04 janeiro 2018

Resenha - Só Escute

Título: Só Escute
Autor: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
Skoob
Páginas: 352
Onde comprar: Saraiva / Amazon

Para encarar a verdade, você precisa estar disposta a ouvi-la.
Ano passado, Annabel era a típica “garota que tem tudo” — inclusive era esse o papel que interpretava no comercial de uma loja de departamentos da cidade. Este ano, porém, ela é a garota que não tem nada: não tem mais a amizade de Sophie; não tem uma família feliz desde a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs; e não tem ninguém com quem passar a hora do almoço na escola. Até conhecer Owen Armstrong.
Alto, misterioso e obcecado por música, Owen é um garoto que vivia se metendo em brigas, mas agora está tentando mudar. Um de seus novos lemas é sempre falar a verdade, não importa qual seja, e jamais guardar ressentimentos.
Será que com a ajuda desse amigo inesperado Annabel vai conseguir encarar a verdade e enfrentar o que aconteceu na noite em que brigou com Sophie?






"As Pessoas que nos conhecem melhor podem ser mais perigosas, porque suas palavras e seus pensamentos podem não apenas ser assustadores, mas verdadeiros.”

Annabel Greene é a filha mais nova dentre as três irmãs e é a típica garota cuja vida se mostra perfeita: filha exemplar, aluna perfeita, modelo e sempre com um sorriso no rosto, ela é alguém cujos muitos invejam e admiram. No entanto, o que poucos sabem é que isso é nada mais do que a imagem que ela insiste em mostrar para todos – inclusive sua família -, ou pelo menos era o que ela tentava fazer até aquele verão. Se vendo quebrada com o que aconteceu nas férias, ela não tem certeza se será capaz de se reconstruir, ainda mais com a iminência da volta as aulas e dos julgamentos que com toda a certeza a acompanhariam.

“...me senti tão impotente quanto naquela noite, como se não estivesse segura nem em plena luz do dia.”

Sendo chamada de vadia por alguém que até então considerava uma amiga, Annabel se vê perdida e sozinha no primeiro dia de aula; com olhares a acompanhando e boatos por todo o lado acerca do que pode ter acontecido para que ela e Sophie, que até então eram inseparáveis, tenham parado de se falar de uma hora para o outra. Se sentindo perdida e confusa, e sem um lugar ao qual pertencer, ela então se esgueira para um local escondido e longe dos curiosos e perto do garoto alto e misterioso da escola, Owen. Sentindo-se intrigada por aquele rapaz cujo históricos de brigas o acompanham, ela acaba por se ver curiosa em saber mais sobre ele e sobre as músicas que sempre está a escutar.

“A sala de jantar, no entanto, ficava na parte da frente da casa, então, quando estávamos comendo, ficávamos expostos. [...] o motorista nos observava, a família feliz reunida para uma refeição calorosa. Mas todo mundo sabe que as aparências podem enganar.” 

Vivendo uma situação terrível na escola e uma não muito diferente em casa com a recente saída de sua mãe de uma depressão grave e com a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs; Anna insiste em se fechar e manter a aparência de que tudo está bem de forma a não atrapalhar a sua família se tornando mais um problema em meio a tantos. No entanto, quando Owen passa a se aproximar dela a ajudando em um momento difícil, ela começa a ver que esconder a verdade (como não querer mais ser modelo ou o que aconteceu na terrível festa que a assombra até hoje) pode não ser a melhor opção. Mas estaria ela realmente preparada para começar a escutar e realizar aquilo que realmente deseja depois de tantos anos se mostrando perfeita? Será que ela conseguiria escutar a si mesma em meio a tantas mentiras e problemas? Em meio a muitas reviravoltas, passado e presente se misturam para criar uma história que é mais do que apenas sobre uma garota se você souber como escutar.

“Não pense ou julgue. Só escute.”



[ - Minhas Impressões -]

Sarah Dessen é uma autora que já vem demonstrando um grande talento na área da escrita com obras profundas, cheias de mensagens emocionantes e que nem sempre são belas, mas sim necessárias. Abordando situações difíceis e polêmicas, sua narrativa é profunda é ensina a aproveitar os momentos da vida e a não julgar a um primeiro olhar, pois tudo sempre tem dois lados. Intenso, arrebatador, Só Escute é mais uma obra que emociona a cada página trazendo valiosas lições de vida através da música e do amor. Com personagens bem construídos e reais, essa não é mais um simples romance, e sim uma obra sobre escutar não só com o corpo, mas com a alma e o coração.


Annabel é uma protagonista que pode ser definida como alguém que se subtrai em prol dos outros, sempre tentando ser a filha que não dá trabalho, ela não consegue dizer suas vontades ou conversar de forma aberta com a família realizando aquilo que deseja. Modelo desde sempre, ela não se considera a mais bela das irmãs e nem gosta mais de atuar como modelo, mas vendo o quanto isso é importante para sua mãe ela não consegue largar tudo e fazer aquilo que realmente deseja. Tendo uma vida que poderia ser invejável por muitos, Annabel sempre teve tudo ao seu alcance, pelo menos até ver sua vida drasticamente mudar e se ver tendo que lidando sozinha com tudo. Repleta de medos e inseguranças, ela é uma jovem normal, mas com problemas que para muitos seriam difíceis de ser encarado; motivo pelo qual o leitor facilmente consegue se identificar com ela e torcer para que ela possa encontrar sua voz e aprende a escutar aquilo que realmente deseja ao invés do que os outros esperam que ela seja ou faça. Intensa e extremamente real, ela é uma uma protagonista crível e totalmente apaixonante se mostrando uma personagem bem escrita e cujo proposito é mais do que apenas contar uma história, mas sim ensinar.

Owen por outro lado foge de qualquer padrão pré-estabelecido de protagonista, mas nem por isso se torna menos apaixonante. Apaixonado por música e misterioso, Owen é um rapaz extremamente intenso e com alguns problemas de raiva dos quais tenta se livrar; motivo pelo qual apresenta como um de seus lemas sempre dizer a verdade independente de qual seja ela. Real, ele é um garoto que não tem medo de dizer a verdade e que encara a vida de frente ao lado da sua sempre companheira música. Com gosto peculiares, ele vai ensinando o leitor a ampliar seus horizontes e não se deixar vencer pelas adversidades do caminho; quebrando paradigmas, logo nos vemos completamente encantados com sua originalidade no jeito de ser e no seu coração bondoso que poucos acabam por ter a chance de conhecer. Sincero, real, ele se mostra um cara mais perfeito com suas imperfeições do que muitos que encontramos pela literatura que podem ser comparados a robôs diante da falta de humanidade. Mais do que o par para Annabel, Owen é alguém que surge na obra para mostrar e fazê-la enxergar mais sobre si independente do que vai significar para outros... Bem construído e essencial, ele é aquele personagem que facilmente deixa saudades após o termino da leitura e que todas desejariam ter – bom, eu pelo menos sim!


Narrado em primeira pessoa, essa é uma história que emociona ao mesmo tempo em que transmite importantes lições sobre a vida e julgamentos. Profundo é encantador, essa é uma obra que facilmente envolve o leitor em sua trama que vive a ansiar pela próxima página e descoberta do que virá a acontecer. Original, ainda que apresentando elementos clichês, Só Escute é uma obra que leva a refletir sobre quem se é e sobre quem deseja ser, mas principalmente sobre não ficar calada diante de temas tão sérios - ainda que possam parecer extremamente difíceis.

Já sua edição é mais um trabalho impecável realizado pela Editora Seguinte que vem a criar um padrão de capas para as obras da autora de forma a ficar harmonioso ainda que cada livro seja único. Simples, mas com os elementos certos, sua diagramação encanta junto a uma revisão bem feita cujos erros não foram encontrados durante a leitura. Suas folhas amareladas, juntamente a uma fonte agradável para leitura ajudam a tornar a experiência ainda melhor. Completo, esse é mais um trabalho que beira a perfeição ao apresentar a combinação perfeita entre imagem e história.


Se mostrando muito mais do que um mero drama adolescente, Só Escute é uma obra completa e complexa que irá abordar temas difíceis e complicados como a violência, distúrbios alimentares, julgamentos e a dificuldade que um jovem apresenta em se abrir e falar principalmente em situações em que se sente inseguro e acredita que não poderá ter o apoio dos outros. Apresentando seu tema de “Não pense ou julgue. Só escute” essa é uma obra que apresenta uma mensagem tão intensa que chega a ser difícil não ser tocado profundamente por ela, levando a profundas reflexões constantemente nos pegamos revendo situações e atitudes que já tomamos e que se paradas para pensar se mostram completamente absurdas.

Levando o leitor através de um misto de emoções e sentimos, constantemente nos pegamos envolvidos e inseridos nessa obra que é extremamente tocante e segue o padrão de escrita envolvente já tão conhecido da autora. Quebrando paradigmas e enfrentando tabus através de situações reais e cotidianas, mais uma vez Sarah Dessen consegue realizar aquilo que se propõe com sua obra sem se mostrar forçada ou complexa. Emocionante, essa não é apenas mais uma obra no mercado, e sim um ensinamento de vida ao qual todos deveriam aprender. Com toda a certeza aprendi a escutar mais o que eu quero e a falar a verdade independente de tudo... Perfeita, é apenas um dos adjetivos que essa obra merece. Recomendo!


Se Inscrevam e Participem!!


8 comentários:

  1. Realmente a autora tem se superado e com isso, alcançado uma legião de fãs por todos os lados.
    Usar a música para unir duas pessoas tão diferentes.E outro ponto que me chamou muito a atenção foi o fato de trazer um mocinho realmente mocinho. Os últimos livros sempre tem trazido uma gama de bad boys(tá, são bons também). Mas sentia falta deste lance mais leve e normal.
    Lerei em breve!
    beijo

    ResponderExcluir
  2. Bruna, ganhei o livro e estou aqui ansiosa pra conhecer o enredo, li mtos pontos positivos sobre a história o que me prendeu ainda mais atenção, loguinho qro ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Bruna!
    Os livros da autora sempre trazem grandes reflexões para o cotidiano de nossa realidade, talvez porque aborde problemas tão reais que as personagens e enredo tornam-se críveis de forma incontestável.
    Ver assuntos adolescentes e de grande importância sendo abordados e ainda trazendo ensinamentos, deve ser ótimo.
    E tem um pouquinho de tudo, inclusive de música, deve ser um ótimo livro.
    Desejo Um ótimo final de semana e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Chega de velhas desculpas e velhas atitudes! Que o ano novo traga vida nova, como o rio que sai lavando e levando tudo por onde passa.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Este livro está a algum tempo em minha lista de leituras, gosto de livros que trazem lições e que fazem o leitor refletir, achei muito interessante o livro transmitir importantes lições sobre a vida e sobre julgamentos, fiquei ainda mais curiosa e ansiosa para conferir a história deste livro após ler esta sua resenha, pretendo ler Só Escute em breve.

    ResponderExcluir
  5. Sempre quis ser modelo, até começar a entender que a vida delas não só o glamour das passarelas que muitas tem muitos problemas que não podem resolver. Acho que esse livro traz um pouco sobre isso. Muitas meninas sonham com a vida de glamour mas não sabem todos os problemas alimentares ou emocionais que esse tipo de carreira traz, e pelo fato de a mocinha ainda ser adolescente é mais difícil pois já possuem os dramas dessa fase e ainda tem mais esses problemas. Gostei bastante da história.

    ResponderExcluir
  6. Que resenha incrível! Eu ainda não conheço nenhuma obra da autora, mas com certeza quero ler esse livro! Acho que cada dia mais os autores tem trago livros que possam gerar lições de vida importantes pra nós e isso ganha muito o meu coração. Espero conseguir ler em breve!!

    ResponderExcluir
  7. Nunca li algum livro da autora mas com a resenha estou com muita vontade de ler. Acho super válido quando o autor aborda temas difíceis de maneira fluida e não forçadamente. A questão de ser modelo acho que é vivida por muitas meninas. Eu quando era criança fiz alguns trabalhos como modelo mirim mas ainda bem que minha família sempre entendeu que não era o que eu queria pra vida e hoje em dia nem passo perto kkk As questões alimentares algumas vezes são esquecidas mas estão presentes na realidade de diversas jovens que muitas vezes demoram anos pra se curar ou mesmo aceitar, e se é pouco mostrado quando a situação é a própria jovem, o que a família dessa pessoa passa é menos ainda, assim como a família de alguém com depressão. Ahhh só de ouvir falar do Owen pela sua resenha já achei ele fofo, certeza que ao ler vou me apaixonar por ele e lá vai mais um crush pra minha lista. Enfim fiquei surpresa pela avaliação tão boa e nunca ter ouvido falar desse livro mas já fica com gostinho de quero ler.

    ResponderExcluir
  8. Já li vários livros da autora e não gostei muito dos livros dela não era que a leitura foi muito ruim e sim que ela não foi tão boa assim esperava uma coisa mas bem feita os livros eram um pouco vago enfim eu procurei saber sobre esse livro há muito contra gosto até porque estava sem intenção de ler ele e aconteceu que eu já esperava, o livro não me chamou atenção e tentei forçar a leitura mas mesmo assim achei Entediante e acabei abandonando acho que na página 45 e eu fiquei surpresa quando você disse e adorou o livro eu vou ver se Futuramente eu releio ele e minha opinião muda mas por hora tá na mesma

    ResponderExcluir