25 junho 2017

Resenha: A conquista



Título: A Conquista #4 ~ Amores Improváveis
Autor: Elle Kennedy
Cortesia: Cia das Letras / Paralela
Skoob / Goodreads
Páginas: 159
Onde comprar: Saraiva / Amazon

De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.









Este é o quarto livro da série Amores Improváveis. Cada livro é independente, apesar dos personagens serem amigos. Se você não leu os primeiros livros, não tem problema. Caso tenha interesse em ler resenhas dos volumes anteriores, se encontram aqui:


Nesse último volume, estamos de volta à Universidade de Briar, dessa vez, através do ponto de vista de John Tucker, o mais reservado dos quatro amigos que moram juntos - Garrett, Logan e Dean. Tucker é tranquilo, não é mulherengo, pretende terminar a faculdade e voltar para sua cidade natal, onde mora sua mãe e espera construir um futuro bem familiar.

Após um tempo sem se envolver com ninguém, ele sai com Dean, sem estar com muita vontade e resolve se deixar levar. No barzinho, ele avista Sabrina, arqui-inimiga do Dean, e considera a possibilidade de poder ter algo com ela. Nada sério, claro. Só uma noite de sexo sem compromisso, já que seu amigo era enfático no tanto que a garota era insuportável.

Sabrina James é uma mulher estudiosa e tem uma vida planejada. Ela se dedica o máximo que pode à faculdade e almeja um futuro brilhante na área de direito. Ela mora com o padrasto e a avó, em uma situação nada agradável, e luta com todas as forças para mudar sua realidade. Seu desentendimento com Dean se dá a partir disso, ele é um cara que pode tudo, não precisa de nada financeiramente e ainda jogou sujo nos estudos em uma situação passada.

Ela quer distância de problemas e de relacionamentos. Suas amigas acreditam que ela precisa relaxar e curtir uma noite sem se preocupar com o futuro. Bem, relacionamento sério está longe de seu uma prioridade, já que tiraria o foco dos estudos, então, que mal teria sair com alguém por uma noite?



[ - Minhas Impressões - ]


Esse último livro da série Amores Improváveis, fecha a história dos quatro amigos de forma cativante.

Tucker é, de longe, o mais sensato do grupo e, dessa forma, seu relacionamento com alguma garota não seria diferente. Após a noite picante que ele tem com a Sabrina, as coisas tomam uma proporção muito maior do que eles imaginavam e ambos precisam repensar o que queriam para o futuro. Um personagem carismático, responsável, maduro... entre outras palavras, muito gracinha! Derrete corações de garotas desavisadas tranquilamente.

Sabrina não á nada do que imaginamos nos livros anteriores. Seus problemas com Dean fazem com que os leitores criem uma imagem da personagem, bem diferente do que ela é na realidade. Determinada, firme, decidida; não foge de suas responsabilidades e encara de frente os obstáculos que a vida lhe impõe. Ela leva um tempo para aceitar sua nova realidade, mas tudo se encaixa e funciona de forma perfeita.

Os personagens secundários são nossos queridos já conhecidos nos livros anteriores, e os familiares da Sabrina e do Tucker. A família dela é meio difícil de engolir, um padrasto abusivo - literalmente - e uma avó omissa. Sorte que isso muda no decorrer da história. Já a mãe de Tucker é a imagem cuspida de toda mãe com um filho único: bem presente. Perto da família da Sabrina, ela é um problema bem minúsculo.

A apresentação segue o padrão dos volumes anteriores, com fonte confortável, páginas amareladas, e diagramação simples. A capa é diferenciada em terras tupiniquins. Sério, porque insistem em mudar as capas originais? Não que as novas sejam ruins, mas sinto falta da escolha original do autor nesse quesito.

Quanto ao enredo no geral, é um pouco previsível e bem clichê. Tirando isso, o livro faz o que se propõe, envolve o leitor com sua escrita leve e divertida. Irreverente desde o primeiro livro, sem se esquecer das dificuldades de cada personagem, Elle Kennedy finaliza essa série com chave de ouro.

