11 abril 2017

Resenha - Obsidiana


Título: Obsidiana
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Skoob
Páginas: 320
Onde comprar: Saraiva / Submarino

Começar de novo é um saco.Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices…Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm…os prognósticos estavam melhorando.Até que…ele abriu a boca. Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.








Katy é uma adolescente de 17 anos que acabou de se mudar com a mãe para uma cidade do interior chamada Ketterman, West Virgínia. Sua mãe vê nessa mudança radical a solução para enfrentarem a perda dolorosa que ambas sofreram recentemente, mas Katy não está aceitando muito bem essa situação. Como ela se adaptará à uma cidade pacata e tão diferente da agitada e ensolarada Flórida?

Mais do que nunca Katy vê em sua paixão pelos livros uma forma de salvá-la do tédio, mas sua mãe têm outros planos e trata logo de colocá-los em prática incentivando a filha a conhecer seus novos vizinhos e, muito a contra gosto é exatamente isso o que ela faz e a partir daí a garota percebe, ou melhor, ela sabe que sua vida nunca mais será a mesma.

Acontece uma amizade instantânea e verdadeira entre Dee, irmã de Daemon e Katy, mas o mesmo não se dá entre ela e o vizinho super gato e sexy. A antipatia é recíproca entre eles  e fica cada vez pior quando Katy se mete em confusões e eles são obrigados a ficarem cada vez mais juntos, contra a vontade de ambos, é claro.

Katy sabe que tem alguma coisa muito estranha acontecendo com os seus vizinhos, pois em vários momentos ela vê Dee meio que sumindo e ficando embaçada e o garoto vive tratando-a muito mal e ainda por cima os seus olhos são de uma cor diferente de tudo o que ela já viu, ele também é muito ágil, sempre chegando aos lugares com uma rapidez fora do normal para um reles mortal. E sua força então, que ela não faz ideia de como seja possível um adolescente ser tão forte assim.

As coisas em vez de melhorar, só pioram, pois os amigos de Daemon e Dee veem uma ameaça constante na aproximação das duas garotas e para piorar, Ash gosta de ficar provocando Katy a todo instante. Será por que ela sente que tem algo mais profundo rolando entre Daemon e a vizinha embora ele faça questão de afirmar o contrário?

O tempo passa e o perigo ronda a vida de Daemon, Dee, Ash, seus irmãos Adam e Andrew e todos os outros que foram morar nesta cidadezinha fugindo de um perigo que, para o bem de todos é melhor que não os encontre, mas isso é praticamente impossível, pois desde que Katy entrou na vida dos seus vizinhos, querendo ou não o perigo sempre acaba os encontrando por causa dela.

Depois que Daemon a salva da morte certa quando ela se depara frente a frente com um caminhão, não tem como ele ser um ser humano normal na opinião de Katy e ele acaba por revelar sua verdadeira origem, a de sua irmã e amigos e também o lugar de onde vieram e o motivo deles estarem tão preocupados de serem encontrados pelos "Arum", seres malignos que os persegue por onde quer que eles vão.

O embate está por acontecer e Katy será uma peça fundamental tanto para a vitória quanto para a derrota e Daemon perceberá que se importa muito mais do que pensa com a vizinha encrenqueira que ele faz tanta questão de chamar de gatinha, só para irritá-la ainda mais, e, ainda por cima, rola uma atração muito forte entre eles, mas ambos são muito orgulhosos para admitir e começam a jogar o famoso joguinho de "gato e rato" fazendo com que a atração já existente aumente a um nível ultra, mega, máster alto e praticamente insuportável de aguentar. Katy que sempre se considerou uma menina calma e tranquila não vê a hora de se jogar em cima do vizinho gostosão e comprovar se aquele abdômen é realmente  tão maravilhoso como parece ser, equanto a Daemon, bom, ele sabe que é totalmente sexy e irresistível pois toda vez que eles se encontram as faíscas rolam soltas pelo ar.



[ - Minhas Impressões -]


Esse livro me pegou de jeito e me surpreendeu, literalmente. Comecei a ler muito mais por curiosidade do que por qualquer outra coisa e, a medida que eu ia passando as páginas eu ia me descobrindo cada vez mais interessada na estória. Contado de uma maneira  despretensiosa o enredo trás personagens engraçados e cativantes. E, ao longo das 320 páginas eu me peguei em vários momentos torcendo muito pela Katy, e, em outros, detestando-a, e acontecia o mesmo em relação ao Daemon. Já pela meiga e doce Dee, eu torcia sempre.

O livro pode ser encarado como um livro adolescente, mas quem gosta de ler vai ler e pronto. Foi justamente o que aconteceu comigo e eu gostei tanto que li rapidinho, quando dei por mim  já havia acabado.

As folhas são todas amareladas e encontrei poucos erros de revisão.

Quero muito ler os outros livros e acompanhar o desenrolar dessa história, torcendo muito para que Daemon e Katy se entendam de uma vez por todas e também, para que todos os personagens possam finalmente  sossegar em paz na boa e velha Ketterman, West Virgínea. Agora, se isso irá acontecer só saberei depois que tiver lido todos os livros que restam e, pelo que eu pude constatar lendo Obsidiana, vai ser bem difícil, doloroso e demorado para eles conquistarem a paz que tanto buscam.


