últimas resenhas

Resenha - Minha Sogra é Demais!

 

Livro: Minha sogra é Demais!
Cortesia: Vanessa Sueroz (Autora Parceira
Páginas: 172
Skoob 
Onde comprar: Amazon
Sinopse: Finalmente uma chance! Estou indo visitar  a mulher mais linda do mundo em São Paulo junto com meus melhores amigos. Já temos vários planos de como eu posso conquistar a Isabella e ganhar uma namorada de ano novo, mas não contávamos com a minha futura sogra e que para a minha surpresa ela tinha planos ainda melhores.

Minha sogra é demais é um romance fofo, engraçado e divertido. Então, se você está procurando um livro nesse estilo, pode ler que será uma leitura prazerosa. São poucas páginas, diálogos curtos, com humor e leveza. O livro é narrado por David, um cara hiper, super, mega e irritantemente(no bom sentido) apaixonado por Isabella. Enquanto isso, ela não dá muita bola para ele, daí vocês já podem imaginar o quanto ele vai ter que se esforçar para conquista a tão sonhada amada.

Afinal seu maior desejo é poder encerrar o ano ao lado de Isabella e como sua namorada. Agora o que ele vai ter que fazer para conseguir isso, caros leitores, só lendo para saber. Ainda bem que para esse desejo se realizar ele não está sozinho. A torcida é grande, o trabalho não vai ser fácil, será engraçado, mas será que ele consegue arrumar uma namorada nos 45 do segundo tempo? É uma corrida contra o tempo e com alguns obstáculos pelo caminho que deixam a história ainda mais engraçada, e você fica torcendo para que esse namoro aconteça logo.

"A Isabella é a minha vida e vai ser ainda mais quando eu me casar com ela".

David e Isabella são amigos de faculdade em Londres, ela é brasileira e bolsista e veio ao Brasil para passar o fim de ano com os pais. O ciclo de amizades não se resume aos dois, é claro. É um grupo de 6 amigos: Amélia, Emily, Alex, Jack e claro David e Isabella, os amigos embarcam em uma viagem que vai muito além de diversão, mas para uma missão e talvez para uma possível história de amor, que David relata nos mínimos detalhes o que acontece e o que ele realmente queria que acontecesse. Devido a essa viagem, David se vê em uma cultura totalmente diferente para ele, sendo até chato algumas vezes.


É um grupo divertido, uma amizade bonita de se ver e acompanhar, são aqueles tipo de amigos que não perdem a oportunidade de tirar sarro da cara um do outro e ao mesmo tempo é aquela amizade que você pode contar para a vida toda. O que amei no livro. Eu amo quando os livros retratam esse tipo de amizade, sem diferenças entres eles, com muito companheirismo. Para mim um livro tem que ter um ciclo de amizade, não importa se é uma dupla ou um grupo, mas tem que ter (risos), afinal a amizade faz parte da vida de todo mundo, e quando isso não acontece parece incompleto, e aqui a amizade foi muito bem elaborada e construída na medida certa pela autora, me identifiquei em alguns momentos, principalmente nas brincadeiras.

" Não posso fazer nada se você não tem amigos para dar risada enquanto faz tarefas chatas como lavar a louça".

Falando do David, ele é tão apaixonado por Isa que chega a ficar bobo, fofo e infantil ao mesmo tempo. Ele acredita piamente que essa viagem irá transformar a visão que Isabella tem dele e conquistar de uma vez por todas o coração dela.


Além dos amigos de Isa, acompanhamos também nessa história a família dela, sua mãe, Elisa, é de longe uma das melhores personagens do livro, alegre, divertida e as vezes inconveniente, mas ainda assim arrancando boas risadas dos leitores e que foi essencial para a história e um possível romance que está para surgir, elaborando as melhores táticas de conquista para David. A irmã, Amanda, por outro lado é uma pessoa super irritante, e foi divertido ver os amigos de Isa irritarem ela mais ainda, Sorry (risos). O que nos faz pensar que esse livro retrata pessoas da vida real com defeitos, qualidades e diferenças.

"Me chame de você, Elisa ou qualquer coisa, mas senhora é demais. Principalmente a esta hora da manhã".

Os pontos positivos do livro, além de ser uma história leve, super fluída, divertida e de uma linguagem simples, é um livro curto e direto, com doses de ironia e humor protagonizados pelos amigos e pais de Isabella. E não menos importante a trama acontece em uma das épocas mais festivas do ano no mundo todo.

A narrativa é em primeira pessoa e é contada por David, não que seja ruim, mas senti falta de saber como Isabella se sentia diante de toda a situação, da sua visão da história e sobre o próprio David, porque nem sempre ela teve boas impressões sobre ele. Sabemos pouco sobre Isabella e vamos conhecendo-a pelos olhos de David, com poucas informações, pois sua missão era conquistá-la e ele só pensava nisso, sua narrativa se resumia as tentativas de conquista, o resultado delas e o quanto ele a ama e espera que seja correspondido.

" Não tive meu primeiro beijo com aquela garota, mas pelo menos ela admitiu que isso definitivamente foi um ótimo primeiro encontro".

A diferença cultural está presente e seria estranho se não tivesse e que não fosse comentada, porém, David e algumas vezes o seu irmão, Jack, me irritaram muito com algumas comparações excessivas entre as culturas brasileira e europeia. Ele a todo momento questionava algo que não conhecia, até aí tudo bem, é normal, mas ele primeiro julgava para depois entender as diferenças e respeitá-las, muitas vezes fazendo comentários desnecessários e faltando um pouco de empatia.

''Isso é o cúmulo da preguiça - comentou Jackson tirando as palavras da minha boca quando pegamos as escadas rolantes para subir para o próximo piso".
"Manter uma conversa sem falar muito sobre diferenças culturais e sobre a Europa de modo geral foi bem estranho...''

Senti falta também de conhecer mais dos pontos turísticos da Cidade de São Paulo, mas isso é compreensível, pois o tempo de estadia do grupo no Brasil era curto e não conseguiriam ver tudo o que a cidade tem a oferecer aos turistas. Queria mais profundidade sobre os personagens, ou mais interação entre David e Isabella também. Alguns erros básicos me incomodaram e que a meu ver pode atrapalhar um pouco a leitura e compreensão de alguns momentos durante a história.

É um livro que você consegue ler em uma tarde, com um cafezinho quentinho para acompanhar. A escrita da Vanessa é super tranquila, e leve, os diálogos são ótimos de acompanhar mesmo nas horas de confusão, dei boas risadas acompanhando a história deles, é um romance ao estilo comédia romântica que eu adoro. Foi muito bom ver o desfecho e desenrolar desses dois amigos em especial, e as estratagemas de conquistas de David. Foi um final bonito, e a melhor parte é a torcida de todos na casa, ou quase todos, para que David conseguisse conquistar Isabella e terminar o ano como deseja.

Uma leitura perfeita para relaxar, rir e torcer pelo romance. Uma família, alguns amigos, boas risadas, brincadeiras é o que você irá encontrar em Minha sogra é demais, leia sem medo e com amor.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário