19 dezembro 2016

Resenha - De Olhos Fechados




"Ignorar é a solução" foi o que pensou Cecília quando alguns papéis começaram a surgir no seu quarto, na bolsa e nos seus livros. O que seriam aquelas ameaças e informações sem nexo? Quem estaria mandando? Como se não bastasse, a cada que os lê, uma imagem passa em sua mente. Talvez isso pudesse ser menos estranho se Cecília não fosse cega desde o dia que nasceu.
Para desorganizar ainda mais sua vida, Tiago - o garoto novo da escola - começa a balançar seu coração e a faz com que sinta o que ela jamais sentiu. Sua dificuldade agora é acreditar no que sempre tentou passar às pessoas: ser cego não é sinônimo de limitação e tristeza.
Entre os desafios do dia-a-dia e da adolescência, Cecília se vê envolvida em um mistério que pode afetar sua vida e de todos os belo-horizontinos, e ela não vai descansar até descobrir - e entender - um grande segredo do passado da cidade que os livros de História jamais ousaram contar.


Título: De Olhos Fechados
253 páginas || Skoob || Cortesia: Editora D'Plácido || Onde Comprar









"– Tem que aprender a conviver com a vida e com os furos que há nela. Olhe para mim, eu nunca saberei como é o rosto dela, como é o cabelo, os olhos. Nunca saberei nem mesmo como sou!"

Cecília é uma adolescente com deficiência visual que se vira muito bem sozinha, ou melhor, tenta se virar. Seu maior anseio é conseguir fazer tudo sozinha, sem depender do seu pai, sua irmã ou seus amigos para nada. Ela está sempre na companhia de Dina, sua cachorrinha guia, que fora treinada no exterior especialmente para acompanhar Cecília. A dependência e preocupação dos mais próximos impede que ela faça coisas banais, como pegar o ônibus para voltar para casa após a escola. A garota tenta várias vezes fazer o percurso sozinha, mas sempre aparece alguém para lhe fazer companhia, como se fosse algo orquestrado. 

Logo no início ela conhece Tiago, um adolescente que acabou de se transferir para a mesma escola que Cecília. Ele é bonito, divertido e interessante, e não perde tempo se aproximando da garota. Eles se tornam amigos e começam a andar sempre juntos, ainda mais que ele mora relativamente perto da casa dela. Meio a passeios, escola e estudos, eles se aproximam cada vez mais, até não haver dúvida que existe sentimento.

Antes mesmo de conhecer Tiago, Cecília começa a receber uns recados estranhos em papel pardo. Às vezes ele continha um endereço, outras uma ameaça, outras dizia que a garota sabia muito bem do que estavam falando. Sim, tudo muito estranho, e ela não tinha ideia do que se tratava. Decidiu ignorar, até que não conseguiu mais fazer isso...


[ - Minhas Impressões - ]


 De Olhos Fechados trata-se de uma leitura infanto-juvenil do gênero romance com um pouco de mistério. O livro chamou minha atenção pela personagem principal ser deficiente visual, o que não se encontra fácil na literatura. Através de sua perspectiva, compreendemos um pouco da realidade e das dificuldades que eles encontram no dia-a-dia, como a grande solução e ao mesmo tempo, um problema,  que é a acessibilidade.

Cecília é uma típica adolescente, com suas inseguranças a respeito da vida. Ela aceita muito bem o fato de ser cega, mas desconfia de quase todos que se aproximam dela, pensando que o estão fazendo só pelo fato da deficiência. Isso demonstra que ela, apesar de ser bem resolvida e querer sua independência, apresenta traços de baixa autoestima, tornando a história mais realista, já que vários adolescentes com deficiência ou não, passam por isso em determinado momento de seu desenvolvimento. Ela é uma personagem divertida, amorosa, fiel à suas amizades e muito próxima de sua família.

"– Você não quer tomar um suco comigo antes da aula? Porque estamos um pouco adiantados...
– Olha, Tiago, sabe... eu não queria ser grosseira e tal... mas eu já perdoei você pela coisa do bilhetinho de ontem, não precisa ficar com pena de mim, nem nada...
– Oi?
– Você tá conversando comigo por pena ou por culpa?
– Por nenhum dos dois. – ele disse, óbvio. – Eu só fui com a sua cara – ri.
– Ah, você foi com a minha cara? – ótimo."

Fora a personagem principal, temos Tiago, o novo garoto na escola que conquista o interesse e atenção de Cecília. Ele faz diferença no enredo e acaba se tornando alguém muito importante para a trama. Carinhoso, engraçado, simpático, bonito e gentil, são algumas entre tantas outras qualidades que poderiam ser citadas aqui. Também nos são apresentados outros personagens. Luna, sua irmã mais nova, seu pai, sua melhor amiga Bianca e até os pais de Tiago; fazem com que a história se aproxime da nossa realidade e enriquecem a trama.

O livro é leve, escrita simples e de rápida leitura. Possui páginas em branco, tamanho da fonte adequada para leitura e espaçamento agradável. A diagramação é básica, com poucos detalhes. Acredito que seria uma leitura interessante para ser trabalhada na escola, daqueles livros que os professores solicitam a leitura para depois discutirem em sala de aula. 

Indico a leitura para adolescentes que gostam de um romance com uma pitada de mistério, ou pra quem está de ressaca literária e procura algo leve. 


21 comentários:

  1. Olá Heloisa, tudo bem?
    Eu adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, especialmente porque nao o conhecia ainda. Na verdade é uma pena porque nunca li nada da editora e tenho muita curiosidade. Eu adoro livros com essas caractéristicas adolescentes e com um ar de mistério, então achei curioso os elementos destacados por você. Realmente gostaria de poder conferir logo!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Gosto muito de obras com protagonistas que apresentam alguma deficiência, justamente porque isso traz uma certa reflexão por trás da história, o que me agrada muito. Fiquei curiosa pelas mensagens que ela recebe e claro, totalmente aceitável a insegurança que ela sente. O romance também parece ser interessante e gostaria de ver o desenvolvimento do mesmo. Dica anotada!

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Confesso que também vejo uma certa escassez quando o assunto são personagens com deficiência, não só visual mas de todos os tipos. Fico feliz que esse livro foi uma boa leitura. Sou fã de literatura Juvenil e sem dúvidas leria esse livro. Gosto de leituras leves, pois gosto de ler em pouco tempo. Até mais ver
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não conhecia o livro nem tão pouco a editora. Gostei da sinopse e da sua resenha. Nunca li livros onde o personagem principal tivesse alguma deficiência principalmente a visual. É interessante ler livros assim, pois geralmente os autores fazem muitas pesquisas e acabamos conhecendo um pouco sobre o mundo dessas pessoas. Achei interessante a história, acredito que eu leria sim!

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Gostei muito da ideia de um livro com uma protagonista que é deficiente visual voltado ao publico adolescente.
    Acho que ajuda a conscientizar.
    Achei o enredo interessante, mas não entendi muito bem onde a parte do mistério se encaixa na estória. Pareceu ser dispensável.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu adoro o gênero e também achei bem diferencial a personagem ser deficiente visual. Estou precisando mesmo de uma leitura leve e acho que esse livro seria uma boa. Dica anotada para ler!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá. Poucos livros até agora que vi trazem como protagonista um deficiente visual. Acho que deve ser um pouco difícil para o autor narrar esse contexto ainda mais se tratando de uma história infanto-juvenil.

    Gostei da premissa e a capa acho que se encaixa bem com a história que você nos ambientou aqui. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Não conhecia o livro ainda e nem a autora mas gostei muito da premissa do trabalho dela, principalmente pelo diferencial da protagonista ser uma adolescente com deficiência visual. Geralmente personagens assim trazem algum tipo de reflexão, ainda que involuntária, sobre a vida e suas diferenças e gostei de saber da existência dessa possibilidade em um livro infanto-juvenil.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  9. Olá Helô,
    Ainda não conhecia esse livro e, quando li o título dele, pensei que era uma obra que li recentemente, cujo título é o mesmo. Gostei de conhecer suas impressões e achei interessante a personagem ser cega, não me lembro de ter lido nada com uma personagem assim. Acredito que eu desconfiaria também, se fosse cega, das pessoas que se aproximam.
    Vou anotar a dica, com certeza.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi, Heloisa

    Que bacana a abordagem da deficiência visual, não vemos isso com frequência e é muito importante haver essa representatividade.
    Concordo com você quando disse que esse livro deveria ser trabalhado nas escolas!
    Eu não leria apenas pelo fato dele não fazer meu estilo mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oiee Heloisa ^^
    Acho que nunca li um livro onde a protagonista tivesse deficiência visual. Mas eu tenho muita curiosidade de ler esse livro, não é a primeira vez que eu o vejo. Eu não sou muito fã de mistério, mas quando a "dose" é pequena, não faz tão mal...haha' espero poder lê-lo em breve, estou mesmo precisando de algo leve.
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  12. Oi Helo, não conhecia a obra e já fiquei bastante interessada depois de ler sua resenha. Adoro obras que envolvam um bom mistério...

    Obrigada pela dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Vou guardar o nome do livro porque indicações de livro pra ressaca sempre são bem vindas haha, achei interessante o conflito da deficiência.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    EU não conhecia esse livro, mas gosto de saber que é um livro para ler depois de uma ressaca literária.
    Mesmo com a trama bem leve, gosto de livros assim, onde posso ler e relaxar. Uma ótima dica!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Olá =) Gostei de saber que é um romance infanto-juvenil mais que tem um pouco de mistério. Ainda não li livro que a personagem tenha alguma deficiência física mais tenho o interesse. Anotei a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
  16. Oii!!
    Não conhecia esse livro antes. Achei bem interessante, e concordo que seria perfeito para adolescentes que estão estudando ler esse livro. Nunca tinha ouvido falar de livros que retratem a realidade de uma que possui deficiência visual. Espero ter a oportunidade de ler, gostei muito do que posso encontrar nele pelo que li na sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não conhecia esse livro e realmente parece ser uma leitura bem leve para se fazer entre um livro e outro ou em caso de ressaca literária, como você disse haha. Admito que essas história infanto juvenis não me agradam muito, mas eu até leio de vez em quando e acabo me surpreendendo, tomara que se eu tiver a oportunidade de ler esse livro, eu me surpreenda também. Obrigada pela dica.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Achei interessante o livro tratar de uma personagem com deficiência visual. De fato é muito difícil encontrarmos um personagem assim na literatura.
    Mesmo assim, não é o tipo de livro que estou querendo ler no momento, mas sua dica está anotada para uma leitura futuramente.
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Oie
    faz um bom tempo que li o livro e lembro que gostei de alguns pontos e outro deixaram a desejar mas a narrativa da autora é bem legal, bela resenha e bela dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Adorei poder conferir suas impressões a respeito do livro, pois realmente não o conhecia em nada, essa é a primeira vez que vejo uma resenha dela. Adorei mesmo.
    A premissa me agradou bastante, especialmente por trazer uma protagonista com deficiência visual, que, como você mesma disse, não se encontra tão facilmente na literatura. Vou procurar saber mais sobre o livro. ♥

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  21. Oi Heloisa, tudo bem?
    Sabe que desde que eu vi esse livro pela primeira vez eu sinto que quero ler ele urgente. Eu adorei saber que ele se trata de assuntos mais adolescentes e achei que a trama parece muito envolvente. Com toda certeza vou ir atrás para ler o quanto antes. Meus parabéns pela sua resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir