22 dezembro 2016

Resenha - Portas Erradas, Amores Certos



Maria Clara é uma adolescente de família privilegiada, educada e popular entre os colegas. Nunca namorou e nem deseja, acredita que os garotos são imaturos e que jamais poderiam dar a ela o que mais precisa: o amor.
O que a herdeira da família Miller não sabe é que Brandon, o garoto mais imaturo e mulherengo que ela conhece, vai entrar em sua vida e virá-la da cabeça para baixo.
Do outro lado, Brandon não entende o que está acontecendo consigo mesmo, por que seus planos de adquirir status no novo colégio, vão por água abaixo assim que conhece Maria Clara em um lugar nada convencional. Juntos, o cara mais popular e a garota mais problemática de Thompson High terão que lidar com falsas amizades que tentam sabotar sua relação.
"Portas Erradas, Amores Certos" é o primeiro livro da trilogia que mostrará que nem sempre entrar em portas erradas é a pior coisa do mundo...


Título: Portas Erradas, Amores Certos
430 páginas || Skoob || Editora: Coerência || Onde Comprar









Maria Clara leva uma vida bem confortável para uma garota de quinze anos. Confortável é dizer pouco, seus pais são ricos e ela estuda na melhor escola de Los Angeles, junto a seus amigos de infância inseparáveis: Ansel e Mel. Ela nunca teve um grande amor, e não acredita que terá um tão cedo, já que não está interessada em algo mais sério no momento. Então, para passar o tempo e curtir os hormônios da sua idade, ela explora uma amizade colorida com Ansel, sem neuras e preocupações, afinal, eles são amigos e não mais do que isso.

Tudo corre muito bem até o início de uma nova fase escolar, quando Brandon começa a estudar em uma escola nova, que, por coincidência, é a mesma escola de Maria Clara. Eles acabam se conhecendo no banheiro feminino, quando ela entra e dá de cara com um garoto nas dependências. Eles têm uma breve discussão na qual Brandon, estranhando a situação e querendo sair por cima, lasca um beijo em Maria Clara em pleno banheiro. A garota fica atônita e acaba correspondendo, se questionando internamente dos motivos de estar se permitindo agir dessa forma.

Após o "incidente", eles se dirigem para a sala de aula e descobrem que estão na mesma turma, junto aos amigos de longa data da Maria Clara. Aos poucos, Brandon vai se aproximando dos seus amigos e adentrando o seu círculo de convivência, fazendo com que ela tenha que suportar sua presença, suas brincadeiras, sua falta de noção e suas investidas. Entre encontros e desencontros, conversas e discussões, decepções e resiliência, os dois acabam formando um vínculo que não sabem se devem ou não explorar. 



[ - Minhas Impressões - ]


Portas Erradas, Amores Certos trata-se do primeiro volume de uma trilogia de romance entre adolescentes, com temas fortes e realistas para a idade dos personagens. Ele apresenta uma pegada hot, bem humorada, dramática e violenta. Uma narrativa com conteúdo descritivo, envolvendo várias facetas que podem ser consideradas características da fase em que os personagens se encontram, e também outras mais profundas que precisam ser levadas mais a sério.

A dinâmica do livro me lembrou um pouco da série Gossip Girl: famílias ricas, filhos que ficam sozinhos quando os pais passam a maior parte do tempo fora do país, festas, escola, entre outros aspectos. Entretanto ele vai mais além, explorando o lado saudável e ao mesmo irresponsável e inconsequente dos amigos e casais que se formam durante o enredo. Nem preciso ficar dizendo que os personagens são imaturos, afinal, eles têm entre quinze e dezessete anos. Agem conforme o esperado (ainda bem).

A personagem Maria Clara mora com os pais, que, apesar de quase nunca estarem presentes, amam a filha e possuem uma relação agradável, de confiança e próxima (na medida do possível, nem que seja por telefone). Não pensem que ela fica sozinha o tempo todo! Não, ela tem uma empregada que está sempre em casa e que se preocupa muito com a garota. Maria Clara é responsável, carinhosa, romântica e apresenta uma forma, vamos dizer, "diferente" de lidar com suas decepções. Não vou entrar em detalhes, mas posso afirmar que ela desenvolveu um sério problema psicológico que é levado em consideração, mas deve ser trabalhado nos próximos volumes.

Já Brandon, é um canadense que se mudou para o Estados Unidos com a mãe. Seu pai também veio para o mesmo país algum tempo depois, é casado e possui um casal de filhos pequenos. Brandon adora os irmãos e tem um ótimo relacionamento com toda a sua família. Ele é bonito, irreverente e animado. Não dispensa um festa e é o estigma do adolescente inconsequente, que vive a vida ao máximo, saindo com várias garotas. Outros personagens são apresentados, principalmente os amigos em comum. Não vou descrever cada um deles, mas posso salientar que fazem a diferença e são boas companhias para ambos. 

Foi o tipo de leitura divertida que me fez pensar sobre o que estava acontecendo e como eles conseguiriam lidar com as avessas da vida. Considerei o enredo realista, mesmo sendo em outro país e com uma condição financeira avantajada. Independente disso, os conflitos enfrentados pelos personagens são muito próximos do que vivemos. Não vou mentir e dizer que é um livro lindo que me arrancou suspiros, porque não é. Ele me causou várias sensações, desde emoção até repulsa. O final do livro é daquele tipo que você precisa de alguém para conversar sobre ele, porque você fica simplesmente sem saber o que dizer, a não ser: como?! Na verdade não foi bem essa palavra que eu disse quando terminei a leitura, foi algo mais pesado... rs! Só lendo para você entender minha posição!

Quem acompanha minhas resenhas aqui no blog sabe que não costumo favoritar minhas leituras, e que considero livro bom, aquele que mexe com minhas emoções. Bem, Portas Erradas, Amores Certos conseguiu mexer muito comigo, me causou uma leve ressaca. Quero o segundo livro pra ontem! Entretanto, infelizmente, precisei baixar a nota visto os erros na edição. Tem muitos e incomodam. Não são erros de coerência e coesão, mas de revisão. Não fosse esse fator, teria levado cinco estrelas facilmente.

A diagramação está caprichada, com fotos no início de cada capítulo e citações condizentes com o conteúdo da narrativa. As páginas são amareladas, fonte e espaçamento confortáveis para a leitura. 

Indico para quem gosta de romances e não se importa em ler cenas fortes. É importante ressaltar que além da parte hot, ele traz outros cenários que podem ser considerados pesados para alguns leitores.
É do tipo que eu gosto, daqueles que te deixa com vontade de sair conversando com todo mundo pra ter certeza de que todos concordam com você, e ficar imaginando o que vai acontecer agora. Daqueles que você shippa ou não, quer matar o personagem ou não... enfim, coisas de leitores que se envolvem com a trama!

Só mais uma coisa, se você ler ou leu, me chama, porque eu preciso falar mais sobre ele! Risos!


23 comentários:

  1. Olá Heloisa, eu não conhecia esse título, mas claro que adorei poder conferir suas impressões a respeito. Sua resenha me deixou bem curiosa e confesso que, em primeiro momento, o que mais me chamou a atenção mesmo foi a referencia a Gossip Girl ♥. Imagino mesmo que seja uma leitura divertida, e só pelo fato de despertar essa sensação em você de querer comentar tanto sobre a leitura, já me faz querer ler também. Que legal mesmo, espero poder conferir também. Obrigada pela dica!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei curiosa pra ler, gosto de livros mais jovenzinhos, acho que tem cara daqueles filmes adolescentes tipo garotas malvada kkk'
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá ♥
    A premissa da estória é bem interessante, mas talvez por personagens serem mais novos um livro hot seria meio estranho srsr, não que eu não leria e não que isso não aconteça na vida real, é por que nesse gênero somos acostumados com pessoas mais adultas, mas mesmo assim isso não me fez perder o interesse na obra.Sou apaixonada com Hot então creio que será uma ótima pedida. Adoro finais que nos deixam na urgência para o próximo livro. A capa está linda ♥
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Uau!
    Amei sua resenha e fiquei com vontade de ler. Não conhecia a autora e muito menos a editora. Adoro visitar os blogs pq sempre consigo pegar umas dicas de leitura e o gênero hot me atraí bastante.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. oie, helo. gostei dessa comparação com goccip girl, acho a série bacana e isso me despertou interesse no livro. Gostei de saber também que é um livro que te causou toda essa diversidade de sentimentos. Uma pena os errinhos, eles são sempre coisas que me incomodam.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Gostei muito da sua resenha, me deixou curioso, o que seriam essas partes fortes? muito drama? se for ótimo! Achei interessante a sinopse e tal o desenrolar da história, eu gosto de romances assim, jovens bem livres!

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Nossa, deu pra perceber que você gostou mesmo, haha.
    Eu já queria ler esse livro, depois de ler sua resenha, e saber que lembra a trama de Gossip Girl (que amo!) a vontade de ler só aumentou!
    Apesar de não gostar muito de hot, vou tentar ler esse!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  8. Olá Helô,
    Ainda não conhecia esse livro, mas acho que a dinâmica do livro lembra bem Gossip Girl, como você falou e acho isso uma pena, pois esse abandono dos pais me irrita, mas ok. Se o livro mexeu contigo é bem provável que também mexa comigo.
    Mesmo com as cenas hots, que não me atraem, acho que a premissa do livro é interessante e fiquei curiosa para ler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia essa obra ainda, mas depois de saber que tem uma pegada Gossip girl fiquei muiiito afim de ler, adoro o seriado/livros, pois adoro esse tipo de trama e ambientação. Que pena saber dos erros de revisão, é realmente chato encontrar este tipo de coisa. :(
    Não me importo com cenas hots, só espero que não seja nada exagerado.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Heloísa, tudo bem contigo?

    Não conheço quase nenhum título publicado pela editora Coerência e, na realidade, ando bem perdida neste ano. Mas passarei a acompanhar melhor agora em 2017.

    Infelizmente este não me chamou atenção desde a premissa. E ao ver que há erros de revisão (eu sou revisora de textos...) com certeza vou passar longe, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. hi baby, tudo bem? nunca tinha ouvido falar desse livro mas gostei da premissa e da forma que você falou dele, gostei do fato dele ter um pouco de Gossip girl pois amava a série! vou add a minha lista de futuras leituras ;) obrigada pela dica e parabéns pela resenha

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Helô, tudo bem? Achei a capa bem fofa, mas infelizmente não curti o enredo. Primeiro porque os personagens são novinhos, e é bastante difícil eu me identificar com livros juvenis, e segundo pelo conteúdo hot em um livro com personagens tão novos. Eu não sou pudica, curto hot, leio bastante, mas com adultos. Adolescentes fazem sexo sim, mas você disse que tem cenas fortes e tal, não achei legal. Mas que bom que você gostou.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Então, livro adolescente com pegada hot eu não me interesso nem um pouco, não acho legal esse tipo de livro. Gosto de leitura hot mas para maiores de idade! Tá certo que hoje em dia qualquer um com 12 anos sabe o que é isso, mas não acho legal. Mas falando sobre a trama, achei interessante a sua opinião sobre o livro mas a trama não me atraiu para a leitura.

    ResponderExcluir
  14. Olá! Também acho livro bom é aquele que mexe com minhas emoções, imaginação, me tira da realidade! (embora tenho favoritos rs)
    A leitura desse livro parece ser leve e descontraída e ainda assim te deixou de ressaca! Essa trilogia já está completa? Digo: Já tem o 2 e 3? Pq quando o livro é bom é tão chato esperar.
    Que pena isso de erros de revisão acaba até nos desanimando um pouco. Bem, este é um livro que leria.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, ainda não foram lançados. O que é uma pena, pois eu teria lido logo em seguida!

      Excluir
  15. Olá, tudo bem?
    Gosto de enredo com temas fortes, mas preciso do tempo certo pra fazer a leitura. Gostei da parte humorada que o enredo tem, mas o hot me repele. Mas por ser uma história realista e lembrar gossip girls fiquei interessada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá Heloisa,
    Menina, fiquei muito curiosa com esse livro. Apesar de ser um drama adolescente, pelo que pude perceber, não é raso, e isso me chamou a atenção. Com diversos temas, imagino que a história soube foi bem desenvolvida para envolver o leitor. Uma pena os erros de revisão, muitas vezes incomodam mesmo.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  17. Muitas coisas que você disse acabaram fazendo com que eu não tivesse nenhum interesse na leitura. Na verdade, eu já ficaria com o pé atrás por ser uma trilogia de romance, até hoje não li um romance que eu realmente considerasse que precisava ser uma série. Mas o que me fez desistir mesmo foi o fato de ter muitos problemas de revisão, além da questão da pegada hot e de ter chegado até a te causar repulsa. Não acho que seja leitura para mim.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu gosto bastante de romances adolescentes, mas não gosto daqueles bobos e esse não parece ser assim, então fiquei animada para conhecer. A Maria Clara parece ser uma personagem cativante, pelos seus comentários não parece ser aquelas adolescentes chatas e frescas, e fiquei bem curiosa para saber mais sobre esse problema psicológico que ela desenvolve. Enfim, fiquei realmente bem interessada no livro, pois parece trabalhar bons temas.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Gosto de leituras assim com enredo forte. Mas tem algo que me afasta da leitura desse livro: cenas hot. É algo que já tentei engolir, mas não dá. Sobre a forma com a leitura te dou em uma ressaca literária, esperando ansiosa pela continuação, me chamou atenção pois sinto que você foi pega pela história de uma maneira diferente. Anoite aqui a dica.

    ResponderExcluir
  20. Oie
    poxa, ainda não conhecia o livro mas posso garantir que já quero hahaha pois adorei esse enredo e essa capa e depois de tantos elogios nessa linda resenha, é impossivel não querer, dica mais que anotada

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Adorei sua resenha. É tão bom quando lemos uma resenha e nem nos damos conta que chegamos ao fim de tão bem que ela flui.
    No início, por ser um livro que fala de adolescente, fiquei com o pé atrás,não gosto de personagens inconsequentes.
    Porém uma coisa que pesa MUITO (destaque para a palavra muito), é o livro ter muita emoção e e mexer comigo. E você descreve o livro exatamente assim. Por isso acabei animando a fazer a leitura.
    Obrigada pela dica ^_^
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. O enredo desse livro me lembrou demais as famosas webs novelas que tinham nas comunidades do orkut,as hoje conhecidas como fanfics, sempre aquela protagonista riquinha que os pais não param em casa e o garoto todo errado, haha, eu adorava ler coisas do tipo, hoje em dia já não é minha vibe

    ResponderExcluir