08 junho 2017

Resenhas - Tudo Por Amor



Título: Tudo por Amor
Autor: Judith McNaught
Editora: Grupo Editorial Record / Bertrand Brasil
Páginas: 602
Onde comprar: Saraiva / Amazon

Professora respeitada em sua pequena cidade do Texas, Julie Mathison vive apaixonadamente seus ideais. Criada num lar adotivo, a jovem sente-se determinada a retribuir todo o amor e a bondade recebidos. Nada, nem ninguém, seria capaz de destruir a vida perfeita que havia alcançado. Depois de fugir da prisão, Zachary Benedict, um ex-ator e diretor que teve a vida e a carreira destruídas após ser equivocadamente condenado pela morte da mulher, sequestra Julie e a força a levá-lo a seu esconderijo nas montanhas do Colorado. Nenhum dos dois poderia imaginar que estariam embarcando na viagem de suas vidas...








A garotinha que passava de um lar adotivo a outro encontrou na família Mathison o amor que duvidara nunca ter a oportunidade de sentir. Assim, a jovem astuta que metia-se em problemas para ajudar seus colegas, decidiu mudar quem ela seria a partir dali. Julie prometeu a si mesma e a seus novos pais e irmãos, aqueles que abraçaram-na tão calorosamente e tiveram fé em sua palavra, que ela mereceria seu amor, mudaria para que fosse digna de estar com as pessoas que ela sempre desejou ter em sua vida.

" - Um leopardo não consegue mudar suas manchas, e nem você, Julie Smith [...] Você não vai gerar nada bom, lembre-se do que digo... Você e aqueles moleques são todos farinha do mesmo saco. Eles são como você... Não prestam... Não prestam! Julie cerrou os olhos, tentando se livrar dessas lembranças dolorosas e se concentrar no homem bondoso que a havia adotado."

A professora exemplar, que ao longo dos anos não perdeu o jeito da pequena garota que ajudava seus amigos, era agora a adulta que um dia desejou ser. Deixou seu lado trapaceiro, o envolvimento com roubos e as más companhias no passado daquela que um dia foi rejeitada por diversos lares e pais adotivos, a menina que acreditava ser forte, quando apenas realmente precisava de uma boa dose de amor e afetividade para desabrochar-se como alguém verdadeiramente doce e gentil.

Em um encontro do acaso, durante uma pequena parada inofensiva em uma lanchonete, os destinos de Julie e Zachary se cruzam.

Ele, condenado pela morte de sua esposa, foge da cadeia situada em Amarillo, onde foi enviado para cumprir sua pena de 45 anos. Ela, de 26 anos, que ajuda crianças deficientes e dá aulas para mulheres já adultas que não tinham escolaridade, que prometeu e conseguiu deixar magoas e sua velha personalidade nas lembranças de quem um dia ela foi, cruzou com Zachary. O caos que viria para destruir a pacata vida que Julie Mathison levava, dentro de suas regras autoimpostas que a levaram à "perfeição".

Diferente de seu plano inicial, onde Zachary apenas usaria ela e seu carro como um meio de fuga, ele leva Julie para seu confinamento nas montanhas - onde uma amiga que acreditou em sua inocência cedeu uma casa para que pudesse esconder-se após a fuga. - e lá eles passam a conviver juntos sob a suspeita de sua possível inocência, a pressão da polícia na busca ao foragido e a vitima sequestrada, mas também compartilhando momentos onde passam a descobrir um ao outro.

"Sentindo como se o mundo tivesse subitamente virado de cabeça para baixo, Julie escutou a triste súplica de seu captor como se tivesse sido arrancada do peito de Zack um instante antes de os lábios dele fecharem os dela. E ele disse, num suspiro atormentado: - Eu não matei ninguém, eu juro."






[-Minhas Impressões-]


Um dos romances mais bonitos e bem detalhados que li em um bom tempo. A escrita de Judith McNaught é muito envolvente, fazendo o leitor se sentir parte da história e das emoções vividas pelos personagens.

Apesar de ser um pouco extenso (com 602 páginas e 88 capítulos) a riqueza de detalhes que possui, para quem aprecia um tipo de leitura mais lenta e calma, é ótimo. A leitura é leve e, apesar de lenta, é muito fluída.

Eu, que já prefiro um pouco mais de emoção, me incomodei em alguns pontos. Nada de muita relevância no entanto, pois a forma que foi escrito Tudo Por Amor seria abaixo da média se levada em um ritmo diferente, pois acredito que acabaria por atrapalhar alguns pontos do enredo. Então, logo sem as grandes emoções de alguns outros livros, me vi muito feliz ao ler um que me desprendeu desses rótulos inconscientes que estabeleci.

Nos é dado a chance de conhecer Julie e Zachary desde muito cedo, em suas respectivas infâncias e adolescências. Neste momento da leitura foi o que mais tive a chance de me envolver com os personagens, e é esse um dos motivos que justifico o comentário acima sobre o enredo, porque se esta parte não nos fosse apresentada existiria uma grande lacuna para aproximar o leitor durante os outros acontecimentos no decorrer dos capítulos.

Embora tenha dividido minha opinião inicialmente, pois fiquei meio perdida tentando entender quando vidas tão distintas iriam se unir e o porquê, algumas páginas depois a ideia do que iria se passar mais adiante começou a desenrolar-se e então, o que parecia uma confusão, passou a fazer sentido.

A partir deste ponto a trama foi muito bem construída, o envolvimento dos personagens acontecendo gradativamente, sem nenhuma pressa ou exagero, o que foi realmente perfeito. Há também algumas partes mais emocionantes, outras nem tanto porém, ainda assim, prendem a atenção do leitor (ou ao menos prendeu a minha, que fico atenta em cada pequeno acontecimento rs).

Também temos uma boa quantidade de suspense em volta do verdadeiro culpado pela morte da falecida mulher do astro fugitivo. Fica a apreensão do leitor para inocentar o pobre Zachary, perguntando-se:quem haverá cometido o crime?

Achei importante deixar para vocês a lista dos outros volumes e a ordem da série Segundas Oportunidades, fato que só descobri ao termino da leitura. Vale destacar que a ordem da leitura não altera o entendimento dos livros seguintes, já que não são sequencias de uma mesma história.


Segundas Oportunidades:

- Em Busca do Paraíso #1

- Tudo Por Amor #2

- Sussurros da Noite #3

- O Ar Que Respiras #4


A capa só tenho elogios para dar, pois eu achei linda. A escrita como eu disse é envolvente.
A Editora caprichou na Edição e vale a pena vocês darem uma conferida!

Recomendo a leitura sem dúvida alguma!


PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!




12 comentários:

  1. Oi Emily *--*
    Para tudo! Que espetáculo de capa é essa minha gente! Sério, acho que compraria o livro só por esse arraso, a editora realmente caprichou. Sobre o livro... Bom, por mais que vc tenha ficado confusa no começo, a leitura valeu a pena né. A trama é bem do tipo de livro que eu amo ler, cheia de dramas e emoções. Os personagens cativarem é um ponto super positivo pra mim pois eu creio que nenhum livro possa ser perfeito se não criamos vinculo com os personagens. Legal que tenha outros livros dessa serie, e melhor ainda por serem independes em suas estória.
    Dica mais que anota.
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Emilly!
    A princípio achei que a protagonista iria ter Síndrome de Estocolmo, mas pelo jeito não é bem assim...
    Gosto dos livros que trazem detalhes do passado dos protagonistas, porque podemos entender melhor a dinâmica das aitudes deles no presente.
    E gosto demais de livros descritivos, mesmo que algumas pessoas achem que a leitura seja lenta, não acho, gosto de curtir cada palavrinha descrita.
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Até que gostei bem da historia o casal cada um com uma historia de vida diferente acho legal, e gostei de saber que os outros livros não precisam de ler na ordem eu gosto bastante disso também.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro dela faz muito tempo mas até hoje lembro bem da história. Pra ver como gostei. Esse é bom mesmo.
    Tem um jeito gostoso de ser contado, um romance bonito e os personagens ficam no coração. Os dramas e as coisas que os dois passam e sentem...adorei como a autora conseguiu me envolver com esse livro. É um dos meus favoritos dela *-*

    ResponderExcluir
  5. Nossa preciso conhecer Julie haha já me apaixonei pela história! A capa realmente é muito linda!bjos
    aleituramagica.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Gostei da capa
    quando se fala em livros de romance e comigo mesma pois amo romances a capa me chamou muita atençao pela resenha parece que e otima o livro vi que voce coloca muitos detalhes e gosto muito disso
    preciso conhecer essa protagista

    ResponderExcluir
  7. Eu simplesmente amo esse livro! Foi o primeiro que li da autora, e ela realmente tem uma escrita muito envolvente. A história é muito emocionante, mas em alguns momentos eu quis matar a Julie, especialmente depois da burrada do milênio hahaha
    Agora estou querendo ler os outros livros da série.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Também não gosto muito de leituras lentas e muito detalhistas, mas há autores que nos tiram da nossa zona de conforto, no meu caso é a Judith, ela sempre consegue me arrebatar com os seus romances e me deixar suspirando por dias. Espero poder ler Tudo Por Amor em breve <3

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Gostei muito da capa e parece ser um bom livro, mas acredito que não é para mim porque não gosto muito de livros lentos e não costumo ler romances. Prefiro um livro de fantasia ou terror <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Emilly,
    Ainda não tive o prazer de ler um livro da Judith McNaught, mas não vejo a hora de conhecer à escrita tão elogiada dessa autora, afinal, romance de época é meu gênero literário favorito, e quando vi o lançamento dessa edição maravilhosa de Tudo Por Amor eu surtei, que capa mais linda! Mas ainda morro de desejos pelo livro, ainda não consegui comprar.
    Gostei da trama, parece ser uma história muito envolvente, com uma pitadinha de mistério e uma linda história de superação de ambos os protagonistas. Amo livros assim, onde podemos acompanhar a jornada de crescimento e amadurecimento dos personagens, e a Julie e o Zach pelo jeito tem muito o que superar.
    A editora bem que poderia publicar uma nova edição de Em Busca do Paraíso também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Já li esse livro faz um tempão, e realmente ele é um pouco extenso, mas nada que desestimule a leitura, o enredo tem muitas reviravoltas, trata de perdão, recomeço, suspense e superação, fiquei aflita enquanto não conclui a leitura de Tudo por amor. Eu amo a escrita da Judith McNaught, embora os livros desta série possam ser lidos de forma independente, acho péssimo que eles tenham sido lançados fora da ordem, as editoras brasileiras deveriam (re)lançar mais livros da Juju, pois tudo que ela escreve é lindo, maravilhoso e emocionante.

    ResponderExcluir
  12. Olá !!
    Já li alguns livros da Judith e sei como sua escrita é envolvente !
    Esse parece ser incrível !
    Já anotei para ler !!
    Adorei a resenha♡
    Bjos

    ResponderExcluir