05 junho 2017

Resenha - De Olhos Fechados


Título: De Olhos Fechados
Autor: Tatiane Tálita
Cortesia: Editora Arwen
Skoob / Goodreads
Páginas: 376
Onde comprar: Arwen Books

“Éramos perfeitos juntos e nada poderia nos separar, nossos corações estavam marcados para toda a eternidade”. Manoela Vieira
Quando a jovem e doce advogada recém-formada Manoela Vieira foi para a Conferência de direito penal na Suíça, literalmente esbarrou em seu destino: o infame e enigmático Enzo Barbieri, um homem muito poderoso e cheio de mistérios. Sem conseguir resistir à imensa atração, a jovem Manoela embarca em um romance intenso, arrebatador e quente. Pensando, por alguns instantes, estar vivendo uma história de amor… Mal sabia Manoela que estava caindo em uma armadilha… Mal sabia ela que sempre esteve de olhos fechados…

Do céu ao inferno, Manoela vai descobrir que Monstros não nascem, são criados e que nada é o que parece. Já o infame Capo vai descobrir que no amor não há jogo, que não há espaço para mentiras… e que ele vale mais do que todo o poder.

“O amor é para os fracos e tolos. Com toda certeza, não sou nenhum dos dois”. Enzo Barbieri. 








O livro se inicia com Manoela entrando em um apartamento onde relata que foi muito feliz mas que no momento, é o lugar mais infernal que poderia estar. Vendo o desespero de Manu, Elisa, a melhor amiga de Manoela que a acompanha nessa visita, pede para que ela se abra e lhe conte toda a verdade. É então que o enredo se desenrola. A narrativa é em primeira pessoa e intercalada entre os pontos de vista de Manoela e Enzo.

Manoela Viera, de 22 anos é uma recém formada em direito e está a caminho de uma conceituada conferência em Genebra, Suíça. Superando uma grande perda, ela vê essa imensa oportunidade como uma forma de se reerguer e alcançar todos os planos que já traçou. Não se dando conta do que o destino reserva para sua vida, nessa conferência se depara com seu maior ídolo profissional e jamais imaginaria que o mesmo lhe dispensaria tamanha atenção.

Enzo Barbieri, advogado conceituado, 35 anos, um homem muito badalado, mas que muito pouco se sabe sobre sua vida pessoal e misterioso em todas as nuances da palavra. Ele carrega segredos obscuros que não podem ser revelados, pois é mais do que apenas sobre sua vida; envolve líderes do mundo todo.

A atração entre Enzo e Manoela é inconfundível, o relacionamento entre eles é imediato e o desastre inevitável. A colisão entre duas pessoas tão distintas e de mundos opostos, promete trazer um encontro explosivo e completamente destrutivo. Para ambos os lados, pois quando se apaixona por Manoela, Enzo precisa modificar todos os seus planos que foram, há anos, milimetricamente traçados... E quando alguns dos mistérios de Enzo são desvendados para Manoela, cabe a ela decidir se o melhor caminho é recuar e fugir de um mundo que ela não conhece, ou mergulhar nas águas obscuras se mantendo DE OLHOS FECHADOS...




[ - Minhas Impressões - ] 

Pessoal, é com grande pesar e enorme tristeza que vos digo que essa foi uma das leituras mais difíceis que já realizei. A Manoela é uma personagem que a princípio é a típica mocinha ingênua, nova, que não conhece os "horrores desse mundo mal" e que se entrega de bandeja para o "todo poderoso".

Sou leitora voraz de romance... seja ele de época, YA, New Adult, Hot ou presente em qualquer outro gênero (às vezes leio um gênero diferente apenas por causa de um romance que possa fazer parte do enredo), então para um romance não me conquistar é difícil e infelizmente esse livro foi uma dessas exceções.

Vamos aos porquês:

A Manoela diz que é confiante, mas fica insegura e chora 90% do livro. Para uma mulher que se formou em advocacia e que quer ser uma advogada renomada, ela não tem a postura que a proposta pede. As atitudes que ela toma no relacionamento com Enzo são muito imaturas e infantis! Ela chora o tempo todo, corre em cada obstáculo que aparece, volta correndo para os braços do Enzo quando ele estala os dedos, não tem postura/firmeza e se diminui para todos que se põem em seu caminho.

Sobre o Enzo, senti falta de imponência e postura. A personalidade proposta é de um homem poderoso, um mafioso por assim dizer e ele não alcança esse nível. Alguns dos seus segredos não são tão obscuros como somos induzidos a pensar. Suas atitudes não condizem com um homem na idade de 35 anos e na posição profissional que ele possui. Senti falta daquela força que emana dos poderosos empresários que já é habitual. Sobre a narrativa, senti falta de proximidade com os sentimentos do personagem, senti como se estivessem contando sobre a vida do Enzo, porém em primeira pessoa. Não houve muita conexão comigo.

