem legal, leria com certeza.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  4. Oie,

    Se eu me recordo já ouvi falar muito bem desse livro, mas não li muitas resenhas do mesmo, e agora vi que ele seria uma leitura perfeita para as férias que é um momento que a gente quer ler bons livros e também muitos, e um livro pequeno e com uma boa história é tudo o que eu preciso nesse momento!

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  5. Essa capa sempre me chamou a atenção, mas até agora não tinha lido nenhuma resenha sobre o livro, então não tinha interesse em comprar. Fico feliz em saber que ele é um livro de mistério e que parece ser realmente bom. Vou comprar na próxima vez que entrar em promoção.

    Bjs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir