16 julho 2018

Resenha - Uma linda história de amor



Título: Uma linda história de amor
Cortesia: Autora Anne Valerry
Editora: Coerência
Páginas: 220
Skoob
Onde Comprar: Amazon / Saraiva

A bela francesa Adelle quer vender a mansão dos Duprat, e quem se interessa por ela, é o irresistível argentino Julian Mendoza. Tudo acontece em um momento em que Adelle está visivelmente machucada pela dor e pelo sofrimento. Julian se encanta pela sua beleza , e com o seu jeito sedutor, acaba conquistando-a irremediavelmente. Embora seja imprescindível saber, que para amar, é preciso muito mais do que simplesmente querer, a maneira do amor acontecer será sempre por conta do infalível destino. Porém, existem muitos mistérios e contratempos nessa trama que não são tão comuns. Existem detalhes ricos que serão desvendados, revelando que tudo pode acontecer entre um homem atraente e uma mulher apaixonada. Então, depois de conhecê-los, e de se envolver nesse drama romanesco, através da avó Valentine Chapelle, a inexperiente e jovem Marie, finalmente, compreende que o amor verdadeiro ainda existe e que pode ser eterno. Um fascinante romance que irá aflorar suspiros de paixão, e que poderá se tornar uma grande inspiração, para se viver uma linda história de amor.


"Amar é perdoar, é querer a felicidade do outro, é querer estar junto. Amar é aceitação."


Tudo começa com uma história com o intuito de mostrar à jovem Marie que o amor verdadeiro existe e pode ser eterno. Sua avó não poderia escolher protagonistas melhores para contar essa jornada em uma tarde chuvosa e cheia de lembranças...

Ninguém deveria ir a tantos enterros, para Adelle, aquele era o terceiro, levando consigo o último membro da sua família e a deixando sozinha com um enorme vazio. E é em meio a essa tristeza que ela conhece Julian Mendonza, um corretor que fica interessado na propriedade da família que está a venda. A conexão entre eles é quase que automática, Adelle se vê perdida em lindos olhos azuis que a lembram de um sonho e Julian está completamente hipnotizado pelos encantos da moça.

Invadida por um sentimento desconhecido, Adelle nega qualquer razão e se encontra cada vez mais ansiosa para conhecer o homem que balançou seu coração e devolveu um pouco de sua alegria. Mesmo que para isso tenha que passar por toda sua insegurança e dúvidas. Determinada a volta a viver, um romance rapidamente surge trazendo cores e sorrisos a um coração que estava partido e sem esperança de se reconstruir.

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria virá ao amanhecer."

Com juras e promessas, Adelle embarca em uma viagem à Argentina, onde fica mais perto do seu amor, fortalecendo a certeza de que esse é o momento para esquecer o passado e pensar em um futuro. Entretanto, tanto ela quanto Julian precisarão ser fortes quando uma barreira se coloca entre sua felicidade e as incertezas ameaçam dominar o coração da jovem, principalmente quando uma terceira pessoa chega levantando dúvidas de uma antiga relação. O amor pode, enfim, ultrapassar o medo e florescer?

Uma história romântica e poética que vem para aquecer o coração de amantes desavisados e trazer suspiros aos lábios dos leitores.



[ - Minhas Impressões - ]

Uma linda história de amor não poderia ser um título melhor para descrever essa leitura, a autora tem uma escrita leve e deliciosamente poética que aquece até o mais difícil leitor com sua doçura. Me surpreendi com o quão rápido eu li o livro, apesar de realmente não ser muito grande, te deixa com um sorriso satisfeito.

Claro que me deparei com alguns clichês da vida, mas acho que de tempos em tempos é necessário entre uma leitura e outra, e eu não poderia imaginar um final diferente para essa história. Entretanto, não espere um romance muito profundo, comecei já imaginando o desfecho do casal e até o final não houve surpresas pelo caminho, a construção em si foi simples e pré-determinada, de acordo com a situação que a autora quis mostrar, um amor puro e verdadeiro.

"Se deixarmos o medo superar a coragem, ele é que conduzirá a nossa vida e, assim, seremos sofredores."

Falando sobre os personagens, Adelle pode parecer ingênua a princípio, porque a forma com que a paixão surge é surpreendentemente rápida, mas ao se deparar com os mesmos sentimentos presentes em Julian, fica mais fácil aceitar e entender que ambos são jovens que cresceram em um ambiente cheio de amor e que esperam viver um felizes para sempre. Nada mais justo que se apaixonassem à primeira vista!

Outros personagens que não poderia deixar de citar são os melhores amigos do nosso protagonista que, apesar de não aparecerem muito, deram forças para o casal desde o inicio e foram fundamentais para esclarecer algumas dúvidas. Em relação a capa do livro, uma questão que pode surgir é se o livro é um romance de época, é a resposta é não! Tanto a capa quanto a escrita me confundiram um pouco no começo, mas a história se passa em uma época um pouco mais atual, com aviões e carros. Isso só enfatiza minha fala sobre o quanto o livro é poético, é difícil ver personagens tão sinceros e capazes de expressar sentimentos através das palavras.

Se você está procurando um romance leve e rápido para passar o tempo, Uma linda história de amor e uma ótima opção. Pode ir sem medo de ser feliz!


Inscrições Abertas - Participe!!





14 comentários:

  1. Oi Camila!
    Não tinha lido nada sobre esse livro, adorei!
    Só de ler a sinopse e ver essa capa linda eu já leria, o gênero também ajuda e muto, sou doida por livros que trazem personagens cativantes, já vou adicionar aos meus desejados.
    Bjs!



    ResponderExcluir
  2. Adoro pegar de vez em sempre um livro despretensioso, que tenha sim, muitos clichês e aquele romance leve e que possa permitir ao leitor, suspirar.
    Como não conhecia o livro,estou encantada com o que li acima e vi também, já que a capa é lindíssima!!
    Vai para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Juro que a capa me enganou,já achava que era romance de época. Sobre os clichês acho até natural isso acontecer, porque não há como fugir. Estava lendo a resenha e pensando no que poderia impedir a felicidade dos pontinhos...e claro que tinha que aparecer alguém do passado...
    Gostei da capa, da história e da maneira singela que transcorre , acredito que as vezes um bom livro de romance tranquilo faz muito bem à nossa alma.

    ResponderExcluir
  4. Olhei a capa e ja me apaixonei rsrs, mas a historia parece q ti prende do inicio ao fim, fiquei curiosa vou add na minha lista de livro ele, o post ta maravilhoso!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Camila!
    Gosto de livros com clichês, de romances que não sejam profundos e sim que sejam leves... mas confesso que não me interessei em conhecer a história de amor de Adele e Julian... Contudo, como é um livro nacional e sendo uma leitora de livros nacionais, se eu tiver a oportunidade de ler Uma linda história de Amor arriscarei a leitura.
    Ps: sério que não é um romance de época?! Eu jurava pela capa que era...

    ResponderExcluir
  6. Preciso dizer que fiquei apaixonada com a foto que fez <3
    Não conhecia o livro, mas achei bem amorzinho e já quero ler

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  7. Romance não é muito meu favorito por causa dos clichês e pelo visto este tem.
    Mas para uma leitura leve para curar uma ressaca literária parece ser ótimo.

    Beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  8. A frase que me convenceu " pode ir sem medo de ser feliz !" porque eu necessito de livros com final felizes e que eu não tenha que ler três livros antes. Achei muita corajoso da parte dela ir atrás dele, mas quem arrisca não petisca. Obrigada pela resenha querida e que bom que gostou do livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Eita que eu já estava achando que ia mergulhar em um lindo romance de época (#SQN), mas nada que diminua meu interesse pela história, afinal quem não curte um romance amorzinho, bem clichê, alá sessão da tarde, eu pelo menos adoro. Não conhecia a história, mas fiquei encantada e já quero muito conferir.

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila,
    Que história mais linda... Gostei de ser narrada pela avó, acredito que tenha deixado tudo ainda mais poético, como disse. Sobre os clichês, é o que mais me agrada em um romance, gostei de saber que não tem nada mirabolante no livro, só um casal buscando seu final feliz!
    Eu achei sim que seria de época, me enganou bem, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Camila!
    Não conhecia o livro e amo romances clichês, quanto mais, melhor.
    Se a leitura é fácil e rápida, fiquei ainda mais interessada ainda mais por saber que é narrada pela avó de Adelle, coisa inédita, pelo menos para mim, em um livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  12. Oiee!
    E eu jurando que era um romance de época, a capa da esse entender, principalmente por causa das roupas que o casal está usando.
    Falando sobre o livro, me pareceu ser um romance leve e apesar de ter uma pitada de clichê, ainda assim é um ótimo livro pra quem quer se distrair.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. A primeira coisa que pensei quando vi a capa foi "mas será que é romance de época?" kkkk obrigada por ter esclarecido essa questão na resenha. Achei a capa linda demais.

    A história realmente parece ser bem clichê, não me chama muita atenção essa coisa de "amor a primeira vista" e "felizes para sempre", costumo ler romances um pouco mais intensos. Mas, para tudo tem uma primeira vez, uma dose de clichê as vezes não faz mal a ninguém. A história pareceu-me bem fofa e um pouco adolescente, gostei bastante da sinopse dela e como é um livro curto acho que tentaria ler para ver se iria gostar. Não lembro se algum dia li algum romance que fosse como esse.

    ResponderExcluir
  14. Se desse para anexar um meme próprio ao comentário, eu o faria. Estou lendo lindamente a história do livro quando me deparo com uma terceira pessoa entrando na jogada? Como assim, dona Anne? Não faça isso comigo!

    Fiquei com uma vontade imensa de ler o livro e poder conferir o lindo amor de Adelle e Julian! Mas já me subiu raiva e ódio desta tal terceira pessoa que me fará ter vontade de esganá-la mesmo antes de ler o livro!

    Quem não curte um belo chlichê, hein? Posso dizer que amo e sou movido a isso e comprinhas pelas capas perfeitas, o que este livro tem! Capa lindíssima e o que mais importa, história também!

    Por mais que a capa realmente remeta a um romance de época, não me pareceu pela história. O romance de época tem uma pegada diferente, a história é contada de uma maneira diferente. Ainda que a escrita seja confusa, tem uma relação para que seja um romance de época.

    Eu amei todo o conjunto do livro desde a sinopse, capa e as reviravoltas que com certeza dá hahaha! Quero tÊ-lo na minha estante para já! Adorei!

    ResponderExcluir