O que mais me incomodou na leitura foi o modo como o relacionamento de Enzo e Manoela se desenrolou. Como disse, sou aficionada em romance e o que é desenvolvido entre eles foi tipo assim: PAH PUM KAPAW! Eles se "conhecem" nessa conferência na Suíça, sentem atração um pelo outro de imediato, começam então a se relacionar e acaba ficando naquele vai e vem sabe? Só lendo mesmo para vocês entenderem o que eu estou dizendo.

Quanto aos personagens secundários que não tem relevância. Os mais citados e que aparecem com certa frequência são Elisa, melhor amiga da Manoela, que só aparece em diálogos com a mesma, Bárbara, esposa de conveniência do Enzo, Marcelo, irmão de Bárbara e rival de Enzo, e José, braço direito de Enzo. Esses três últimos, assim como Elisa, só entram na história através dos diálogos que mantém com Enzo (uma ou duas vezes que o diálogo foi com a Manoela), ou quando Enzo tem algum pensamento a respeito desses tais personagens.

Sobre a edição, li o ebook e preciso dizer que encontrei muitos, mas muitos erros mesmo. Por várias vezes precisei voltar na leitura para entender sobre o que se tratava. Foram erros de grafia e de revisão. Chegou ao ponto ser incômodo. Agora, sobre a estética, gostei bastante da capa e a página que antecede os capítulos. A capa como podem ver é instigante, apesar de eu não achar condizente com o enredo. E a página que antecede os capítulos traz balas disparadas, acho que para retratar a vida criminosa de Enzo.

Um dos pontos positivos é a criatividade da autora com o tema do romance, pois temos um mocinho que é vilão e suas atividades envolvem corrupção, tráfico e máfia. Não é aquele clichê que estamos acostumados de empresário-bilionário-que-se-apaixona-pela-mocinha. Aqui, o Enzo tem um passado caótico, mas não se arrepende do caminho que trilhou ou do homem que se tornou.

Um dos pontos surpreendentes do livro, foi o segredo revelado. A leitura para mim foi muito arrastada, lenta e muito mais do mesmo, porém eu não "peguei" qual era o segredo chave que o Enzo tinha como sua carta na manga, o centro de toda a discórdia. Me surpreendi bastante com a revelação e achei inovador. Cheguei ao final já sem expectativas, mas superou o que eu esperava.

Essa foi a estreia da autora e espero de coração aberto que haja uma grande evolução dos personagens nos próximos volumes, pois a temática é muito promissora e garanto que com certos ajustes, a história possa elevar seu nível.

Bom, essa foi a impressão que tive lendo o livro e talvez nesse momento não tenha sido proveitosa, mas essa foi uma leitura que não me agradou. Entretanto opiniões divergem e quem sabe vocês possam apreciar melhor do que eu...



PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!



20 comentários:

  1. Olá!
    Fiquei bastante intrigada com a sua resenha. Já vi resenhas super positivas desse livro, mas suas críticas me pareceram bem plausíveis e sinceras. Nunca tive a vontade de ler, mas agora a vontade diminuiu ainda mais kkkkkk
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Me sinto triste quando tenho que avaliar um livro que não me agradou. Esse tinha tudo pra ser ótimo, mas não conseguiu, infelizmente.
      Talvez valha a pena a leitura para tirar suas próprias conclusões... ;-)

      Excluir
  2. Olá
    Sou bem daquelas que quando vê um livro com classificação tão baixa fica completamente morta de vontade de ler só pra conferir se é ruim mesmo. Aconteceu isso comigo em Academia de Vampiros e acredita que adorei a estória?
    Esse você levantou alguns pontos que creio que também me desagradariam, mas quem sabe goste ♥
    Lerei com certeza hahah
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Sou do time que lê até o fim, mesmo que todo mundo diga que é ruim, só para poder criticar com propriedade. Não gosto de opinar sem conhecer primeiro. Leia e me conte sua opinião... :-)

      Excluir
  3. Bem, pelas coisas que falou não sei se iria gostar muito. Achei a premissa até legal, mas confesso que não me chamou muita atenção. A menina parece meio birrenta heim? Chorar o tempo todo, aí depende do que estou achando do livro e de como é a personagem. Mas pra uma advogada? E essa falta de postura que falou? Hum....sei lá. Achei meio estranho....mas nem é por isso que me desanimou muito. É pelas coisas do relacionamento desses dois. Ahh gente...sei lá, mas não me parece que iria gostar se for tudo isso que disse aí. Tem seus pontos positivos, mas não acho que leria facilmente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Teve várias contradições e foi o que mais me desanimou. Relacionamentos io-io nem é o problema pra mim, o que mais me irrita é a reconciliação sem noção...
      Mas quando ler, me conte o que achou!