Indico para quem adora um bom romance contemporâneo.Se ainda não leu, está esperando o que para se jogar nessa turma?





10 comentários:

  1. Eu amo essa série! E estou super ansiosa pelo livro do Tucker exatamente por ele ser o mais diferente dos amigos. Também quero muito conhecer a Sabrina, ela parece ser uma personagem bem forte. O relacionamento deles, realmente parece ser bem diferente dos outros personagens dos outros livros, mas acho que vou gostar disso. O livro parece clichê mesmo, mas é uma história super gostosa de ler :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Essa série da autora parece ser muito boa de ler. Fiquei surpresa por serem só esses livros, tinha achado que seriam ao menos uns 5 ou 6...
    Mas deve valer a pena ler. Mesmo que possa ter uma história clichê ainda acho legal porque pelo que vi cada história tem um drama, uma coisa com os personagens e que deixa tudo de um jeito mais real. Sei lá, achei bacana por ver a superação dessas coisas quando conhecem o amor, como a amizade é presente nas histórias e etc. É sempre interessante. Poder rever outros casais ao longos das tramas também é bom.
    Gostaria de ler alguma hora.

    ResponderExcluir
  3. Hey ^^
    Eu aprecio muito a escrita da Elle e dessa série já li os dois primeiros livros e super recomendo!!
    Como você disse os livros são bem clichês com romance áqua com açúcar. .
    Quero muito casa continuar lendo a série porque é apaixonante !!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Heloísa!
    O que mais gostei de saber é que o protagonista Tucker não é nenhum badboy, ao contrário, é consciente e tenta se moldar a nova situação, após passar uma noite com Sabrina que também não é nada do que demonstrava nos livros anteriores.
    Bom ver uma série terminar em grande estilo.
    Desejo uma ótima semana!
    “O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Helo *--*
    Adorooooo essa serie. Ela é tão envolvente e maravilhosa que os personagens parecem nossos amigos. Até agora, meu favorito foi O acordo, mas não li A conquista ainda, e creio que vou gostar. To surpresa por vc falar que a Sabrina é assim, não estava esperando muita coisa sobre ela, principalmente por conta do Dean. Masss agora minhas expectativas subiram nivéis altissimos.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li os livros anteriores mas é uma série que eu quero ler ainda esse ano, esse ultimo livro me agradou mais do que os outros também, tenho o primeiro livro e não vejo a hora de começar minhas leituras.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Nunca li os livros anteriores e não sei se lerei. Não curto muito romances, e saber que esse é previsível e clichê me desanima bastante. Fora que eu tenho forte tendência em começar uma saga e não terminar hahaha
    Mas quem sabe no futuro né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá! Gostei muito deste livro, Sabrina é provavelmente a heroína mais complexa dessa série, pelos anteriores temos uma imagem bem diferente do que ela realmente é, isso não quer dizer que ela é minha heroína favorita, mas certamente entendi e gostei dela mais neste livro do que as anteriores, Tucker acabou por ser perfeito para ela, sexy como o inferno, doce, responsável, engraçado, solidário, inteligente, pensativo e muito mais, foi incrível, assim como eu sabia que ele seria, realmente foi um ótimo desfecho para essa série, que mesmo clichê é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Heloisa. Eu li apenas o primeiro livro da série, mas a escrita (ou seria a tradução?) me incomodou muito pela quantidade de termos baixos... Mas com a resenha deste livro, fiquei com vontade de dar outra chance a esta série, pelo fato de Tucker ser um personagem mais centrado e menos baderneiro, hehe.
    Abraços.
    https://letrasmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Heloisa,
    Estou namorando a série Amores Improváveis há tempos! São tantos comentários elogiando esses romances que a cada nova resenha que leio fico ainda mais ansiosa para ler essas histórias envolventes. Adoro livros desse gênero e esses pelo jeito são apaixonantes e divertidos na medida certa.
    Morro de desejos pela série, quero ler o quanto antes.
    Beijos

    ResponderExcluir