19 agosto 2015

Resenha - Procura-se




Procura-se - O tempo que Ariane tem de vida é bem menor do que se imagina. Desde os seis anos, sofre com a doença arterial coronariana, uma deficiência cardíaca genética; rara em pessoas jovens, mas fatal. Mantendo-se com a ajuda de remédios, ela conta com a ajuda de seu pai e de sua irmã Becky.
Para agravar a situação, após uma crise de insuficiência cardíaca, ela recebe a notícia de que deverá passar, o mais urgente possível, por um transplante de coração, caso contrário, seus dias estão por um fio.
Porém, ela tem uma nova razão para pulsar: seu novo amigo Miles. Ariane se envolve em uma paixão “quase” perfeita – diante do difícil drama que enfrenta! Juntos, eles tentarão encontrar uma saída e farão de tudo para congelar o tempo e eternizar cada segundo que lhes resta, como um extenso fio de esperança que surge a seu futuro tão incerto.

Livro: Procura-se
200 páginas || Skoob || Autora parceira: Givanna Vaccaro || Editora: Novo Século || OndeComprar



"A vida pode nos derrubar, mas somos nós quem escolhemos se devemos seguir em frente ou não.Escolhi seguir em frente."








Ariane parece uma garota como outra qualquer, ela mora com o pai e a irmã em Nova Iorque e tem uma melhor amiga, o que poucos sabem é que ela sofre de uma grave doença cardíaca e que precisa constantemente de remédios. Com a chegada de um garoto novo no colégio surge uma inesperada amizade, Miles é perfeito para ela e logo os sentimentos evoluem para a paixão.

Junto com o descobrimento do primeiro amor, Ariane tem a triste notícia de que sua doença piorou e que ela precisará de um transplante o mais rápido possível. Junto com Miles, ela quer ter esperança de que poderá melhorar, mas também pretende aproveitar cada momento que ainda possui. Enquanto isso, a busca incessante por um coração compatível continua...


Uma história juvenil, mas que não deixa de ser intensa e tocante, Procura-se é o livro de estreia da autora Giovanna Vaccaro e traz um enredo envolvente sobre uma garota que tenta viver da forma mais normal possível, mesmo tendo uma grave doença.

"Somos insignificantes. Por mais que você programe sua vida, a qualquer momento tudo pode mudar."

Ariane é uma ótima protagonista, a garota tem seus momentos de desânimo e incertezas, mas não desiste e, principalmente, não perde a vontade de viver cada momento da melhor forma possível. Ela me pareceu bem madura para a idade e não teve as birras adolescentes exageradas que algumas vezes me irritam em livros desse gênero.

Miles é um verdadeiro príncipe encantado, ele não teve a reação que a maioria dos garotos da idade teria ao descobrir que uma menina está muito doente. Ele não tenta fugir, nem a afasta, pelo contrário, tenta ajudá-la de todas as maneiras, mesmo que algumas sejam meio irresponsáveis. Isso deixou o personagem ainda melhor, menos perfeito e mais real.

No início a história parece mais uma envolvendo adolescentes, mas depois de poucas páginas me vi tão envolvida que não conseguia largar o livro. Como em um bom juvenil, o enredo tem seus momentos divertidos, geralmente incluindo a melhor amiga de Ariane, Callie, mas na maioria das páginas ficou difícil não se emocionar com as maneiras que a protagonista encontrou para driblar a doença.

As quase duzentas páginas não tratam somente da doença e do romance, mas também envolve amizade e família, com várias reviravoltas e surpresas. A narrativa é toda em primeira pessoa, sob o ponto de vista da Ariane, e faz com que o leitor fique bem mais próximo da personagem, vivenciando a piora da doença, os momentos bons e ruins que ela passa.

"É impossível não chorar quando se perde algo impossível de substituir."


Sick-lits, romances com protagonistas doentes, têm se tornado bastante populares e ''Procura-se'' tem tudo para agradar os fãs do gênero. O final foi um pouco acelerado, imagino que com a adição de algumas páginas ele ficaria mais convincente, mas o desenvolvimento da história foi muito bom e o romance fluiu tão bem que nem percebi quando comecei a torcer pelo casal.


A diagramação do livro está perfeita! As páginas são amareladas e a fonte tem tamanho e espaçamento perfeitos. A capa é simples, mas muito bonita com essa combinação de cores, sem contar que o coração tem tudo a ver com o enredo. Além de tudo isso, a revisão está impecável, não lembro de encontrar um errinho sequer...Quase esqueci de mencionar que o livro tem uma playlist super fofa no final, recheada de músicas do Ed Sheeran, Passenger e até Boyce Avenue.







Quero agradecer à autora pela oportunidade de conhecer Procura-se e desejar a ela uma carreira cheia de sucesso!




*****






Nascida em São Paulo, Giovanna Vaccaro (com 14 anos) ama escrever desde que conheceu as letras. Aluna do ensino médio, Giovanna aventura-se no mundo da literatura com sua primeira obra, o romance de ficção “Procura-se”, publicado pelo selo da Novo Século Editora, Talentos da Literatura Brasileira.Amante de seriados americanos e de mídias sociais, a autora criou neste livro um cenário de amor e esperança com a personagem Ariane, adolescente que descobre uma paixão por seu novo amigo, Miles.

54 comentários:

  1. Eu conheci a escritora ela é uma fofa, e isso só foi mais um motivo para eu querer ler o livro, amei sobre o que a história fala, costumo ler muito sobre romance e só estou esperando meu livro chegar.
    E muito lindo <3
    Parabéns pela resenha.
    Beijos
    http://proximapagina-pp.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A Giovanna é uma fofa mesmo! Se você gosta de romances provavelmente Procura-se vai te agradar :)
      Beijos

      Excluir
  2. Só de ler a resenha meus olhos se encheram de lágrimas. Amo quando o livro aborda esse gênero.
    Tenho certeza que a vida de Ariane não é nada fácil, me deu vontade até de abraça-la. O último livro que livro nesse gênero foi o Como Viver Eternamente. Chorei tanto, que quase entrei em depressão, fiquei com uma ressaca do caramba, quase que não li mais nenhum livro. Tenho certeza que se ler esse, e for tão tocante quanto parece, acho que vou ficar em ressaca de novo.
    Adorei conhecer o livro, vou colocá-lo na minha lista de desejados.
    Beijos,
    www.abcddolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu também entro em ressaca literária depois de ler romances mais emocionantes. Leva uns dias para me recuperar e conseguir iniciar outra leitura... Espero que você goste bastante quando ler!
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Eve,
    A história parece muito lindo e cativante. O problema é que me lembrou muito ACEDE, acho que iria ler e ficar comparando, mas se tiver oportunidade irei ler só não colocarei entre os prioritários.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A sinopse lembra um pouco de ACEDE, mas a história é bem diferente... Espero que você goste e consiga se livrar das comparações se decidir ler :)
      Beijos

      Excluir
  4. Olá!

    Só não chorei com sua resenha porque eu não sei... A premissa é linda demais e, obviamente já quero ler! E, pela autora só ter 14 anos, ela escreveu uma trama muito bem feita! Sucesso para ela e tomara que ela continue na carerira literária!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Que bom que você ficou curiosa sobre a história! Eu também me surpreendi com a idade da autora, a trama é mesmo muito bem feita.
      Beijos

      Excluir
  5. já li várias resenhas positivas sobre ele. Espero que a leitura me agrade, já que o tema me desperta interesse, e ele é curtinho... E ainda bem que ele é fluído, gosto de livros assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu li conhecendo só a sinopse, então a história me surpreendeu bastante, mas é bom quando lemos resenhas positivas, cada uma deixa mais curiosa...
      Beijos

      Excluir
  6. Olá!
    Gostei da premissa da história.
    Fiquei curiosa pra saber se Ariane consegue o transplante e possa viver o seu primeiro amor.
    A resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Só lendo para descobrir rsrs
      Fico feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos

      Excluir
  7. Ola! que capa linda desse livro! e adorei a história também, tenho a impressão que vai me reter muitas lagrimas.. Parabéns pela resenha!

    Beijos, julie

    ResponderExcluir
  8. Oi Eve, tudo bem?
    Ótima resenha. É muito bom quando um livro nos surpreende positivamente e mais ainda quando a história nos cativa assim, como fez com você.
    Eu não curto muito este estilo, mas por conta de parceria já tive oportunidade de ler boas histórias.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha! A história é ótima, quem sabe você gosta desse?
      Beijos

      Excluir
  9. Oi Eve..
    Quando um juvenil é bem desenvolvido ele consegue me conquistar. Não conhecia o livro, mas adorei a descrição. E vale também por esses momentos mais divertidos que você citou. Gosto do gênero, e na certa eu leria, só não gosto de finais corridos. Parece que eles me perseguem...rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu gosto bastante de livros juvenis, mas eles têm que ser muito bem desenvolvidos para chamarem minha atenção e não posso reclamar de Procura-se. Algumas páginas a mais me deixariam mais feliz, mas acho que também estou sendo perseguida por finais meio corridos...
      Beijos

      Excluir
  10. Olá!
    Adoro sick-lits e estou doida para ler Procura-se!
    Fiquei curiosa para ver como a autora desenvolveu a história e gostei de saber que o livro não trata só da doença e do romance.
    Acho que é uma leitura que tem tudo para me agradar.
    Beijos.


    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Se você gosta de sick-lits esse é com certeza uma ótima opção! Espero que voc~e goste bastante da história :)
      Beijos

      Excluir
  11. Olá!
    Sick-lit virou febre, eim? Nossa, ficou um trocadilho tosco, mas foi sem querer, juro! Haha. Ele parece bem tocante, fez eu pensar nos livros do John Green, que abordam um tema sério (tipo, câncer em ACEDE) de um jeito leve, sem deixar a seriedade de lado.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Virou febre mesmo, mas têm vários livros ótimos nesse estilo, então nem reclamo rsrs Procura-se é mesmo um livro tocante.
      Beijos

      Excluir
  12. Oi
    Gostei do estilo do livro e fiquei super feliz em saber que é nacional.
    Acho que vi poucos sick-lits nacionais...
    Muito legal a forma como foi demonstrada a doença e o romance.
    Add na lista de desejados.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Sabe que eu não tinha pensado nisso? Existem poucos sick-lits nacionais mesmo... Mas esse é uma ótima opção!
      Beijos

      Excluir
  13. Olá, eu estou meio Arrrrrngh... de SickLits mas, um nacional eu ainda não lí, ou não lembro, talvez o mais próximo seja "Outono de Sonhos"...
    "Novos talentos da literatura brasileira" é meu "selo" preferido!
    Mas a história é realmente bonita e interessante.

    Bjs,
    Tay do Let It Shine
    tayletitshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Se você já enjoou do estilo talvez não seja uma indicação tão boa... Esse selo é mesmo ótimo, sempre fico curiosa sobre os lançamentos dele!
      Beijos

      Excluir
  14. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o livro. Mas achei lindo. Parece ser aquelas histórias envolventes, bonita e triste. Sick lit fazem sucesso mesmo. Na verdade, tragédia sempre chama atenção. Não sei porque vende tanto. Mas o fato é que também curto alguns. Desde A Culpa é das Estrelas, eu já li uns quatro neste gênero. Adorei a resenha.

    beijos

    http://www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A história é mesmo envolvente e bonita. Fico feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos

      Excluir
  15. Oiee ^^
    Já me apaixonei pela playlist...haha' Acho que já tinha visto a capa de "Procura-se" em algum lugar, mas não sabia que era um sick-lit. Gosto bastante desse gênero, mas me parece que as histórias são sempre tão parecidas, que decidi deixar um pouco de lado. Parece ser um livro bonito, quem sabe eu o leia um dia...
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A playlist é ótima! Bom, espero que você goste se decidir ler...
      Beijos

      Excluir
  16. Não conhecia o livro. Mas achei lindo o livro e a capa. Parece ser aquelas histórias envolventes, bonita e triste.
    Adorei a resenha!
    bjos
    http://www.brunasmiderlemantovani.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      É mesmo uma história linda e envolvente. Fico feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos

      Excluir
  17. Eve,
    tudo bom? Ainda não conhecia o livro, e, apesar de ser um juvenil, parece mesmo que tem algo a mais para oferecer. Gosto quando os personagens não são perfeitos, são reais, assim como o Miles. Fiquei bem curiosa para saber qual foi o desfecho da história, apesar de já imaginar dkfjaçsdl Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Evelise, tudo bom?
    Eu tento manter o máximo de distância desses sick-lits, porque, na minha opinião, são quase todos iguais. Quase todos tem uma menina ou menino que se está doente, quase morrendo, e acaba se apaixonado ou por uma pessoa saudável ou por outra também doente... É muito drama pra mim. A capa está bem bonita, mas, pelo enredo, eu deixaria passar.

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Se você não gosta desse estilo de livro Procura-se não é uma indicação muito boa... A história é dramática mesmo...
      Abraços

      Excluir
  19. Oiii!

    Essa capa é uma graça gente <3 <3 <3
    Eu não li esse livro e não conhecia a autora. Faz um tempo que tô lendo diversos livros nesse estilo de enredo e eu gosto bastante até, acho que dá para crescer e aproveitar muito do enredo para nossa vida.
    Faz tempo que não leio livros em primeira pessoa, acho que é ótimo para nos aproximar da personagem :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A capa é lindinha mesmo! Se você gosta do estilo, essa é uma dica boa :)
      Beijos

      Excluir
  20. Interessante a ideia de uma menina tão jovem se dedicar tanto para escrever um livro, que parece tão cativante. Parabéns pela escolha da resenha!!.
    https://pontonoconto.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu admiro a autora por ter começado tão cedo e por já escrever tão bem... Com certeza vou querer continuara acompanhando a carreira dela :)
      Beijos

      Excluir
  21. Oi, tudo bem?

    Esse livro parece ser um amorzinho! Vou adicionar na minha lista de leitura sim. Me lembra um pouco "A Culpa é das Estrelas", e espero que o final não tenha o mesmo rumo, né. Não sou a maior fã de sick-lit porque não dei sorte com muitos que li desse tipo, mas esse... Sei lá. Alguma coisa me atraiu.

    Parabéns pela resenha!

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A história lembra de longe ACEDE, mas tem um desenvolvimento bem diferente... Espero que você goste quando ler :)
      Beijos

      Excluir
  22. Achei a temática do livro bacana, e a capa é muito bonitinha, e, apesar de não gostar muito de livros de romance onde os personagens possuem alguma doença sem cura (pois eu quase morro no final quando eles partem), vou anotar a indicação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A capa é uma graça, ainda mais bonita pessoalmente! Espero que voc~e goste quando ler :)
      Beijos

      Excluir
  23. Olá flor,
    pela sua resenha posso afirmar que não estou preparada para esse livro rs eu não suporto perder mais ninguem, chorar me acabar e ficar de ressaca rs e sinto que isso irá acontecer.
    estar anotado mas vai esperar um pouco rs
    Beijos
    Dna Bookz / Fan page / Instagram  / Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Esse pode não ser o momento para você ler então, mas quem sabe daqui a um tempinho...
      Beijos

      Excluir
  24. Olá, boa noite!

    Não conhecia o livro, não tinha visto nada sobre ele até o momento. Confesso que a maioria dos livros juvenis não me atraí, mas achei, pelo que vc apresentou, achei que a premissa desse é interessante e que o livro pode trazer uma mensagem, não sei, fiquei com essa sensação ao ler sua resenha, parece um livro mais "real".

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O livro tem um lado mais real mesmo, mas ão deixa de ser juvenil... Espero que você goste se decidir ler :)
      Beijos

      Excluir
  25. Oi Eve, tudo bem??
    Eu não curto muito essa temática de livro... são poucos que me chamam atenção... e quase não leio de verdade... não sei porque não consigo me envolver tanto... prefiro assistir os filmes, eu curto mais.... porém a sua resenha está muito bonita, bem detalhada e por mais que o final tenha corrido um pouco... é perceptível que curtiu muito a leitura... xero!!
    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      É uma pena que você não goste muito desse estilo, eu particularmente prefiro livros a filmes emocionantes... Fico feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos

      Excluir
  26. Oii!

    Amei a promissa do livro e a capa é bem simples e fofinha *--* Fiquei bem curiosa em ler o livro pois a autora tem a minha idade! hahaha ^^ Amei a sua resenha e espero que outro dia você poste a playlist que estou louca para ouvir ^^

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Fio feliz que tenha gostado da resenha! Vou tentar postar a playlist :)
      Beijos

      Excluir
  27. Oi Eve, sua linda, tudo bem
    Não tem como não se emocionar com os livros desse gênero. Justo agora que ela encontrou o amor ela precisa de um transplante. Fiquei em dúvida sobre o que irá acontecer no fim. Sabe, a autora tem dois finais, um triste e um feliz, e ambos são reais. Estou torcendo para que eles fiquem juntos. parecer ser uma linda história. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Só lendo para descobrir o caminho que a autora escolheu... Obrigada :)
      Beijos

      Excluir