      Excluir
  4. Nunca ouvi falar desse livro rsrsrs!
    A sinopse é interessante, mas ai vc falou que não era tão bom assim!
    Gosto muito de romance e de drama, porém quando é bem construído.
    Se a autora narra que a personagem é uma coisa e quando lemos ela é outra, é pq a trama não deve ser muito boa! Fiquei intrigada!
    Mas tenho muitos livros para ler, então passarei esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A premissa é muito boa, mas o enredo não cumpre o propósito. Faltou um bom desenvolvimento na estória, sabe. Mas enfim...

      Excluir
  5. Menina! Me identifiquei muito contigo, também sou fã de romance de qualquer espécie, se tem um casalzinho com chances de ficarem juntos no final, já tenho vontade de ler <3
    Sobre o livro, é a primeira resenha que leio dele, é uma pena que você não tenha gostado, mas acontece né? Mesmo assim talvez eu dê uma chance, só temos certeza se um livro vai funcionar pra gente lendo, e eu achei linda essa capa, assim como a ideia desse mocinho "vilão"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, leia e tire suas próprias conclusões.
      A sinopse e a capa foram os principais motivos para eu querer ler, elas são ótimas. Agora fico esperando a continuação e torcendo para que o enredo esteja melhor...
      Bjs!

      Excluir
  6. Jéssica!
    Como você sou leitora voraz de todos os tipos de romance e quando um não me conquista, é raridade.
    Gostei do plot onde o protagonista é ao mesmo tempo vilão, mas esse lance dela chorar na maior parte do livro, é tão deprimente, não suporto protagonista que se faz de frágil e tem muito mimimi...
    Sei não se vou ler.
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha
      Isso mesmo Rudy! Não suporto essas lágrimas todas... É até compreensível quando se tem um motivo forte por trás, mas no caso aqui, não é o que acontece.
      Um mocinho vilão abala minhas estruturas, viu... e por mais que a leitura me frustrou, o Enzo teve seus bons momentos.
      Bjs!

      Excluir
  7. Eu não conhecia esse livro, mas confesso que não fiquei com muita vontade de ler ele. Pelo jeito os protagonistas não são bem construídos, e nem o relacionamento deles. E não gostei de saber que os poucos personagens secundários nem tem relevância pra história. Acho que eu não iria gostar muito do livro :(

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... É frustrante quando nos deparamos com leituras assim. Mas acontece e bola pra frente!

      Excluir
  8. Também sou leitora voraz de romance Jéssica mas esse livro ai é dispensável, não fiquei com interesse de ler, pelo menos não de imediato.
    Fiquei bem incomodada com esses protagonistas, a mocinha indefesa e cheia de mimimi, uma personalidade que não condiz com a carreira que ela escolheu. E o Enzo... sei lá, não bateu meu santo com ele, a única coisa que me deixou curiosa foi o mistérios que envolve o personagem.
    Que pena que esse romance não foi bem conduzido, o enredo tinha muito potencial.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como tinha potencial, Micheli! Acho que minha frustração maior foi por isso, li esperando de mais da estória e não chegou perto do prometido. E posso garantir que é raro um romance (principalmente) não me agradar...
      Bjs!

      Excluir
  9. Olá! Apesar de adorar romances que tenham segredos em seu enredo, sua resenha me deixou bem desconfiada a conferir ou não este, pelo visto Manoela é uma personagem fraca e isso me desagrada muito, e Enzo o típico personagem que eu não sei se odiarei ou amarei. Bem acho que não o leria hoje, mas vou deixa-lo na minha lista, pois quem sabe em outro momento eu possa lê-lo e descobrir esses mistérios e saber esse final que, apesar de tudo, superou suas expectativas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Quando ler, me conte o que achou!
      Tive problemas sérios com esses personagens. O mais incrível foi a capacidade do segredo me agradar, pois achei que seria algo bem fútil. Tinha tudo para ser um livro excelente...

      Excluir
  10. Olá !!
    Ao ler a sinopse fiquei bastante confiante que seria um livro bom ...
    Sou como você, leio qualquer tipo de romance. Acho que não iria conseguir terminar a leitura por causa dos choros em excesso da personagem (isso me irrita)).
    Mas quem sabe no próximo livro a autora não amadureça mais os personagens ?!

    Bjos♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torcendo por isso, viu!
      Quero tanto que o enredo seja mais desenvolvido e bem trabalhado... merece!
      Bjs!!!

      Excluir