04 abril 2017

Resenha - Quatro vidas de um cachorro


Título: Quatro Vidas de um Cachorro
Autora: W. Bruce Cameron
Editora: HarperCollins
Skoob Goodreads
Páginas: 288
Onde comprar: Saraiva / Amazon

Esta é a inesquecível história de um cão que — após renascer várias vezes — imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo, Quatro Vidas de um Cachorro aborda a questão mais básica da vida: por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, Quatro Vidas de um Cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento das pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais.












A trama desse livro gira me torno de um cãozinho que tem como uma "obrigação" renascer em outras vidas, sempre que está próximo sua partida do mundo que ele conhece como sendo o seu.

Em cada uma dessas vidas ele renasce com a certeza de que precisa cumprir algo sublime, mesmo que ainda não faça a menor ideia do que seja, então ao renascer ele se vê cercado de vários irmãos e irmãs e em cada nova vida ele nasce macho, ou ele nasce fêmea. Sua estória nunca é igual a outra e nem seus donos também.

Muitas pessoas passam por suas várias vidas e os que mais o marcam de uma maneira que ele não consegue esquecer é Ethan, um menino doce, meigo e muito carinhoso, Jakob, um policial sério, calado e triste e Maya, uma policial que se sente insegura quanto seu próprio corpo e peso, porém, muito amorosa e cuidadosa que é dona de três gatos que literalmente infernizam a vida do pobre cão.

A cada nova vida vai se somando a Bailey novas características que ele adquire com seus respectivos donos e a pergunta que ele sempre se faz é: Qual é o meu propósito nesta vida?

Sim, Bailey é muito questionador, ele sempre está atrás do significado de cada coisa em cada situação que vive. Ele é muito protetor, amoroso, corajoso, fiel e muito curioso também, e essa curiosidade toda o faz se meter em vários problemas que envolve um encontro para lá de fedorento com um gambá, não uma, mais duas vezes.

Muitos anos se passam ao longo de suas quatro vidas, mas o ápice se dá quando Bailey tem a chance de voltar ao começo, e a partir daí surge uma oportunidade pela qual ele tanto esperava, enfim ele poderá descobrir seu propósito no mundo, e, com certeza ele não irá perder a grande chance da sua vida.



[- Minhas impressões -]


Vou logo dizendo que esse livro me arrebatou, não tem outra palavra que possa exprimir o que ele causou em mim.

A maneira abordada pelo autor de nos presentear ao longo de 32 capítulos e em um total de 288 páginas com um personagem principal peludo e de quatro patas é, no mínimo, uma jogada de mestre por que não estamos acostumados a ler muito disso por aí.

Não tenho nada negativo para falar desse livro, de verdade. Não consigo enxergar nada que possa tirar o brilho dessa estória e acredito que não esteja exagerando, pois, até mesmo as partes tristes foram necessárias para que o fim fosse majestoso. Faço uma ressalva, no entanto, ao livro no sentido de que poderia conter mais páginas com uma estória um pouquinho mais longa pois como já disse anteriormente, por ser uma narrativa leve não senti o tempo passar e, quando dei por mim já havia acabado de ler. Dito isso, só tenho mais uma coisinha a acrescentar, esse livro é de longe um dos meus preferidos e pelo qual sinto um carinho para lá de especial.

Bailey e Ethan sempre serão lembrados por mim com saudade e reverência e meu coração pertencerá a Bailey para sempre.

Espero por mais livros assim, que nos faça lembrar do amor verdadeiro e da amizade que quando é pura e forte nada e nem ninguém é capaz de estragar, nem mesmo o tempo, a vida e muito menos a morte.



E logo nós poderemos curtir essa linda história nas telonas dos cinemas....Confira o trailer....




34 comentários:

  1. Oi, Kaline!
    Estou bem curiosa com esse livro. Parece ser cheio de momentos divertido além de uma emoção. Não costumo ler livros com animais na história, mas com esse fiquei bem curiosa. Bailey parece um cachorro incrível! Adorei que saber que o renascimento de Bailey sempre tem um significado. <3
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Leia então e comprove quão bom esse livro é. E obrigada a você.
      Beijo!

      Excluir
  2. Eu quero muito ler este livro e olha que nem sou daquelas que curte animais de estimação, mas acredito exatamente no que você falou na resenha: que o livro é arrebatador. Já o filme, tenho muitas reservas, em função dos abusos que os animais sofreram, mas o livro já está na minha lista.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivi!!
      Ah, que bom saber que já está na sua lista para ser lido, espero que você goste tanto quanto eu, lembrando que cada pessoa é tocada pela estória de um modo específico e único.
      Boa leitura!!!

      Excluir
  3. Olá Kaline,

    Não tenho o hábito de ler livros com animais de estimação, mas pelo que vi você gostou tanto que fiquei bem curiosa com a história. Apesar de não ler livro com animais eu amo filmes com eles. Só estou na dúvida se irei ler o livro antes de ver o filme.

    Beijos e obrigada pela resenha
    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Ana!
      O meu intuito então está sendo alcançado, que é levar curiosidade ás pessoas para que elas tenham o hábito de ler um determinado gênero de livro. Te aconselho a ler o livro primeiro para não sofrer influências do filme.
      Um beijão!

      Excluir
  4. adorei a sua resenha,sem falar que qualquer coisa que tenha cachorrinhos me conquistam!♥
    assim,esse livro me lembra um filme que passava na sessão da tarde,que um homem reencarna e tenta voltar para sua familia,não me lembro o nome,mas sei que ele marcou a minha infância,enfim posso dizewr que vou ler esse livro em algum momento,sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nay!
      Eu me lembro a qual filme você se refere, embora também tenha esquecido o nome dele... rs... leia o livro sim, você não vai se arrepender e muito obrigada pelo positivismo referente a minha resenha.
      Beijo!

      Excluir
  5. Oie!
    Estou louca para ler esse livro, porém não irei ver o filme por conta de tudo que aconteceu envolvendo aquele pobre cão...
    Eu sou muito sensível para morte de animais, então acho que irei chorar as quatro vezes que o cachorro morrer e voltar, rs. Parece uma narrativa bem sensível e emocionante.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!
    Te entendo perfeitamente, é realmente inadmissível mal tratos aos animais de qualquer espécie. Quanto a você chorar, irá depender da forma que o livro te tocar.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Kaline, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler esse livro! Acho essa ideia de o cachorro ter quatro vidas muito genial, nunca havia passado pela minha cabeça isso e de certo modo, até que faz bastante sentido. Deve ser um livro muito emocionante mesmo e é realmente uma pena que seja tão curto e que você nem tenha visto o tempo passar durante a leitura. O Bailey, por ser um personagem que reflete muito, deve ser muito carismático e amável e já não vejo a hora de conhecê-lo. Adorei a sua resenha.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Amanda!
      Espero que você leia o livro e se encante pelo Bailey assim como eu.
      Obrigada por gostar da minha resenha, isso é muito importante para mim.

      Beijos!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Desde quando eu vi esse livro pela primeira vez fiquei doida por ele, pois adoro histórias sobre outras vidas e amo cachorros, então é tipo a história perfeita para mim. Bom, lendo sua resenha agora fiquei ainda mais animada, creio que também vou amar a história e espero ler em breve.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Larissa!
      Poxa, que bom você ter gostado da resenha e a estória do livro ser de algo que você curta tanto, por isso, espero que logo, logo você leia o livro e se encante pelo Bailey assim como eu me encantei.
      Beijos!!!

      Excluir
  9. Olá Kaline,
    Ainda não li esse livro, mas estou louca de curiosidade, principalmente, porque amo animais. Tenho plena ciência que esse livro vai destruir meu coração, como fez com você.
    Essa busca de um propósito por parte do Bailey me atraí demais.
    A única coisa que não farei é assistir ao filme, pois o cachorro sofreu maus-tratos durante a gravação.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruna!!!
      Leia o livro e comprove o rebuliço que ele fará a você e ao seu coração... vai ser demais. Quanto ao filme, te entendo perfeitamente.
      Beijos!!!

      Excluir
  10. Oie...
    Como eu sou completamente apaixonada por animais tenho certeza que irei amar a obra em questão. O que mais me chamou a atenção em sua resenha foi o fato de você não ter encontrado nada de negativo nele... Deve ser realmente uma obra maravilhosa :)
    Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane!!!
      Esse livro então é exatamente o que você procura, leia-o e me diga depois se a sua opinião bate com a minha em relação a não encontrar nada de negativo na obra.
      Beijos!

      Excluir
  11. Olá :) Minha amiga assistiu ao filme e faltou morrer de chorar com a história, hahaha. Escrever sobre a perspectiva de um personagem não humano me soa bastante peculiar e dá um "q" de curiosidade. Esse gênero de leitura não me agrada, mas seu comentário tem o poder de convencer bastante. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Erivágna!!!
      O filme ainda não assisti, mas entendo que não é fiel ao livro, e quanto a resenha ter o poder de convencer, essa é justamente a intenção. Muito obrigada por lê-la!!!
      Beijo!

      Excluir
  12. Oie! Tudo bem?

    Filmes e livros contendo a histórias de qualquer animal eu mantenho distancia, amo demais, mas fico muito chorona (demais da conta), por isso sempre evito, mas esse livro/filme é um que irei com certeza ler e assistir achei muito interessante a proposta dele e não vejo a hora de conhece-la melhor!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!!
      Acho muito legal a sua vontade de ler o livro e assistir ao filme, assim você terá duas perspectivas diferente ao final de cada um.

      Bjs

      Excluir
  13. Olá!
    Eu tenho um fraco por cachorros, então só de saber que esse livro aborda a história de vida de um eu já leria correndo. Acho que o fato de ser uma história leve é o fator principal, por se tratar de um protagonista animal, e achei bem legal o autor deixar a escrita nesse estilo o livro inteiro, mesmo nas partes tristes. Espero poder ler e assistir ao filme em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola!
      Concordo com você, o autor foi muito inteligente e mandou muito bem. Espero que você possa ler o livro ou assistir ao filme, ou ainda, fazer os dois.

      Beijos

      Excluir
  14. Eu ainda não li esse livro, e pra ser sincera, eu fujo de livros de cachorro com o diabo foge da cruz, porque eles SEMPRE tem alguma coisa triste pra destruir o meu coração.
    Eu suporto a morte de vários personagens queridos da literatura, mas não suporto a morte de um cachorrinho, me amarga por dias...
    Talvez eu faça o que geralmente não faço nesse caso: comece pelo filme, e se der coragem, pego o livro, que é sempre mais denso emocionalmente.

    Bjos

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sté!!
      Entendo o seu ponto de vista, mas espero que você consiga ler o livro um dia.
      Bjs

      Excluir
  15. Oi Kah,

    Tenho o livro porém ainda não li, mas assisti o filme nos cinemas, chorei em tantas partes que a caixa de Klinex acabou. Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      eu ainda não assisti o filme, mas quero muito ver.Obrigada por gostar da resenha.

      Excluir
  16. Oieee!!
    Não me interesso muito por histórias de animais assim, mas realmente acho uma sacada sensacional a ideia do livro ser narrado do ponto de vista do cachorro...
    Acredito que ele passe muitas lições que o leitor deve aprender...
    Acho que vou assistir ao filme primeiro hehehe
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie,
      Realmente Amanda, é uma sacada sensacional o livro ser contado pelo ponto de vista do cachorro, por isso que é tão interessante.

      Beijo

      Excluir
  17. Li esse livro e senti a mesma emoção com você, pois nele encontrei personagens que levarei para a vida toda e um enredo que me marcou de verdade. Ver a visão do cachorro na história foi a melhor coisa que poderiam ter feito, afinal podemos sentir cada emoção e cada alegria que ele exala. Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  18. Este livro é hiper mega aclamado pela crítica!Até hoje não vi uma resenha falando q ele é mediano !Todas são como vc .Sempre falam bem e ele está na minha lista de leitura drsesperadamente rsrs porw não temos tanto tempo como gostaríamos lendo e se apaixonando por esses livros maravilhosos.caes são minha paixão e a visão do cão ficou show e bola.
    Parabéns pela resenha 😘

    ResponderExcluir
  19. Eu sei que é o livro e sei que o autor não teve nada a ver com as crueldades - pelo menos eu quero acreditar nisso - que foram feitas com os animais que participaram do filme, mas depois que vi as denuncias e tudo o mais, não quis ver o filme ou ler o livro.

    Por mais que o livro tenha lhe tocado, também não costumo ler livros do gênero... Talvez um dia, mas não hoje.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir