29 novembro 2016

TOP 10 - Melhores do Ano de 2016 / Amanda


O ano ainda não terminou, mas já tive várias leituras incríveis e confesso que foi bem difícil listar somente dez. Esse ano foi uma grande surpresa, tive a oportunidade de conhecer muitos livros que me marcaram de alguma forma, que me deixaram muito emocionada e que jamais os esquecerei. E aqui estou para mostrar quais são eles!


Silêncio [- Resenha aqui -]

Sinopse: Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy.
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará
suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.

Me surpreendi lendo esse livro. Observando somente a capa, não poderia prever que seria uma história recheada de ação, tensão, aventura e um pouco de fantasia e romance. A escrita da autora é tão maravilhosa que me prendeu do início ao fim, adorei tudo que ela construiu: o romance entre Li Wei e Fei que vai se desenvolvendo ao desenrolar da trama; as descrições de como é recuperar a audição, de forma que o mundo passa a ter mais cor para Fei; e como é sobreviver numa sociedade com normas bastante rígidas, onde todos passam fome e só há três funções que são divididas entre o povoado. Pude ter uma boa perspectiva de como é passar por todas aquelas dificuldades e acredito que todos deveriam ler esse livro.




Graffiti Moon [ - Resenha aqui -]

Sinopse: Uma aventura emocionante e perigosa como um grafite clandestino. Uma noite de arte e poesia, humor e autodescoberta, expectativa e risco e, quem sabe, amor verdadeiro.
Um artista, uma sonhadora, uma noite, um significado. O que mais importa?
O ano letivo acabou, aliás, o último ano do ensino médio. Lucy planejou a maneira perfeita de comemorar: essa noite, finalmente, ela encontrará o Sombra, o genial e misterioso grafiteiro, cujo fantástico trabalho se encontra espalhado por toda a cidade. Ele está de spray na mão, escondido em algum lugar, espalhando cor, desenhando pássaros e o azul do céu na noite. E Lucy sabe que um artista como o Sombra é alguém por quem ela pode se apaixonar — se apaixonar de verdade.
A última pessoa com quem Lucy quer passar essa noite é o Ed, o cara que ela tem tentado evitar desde que deu um soco no nariz dele no encontro mais estranho de sua vida.
Mas quando Ed conta para Lucy que sabe onde achar o Sombra, os dois de repente se juntam numa busca frenética aos lugares onde sua arte, repleta de tristeza e fuga, reverbera nos muros da cidade. Mas Lucy não consegue ver o que está bem diante dos seus olhos.

Esse é um dos romances mais fofos que eu já li! Não é uma dessas histórias cheias de acontecimentos, mas que ainda assim consegue envolver o leitor até a última página. Adorei ver os sentimentos, medos e pensamentos dos personagens principais, o Sombra com certeza foi o que mais me impressionou, pelo fato de ser um cara tão sensível que lida com seus problemas por meio da arte de suas pinturas. A história é muito fluída, o que proporciona ao leitor uma leitura bastante rápida.







Garota, Interrompida [- Resenha aqui -]

Sinopse: Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas.

Adoro tudo que envolve a psicologia, então com certeza foi uma experiência incrível conhecer essa obra autobiográfica. Nesse livro a Susanna nos demonstra como estava a sua mente quando estava pensando em se suicidar, como a rotina funcionava em uma clínica psiquiátrica nos anos 60, o convívio com outras internas problemáticas e como a loucura funcionava para cada uma delas. Esse livro me fez refletir muito e com certeza ficará marcado em minha mente por bastante tempo.




Mago: Aprendiz [- Resenha aqui -]

Sinopse: Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido a serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos se altera para sempre.
Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia ou morrer.
Dividida em quatro livros, A Saga do Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.

Esse livro foi o meu primeiro contato com o gênero de fantasia épica e felizmente gostei muito dele! É o primeiro de uma série, portanto, é uma história mais introdutória para conhecermos esse universo. Apesar do título, não há magia nesse livro, mas ainda assim vale muito a pena conhecer, ele é recheado de várias criaturas mitológicas, batalhas e uma longa jornada perigosa a ser percorrida. Algo interessante nesse livro é que o autor não criou somente um personagem protagonista, mas vários que dão destaque à história, de modo que não haja confusão nenhuma para diferenciarmos um personagem de outro.




A Garota Perfeita [- Resenha aqui -]

Sinopse: Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transforma completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à família da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso.
Quando a encontra, porém, a professora está em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?

Se você adora um bom thriller psicológico, acredito que não irá se decepcionar em conhecer essa história incrível. A trama gira em torno de Mia, mas o que achei mais legal é que não podemos visualizar sua perspectiva dos fatos, ou seja, não saberemos quem ela é e quais são seus pensamentos e sentimentos, mas sim somente pelas observações de sua mãe, do detetive designado para o caso e por Colin, seu sequestrador. A história também alterna entre passado e presente e a autora conseguiu fazer isso sem causar confusão, com uma escrita intensa, fluída e com personagens bem construídos.





A Rebelde do Deserto [- Resenha aqui -]

Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

Esse é um desses livros que você pega e antes mesmo de ler já sabe que vai amar. Difícil dizer o que eu mais amei nesse universo criado pela autora: se são os personagens fortes, a ambientação do deserto ou até mesmo os seres místicos. Após essa leitura, Amani definitivamente se tornou uma das minhas personagens literárias favoritas, e não digo isso à toa! A autora insere todo tipo de obstáculo para dificultar a vida dessa protagonista incrível, seja o fato de ser órfã, pobre e principalmente mulher, e por causa do preconceito que ela sofre, ser forte acaba sendo a sua única opção. É impossível não se identificar com ela em alguns aspectos, já que o preconceito contra mulheres ainda existe e a forma que a autora usou para trabalhar essa problemática foi fascinante. Recomendo fortemente essa história de fantasia com uma pitada de romance e aventura!




Copas [- Resenha aqui -]

Sinopse: A vida parece um grande jogo de desilusão.
E, por que não dizer, de perseguição.
Samantha, não está em sua melhor fase. Além da perda repentina da mãe, devido a um acidente de carro, seu pai agora namora a mais severa de suas professoras. Como se não fosse suficiente, seu namorado decide terminar a relação. Ela, então, se vê forçada a vê-lo feliz com outra garota enquanto sofre em silêncio.
Sam tem o apoio de seus melhores amigos, Tina e Erick, para lutar contra a dor e o pessimismo. Contudo, ela ganha uma nova distração quando novos vizinhos mudam-se, às pressas e no meio da noite, para sua pacata rua. Intrigada, ela passa a investigá-los e descobre que a bagagem deles inclui mistério, morte e uma razão mais profunda sobre a repentina mudança para aquele lugar. Afinal, nas ruas mais calmas se escondem os mais obscuros segredos.

Esse livro foi uma grata surpresa, quando iniciei a leitura eu não imaginava que terminaria favoritando-o e quando percebi, me encontrava super ansiosa para a continuação da série. Não consigo encontrar palavras para demonstrar o quanto esse livro me conquistou, e não é somente por conta da sua premissa e as ideias que foram abordadas, mas também por causa da escrita maravilhosa do autor, que é tão bela e fluída. E é impossível não gostar da Sam! Assim como ela, eu também sou uma pessoa muito sentimental e no livro todo nós veremos isso, além dos mistérios envolvidos dos vizinhos e os dramas familiares. O legal é que o autor soube trabalhar muito bem os personagens secundários, principalmente os amigos de Sam! Os quatro formam uma amizade incrível e bem unida e é impossível não desejar ter uma amizade tão legal como essa. Recomendo fortemente para todos, essa é uma dessas histórias que quando você finaliza, sente vontade de gritar para o mundo conhecê-la também.




O Livro de Memórias [- Resenha aqui -]

Sinopse: Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.

O que mais gostei nesse livro é que ele quebra o padrão dos personagens doentes que sempre encontramos na literatura. Não é uma história dramática, já que a Sam é uma menina bastante inteligente e como tal, é mais guiada pela lógica. A parte mais preciosa do corpo humano para ela é o cérebro, já que foi por causa dele que ela consegue ir bem no grupo de debate e nas notas da escola. Infelizmente para Sam, são justamente as memórias que ela irá perder e por isso, passa a escrever um diário com o objetivo de não esquecer os seus momentos mais importantes. É uma história muito bonita!




Novembro, 9 [ - Resenha aqui -]


Sinopse: Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?
Admito que não tinha muitas expectativas em relação à obra, afinal, pense só na premissa: um casal que se encontra uma vez por ano, sem contato por telefone, internet nem nada! Como isso poderia dar certo? A autora me mostrou que nessa história, tudo pode ser possível e fiquei feliz por estar enganada. Fallon e Ben são personagens incríveis que fazem muito bem um para o outro, é impossível não se encantar com o romance entre eles e se comover com os seus obstáculos pessoais.




A Escola do Bem e do Mal 3: Infelizes para Sempre [- Resenha aqui -]

Sinopse: Sophie e Agatha estão lutando contra o passado para conseguir mudar o futuro, em busca de um final perfeito para seu conto de fadas. Elas acreditavam que sua história havia chegado ao FIM no minuto em que se separaram, quando Agatha foi levada de volta para Gavaldon com Tedros, e Sophie ficou para trás com o lindo e renascido Diretor da Escola. Mas nada no mundo dos contos de fadas é tão simples. Agora inimigas, elas tentam se acostumar com suas novas vidas, mas a história das duas pede para ser reescrita... E isso pode afetar quem elas menos imaginam. Com as garotas separadas, o Mal assume o poder e os vilões do passado ressurgem das trevas em busca de vingança, sedentos por uma segunda chance de transformar o mundo do Bem e do Mal em um reino de escuridão, com Sophie como rainha. Agora, apenas Agatha e Tedros podem apelar ao poder da amizade e do amor do Bem para impedir a dominação do Mal e evitar que todos sejam infelizes para sempre. Mas... qual é a linha tênue que separa o Bem e o Mal?

É claro que eu não podia deixar de falar do livro que mais me marcou esse ano! Todos os livros da trilogia são excelentes, mas escolhi colocar o terceiro justamente por ser o último da série. A escrita do autor realmente é uma das melhores que já conheci e os seus personagens, muito cativantes. Ele conseguiu fazer uma releitura de conto de fadas de uma maneira bem única e original, a ideia é extremamente bem trabalhada e os conflitos entre Sophie e Agatha nesse livro realmente conseguiu me deixar muito tensa e ansiosa.


Gostaram da postagem? Já leram algum dos livros listados? Contem aí nos comentários!

16 comentários:

  1. Olá Amanda
    Novembro, 9 definitivamente está na minha lista de melhores do ano também. A garota perfeita também foi uma ótima leitura para mim. Também li Silêncio esse ano, mas não foi tudo aquilo que imaginei. Quero muito ler O livro de memórias e a Rebelde do deserto.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Não li nenhum desses (triste), mas tem muitos que quero ler, como Novembro 9, Garota interrompida e outros. Esse ano também foi de muitas leituras boas. Já estou sofrendo por antecedência pra escolher o melhor.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Acredita que eu não li nenhum deste que você colocou na lista? Mas eu tenho vontade de ler vários. O bom é que são histórias que fazem o meu estilo mesmo e que eu leria sem problema nenhum. O Garota Interrompida eu só vi em filme e gostei bastante então acho que este posso contar como o único que sei.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda pelo visto nossos gostos são um pouco distintos rsrs Goste da escola do bem e do mal, mas ela não me conquistou para ser um dos preferidos. Pretendo ler em breve Novembro 9 e a Rebelde no deserto, esse ultito por causa da capa.

    ResponderExcluir
  5. OLá! Eu adorei sua lista de melhor do ano, adoro ver as experiências literárias de outras pessoas. Confesso que não li nenhuma das obras que escolheu, mas fiquei mais louca ainda para ler "A garota perfeita", que enredo fascinante. "Novembro, 9" está quase entrando para a minha wish list, porque taaanta gente elogia essa obra... Porém, tenho certa resistência com romances. Adorei! Fico muito feliz que tenha tido boas leituras esse ano. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Dos livros citados só li Garota Interrompida e achei muito fascinante o modo como foi escrito. Estou morrendo de curiosidade sobre os livros Silêncio, porque Richelle Mead é rainha suprema *----* e Novembro 9, pois CoHo também é rainha e adoro seus livros. O livro de memórias e A garota perfeita estão na minha wishlist.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Amei a sua lista de melhores do ano. Desta lista, eu quero muito ler "Silêncio" e "Novembro", esses dois livros já estão na minha lista e eu pretendo ler eles no ano que vem, porque esse ano já não vai ser mais possível, a lista está grande!
    Amei a capa do "O livro de memórias", muito fofa, não conhecia a história, fiquei interessada. Feliz de saber que você teve tantas boas leituras, que venha mais!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  8. Uau, há vários livros que você recomendou que me deixaram animada para conhecer: Novembro 9, Copas e A Garota Perfeita chamaram minha atenção. Não é a primeira vez que vejo alguém favoniando e recomendando Grafiti Moon. Acho que preciso dar uma chance a esse romance. E, claro, não poderia faltar uma recomendação como Garota Interrompida. <3

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Amanda,
    Ainda não li nenhum dos livros que foram suas melhores leituras, mas vou ler esse mês O Livro de Memórias e espero que seja incrível!
    Adorei ter visto Novembro 9 aqui e Copas, são São duas leituras que quero fazer.
    Um dos melhores que li no ano foi Belgravia.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Desta lista eu li A Rebelde do Deserto e Novembro, 9, ambos os livros me trouxeram uma experiência muito boa, assim como você. Colleen Hoover sempre me surpreende, o casal é realmente apaixonante. Dos outros livros citados, o que mais me interessei em ler foi Garota, Interrompida, também gosto de livros que envolvem psicologia e esse me chamou ainda mais atenção por ser autobiográfico. Ainda não fiz minha lista de top 10, mas pretendo. Ótimo post. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Amei a sua lista! Tem vários livros que pude ver a sua opinião e alguns que ainda não conhecia, mas de todos, o que mais quero ler com certeza é November 9, já que há pouco tempo me apaixonei completamente pela escrita da autora.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Amanda, tudo bem? Adorei seu TOP 10 e apesar de não ter lido nenhum desses livros ainda tenho alguns na minha lista como Copas que já até comprei o livro e só não consegui encaixar ainda na minha lista de leituras. Quero ler também garota interrompida e novembro 9.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu gosto muito de ver posts assim e acredita que da sua lista só li um livro? Foi o Novembro, 9 e assim como você não tinha muitas expectativas, mas fui muito conquistada pela história. E o livro Silêncio foi um que chamou a minha atenção na época de lançamento, mas desanimei porque li muita crítica negativa.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  14. Tenho muita vontade de ler Carlota Interrompida", justamente por gostar também de assuntos que envolvem a psicologia. Amo Richelle Mead e por isso não perdi tempo em conferir Silêncio, mas ao contrário de você, acabei me decepcionando um pouco com a obra por saber que a autoria poderia ter se aprofundado mais na história, mas ainda assim, é uma história interesse. Ainda não li Novembro 9,mas já está entre as minhas leituras, Colleen Hoover sempre causar um efeito em enredos simples.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Os gêneros que você lê são bem diferentes do que eu costumo ler. Então dos que você citou eu quero muito ler Novembro 9, todos falam super bem dessa história e estou mega curiosa para ler o livro. Adorei saber os 10 melhores livros desse ano.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Oi Amanda, tudo bem?
    Fico feliz em ver que você teve leituras ótimas nesse ano, dos livros que você selecionou eu li apenas Novembro, 9 e Silêncio, ambos são livros muito bons mesmo. Me emocionei com os dois e para mim também estão nos meus favoritos. Dos outros que você citou, tenho muita vontade de ler A Garota Perfeita, parece ótimo também!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir