06 abril 2017

Resenha - Doce Inocência


Título: Doce Inocência
Autora: Lu Muniz
Editora: Asè Editorial / Amazon
Páginas: 298
Skoob
Onde Comprar: Amazon / Direto com autora

Aos dezoito anos de idade, Francine é uma jovem que esconde seu amor profundo por Ivan: um homem mais velho, músico e melhor amigo de infância do seu irmão. A relação fraternal que existia entre os dois fica totalmente abalada quando Ivan, aos trinta e um anos, se vê inegavelmente atraído pela mulher que um dia fora a garotinha de olhar doce e inocente que vira nascer e crescer. Será que Francine conseguirá convencê-lo de que não é mais a mesma menininha que ele viu há quatro anos? Doce Inocência, outro olhar sobre o seu é o primeiro volume de uma série, cuja narrativa envolvente é embalada pela magia do amor e pelos conflitos, medos, fraquezas e incertezas que permeiam os sonhos de uma garota. É um romance para todas as idades.










"Como posso amar um homem treze anos mais velho do que eu? Um homem que sempre me tratou como uma irmãzinha? Alguém que nem sequer deve mais se lembrar de minha existência?"

De férias, na casa de praia de seus pais, ela é surpreendida pela visita de Ivan (que não aparecia há quatro anos), ficando muito envergonhada em um primeiro momento. Após o susto inicial, Fran decide que prefere ter uma relação fraterna com ele, já que ele sempre lhe deu muita atenção. Eles mantêm um bom e amigável relacionamento, até que ele volta para o trabalho em outro país, ficando sem aparecer por mais quatro anos.

"Pode uma menina da minha idade amar desse jeito? Se pode, eu não sei. Mas tudo o que eu mais quero no mundo é que Ivan possa me amar e viver esse sentimento comigo no futuro. Não sei se alguém suspeita desse amor que carrego dentro de mim. Um amor que chega a doer de tão forte. Eu nasci para amar você, Ivan! Volta para mim, volta correndo para mim."

Os anos passam e Francine agora está com 18 anos. Ela é uma adolescente que leva uma vida normal e saudável, entre amigos, família, escola e interesses amorosos. Ivan não passa de uma boa memória, entretanto, ela ainda carrega um sentimento profundo pelo personagem. Um dia, em uma festa no qual ela acompanha seu pai, ela reencontra Ivan, quem não a reconhece. Divertida com o que a falta de reconhecimento pode resultar, ela não revela sua identidade e eles acabam se beijando.

"Não sou mais a menina que Ivan vira pela última vez. Eu cresci. Não tenho mais quatorze anos. Não fantasio mais como antes... Amores impossíveis são impossíveis e ponto final."

Aí começa toda a trama do livro. Ivan, por ser mais velho e praticamente da família, sabe que existirão problemas se eles se relacionarem. Já Francine, um pouco mais madura, mas igualmente romântica, resolve tentar a sorte e finalmente demonstrar o que sente. 




[ - Minhas Impressões - ]

Comecei a leitura desse livro sabendo que eu poderia gostar, porque já tinha visto sobre ele no Instagram e havia me interessado. Apaixonar-se pelo melhor amigo do irmão mais velho e sonhar com um romance é algo clichê, entretanto, a autora me surpreendeu com o enredo da estória.

Francine é uma personagem que age como uma adolescente, tanto aos quatorze anos quanto aos dezoito. Com quatorze ela é desajeitada, complexada, se acha feia e desinteressante. Com dezoito ela está mais madura, mas em nenhum momento ela tenta ser algo que não é, quando precisa lidar com seus conflitos. Ela responde quando precisa, interage com colegas de sua idade, se envolve em encrencas, tenta seduzir Ivan, estuda, e vive plenamente os seus dezoito anos. Isso é muito legal! A autora conseguiu construir uma personagem normal, que não faz aquele papel de coitadinha que queremos pegar no colo ou dar uns tapas, nem aquela personagem indiferente a tudo e a todos por ser mais madura que os adolescente ao seu redor.

Ivan é um adulto consciente, que não foge de suas responsabilidades, fato que será levado em consideração quando passa a existir uma possibilidade de relacionamento com Francine. Senti no personagem tons de arrogância e superioridade, principalmente nos diálogos com a Fran. Mesmo sendo mais velho e muito mais maduro, não justifica tal comportamento. Fora isso, ele também é amável e sedutor.

Os personagens secundários são muito legais e enriquecem a leitura. A começar por seu pai, com quem a personagem tem uma relação excelente; e sua mãe, com quem possui um relacionamento mais delicado. Sua irmã Bianca é uma peste, daquelas que adoram ficar colocando lenha na fogueira; e seu irmão Alex é o melhor amigo que se pode imaginar. Não posso me esquecer da Sebastiana, sua "babá", uma personagem muito sábia e carinhosa. Fora a família, os amigos são verdadeiros e sempre estão presentes durante a estória.

Quanto à linguagem, fluidez, coerência, coesão, ortografia, entre outros, não tenho o que reclamar. A escrita da autora é excelente e envolvente. E vale esclarecer que é, tecnicamente, sua primeira obra!

Ele é um romance, e em certos momentos, fica muito romântico, até porque a Francine é muito romântica. Senti falta de cenas de sofrimento, e estou torcendo para que estejam no segundo volume (que com certeza vou ler). Em resumo, o livro é cativante, e o final termina com uma reviravolta, deixando o leitor com uma vontade enorme de continuar lendo e saber o que irá acontecer no próximo volume.

Vale deixar claro que ele não se trata de um livro erótico, nem com cenas hot. A autora escreveu um conto à parte para quem se interessar por esse tipo de leitura, que está disponível na Amazon.


12 comentários:

  1. Oi
    Ainda não conhecia esse título, mas adorei por ser um nacional e ter uma recomendação tão boa. Suas impressões realmente me deixaram bem motivadas para poder conferir também. A premissa parece clichê, mas que bom que a autora soube surpreender. Espero poder ler também..
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu não conhecia o livro e fico feliz por você ter gostado. É tão bom quando a gente pega o livro já com recomendações positivas e com várias expectativas, não é mesmo? Eu adorei a premissa e suas impressões chamou muito a minha atenção, tomara que os pontos não ocorrido no primeiro livro possam ocorrer no segundo! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia a obra, mas amei a proposta dela! E principalmente a capa que é linda *-* Não sei se conseguiria gostar da história de cara, mas acredito que no decorrer dela eu começaria me interessar realmente e a montar uma opinião mais forte, irei anotar a dica e futuramente tentarei realizar a leitura do livro!

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Olá! Achei o título bem fofo, e logo sabia que não se trataria de uma história erótica. Gostei muito da premissa do livro, e COM CERTEZA vou ler. Gostei muito de uma história um pouquinho similar, porém tem o tão esperado "momento das lágrimas" que você sentiu falta neste, que se chama "A VERDADE SOBRE NÓS". Talvez você goste. haha. Amei sua resenha. grande beijo <3

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Não conhecia o livro e nem a autora,mas infelizmente o enredo não me chamou atenção pra querer lê-lo. Apesar de mesmo sendo uma estória clichê e a recomendação ser das melhores e ter uma leitura rápida e fluída dessa vez deixarei passar essa dica!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/04/resenha-simplesmente-o-paraiso-quarteto.html

    ResponderExcluir
  6. É maravilhoso você encarar um enredo clichê e se surpreender com o enredo e as suas considerações sobre este livro aqui, me deixou bem animada. Quero conhecer a escrita da autora e acredito que eu vou gostar também.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Gostei do enredo do livro pois sempre me chama muito a tenção quando há uma diferença considerável de idade entre os personagens principais que por ventura acabam se envolvendo. Espero poder ler o livro em um futuro próximo.

    ResponderExcluir
  8. Oii Heloisa, tudo bem? Que bom que gostou da leitura! Achei a premissa muito legal e essa capa é muito bonita, delicada. Parece ser um romance bem envolvente e já fiquei curiosa para ler também. Espero que leia o segundo e goste tanto quanto do primeiro. Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Helô, tudo bem?
    De vez em quando eu adoro conferir romances, mesmo aqueles possuindo clichês em sua premissa (o que parece ser o caso) e fiquei bem feliz em conferir as suas impressões e descobrir que elas foram, em sua maioria, positivas. Acho que é um desafio interessante para o casal, já que o mocinho é bem mais velho e por isso poderão sofrer muitos preconceitos e estou curiosa para descobrir como irão lidar com as dificuldades. Me parece ser uma ótima história.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse romance, mas fiquei bem interessada para realizar a leitura, justamente porque parece ser muito bem escrito. Achei bem interessante também a autora fazer um conto hot para quem curte o gênero, que é meu caso, e vou deixar essa dica anotada, para ler em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oiee Heloisa ^^
    Acho que já tinha lido resenhas desse livro antes, pois me lembro dessa premissa. Não tenho vontade de ler, pois se parece com tantos outros livros...haha' e estou um pouco cansada de romances, estou tentando fugir um pouco deles. Ainda assim, quem sabe um dia, né? Espero que o próximo livro seja tão bom quanto este.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Sinceramente, esse tipo de história não me atrai.
    Tanto pela questão de me parecer clichê, tanto pela sua citação da personagem principal, que me deu um pouco de preguiça dela... Acho que a história em si não me agradaria rsrs
    Obrigada pela dica!
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir