14 novembro 2016

Resenha - As Letras do Amor





Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos.





Título: As Letras do Amor
224 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Conceito || Onde Comprar









‘’As Letras do Amor’’ começa quando Bianca, uma jovem de dezenove, anos resolve ir para Itália junto com seu namorado, Miguel. Ele tem dois objetivos nessa viagem; o primeiro é inaugurar uma nova filial da empresa de seu pai. O segundo é aprender a gerenciar os negócios da família. Bianca quer na verdade mudar de ares, pois ela não tinha mais nada a perder, principalmente porque já havia largado a faculdade após ter perdido três semestres cursando Pedagogia e com isso descobriu que não era exatamente no que ela gostaria de atuar.

E o melhor de tudo é que indo viajar, poderá se afastar de toda confusão criada pelo divórcio dos seus pais (embora não gostaria que isso realmente acontecesse). Ela queria ver a família bem e unida novamente, mas as brigas estavam muito cansativas e a verdadeira paz só encontraria saindo de tudo aquilo.

Então, assim que todo os tramites da viagem foram resolvidos, Bianca e Miguel começam uma nova etapa em suas vidas dividindo apartamento com Enzo (melhor amigo de Miguel). Também poderão passar mais tempo juntos, pelo menos era o que Bianca imaginava, porque logo nos primeiros dias, Miguel não fazia outra coisa a não ser trabalhar e quando tinha tempo livre saía para bares com os amigos da Itália e sumia por lá. Bianca só ia vê-lo quando estava dormindo, cansado e sem ter vontade de fazer nada.


Já que Bianca passava muito tempo sozinha no apartamento com Enzo, resolveu então procurar um modo de se ocupar e então, para se adaptar a vida na Itália primeiramente, começou a fazer um curso de Italiano, assim poderia ela mesma sair para conhecer pessoas das redondezas. Depois pensou em sua independência financeira, precisava de um emprego, do contrário ficaria em casa presa a rotina.

Nos momentos livres no apartamento, aproveitava para conversar com seus pais pela internet e também com sua melhor amiga, Mari, que estava bastante interessada em Enzo, pois Bianca resolveu bancar o cupido para poder juntar os dois. O problema é que com o passar do tempo, ela e Enzo começam a ter mais proximidade e seus sentimentos tanto por Miguel como por ele acabam lhe deixando bastante confusa e o pior de tudo é o medo de contar para Mari o que está acontecendo, por isso conta com a ajuda da sua amiga estrangeira Catherine para desabafar e lhe dar conselhos do que deve ou não fazer.

Por isso, Bianca terá  que repensar sobre seus sentimentos e também sobre esse ‘’novo’’ comportamento de Miguel que vem lhe incomodando e ainda evitar a todo custo que algo inevitável venha acontecer entre ela e Enzo tentando resolver tudo da melhor maneira possível para não prejudicar nenhuma das pessoas que gosta.

Quando iniciei a leitura não imaginava do que se tratava a história, pois ultimamente nem tenho lido muitas sinopses para que eu possa mergulhar na trama sem grandes expectativas. Mais uma vez não me decepcionei. Apesar de ser bem clichê, contém uma narrativa rápida e bastante agradável.

A autora também acabou trazendo um tom de realidade à história, pois foi tão bem escrito que me vi diversas vezes junto a Bianca passeando pela Itália e conhecendo seus pontos turísticos, o que foi realmente fantástico!


Outro ponto muito legal é como é mostrada a vida e a cultura de um país diferente, pois Bianca tem que se adaptar, aprender outro idioma para se comunicar com as pessoas e não se sentir deslocada e ainda enfrentar a busca de um emprego, o que não é nada fácil. E dificulta mais quando não se conhece pessoa alguma para dar uma ajudinha. Em outro país você basicamente se vira para conseguir o que quer, senão, você está completamente perdido! (risos)

Além de toda essa dificuldade que eu citei acima, há o romance que achei bem fofo, nada que nos arranque suspiros, mas é muito fofo sim. Vemos a personagem com suas dúvidas e pensando nos momentos bons que passa ao lado de Enzo e raramente com Miguel. O desenvolvimento foi bom, mas eu esperava mais, por isso não criem muita expectativa assim como eu, porque é daquele tipo sessão da tarde que vocês podem estar lendo quando estiverem com uma grande ressaca literária, pois ele é leve e gostosinho de acompanhar.

Quanto aos personagens, além da protagonista, Bianca, não foram tão bem desenvolvidos como eu esperava, por isso, achei que Miguel deixou um pouco a desejar por aparecer vez ou outra interagindo na história. Se for a impressão de um namorado ausente que quis ser passada, a missão foi cumprida, pois ele não me passou qualquer tipo de emoção no decorrer da história. Mas por outro lado, preciso confessar que Enzo me conquistou pelo seu comportamento com Bianca, pois ele além de ter sido um bom amigo e muito atencioso, se mostrou um personagem bastante presente em toda história. As personagens secundárias Mari e Catherine também tiveram bastante destaque em alguns momentos. Achei que elas deram um toque todo especial por abordar a importância da amizade.

Vez ou outra teve até algumas enrolações entre os personagens, principalmente por causa das dúvidas de Bianca sobre seus sentimentos, mas mesmo assim tudo fez sentido ao chegar ao desfecho.

Quanto à diagramação, preciso confessar que a edição está adorável, bem simples. Não encontrei qualquer tipo de erro e a fonte é de um bom tamanho facilitando a leitura. Adorei a arte da capa onde mostra Enzo, Bianca e Miguel sentados em um banco perto das ruinas de Roma. Realmente tudo haver com a história.

No livro acontecerão SIM muitos conflitos e confusões na vida desses personagens e ao fim o amor próprio falará mais alto. Leiam e tirem suas próprias conclusões. Espero que gostem dessa leitura e aproveitem!

23 comentários:

  1. Oi Silvana,

    Eu li esse livro recentemente, mas não gostei dele. Você ainda conseguiu enxergar pontos positivos na história, eu já a achei toda ruim. Mal escrita, personagens fúteis e superficiais e ainda um romance tonto e totalmente inconveniente. Acho que talvez ter sido em outro país e autora ter nos mostrado um pouco da cultura, foi a unica coisa boa desse livro. Mas literatura é isso haha uns gostam outros não e essa é a graça! Parabéns pela resenha!


    beijos =)

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Esse livro já chama atenção pela arte da capa que é muito linda e traz a ideia de ser um bom romance.
    Confesso que adoro uma leitura clichê e que seja rápida e leve.
    Eu estou retornando de uma longa ressaca literária e estou em busca de livros assim. Estou muito curiosa em relação a ele.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, Silvana! Não sou grande fã de clichês românticos, porém, eles são ótimos para os períodos de ressaca literária como você disse. Acho que se eu lesse esse livro ficaria muito irritada com Miguel, por sua ausência e preferir sair para bares a ficar com Bianca (isso para mim é falta de consideração e, talvez, até de sentimento). E pela forma que falou de Enzo eu adoraria ele e torceria para que Bianca o escolhesse hahaahaha Acho super bacana quando o autor consegue nos introduzir no mundo dos personagens, no caso, na Itália, nos contando sobre os pontos turísticos e hábitos populares. Adoro conhecer novas culturas. Muito boa sua resenha! Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Pela sua resenha o livro parece ser daqueles para se ler numa tarde tranquila e aproveitar uma história sem grandes tensões.
    Adoro livros onde o autor mostra outra cultura, então acredito que vou gostar dessa história, mesmo que seja com clichês.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Só tenho ouvido coisas boas desse livro que já tinha tirado de meu carrinho de compras a séculos por ser um triângulo, mas agora ele já voltou a minha lista kkkk

    Legal o fato de você Ler as cegas, pois as melhores leituras são assim. Pena que teve algumas enrolacoes, mas acho que toda obra hoje tem né??

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, já li algumas resenhas deste livro e não foram muito elogiosas. Estou levando bema serio as suas considerações, principalmente sobre o pouco desenvolvimento dos personagens e a enrolação sobre as duvidas da protagonista. Ainda não sei se lerei.
    Adoro sua sinceridade.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu já li o livro, e gostei da história. Não foi omelhor que já li, mas gostei da trama em si. Achei bem leve, indicada para o publico jovem.
    Um romance bem levinho, que poderia ser melhor desenvolvido, mas cumpriu o que tinha que passar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu não fazia ideia da existência deste livro! :) Mas confesso que não me interessei muito porque não aprecio romances fofinhos como descreveste! :)

    Mas ainda bem que existem alguns problemas a surgir aos personagens... Fico com pena que, a exceção da protagonista, estes não estejam mutio desenvolvidas! :) E algo que eu por norma acho importante!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Já li algumas resenhas do livro e gostei do que vi, a dica esta anotadinha. Eu gosto desse tipo de romance, clichê, leve e simples, sempre leio quando estou passando por uma ressaca literária ou pra mantar a saudade haha

    ResponderExcluir
  10. Olá Sil,
    Li esse livro e fiquei bem encantada com a história, apesar de ter achado um pouco clichê demais. O que mais me encantou no enredo foi a realidade com que a autora escreve e como nos imaginamos ao lado da Bianca, como você disse.
    Achei muito legal o último parágrafo da sua resenha, não tinha parado para pensar em como o mor próprio, realmente, falou mais alto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. oi, sil, que bacana ver que você gostou desse livro. bem interessante isso de conhecer uma nova cultura e que bacana que a autora soube fazer isso bem. Que peninha alguns personagens não terem tido foco suficiente, mas como é um livro mais dsiscontração ainda é válido.

    ResponderExcluir
  12. Oiiii
    já ouvi falar muito desse livro, algumas vezes bem e outras nem tanto... Eu adoro a escrita da Paula e adoro quando a história nos leva a conhecer outras culturas, mas estou um pouco cansada de triângulos amorosos e os conflitos que eles trazem... Então até hoje não me convenci a ler ele rs

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Silvana

    Olha, a sua é uma das poucas resenhas positivas que li a respeito desse livro. A maioria fala que a história é bem fraca e boba, e até foi por isso que eu adiei a leitura, mas tenho que ler de qualquer forma pq recebi pra resenha. Mas é que eu não gosto de não gostar de um livro nacional, sabe? Rss
    Espero que a minha experiência seja mais parecida com a sua.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Oi Silvana,
    Se não me engano já li uma resenha desse livro. Só não me lembro aonde...

    Gostei da premissa e do enredo do livro. Ele aborda uma trama muito leve e (quase ao mesmo tempo) bem envolvente. Só não vou ler porque estou nos gêneros New Adult, Ficção e Romance de Época. Por que se não eu leria a obra que na minha opinião é ótima para todas as idades.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  15. Olá Silvana,
    sempre gosto bastante de suas resenhas e nessa não foi diferente.
    Já li uma resenha desse livro e acho que não foi boa não rsrsrs
    Faz um tempo que não leio nada da NC, mas ela tem lançado muitos livros assim, fofos e previsíveis, muito bons para depois de uma ressaca, mas que eu não compraria.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  16. Olá Silvana =)
    O bom de não ler a sinopse é que não nos decepcionamos tanto por causa de não criar expectativa. Que bom que você não se decepcionou. Também acho legal ver a cultura de um país diferente. Own romance fofo é bem clichê. Haha' =) Eu não esperava tanto do livro. Sua resenha ficou sensacional. Foi bom ver sua opinião sobre esse livro. Beijos'

    ResponderExcluir
  17. Oie,
    A historia parece ser boa, explorando outra cultura e tal, mas não me chamou muito a atenção, ainda mais que alguns personagens não são tão desenvolvidos, o que murchou minha expectativa em relação ao livro. Estou com esse livro aqui, mas ainda não li e não sei se lerei tão cedo...
    Amei sua resenha, muito bem feita ^^

    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  18. Li esse livro e simplesmente amei a ambientação na Itália, foi meu único destino de viagem fora do Brasil e adorei relembrar minhas andanças e conhecer mais um pouquinho. O Miguel é bem ausente no enredo mesmo, e mesmo assim conseguiu me deixar irritada porque o achei insuportável. Isso foi bom, normalmente não sou fã de triângulos, principalmente se envolverem pessoas que se conhecem, mas nesse caso não tive o menor problema com isso. Foi um livro legal pra passar o tempo.

    ResponderExcluir
  19. Oi Sil, já li outra resenha desse livro, mas não me lembro onde. A capa por si só já é encantadora, e após ler sua opinião e por adorar um clichê, é provável que eu leia! Abraços

    ResponderExcluir
  20. OI Silvana!
    Eu também não leio as sinopses dos livros, pois adoro ser surpreendida com a estória!
    Acho que ou gostar deste livro, pois tem os ingredientes que curto, relacionamentos, Itália, mudança de vida.
    Gosto de alternar livros mais leves como este com outros mais densos
    Adoreis suas fotos!
    Coloquei na minha lista
    Muito bom seu post.
    Bjs

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Assim que soube desse lançamento, não sentir nenhum interesse em fazer essa leitura, mas minha opinião mudou depois de ler algumas resenhas. Gostei super da premissa desse livro, pois pretende ter uma pegada, como você mesma disse, bem sessão da tarde e livros do tipo gosto de ler quando estou de ressaca literária ou quando não estou tendo tempo para ler, pois são leituras mais fáceis de se fazer.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oiee Sil ^^
    A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro, foi o fato de a história se passar na Itália. AMO! Tem sempre um personagem que a gente gosta de menos, e outro pelo qual nos apaixonamos, né? haha' eu já perdi a conta de quantas vezes me encantei por personagens literários *-* parece ser uma história bem clichê e fofa, bem leve. Gostei :)
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Eu terminei de ler o livro ontem e amei a história. Não tem nada de novidade, mas a história é fofa e o leitor fica a todo momento torcendo para que Enzo e Bianca fiquem juntos. Senti muito raiva de Miguel, mas no final ele se tornou uma pessoal legal e entendi o ponto de vista dele.
    Foi uma leitura muito prazerosa.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir