Resenha - Neve de Primavera

06 janeiro 2021


Livro: Neve de Primavera
Cortesia: Marcia Lima (Autora Parceira)
Nº de páginas: 356
Skoob
Onde Comprar: Amazon

Seo Joon foi criado para ser o presidente de um grande conglomerado. Privado de sua própria essência, aprendeu a manter uma aparência sóbria e distante, menos quando se trata do filho Yoon, a quem cria sozinho desde a morte prematura da esposa.

Competente e determinado, Joon não tem tempo a perder, principalmente quando está às voltas com um caso de corrupção em sua própria empresa. Samanta Lee não conhecia muito sobre a cultura da qual descendia, além de dramas de televisão e lámen. Sozinha desde a morte dos pais, lutou muito para alcançar o tão sonhado cargo de relações públicas, em uma multinacional coreana.

Alegre e extrovertida, Sam está acostumada a lidar com os desmandos do azar, mantendo sempre os pés no chão e os olhos na realidade. Definitivamente, apaixonar-se não estava nos planos.

Ela só queria manter o emprego, ele não pôde fugir de uma viagem de negócios... Mas, quando o destino conspira a favor, quem pode dizer o contrário?

Do outro lado do mundo, no inverno cinzento de Seul, a primavera florescerá.


Quando eu li esse livro, fiquei muito surpresa com todo o contexto! Nunca imaginei que eu fosse gostar tanto de um livro que contasse uma história tão diferente e vinda de outro lugar do mundo. E eu acho que essa foi a maior surpresa durante toda a leitura!

Neve de Primavera conta a brilhante história de Samantha Lee. Ela é filha de um coreano, porém, ela não sabe de muitas coisas sobre a cultura do país, o que a faz ser uma desconhecida por lá! A história começa quando a mesma é convidada para fazer companhia para o presidente de sua empresa que vem para uma viagem ao Brasil. O problema começa quando todos lá falam coreano, menos ela! Então esse pequeno empecilho acabou que sendo necessário para juntar a vida dela e de Seo Joon, o vice presidente da empresa.

Joon é o tipo de cara que nasceu para seguir os passos do pai, isso significa que ele sempre foi treinado para ocupar o espaço que seria deixado para ele no futuro, isso gerava grandes responsabilidades em cima dele. Esse sentimento sempre foi presente em sua vida, por esse motivo a relação com os seus pais dentro de sua casa nem sempre foi muito boa. Além disso, sua vida mesmo após virar adulto foi difícil, ele perdeu a mulher muito cedo e teve que criar o próprio filho sozinho, até encontrar Samantha!


Joon, além de lindo é extremamente sentimental e faz de tudo para aqueles que ama. Isso é completamente visível em várias partes do livro, principalmente quando se trata de seu filho. O amor entre eles é algo tão puro e tão forte que de longe, foi uma das coisas que eu mais gostei em todo o livro. 

O sentimentalismo que foi criado no personagem é algo que faz com que tudo pareça ainda mais real, isso vem graças a brilhante inteligência da autora que conseguiu introduzir tudo perfeitamente, principalmente no detalhamento das paisagens e do sentimento de cada um dos personagens. Isso para mim foi algo muito bom, porque gostei muito de visualizar cada personagem para tentar imaginar como cada um deles seria, e neste livro eu consegui imaginar tudo, desde os pequenos detalhes até a grande Coréia (lugar onde eu nunca conheci, mas que agora estou DOIDA para conhecer).

O grande pilar da história acontece entre o romance de Joon e Samantha. Os dois vieram de pilares diferentes em todos os aspectos, sejam sociais ou até mesmo de educação, e é muito engraçado imaginar como os dois conseguiram se encaixar e criar uma aliança tão bonita. Isso, graças à muitas conversas e desabafos que aconteceram entre os personagens.


Joon e Samantha começaram a viver uma bela amizade que devagarzinho começou a se transformar em uma história de amor. Mas nem tudo são flores, porque Joon pode ter um temperamento difícil as vezes e a Samantha também (Quando eles tinham qualquer picuinha eu ficava muito triste porque os dois eram muito duros consigo mesmos, mas no final as coisas sempre se resolviam.

Mas a base dessa relação foi a cultura. Samantha não sabia quase nada da Coréia e teve que aprender na raça justamente para conseguir acompanhar o Joon que tinha vários compromissos em sua empresa. Ver ela aprender as coisas na raça foi muito bonito, justamente porque o crescimento dela é muito visível entre toda a trama. Além disso, ela também mostrou ser uma mulher pra frente de seu tempo, pois ela expõe suas opiniões e luta bravamente pelo que acredita, isso pode ser visto em vários momentos no decorrer do livro. Por isso, ouso dizer que todo o enredo é muito mais do que uma história de amor, já que ao fim do livro fala sobre superação.

Superação de uma mulher que está atrás de seus sonhos e descobre que também pode ser feliz no amor. Superação de um homem que depois de muitas tristezas consegue se ver feliz com uma nova mulher, mesmo que ela seja totalmente diferente do que ele esperava.

Na minha perspectiva, a Samantha é uma das personagens mais fortes que eu já conheci! Ela tem sua autenticidade marcada em sua própria personalidade. Isso se mostra muito quando ela precisa resolver qualquer tipo de problema e não se deixa influenciar pelo pensamento de outras pessoas. É ela quem dita para ela mesma o que é certo, o que é errado e o que ela deve ou não fazer em sua própria jornada!


O Plost Twist da história é de partir o coração, mas eu não posso falar muito porque quero que todos leiam e tirem suas próprias conclusões em cima deste livro. Mas o que posso dizer é que Neve de Primavera nos faz perceber o quanto realmente os opostos podem se atrair e de como o amor e o carinho podem fazer a diferença para construir uma grande história e uma grande família. O livro nos mostra que o convencional pode ser chato as vezes e que as mudanças que vem do coração transformam vidas. 

Para mim, foi muito gratificante conhecer essa história, mas o mais legal foi ver um enredo sendo construído de uma forma tão diferente, cheia de detalhes e rica de amor. Eu simplesmente fiquei completamente apaixonada pelo livro e pelos personagens e estou torcendo ainda mais para que a autora crie mais histórias ou até mesmo uma possível continuação deste livro. Super Recomendo!

Postar um comentário

Instagram

I Love My Books - Blog Literário . Berenica Designs.