21 comentários:

  1. Ola Kaline
    Eu também já fiz essa leitura e gostei bastante. Também li rapidinho, é bem envolvente, acabou me surpreendendo de certa fomra. Adorei poder conferir suas impressões... Ansiosa por mais dessa série, e torcendo mesmo por Daemon e Katy se entenderem enfim!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, F!!!
      Muito legal saber que mais alguém aqui leu e gostou do livro assim como eu.Já estou caminhando para o livro 3.

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá,

    Ainda não fiz a leitura dessa obra, mas tenho muita vontade. Vejo muitas pessoas falando muito bem dela que acabo querendo ler também, o gênero não é o meu favorito, mas a premissa chama muito a minha atenção. Sua resenha colaborou com a minha animação, pois os pontos que você citou são relevantes e colaboram para uma leitura agradável! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Poxa, que bom saber que de alguma forma minha resenha tenha contribuído para fomentar sua animação quanto a leitura, isso me deixa muito feliz.
      Espero que você leia algum dia.

      Excluir
  3. Oiee! Tudo bem?

    Guria sinta-se abraçada virtualmente! Muitas resenhas que li sobre esse livro eram só reclamações por ele ser mais adolescente e nenhum teve a capacidade de fazer como você pegar e ler e depois falar sobre! Amei sua resenha, pois tivemos o mesmo ponto de vista e como você estou louca pelos próximos volumes!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nay!!
      Ganhei o dia com o seu comentário... rs... muito animador, de verdade. Penso da mesma maneira que você e por isso procurei escrever uma resenha que focasse na escrita do livro com uma estória que prende a gente, mesmo que os personagens principais por vezes sejam chatos ou se achem de mais. E comigo não tem essa de o livro ser mais voltado para os adolescentes não, chamou minha atenção, tô lendo.
      Sinta-se abraçada virtualmente por mim também.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá! Pelo que li da resenha, parece ser um romance bem clichê, mas vale a leitura para uma opinião mais exata. Obrigada pela sua indicação! Beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Entendo que essa seja a sua opinião, mas, vamos combinar que são dos romances clichês que a maioria das leitoras gostam, pelo menos eu gosto.
      Bjs

      Excluir
  5. Olá!!
    Acho que sou a única pessoa que não gostou muito desse livro..acho a Katy bem chatinha e algumas vezes mimizenta..ainda não terminei de ler..outro probleminha que estou tendo com essa leitura:Não consigo terminar...estou nessa peleja desde o ano passado mas ainda tenho esperança de terminar esse livro ainda esse ano...hahahahaha...

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/04/resenha-simplesmente-o-paraiso-quarteto.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anne!
      Concordo plenamente com você em relação a Katy. Ela muito chata mesmo, mas no Obsidiana até que ela é legalzinha.

      Excluir
  6. Essa é uma série que eu ainda não consegui me interessar, talvez porque essa pegada de extraterrestre e humanos seja muito Hi fi pra mim. Talvez quando a moda passar um pouco, eu consiga ler, menos influenciada pelos fãs.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivi
      Entendo o que você quer dizer, mas eu já gosto dessa pegada extraterrestre e humanos ainda mais pela forma como a autora conduz a estória.

      Excluir
  7. Oii Kaline, tudo bem? Eu gosto de romances adolescentes, não nego, quando bem escritos e com uma coisa ou outra mais original. A premissa desses livros me empolga bastante, e quero lê-los o quanto antes. Já li uma obra da autora (Espero Por Você) e gostei muito da escrita dela. Gostei da resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gavrielly, tudo ótimo!!
      Esse livro que você citou ainda não li, mas já que você conhece a forma como a autora escreve espero que você leia a Saga Lux. É muito boa!!

      E obrigada por gostar da resenha!
      Beijos!!!

      Excluir
  8. Oi Kaline, tudo bem?
    Apesar de não curtir muito romances sobrenaturais, esse me parece ser bastante envolvente e estou super ansiosa para descobrir as características desse mocinho que vem de outro planeta e todos os conflitos que rondam a protagonista. Não li muitos livros que tivessem personagens extraterrestres, motivo pelo qual estou interessada nesse livro, apesar dessa pegada mais jovem e clichê. Espero muito gostar dele também.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda
      Super te incentivo a ler esse livro, a forma como a autora conta a estória é bem legal e interessante.

      Beijos!

      Excluir
  9. Olá!
    Eu estou muito interessada também neste livro, principalmente por ser um enredo adolescente, coisa que me chama muito a atenção e me faz viajar nas páginas. Gosto também de personagens extraterrestres, então esse é mais um ponto positivo para eu realizar essa leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina,
      bom saber que você tem interesse por este livro, espero que ao ler você goste e leia também os outros.

      Beijos

      Excluir
  10. Oiee Kaline ^^
    Por mais que eu esteja cansada desse "tipo de livro", estou bastante curiosa para ler "Obsidiana" desde que ele foi lançado, pois é uma enxurrada de resenhas positivas que não acaba mais...haha' Parece ser bem surpreendente e apaixonante, e eu tô doida para conferir. Só não gosto muito das capas....haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dryh,
      Eu também gosto de livros assim e continuo lendo. Leia sim, você vai gostar.

      Excluir
  11. Oláaa
    Não sei porque, mas sempre relacionei esse livro a Crepúsculo, e talvez por isso nunca tenha tido vontade de ler.
    Mas vamos combinar que a sinopse já passa essa ideia né? rsrs
    Enfim, esse tipo de romance não me atrai, mas fico feliz que você tenha gostado e queira continuar lendo a série. Sempre vejo críticas bastante positivas em relação a ela...
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir