01 novembro 2016

Resenha - Gelo Negro




Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cercado por natureza e cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança. Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores na descida das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um dos homens se mostra mais romântico do que perigoso, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.
                                                        



Título: Gelo Negro
304 páginas || Skoob || Editora: Intrínseca || Onde Comprar









“Por um momento, achei aquela imagem muito sedutora, e na mesma hora me repreendi por ter me sentido atraída por ele. Não era real. Se a Síndrome de Estocolmo existia, eu tinha certeza de que minha atração era um sintoma inicial.”

Começando com o ápice do mistério, nos revelando um terrível assassinato e um suposto sequestro por um cowboy (caubói, como é citado no livro), Gelo Negro nos apresenta Britt Pfeiffer, uma garota que passou meses se preparando física e emocionalmente para a tão esperada trilha na Cordilheira de Teton, que faria junto à sua amiga e ex-cunhada, Korbie.  

A personagem, mesmo dizendo que queria esta viagem por ser algo legal e diferente, deixava de perceber que o real motivo da mesma era provar para si própria e para Calvin (seu antigo amor), que o havia superado e podia muito bem voltar àquele lugar e se virar sozinha nas trilhas.

A espera pela viagem e todos os preparativos estavam sendo finalizados. De equipamentos organizados, rotas previamente planejadas e carro no ponto para a aventura, Britt tem uma infeliz surpresa (ou feliz, mas ela não sabia disso ainda): Calvin, o irmão de Korbie e seu ex-namorado, iria acompanhá-las nesta aventura, porém iria em outro carro. 

“Dessa vez éramos só nós, os jovens. Sem adultos e sem regras. Um ano antes, ficar a sós com Calvin por uma semana teria parecido proibido e perigoso, uma fantasia secreta que se tornava realidade. Agora eu não sabia o que esperar.”

Há 8 anos eles não se viam e muito menos trocaram uma palavra sequer. Como lidar com toda situação?

O que tinha tudo para ser uma história fofinha de romance e reconciliação, se torna uma verdadeira aventura muito suspeita, pois, na Cordilheira Teton, acontecera inúmeras mortes e desaparecimento de garotas. E com Korbie e Britt não foi diferente. 

Durante a tão planejada viagem, onde parecia que tudo ia dar certo, a picape fica presa na neve no meio do nada e as amigas se veem obrigadas a saírem e procurar ajuda. E acham. Mas muitas vezes o perigo vem disfarçado de ajuda. 

Depois de andar cerca de uma hora e estarem quase congelando, encontram uma cabana e, para surpresa de Britt, Mason estava lá, um cara que a ajudou, fingindo ser seu namorado em uma manhã para enganar Calvin, sem ao menos conhecê-la. Junto a Mason estava Shaun, seu amigo.  

Após pedirem abrigo até a neve passar, outra surpresa, Mason se coloca totalmente contra a presença das duas naquele lugar e se mostra um cara totalmente diferente do que “conheceu” mais cedo. E ainda mais, o que elas achavam ser um abrigo seguro e companhias legais, se tornou um cativeiro com sequestradores, pois, Mason e Shaun eram fugitivos e queriam algo para tirá-los dali a qualquer custo. 

Britt foi separada bruscamente da sua amiga naquela casa e só se deu conta do que estava acontecendo após encontrar uma caixa com um cadáver dentro e lembrar de todos os crimes e desaparecimentos que acontecera ali há algum tempo. Com tudo isso ela tinha uma certeza e um desejo: elas corriam sério perigo e queria mais que tudo que Calvin sentisse falta e procurassem-nas, antes que fosse tarde de mais!

"Ela não iria deixar aquele lugar horrível ser sua última lembrança. Fechou bem os olhos e se deixou levar escuridão adentro.”



[ - Minhas Impressões - ]


A Editora Intrínseca, responsável pelo lançamento desta obra, me encantou (de novo). Desta vez foram pelos detalhes em cor de rosa que colocou na capa e a ambientação da mesma, o que induz o leitor a já ter um pé dentro da história. As páginas são amareladas e a fonte de um tamanho ideal para leitura. Quando li a sinopse de Gelo Negro imaginei um Thriller Policial e a frase logo na capa me deu mais certeza ainda. 

"É difícil resistir ao perigo..."

Por não ter experiência com a escrita da autora, não sabia bem ao certo o que esperar desta história. Becca Fitzpatrick, autora da série de grande sucesso Hush Hush, pode ter decepcionado grandes fãs pela expectativa criada para esta história. Muitos acreditam que ela se precipitou em arriscar neste gênero, porém penso o contrário. Gelo Negro foi uma experiência incrível para minha bagagem literária, mesmo sendo uma história simples. Esta obra carrega consigo e transmite ao leitor vários ensinamentos.

“Todo mundo precisa de segredos. Eles nos mantêm vulneráveis — disse ele. Por que alguém iria querer ser vulnerável? Para manter a guarda levantada e, assim, não ficar descuidado.”
A escrita da autora faz a simplicidade da história ter uma interpretação singela, e isso é um ponto que, em geral, me agrada muito nas obras. 

Os personagens trazidos pela autora, possuem características próprias, o que distinguem bem suas atitudes e decisões no decorrer do enredo. Britt, a personagem principal (que me identifiquei totalmente) é uma garota decidida e disposta a enfrentar obstáculos para se mostrar forte e inabalável, e, alguns momentos, demonstra fragilidade. Korbie (descrevo-a como irritante), mesmo sendo melhor amiga de Britt, esbanja inveja e fica "competindo sozinha" com a amiga, escrevendo em seu diário qualidades/defeitos de cada uma e atribuindo notas que ela achava devido, e é claro que ela sempre levava vantagens sobre a amiga. Calvin, o ex-namorado de Britt, é um babaca, que terminou com ela da maneira mais canalha possível (por telefone) e a deixou sozinha no baile. Também tem Shaun e Mason, dois foragidos com personalidades nada estáveis. 

O suspense que o livro traz não é o suficiente para aqueles amantes do gênero, o que pode ter deixado a desejar um pouco, mas creio que todos os pontos do enredo foram propositais e cumpriram bem o que ela havia planejado à história. Creio que o suspense (por mínimo que seja) combinou bem com a pegada de romance que a trama carrega. Aconselho que seja lido como um livro "cura ressaca", pois não tem nada de muito incrível que vá abalar emocionalmente o leitor.

Gelo Negro funcionou super bem comigo e supriu o mínimo que eu esperava, já que como dito anteriormente, não sabia bem ao certo o que viria pela frente. E ainda mais, a escrita leve da autora me proporcionou curiosidade de conhecer a série Hush Hush, vontade que até então não havia tido.

E, apesar do final ter faltado uma pitadinha de informação a respeito de outros personagens da história, eu indico a obra, principalmente para aqueles que acabaram de passar por uma experiência um tanto quanto arrasadora.

“Se soubesse que as coisas acabariam assim, eu teria treinado mais. Eu teria aprendido a cuidar de mim mesma. Mas acho que essa é a questão, não é mesmo? Você nunca sabe o que terá que enfrentar, então é melhor estar preparado.”

20 comentários:

  1. Boa tarde, eu amo esse livro de paixão, a escrita da Becca é simplesmente formidavel, super leve e carregada de aventura, romance e muita emoção! Não é atoa que ela é a minha escritora favorita, um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Olá Amanda
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito, ainda mais porque esse livro está na minha lista de desejados há um bom tempo. Ainda assim, não sei muito bem o que esperar, portanto não tenho expectativas sobre a história, por mais que deseje ler logo. Eu já li Hush Hush, mas nem lembro muito das características referente a narrativa da autora. Pelo que pude perceber, o suspense nesse cenário não é tão forte então, né?! Bom, obrigada pela recomendaçãoo!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Hush Hush é uma das minhas séries preferidas, e resolvi nao ler gelo negro por medo kk sério, vi muitos comentários negativos sobre, mas sua resenha me abriu pra entender o real motivo. Não vejo problema na história não ser um suspense por completo, essa pitadinha que faltou, talvez seja a dosagem certa no ponto de vista da autora. Sempre fiquei muito curiosa sobre como ela ambientou a situação toda, do ponto de vista climático. Gostei muito da sua resenha e vou reconsiderar a leitura!

    ResponderExcluir
  4. Amanda,
    Tenho que dizer que apesar de sua resenha me convencer demais a ler o livro fico com um pouco de medo. A Becca me decepcionou demais no final da série Hush, Hush. rsrsrsrs
    Me parece uma excelente leitura, mas talvez não chegue a me agradar tanto pelo fato do suspense deixar a desejar, mas que desperta a curiosidade, isso desperta por demais.
    Acho a capa desse livro linda e como você disse os detalhes rosas encantam. *-*


    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eu nunca li nenhuma obra dessa autora, mas conheço alguns fãs de Hush Hush, e achei super bacana você frisar a forma de escrita dela. Gosto bastante de suspenses, mas não sei se esse seria um livro que eu leria, por ter pouco suspense e ter romance no meio da narrativa. Mas é interessante a sinopse, todo esse conflito existente entre Britt e o ex namorado, o problema em que ela e a "amiga" se metem... Dá uma ótima história. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Já vi esse livro algumas vezes na livraria, mas nunca me ative a ele. Contudo, à primeira vista, me pareceu mais um livro rodeado de clichês. Mas posso estar enganada e um dia que eu o ler mude de ideia. Mas no momento não me cativou. Um dia compro e leio e quem sabe mude de ideia. E se não gostar, livros são sempre bons presentes rs Sorry, pela sinceridade!

    ResponderExcluir
  7. Quando eu comecei a ler nem tinha me ligado que era da mesma autora de hush hush e isso me deixou bem curiosa porque para mim ela precisava se redimir do outro livro kkkk Amei a sinopse, a premissa e suas impressões me deixaram bem curiosa a respeito desse livro que parece ter de tudo um pouco: mistério, aventura, suspense. Dica super anotada. Irei ler sim. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda,
    Embora eu goste muito de suspense e desses triller psicológicos confesso que a premissa desse livro não me atraiu muito. Mesmo a autora sendo a da série Rush Rush que eu amo eu acho que não me arriscaria a leitura desse livro no momento até porque pelo que entendi da sua resenha é um livro bem morno neh?
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda, tudo bem?
    Nem tinha percebido que esse livro é da mesma autora de Hush Hush, nunca li a série mas pretendo, já que gosto de romances sobrenaturais. Achei legal saber que a autora conseguiu se adaptar a um gênero diferente, é uma pena que o suspense não seja tão bem trabalhado pois é um dos meus gêneros favoritos, e que não tenha acontecimentos tão impactantes, mas ainda assim estou curiosa para conferir a obra. Espero ler em breve.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    EU ainda não tive a oportunidade de ler esse livro.
    Pena que o final fica a faltar algo, mas que é uma ótima indicação.
    Já vou anotar esse nome mais uma vez, para eu não me esquecere de ler. Gostei bastante da trama, e de como é a história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Sou uma fã da Becca por conta da série Hush Hush e quando vi que esse livro era de sua autoria, não li sinopse nem me importei em saber sobre o que se tratava.
    Acabei levando um baque, afinal pensei que seria algo parecido com a série já citada. Grande engano. No início a leitura se tornou meio arrastada, mas depois com todo o mistério e crescimento de Britt, não consegui mais parar.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Amanda, eu fiquei realmente interessada nesse livro pela sua resenha, gostei do possível romance entre o foragido da policia e a Britt, ele não é um assassino não né???
    Quem sabe esse amor não o ajudará a se redimir?
    E também gostei do fato de que disse que é um suspense leve.
    Eu não sou chegada naqueles suspenses fortes e acho que a combinação aventura, romance e suspense leve ficam super-bem!!!
    Tendo a oportunidade lerei sim! :)
    ♥♥♥ Amantes de Jane Austen ♥♥♥ | Amantes de Jane Austen no FB

    ResponderExcluir
  13. Sabe aquele livro que só pela capa você acabou deixando de lado sem nem ir procurar saber mais sobre? Então, foi exatamente isso que eu fiz em relação a ele! E agora com a sua resenha eu estou tipo: PORQUE EU NÃO FUI ATRÁS DESSE LIVRO ANTES? Amei a história, gosto desse clima de mistério, desse suspense de saber mais sobre o que irá acontecer com os personagens, de saber mais sobre esse rapaz que a ajudou e depois se transformou em alguém diferente... Enfim, sua resenha me deixou tão empolgada que se eu tivesse o livro eu já estaria saindo agora mesmo e indo ler! Mas não devo demorar muito para isso, porque realmente me encantei por ela!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Li Gelo Negro no ano passado e me diverti bastante com a obra. Confesso que fiquei um pouco irritada com a amiga da protagonista, acho que por isso elas realmente não conseguiram manter uma amizade depois. Já o casal do livro ,me conquistou muito e fiquei feliz com o final e o reencontro. O suspense da obra também é muito bom, embora eu já suspeitasse quem seria o assassino. Confesso que embarquei nessa história, por gostar de mistério e não pelo histórico de obras da autora, já que não terminei Hush Hush, ainda assim me surpreendi com o livro e é uma excelente dica de suspense mais leve.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  15. Oi Amanda, eu mesma pensei que seria mais policial mesmo e agora vejo que me enganei. Não conheço ainda a escrita da autora, mas pelo que li na sua resenha, ainda não vai ser por este livro que conhecerei
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Gostei da forma como descreveu os personagens, realmente me interessei na obra, mas eu esperava um pouco mais pela capa e pela sinopse e, pelo que descreveu, é um suspense mais simples (sem deixar de ser bom). Particularmente gosto daquelas tramas que nos fazem roer as unhas até descobrir o que vai acontecer e não vejo muito disso nesse livro. Enfim, adorei sua resenha, muito bem explicada e desenvolvida!

    ResponderExcluir
  17. Olá Amanda,
    Que bom que esse livro funcionou contigo, pois também funcionou comigo. Li há pouco tempo e foi uma leitura bem agradável, mesmo que eu não tivesse muitas expectativas. Você falou super bem ao dizer que os personagens possuem características próprias. Eu os senti bem próximos de mim e acho que a autora migrou muito bem entre os gêneros, pois Hush Hush foi uma leitura agradável e Gelo Negro também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Amanda
    Adorei ler a sua resenha. Bastante sincera e precisa.
    Sou amante desse gênero e confesso me decepcionei com o livro. Fraco e desde o início sabia como ia terminar. Mas para quem não conhece muito é uma ótima opção, pois a escrita é ótima.
    A capa está incrível mesmo.
    Boa dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  19. Ooi,
    Eu li a série Hush Hush da autora e gostei bastante, mas quando peguei Gelo Negro me concentrei em não criar expectativas. Acho que é um livro bem diferente de tudo que ela escreveu antes mas também funcionou bem comigo, não gostei muito do final, mas no decorrer da leitura acho que a autora conseguiu me prender na história e aos personagens.
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  20. Eu amo Hush Hush então só de ver que o livro fez você ficar curiosa com a série já me deixou feliz.
    Estou bem empolgada para ler esse livro, mas estava esperando as expectativas baixarem um pouco. Não por estar achando que a autora partiu cedo demais para o estilo, mas eu tinha a sensação de que nada iria superar Sussurro, de tanto que eu gostei sabe?
    Que bom que o livro funcionou para você - e pela sua resenha eu acredito que irá funcionar para mim, ainda mais que adoro esse jeito da Becca de deixar algo simples, singelo e ao mesmo tempo super envolvente e encantador :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir