30 janeiro 2018

Resenha - La Belle Sauvage

Título: La Belle Sauvage - O Livro das Sombras Volume 1
Autora: Philip Pullman
Cortesia: Suma de Letras / Companhia das Letras
Páginas: 416         
Skoob
Onde comprar: Amazon

Phillip Pullman volta ao mundo da trilogia Fronteiras do Universo, para outra aventura eletrizante envolvendo daemons, aletiômetros, o Magisterium e, claro, o Pó. La Belle Sauvage é o primeiro volume de uma nova trilogia chamada O Livro da Sombras, e se passa dez anos antes dos acontecimentos de A Bússola de Ouro, se centrando em Lyra e Pantalaimon, ainda bebês. Apesar de ser uma história diferente, os fãs de Fronteiras do Universo vão reconhecer muito do mundo e dos personagens que povoam La Belle Sauvage. Enquanto o protagonista, Malcolm, se envolve em uma assustadora aventura para tentar salvar a pequena Lyra das garras do Magisterium, outros mistérios e vilões surgem para complementar a trama que já conhecemos tão bem.
"Sempre quis contar a história de como Lyra acabou morando na Faculdade Jordan. Este livro e o próximo cobrem dois momentos da vida dela: partindo bem do início e retornando vinte anos depois. Quanto ao terceiro livro, ainda é segredo." - Phillip Pullman







“Pense no que está em jogo. O direito de falar e pensar com liberdade, de realizar pesquisas sobre qualquer assunto sob a luz do sol, tudo seria destruído. Vale a pena lutar por isso, não acha?”

No centro de Oxford, a mais ou menos 5 km do rio Tâmisa, as irmãs da ordem de Sta Rosamund vivem no conhecido convento de Godstown. No entanto, esse não é o foco da história, mas sim a estalagem que carrega o nome de A Truta e onde Malcolm, filho dos donos e com apenas 11 anos de idade, vive a trabalhar como garçom ao lado de seu daemon, Asta. Curioso, ele é um garoto que vive a explorar locais e diferentes cenários na companhia de sua canoa, La Belle Sauvage.

“Gente louca nunca sabe quando desistir.”

Sempre disposto a ajudar, ele passa seus momentos a oferecer auxílio a quem precisa e a visitar as irmãs no convento perto de casa. Não importa o que seja, ele sempre acaba por se mostrar mais do que pronto a compartilhar aquilo que conhece e ser útil no que pode, e é em meio a uma dessas visitas que ele se vê completamente surpreendido ao descobrir que as irmãs estão a cuidar de um bebe, de nome Lyra, mas que elas desejam manter em segredo.

“Malcolm riu e acordou o bebê. Mas, ao ver o rosto risonho dele, ela começou a rir também." 

Conforme o tempo vai passando, há um estranho  aumento no número de clientes que desfilam pela rua Truta; algo que logo tem o seu porque revelado: há uma profecia envolvendo um suposto bebe que poderá mudar toda a história. Malcolm, que sentiu uma necessidade de proteger Lyra desde que a conheceu, passa a ser então uma espécie de protetor para essa pequena bebe que já parece carregar muito em suas costas... Curioso acerca do que envolve essa linda garota, ele então decide embarcar em busca de respostas... Cercado por magia, mistério e aventuras, Malcolm irá se ver em meio a uma jornada que pode mudar tudo, mas que tem como um único objetivo: proteger a vida de Lyra.


“De qualquer forma, ele nunca sonharia, depois daqueles breves minutos, fazer qualquer coisa que perturbasse aquela criancinha. Seria seu servo para toda a vida.”


[ - Minhas Impressões - ]


La Belle Sauvage é uma obra que apesar de seu começo um pouco mais lento, logo consegue cativar seus leitores em meio ao misto de fantasia e ficção que agrega a obra. Construído de forma a apresentar seus personagens de forma concisa e natural, essa é uma trama que se mostra repleta de surpresas além de extremamente bem construída. Sabendo dosar de forma impecável, Philip, consegue trazer maturidade a um protagonista extremamente jovem sem deixa-lo perder seu lado infantil. Maduro, apaixonante e com a presença de uma escrita totalmente instigante, essa é uma obra que veio para agradar os leitores que se veem inseridos em mais uma história de tirar o folego.


Malcolm é um protagonista diferente de muitos encontrados por ai, tanto pela sua tênue idade quanto pelo seu aspecto maduro, inteligente, curioso e prestativo. Sempre disposto a ajudar, ele é alguém que logo chama a atenção com seu jeito de ser e sua inocência infantil daqueles que apesar de já ter visto muita coisa na vida, ainda consegue ter em si a criança que aos 11 anos deveria ser. Apesar de poder ser considerada como tendo um começo arrastado, ele é um personagem que já rouba a cena e mostra o porque de ser o foco, ainda que a personagem Lyra venha a ter uma grande presença na história. De forma natural, o autor vai nos apresentando seu dia a dia, sua personalidade que logo ganha destaque e toda a trama que irá o acompanhar ao longo dessa nova serie.

Ao mesmo tempo, outros personagens também ganham palco ao longo das páginas; como é o caso da Dra. Ralf e da irmã Frenella. Aqui os adultos apresentam grande paciência com Malcolm, proporcionando sempre diálogos de igual para igual sem inferioriza-lo pela idade e sem má vontade em responder aos seus questionamentos. Outro ponto legal da obra é que o autor vai construindo seu protagonista ao mesmo tempo em que vai criando no fundo espaço para a possível construção de um vilão – que já ganha espaço através de suas ameaças veladas e falta de escrúpulos para atingir seus objetivos independente do que precise passar por cima.


Narrado em terceira pessoa, essa é uma obra que apresenta uma linguagem extremamente rica e rebuscada, escrita para encantar e deslumbrar o leitor que se vê mais uma vez – ou pela primeira vez - envolvido nesse universo fantástico criado por Pullman. Complexo e repleto de subtramas, essa é uma obra que pode ser descrita como uma história completa e feita para os amantes de boas histórias regadas a muita ficção e aventura.

Sua edição feita com primazia e possuidora de elementos que complementam sua trama apenas agrega ainda mais beleza a uma história que por si só já cativa. Com uma capa repleta de detalhes e muito bonita, além de uma revisão bem feita onde erros não foram encontrados durante a leitura, apenas complementam de forma ideal esse enredo repleto de fantasia e emoção. Com folhas amareladas e uma fonte de tamanho ideal, a Suma mostrou mais uma vez que não brinca em serviço quando o assunto é edições de deixar qualquer um babando.


La Belle Sauvage é uma obra que se mostra extremamente memorável aqueles que se arriscam a embarcar em sua trama, mas principalmente para aqueles aficionados pela outra série do autor cujo universo é o mesmo que o dessa série – contando apenas com tempo diferentes. Mesmo podendo ser lido individualmente, essa é uma série que apresenta respostas para perguntas que possam ter vindo a ficarem presentes em A bússola de ouro ou em qualquer um dos volumes da Trilogia Fronteiras no Universo. Com um personagem mais jovem, mas nem por isso menos impactante, esse é um livro que se mostra repleto de descobertas em meio a um enredo extremamente bem desenvolvido e maduro e repleto de fantasia.

Mostrando toda a habilidade de Philip Pullman, essa é mais uma daquelas obras que te prendem no enredo de forma a te instigar e satisfazer em uma trama inteligente, completa e com protagonistas bem desenvolvidos. Mesmo se tratando de uma fantasia, essa é uma obra que também leva o leitor a refletir sobre assuntos como religião e politica de forma natural... Simples e ao mesmo tempo rica em detalhes, essa é uma daquelas histórias impossíveis de se largar até o termino e que deixa o gostinho de quero mais e ansiedade pelos próximos! Recomendo!

Se Inscreva e Participe!!!








7 comentários:

  1. Adorei a capa desse livro (sim julgo um livro pela capa) é bem misteriosa. Gostei do personagem se novo mas mesmo assim parecer maduro, isso mostra um pouco como as criança de hoje são, elas amadurecem mais rápido, mas não perdem o jeito, a curiosidade de criança o que pode tornar o livro bem legal e interessante. Gostei bastante, eu ainda não li nenhum livro do autor, mas tenho lido sempre coisas positivas sobre ele.

    ResponderExcluir
  2. Li uma resenha deste livro esta semana e já coloquei o livro na estante de desejados. Recebi semana passado a trilogia de Fronteiras do Universo e não vejo a hora de poder conferir os livros.
    E agora vendo esse "começo", entendi que preciso também ter e ler este e os outros livros!
    Todos elogiam a escrita de Philip e a capa deste livro é maravilhosa.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá Bruna!
    Adorei conhecer um pouco mais do livro, já estava de olho nele e qto mais eu leio resenhas sobre ele mais eu tenho vontade de conhecer!
    Capa linda e pelo o que venho acompanhando vale apena esperar a oportunidade chegar e ler ...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna!
    Adoro o Philip Pulman e sem sombra de dúvidas, a trilogia de fronteiras do universo foi umas das minhas preferidas. Estou muito feliz pelo lançamento desse novo livro que como você disse esclarece algumas dúvidas do passado. Concordo com você sobre o modo como ele trata as crianças porque acabei percebendo isso em todos os seus livros que eu li. Tanto nessa trilogia quanto na coleção da Sally as crianças são tratadas com respeito e sem perder o infantil. As críticas nos livros dele estão sempre envolvidas também. Ótimo autor e com certeza pretendo continuar nesse mundo lendo "La belle sauvage". Recomendo também o autor pra todo mundo que gosta de uma boa fantasia, super bem construída. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei muito feliz quando eu soube que o autor e escrever mais livros no universo de a fronteira do universo Mas eu ainda não li esse livro não sei dizer ao certo se esse livro vai ser parte de uma série ou não mas eu adorei universo que o autor criou então com certeza desse livro já está na minha lista de leituras

    ResponderExcluir
  6. Bruna!
    Já gostei de ver que a linguagem é rebuscada e rica, traz aprendizado, embora o início você tenha achado lento.
    Claro que gosto muito do gênero fantasia e mesmo sendo um prequel, é bem como falou, é Philip Pullman e não tem como não ser bom.
    Com personagens bem construídos, construção de mundos e uma realidade fantástica diferenciada, claro que quero poder ler.
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Já quero ler *-* que livro lindo, amei essa capa! Parabéns pelo blog, muito lindo :) Da uma passadinha no meu ♥ https://lilmomentss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir