04 setembro 2017

Resenha: Terra de Noite e Fogo #1

Título: Terra de Noite e Fogo #1
Cortesia Autora Desirée Gusson
Editora: Coerência
Cortesia Autora Desirée Gusson
Skoob / Goodreads
Páginas: 412
Onde comprar: Coerência / Amazon

Opala quer uma vida diferente. Não acha que a vida provinciana e o casamento forçado farão dela feliz. Quer se aventurar por Thergel, o país onde a noite jamais acaba e uma Imperatriz déspota senta-se no trono. Opala quer ser diferente.
Logo seus desejos se tornarão realidade.
Lucianne está muito encrencada. No último ano do colégio coisas estranhas acontecem, pessoas misteriosas aparecem e mortes inexplicáveis vêm à tona. Quando tenta descobrir o que tudo isso tem a ver com sua irmã gêmea, Elizabeth, Lucy se perde em um novo mundo.
Literalmente.
Agora as duas se unirão para encarar seus destinos. Opala conseguirá se encontrar numa nação onde metade promete idolatrá-la e a outra metade a quer morta? E Lucy, como fará para sobreviver numa terra desconhecida não sendo quem deveria ser?
Feiticeiras, monstros, elfos e espadas se cruzam nessa história onde nada é o que parece.
Prepare-se. A noite em Thergel está apenas começando.






"Orgulho é uma criaturinha pequena e feia que não tem espelho em casa. O fracasso é sua cria. O fracasso tem mil mães e apenas um resultado."

Lucy e Bess Thatcher são gêmeas que vivem uma vida comum em São Paulo junto com seu pai. Possuidoras de uma relação problemática a e sendo o completo oposto uma da outra, ambas se sentem perdidas quando recebem a noticia que terão que se mudar para viver em Londres com seu irmão mais velho que há muito não vêem – para ser mais exata, desde que ele partiu rompendo relação com todos. Possuindo riqueza e problemas de sobra, sua família está longe de poder ser considerada normal, o que só piorou desde que seu pai, James, começou a receber ligações estranhas de alguém que parecia não deixa-lo confortável...

Quando elas acreditavam que as coisas estavam finalmente entrando em uma rotina calma e tranquila, com Bess sendo o centro das atenções e Lucy sendo a estudiosa de sempre, Haladar, um novo aluno, e Meenafrom, um novo professor, aparecem para intriga-la e evocar uma sensação que apesar de não entender sabe não se tratar de algo bom. Com vários acontecimentos estranhos e sonhos que deixam marcas ao acordar, Lucy parece entender cada vez menos o que poderia estar a acontecer na sua vida.

"Tinha tudo para ser simples: a escola, o ano, a minha vida. Mas simplesmente não podia. Certas pessoas, eu, por exemplo, não eram compatíveis com a simplicidade. A vida parecia se divertir complicando tudo o que podia."

Opala Turünael, por outro lado, é uma jovem que vive na pequena Filbur, uma vila ao norte de Thergel. Vivendo com seu pai e sua irmã mais nova, sua situação está longe de ser tranquila ou favorável. Em um estado constante de pobreza há anos, sua família luta para pagar os impostos e comprar o necessário para comer e sobreviver dia a após dia. No entanto, quando uma grande revelação chega até ela, Opala, vê tudo que conhecia mudar fazendo a deixar tudo que conhecia para trás...

"Agora isso era claro. Eu estava tão ocupada em me preocupar se ele me culparia por nossa vila e tão imersa em meu próprio egoísmo, pensando em meu destino, que não havia pensado. Agora eu via que não podia ser quem ele queria e precisava, e que ele também tinha esta consciência. Depois de todos esses anos, alguma coisa se rompeu entre nós, uma coisa que não iria se reparar."

Confundida ao se passar pela irmã em uma festa, Lucy vê tudo que conhecia mudar a se ver cercada por algo que acreditava existir apenas nos livros. Quando elfos, magos e risco de vida se interligam em uma trama que conta com ela para restaurar a luz de Thergel, haveria escolha se não seguir em frente e ajudar? Opala perdeu tudo que amava e conhecia, com um destino desconhecido pela frente teria ela força para cumprir o que diziam estar determinada a realizar?  Dividido em partes e com protagonistas com vidas completamente diferentes, somos convidados a embarcar em uma aventura repleta de ação e mistério... Quando o destino de todo uma civilização se encontra na mão de duas jovens, tudo pode acontecer!

“Os magos mais poderosos de todas as partes se uniram para quebrar o encanto, mas, como acontece com muitos feitiços poderosos e antigos, apenas aquele que os conjurou é capaz de desfazê-lo. Desde então toda Nasfarí está condenada à noite eterna e perece a sombra da loucura de Vyctra, a Terrível.”

Terra de Noite & Fogo é o primeiro livro dessa série que aborda a fantasia de uma forma inusitada que se mostra bastante interessante no começo, mas que acaba por pecar em alguns momentos. Dividido em três partes, somos levados a acompanhar duas histórias se intercalarem de forma inusitada através de universos distintos, mas que acaba por ser algo bem construído de forma a não se tornar algo forçado. Complexo, essa é uma trama cheia de detalhes que não irá agradar a todos, mas que proporcionará grandes momentos durante sua leitura com uma escrita fluida e leve. Com protagonistas fortes e destemidas, Desirée Gusson é capaz de apresentar uma história com um grande potencial a ser desenvolvido em seus próximos volumes.




Lucy, nossa primeira protagonista, é uma jovem de 16 anos simples e estudiosa que não possui uma relação boa com sua família desde a perda de sua mãe quando ainda era muito pequena. Vivendo em uma casa com sua irmã gêmea, Bess, com quem não se dá muito bem e seu pai que está longe de ser um exemplo de atenção e carinho, ela vive uma vida tranquila se preocupando com apenas as coisas normais a uma adolescente. Nenhum pouco preocupada com aparência ou garotos, ela é uma personagem que se mostra alguém de personalidade forte, que não se submete a pressões, e não liga para as consequências que isso irá gerará a sua vida social... Com uma situação financeira favorecida ela tinha tudo para ser alguém mimada e chata, mas se mostra extremamente madura e preocupada com aqueles que ama - mesmo que não haja uma reciprocidade. Lucy é uma garota extremamente real é normal, longe de ser perfeita e com pensamentos sarcásticos e bem humorados que nos fazem aprecia-lá conforme vamos acompanhando sua jornada. Palpável, ela é alguém que nos vemos apegados e que desperta no leitor o desejo de saber mais sobre si e sobre o que irá acontecer em seus capítulos; rodeado de mistérios e situações surpreendentes, ela é alguém que nos faz ansiar pelas suas narrações e para desvendar essas questões desconhecidas.

Por outro lado, temos Opala Turünael, nossa segunda protagonista de também de 16 anos, mas com uma vida completamente oposta em um universo diferente de Lucy. Vivendo em Thergel sua situação financeira não é muito boa e ela pode ser o que muitos consideram uma camponesa educada para ser uma boa esposa - ainda que ela sempre tenha se sentido bem em meio aos garotos e treinando para saber conduzir uma espada. Sem querer se ver casada com alguém e com o espírito livre, ela é uma garota que foge dos padrões do local onde vive, algo que nem seu pai nem sua irmã mais nova conseguem entender. De personalidade forte ela não se deixa subordinar a ninguém, é extremamente cética diante a situações que  fogem ao que seria normal, e se mostra bem determinada em meio a muitos obstáculos; no entanto, ao mesmo tempo, Opala se mostra também alguém confusa e influenciável por quem nem conhece. Bem construída, ela é uma personagem que instiga o leitor que se vê embarcando em um enredo diferente com muitas reviravoltas, descobertas e surpresas a cada página...

Narrado em primeira pessoa esse é um livro construído através de pontos de vistas distintos, onde a troca de narração proporciona uma trama intensa e complexa, rica em detalhes e com personagens repletos de personalidade. Mantendo um ritmo intenso na maior parte de seu enredo, esse é um livro que instiga a leitura através de uma escrita fluida e intrigante. Repleto de reviravoltas, o leitor se vê preso a uma história que surpreende e gera perguntas sem respostas durante seu primeiro volume. Entrando em um mundo completamente novo, nos vemos cercados por crenças desconhecidas e poderes arrebatadores; que deixam aquele gostinho de quero mais mesmo sem que entendamos por completo o que está a acontecer. Inesperado e instigante, essa é uma obra construída de forma a incentivar o leitor a mergulhar em suas páginas e descobrir mais sobre seu universo.


Disponível tanto na versão digital quanto física, esse é um livro que apresenta uma capa que chama atenção e sintetiza bem a essência do livro. Com uma revisão de alto nível, essa é uma obra cujos erros poucas ou nenhuma vez foram encontrados. Sua diagramação bem trabalhada é algo que enche os olhos e a torna algo que encanta e torna a leitura mais prazerosa. Possuidora de folhas amareladas é uma fonte com tamanho ideal, essa é uma história que pode ser lida de forma fácil e rápida sem se tornar cansativa ou exigir do leitor um maior esforço para sua realização. Com divisões claras, em nenhum momento o leitor se vê perdido em relação a quem está a narrar, mesmo sem contar com o nome no início dos capítulos, as personalidades de cada uma garantem a associação de forma instintiva. Contanto com um tamanho razoável, esse é um livro cujo investimento vale a pena pelo trabalho realizado por parte da Editora Coerência.

Com uma história complexa e elaborada, esse é um enredo que poucas vezes se vê perdido - mesmo que ao leitor ainda restem dúvidas sobre diversas questões relativas a ela - em sua trama e cuja desenvoltura aparece de forma ideal. Buscando ser detalhista e fazer o leitor se sentir acompanhando a aventura das protagonistas, esse é um livro que pode ser considerado um pouco repetitivo em algumas partes, mas que apenas busca não deixar furos ou coisas inexploradas. Desirée com personagens bem definidos e inseridos de forma correta a história possibilita a criação de um universo completamente novo com culturas e religiões desconhecidas, mas fascinantes. Elaborando visando a criação de uma série completa, seu primeiro volume conta com a introdução ideal para atiçar o leitor que se vê curioso para saber mais sobre os seres mágicos e caminhos entrelaçados que já começam a se apresentar nesse início de série.


Agregando mistério e fantasia em uma mesma historia, Terra de Noite & Fogo é um livro que se mostra promissor desde suas primeiras páginas ao intrigar o leitor com situações inusitadas e um clima de curiosidade no ar. Intenso, acompanhamos as protagonistas em uma corrida contra o tempo e em busca de descobrir mais sobre si mesmas e o que isso significa. Repleta de questões cujas respostas ainda virão a aparecer, essa é uma série que promete muita ação regada a fantasia e seres desconhecidos. Em um universo onde a magia pode ser perigoso, será necessário muita força para sobreviver; completamente oposta, Lucy e Opala precisarão se encontrar pra restaurar o que um dia consideraram ser o normal.

Mostrando seu talento, Desirée (pegar sobrenome) veio para abrir portas com uma história original e com grande potencial. Com tudo de melhor que a fantasia tem a oferecer, esse é um livro indicado a todos que gostam de boas histórias em universos que mesmo desconhecidos, se tornam palpáveis através de descrições bem construídas. Elumera Rai é uma série feita para os que não se acanham diante de grandes obras e que não se ressentem de mergulhar em enredos que não dão todas as respostas de cara... Mais do que recomendada, esse é um livro que demonstra o talento nacional existente na literatura brasileira.


Se Inscreva e Participe !!


14 comentários:

  1. A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa, eu achei bem legal.
    Depois de ler a sinopse eu fiquei curiosa pra ler o livro tbm.
    Mesmo pela sua resenha explicar que o livro é muito detalhado em alguns momentos, gostei de saber que ainda sim a leitura flui.
    Gosto desse tipo de leitura e do fato do livro ser escrito por uma autora brasileira.
    Já entrou na lista dos livros que quero ler.

    ResponderExcluir
  2. Olá Bruna,
    Gostei bastante da combinação entre mistério e fantasia, dois gêneros favoritos, já refletidos na arte da capa, que está linda!
    Muito bom ver esta resenha de um livro nacional. Sinal de que nossa literatura está ganhando cada vez mais força!
    As protagonistas gêmeas se mostram muito bem construídas, suas diferenças as complementam. Elas vão ter o destino da nação em suas mãos, e isto não é pouca coisa!!
    Apesar de ser um texto bastante descritivo, a estória não parece ser enfadonha, mantendo o leitor fiel até a última página. Com certeza se tornará uma série bastante agradável. Vou querer conferir!

    ResponderExcluir
  3. OI Bruna.
    Concordo com você, essa capa é realmente encantadora.
    Adorei saber que a autora acertou a mão ao escrever esse livro, eu fiquei com um pouco de medo a respeito dos detalhes, mas também fiquei feliz em saber que apesar de tudo a escrita flui bem, adorei o pouco que descreveu sobre os personagens e eu não vejo a hora de ler, outra coisa que me animou é que o livro é narrado em primeira pessoa, adoro saber o que os personagens estão pensando de maneira mais profunda, enfim adorei e ele não pode ficar de fora da minha lista de futuras leituras.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Bruna!
    Gosto demais de livros de fantasia com seres fantásticos, florestas, tramas políticas por traz e um enrredo carregado de aventura que nos faz viajar pelas páginas e desejar descobrir cada mistério oculto no decorrer de toda a trama.
    E bom ver que tudo é bem construído, nos deixando cada vez mais instigados a continuar a leitura e desvendar o que há por trás de tudo.
    Uma semana de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna, tudo bem?
    É sempre muito bom ver autores nacionais lançando livros que são realmente legais, e é melhor ainda ver os brasileiros apoiando-os. Eu achei a premissa deste livro bastante instigante, parece que temos muita aventura, magia e seres diferentes. Fiquei um pouco confusa com relação as cidades em que o livro se passa, porque elas começam em São Paulo e depois vão para umas cidades ficcionais. Mas enfim, gostei do livro e espero poder ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    O livro é bem interessante, a capa é muito maravilhosa e ao ler a resenha percebi que a história é super incrível, mostra-se uma aventuras com bastante mistério e lutar para salva uma pequena aldeia. Gostei bastante do livro e já coloquei em minha mista de leitura, e também fiquei pensando, se esse livro é de autor nacional né?!

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar dessa autora... até procurei ela no google aqui rsrs
    Achei bem interessante a resenha, gosto muito quando as resenhas dizem se o livro é narrado em primeira ou terceira pessoa,pois eu prefiro muito ler livros em primeira pessoa, acho que posso saber mais o que o personagem esta sentindo... não sei explicar rs
    Pelo que percebi, o livro é meio parecido com jogos vorazes + corte de espinhos e rosas (eu gosto muito de comparar livros kkk), eu não gostei de corte, mas amei jogos, então esse livro me chamou um pouco atenção... ainda mais por ser uma autora brasileira!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?
    Adoro livros com gênero de fantasia, ação, com problemas familiares e muito drama. Gosto de livro bem detalhados e que se explica o que esta acontecendo naquele momento, adorei saber disso. Mas repetições dos detalhes às vezes ficam bem enjoativos e cansa a leituras, mas que bom que a leitura é bem fluida mesmo assim.
    E também gostei do fato do livro ser escrito por uma autora brasileira, não vejo muitos livros assim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Bruna ;)
    Adorei esse livro, só pela sua resenha! Acho que um dos gêneros que me da mais prazer em ler é fantasia, por isso adoro descobrir autores novos nesse gênero literário!
    Que legal que o livro é alternado nos pontos de vista, amo livros assim, que da para ver a história como o todo, entendendo os dois lados. E que bom saber que a autora não "perde a mão" nos personagens... acho que vou gostar da Lucy, ela parece uma ótima protagonista.
    Adorei sua indicação, e muito obrigada por nos apresentar a essa série que promete! Espero que a autora lance os outros livros logo né
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Oiiiie!
    Primeiramente, que capa LINDA, nunca vi igual. A história parece ser bem elaborada, repleta de aventuras e mistérios. Amo livros em que personagens acabam indo para um novo "universo", me lembrou o livro Perdida por isso. Confesso que tenho uma queda por Ficção Científica, amo demais.
    Opala e Lucy são pessoas totalmente diferentes mesmo, mas acho que me identifico mais com a Opala, apesar da diferença financeira, as duas protagonistas parecem ter um a personalidade bastante forte, gostei de ambas.
    "Feiticeiras, monstros, elfos e espadas", só de ler isso, esse livro ganhou vários pontos comigo!!
    Já vai para a minha lista. Amei a resenha, a capa, a história, enfim... amei tudoo!! Beijoooos

    ResponderExcluir
  11. Oi! Não conhecia o livro, mas já adorei saber que é nacional. Amo fantasias, e esse parece ter uma pegada bem diferente e gostosa de acompanhar. Pretendo ler! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Achei o primeiro quote bem forte, muito preciso. Confesso que quando vi que as duas irmãs tinham realidade completamente diferente e que os mundos delas iam colidir lembrei muito de alguns clichês típicos da literatura em se tratando de gêmeos, mas o ponto forte dessa obra em minha opinião é a construção do conflito e do universo em que ele está incluído. Creio que me identificaria e adoraria conhecer essas personagens, Opala e Lucy, com suas personalidades determinadas. Fiquei muito feliz por saber que a obra é de autoria nacional.

    ResponderExcluir
  13. Eu achei a capa super interessante também gostei da premissa vou pesquisar mais sobre o livro é tão bom saber que os autores brasileiros estão crescendo e conquistando o coração das pessoas.

    ResponderExcluir
  14. Que incrível. Gosto de livros que tenha universo paralelo e personagens distintos entre si. E além disso é nacional! Que honra! Opala parece ser um exemplo das minhas personagens favoritas, além de ter uma garra por seguir em frente apesar de toda a pobreza e pressões, tenta ter sobreviver, gosto de personagens que me inspiram. Além de também passar em período meio "medieval", com reinos e confrontos. E ao intercalar um mundo mais comum facilita a imersão na história! Outro que vou adicionar para a Black Friday 😂💓

    ResponderExcluir