09 junho 2017

Resenha - Como Se Fosse Magia



Título: Como Se Fosse Magia
Autora: Bianca Briones
Editora: Gutenberg
Skoob / Goodreads
Páginas: 208
Onde comprar: Saraiva 

Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer.
Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas.
O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.
Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela.
O que isso quer dizer?
Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.







Um romance moderno que nos leva ao limite entre a realidade e da ficção. Briones criou uma história cativante, mágico e com inúmeras lições. Acima de tudo mostra a importância de sermos aceitos e de sermos amados.


"Ás vezes, tudo que uma escritora quer é poder se esquecer de todas as suas histórias e mergulhar no universo criado por outro alguém." (Pág 15)

Eva é uma autora , best-seller mundial, que está há um ano sem publicar, pois não consegue se conectar com seus personagens. Ela não é uma pessoa comum, porque ela tem o dom de conseguir visualizar e até mesmo conversar com seus personagens que lhe contam suas histórias para que ela possa então transcrever transformar tudo em livros. Esse dom , já causou muitos problemas para Eva que na adolescência teve que passar por diversos procedimentos em uma clínica que seus pais a internaram por achar que ela era louca, depois disso teve que se adaptar e ir viver sozinha, pois ninguém entendia essa peculiaridade dela e sempre a rejeitavam por ela ser um tanto quanto diferente.

Em meio a toda essa solidão, ela encontra alguém que sabe muito bem o que é ser rejeitado: Thiago. Ele foi desprezado pelo pai quando assumiu sua homo afetividade e sempre sofreu muito por isso, e então, quando conheceu Eva, uma linda amizade nasceu e principalmente amor e cumplicidade.

E o mais legal é que Thiago abre uma agência apenas para ser o agente de Eva (que amigo não?).

Apesar do grande incentivo do seu amigo e agente , ela não está conseguindo concluir o último livro de uma de suas séries e por isso está fazendo de tudo para conseguir sua conexão novamente com os personagens para que possa terminar o livro e então entregá-lo antes que o prazo acabe.

Em uma dessas tentativas , Eva encontra um homem caído no meio da rua, próximo ao café que ela frequenta para ter inspiração, e então, socorre o rapaz e o leva para sua casa a afim de levá-lo para o hospital, mas ao chegar em casa Eva não acredita que aquele homem tem as mesmas características que Enzo, o personagem principal que faz parte da série que ela está tentando concluir! Ela acha isso completamente impossível, porém muitas reviravoltas irão acontecer, leiam, pois vocês não irão se arrepender!



[ - Minhas Impressões -]

Esse é o primeiro livro da Bianca Briones, conhecida pela série "Batidas Perdidas" , que leio (que é coincidentemente o primeiro chick-lit da autora) e começo dizendo que foi uma leitura super agradável e até mesmo surpreendente. No início pensei que seria uma história bem boba e simples, mas logo o enredo ganhou força e me conquistou.

Como Se Fosse Magia, é um romance que trabalha temas muitos importantes , nos fazendo refletir sobre muitos aspectos da vida social.

Eva era uma pessoa desprezada por ser diferente, e isso nos remete aos diversos indivíduos que também são colocados de lado por serem diferentes de nós, ou seja, pelo modo de ser e pensar e também pela condição social ou orientação sexual.

Isso ainda é algo muito forte em nossa sociedade e que precisa mudar com urgência. Tudo que as pessoas querem é serem aceitas por ser do jeito que são e serem amadas e respeitadas, pois isso não é nenhum crime e muito menos um pecado!  É simplesmente aceitar o DIFERENTE e não concordar, mas sim receber e abraçar sem querer forçar o outro a aceitar sua visão de "normal".

Quando Eva encontra Thiago e eles se tornam amigos, nós vemos o valor que uma amizade verdadeira e sincera tem. Abrir mão da sua dor para compartilhar a dor do outro não é algo fácil, mas é algo que amigos de verdade fazem.

Tendo essa amizade como prova, nos mostra que nem sempre o amor é somente entre um casal que se relaciona afetivamente, mas também tem o AMAR na amizade que é uma forma grandiosa e especial, pois quem tem amigos de verdade sabe e irá concordar comigo, seja nos bons e nos mals momentos.

Thiago e Eva nos provam que para sobrevivermos nessa selva de pedra e de egocentrismo, precisamos de amizades que nos impulsione a prosseguir mesmo diante das dificuldades que surgem em nossos caminhos, porque nós sabemos que a vida é cheia de coisas improváveis, e às vezes, um desses improváveis é aquele que você tanto busca.

Bianca Briones nos mostra em sua narrativa que quando uma coisa tem que acontecer, o universo gira, planetas colidem e as coisas acontecem quando você menos espera.

Uma coisa que gostei bastante é que a autora deixa para que nós possamos decidir se é ou não é MAGIA, pois no desfecho acontece algo que nos deixa muito emocionados (pelo menos eu fiquei ) e que beira a fantasia sem dúvidas, pois ao mesmo tempo pode ser mágico ou realidade que é muito bacana.

Sabe aquele momento da vida que alguma coisa que não poderia acontecer, acontece de repente e a gente não acredita? É assim que acontece na obra Como Se Fosse Magia, mas é os acontecimentos que surgem na vida e no mundo REAL!

O livro está graficamente muito lindo. A capa diz muito sobre a trama (inclusive os gatos que eu amei) e os capítulos tem trechos de músicas muito legais. Inclusive até chorei no último capítulo, pois tem o trecho de uma música que eu adoro.

Com uma narrativa fluída e bem escrita, a obra de Bianca Briones é um chick-lit contemporâneo sobre amor , aceitação e amizade. Com mistérios e uma trama envolvente que faz com que o leitor sorria e se emocione de uma forma única do início ao fim!



PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!




20 comentários:

  1. Oi Italo, é novo por aqui?
    Menino morro de vontade de ler esse livro. Quando lançou fiquei muito curiosa por ser algo bem diferente do que a Bianca já trouxe. Mas ai o tempo foi passando e meio que m esqueci do livro, sou dessas kkkkk
    Mas então, adorei que o livro tenha sido tão bom pra ti, e agora já quero lê-lo novamente, to curiosa pra saber se é ou não magina que move a estória, mesmo a autora tendo deixado em aberto não custa o leitor acreditar nisso né.
    Enfim, adorei, adorei, adorei. Já quero na minha estante ♥
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa que me desanima nesse tipo de livro é que quase sempre acabo achando a trama boba e muito "li por ler". Quando vi esse pela primeira vez achei interessante a história girar em torno de uma autora e esse mistério do personagem. Mas fiquei com meus receios...
    Depois de ver algumas coisas dele até animei mais pra ler. O livro parece ter algo de interessante, que deixa um tom meio único e uma história não tão simples como imaginei a principio.
    O que achei mais legal nesse livro é esse tom de magia. Pelo jeito deixa a gente confuso sem saber se era uma coisa mágica mesmo ou não. Achei isso legal.
    Penso que gostaria de ler alguma hora.

    ResponderExcluir
  3. Que história linda! Amei a resenha e já amei a Eva rs. Mais um pra minha lista de livros maravilhosos.
    aleituramagica.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Italo!
    Concordo plenamente com o pensamento da autora: quando algo tem de acontecer, todo Universo conspira a favor.
    Gosto demais de chick-lit e saber que é o primeiro livro no estilo da Bianca me deixou curiosa.
    Mostra também o quanto é importante o amor, seja na amizade ou em relacionamentos pessoais.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “É preciso já ser sábio para amar a sabedoria.” (Friedrich Schiller)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adorei essa jogada da autora, de ser perto da magia mais realidade também e deixar o leitor decidir. É muito bom quando a capa tem tudo a ver com a trama, e esta linda. Dica anotada. Beijos'

    ResponderExcluir
  6. Bom sou nova qui mais ja queria dizer que mei sua resenha
    Nunca tinha ouvido falar deste livro confesso que e a primeira fez que vi mais ja achei um pouco interessante gostei pois e um romance e gosto muito de romance
    Quando vi a sinopse ja me chamou atencao

    ResponderExcluir
  7. Bom sou nova qui mais ja queria dizer que mei sua resenha
    Nunca tinha ouvido falar deste livro confesso que e a primeira fez que vi mais ja achei um pouco interessante gostei pois e um romance e gosto muito de romance
    Quando vi a sinopse ja me chamou atencao

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem??

    Nossa que resenha mais bem escrita! Adorei.

    Eu li o primeiro livro da Bianca Briones, As Batidas Perdidas do coração e gostei muito e chorei horrores, mas a série cresceu e eu terminei me desanimando em continuar a leitura, mas este livro vem frequentando há bastante tempo os meus pensamentos, então tenho um vontade imensa de conferir a leitura e fugir completamente de minha zona de conforto. Adorei!!! Xero!

    ResponderExcluir
  9. Eu já li As Batidas Perdidas do Coração, e gostei muito da escrita da autora. Mas confesso que não tinha vontade de ler esse livro justamente por achar que essa história seria um pouco boba, mas gostei de saber que o enredo te conquistou. Fiquei com vontade de conhecer melhor a história, e acho que vou dar uma chance a esse livro, e espero gostar também :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Mesmo não conhecendo a nenhum livro da autora afirmo que esse eu vou querer conhecer, a protagonista conquista o leitor com seu jeito único de ser e autora realmente me cativou de todas as formas.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei muito da premissa e a capa é muito fofa!
    Fiquei feliz com seus comentários, parece ser um livro leve e bem gostoso de ler <3
    Espero ter a oportunidade de ler em breve (:
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Italo!
    Ainda não li esse livro, mas queria, pois conheci a autora na Bienal e não comprei. A premissa dessa trama é muito interessante, principalmente, por ser uma autora a protagonista. Quero saber o que aconteceu que te deixou emocionado e se eu também ficarei.
    Tudo nessa trama parece convencer e sou grata por sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Já namorei esse livro pq depois que li os livros Laura Conrrado e Kinsella me descobri gostando de chick-lit rs
    Amei sua resenha e é óbvio que vou procurar em e-book para ler. Obrigada pela dica. Bjs

    ResponderExcluir
  14. Amo a série As Batidas Perdidas do Coração!! Quero muito ler esse também, agora mais ainda depois da resenha <3
    Gosto de livros que trazem esse toque de magia. Um dos meus motivos para ler é ter esperança, acreditar que sempre vai haver uma saída e o universo sempre vai conspirar para um final feliz.

    ResponderExcluir
  15. Olaaa
    A saga das batidas perdidas sem duvida é uma das minhas favoritas. Eu quero muito ler essa obra e sua resenha só me motivou mais ainda.
    Belas fotos
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Não conheço a escrita da autora, mas quero muito ler suas obras.
    Gostei muito da resenha, e espero ler em breve.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  17. Olá! A história parece ser encantadora, além de ter amado essa capa fiquei empolgada ao saber que mesmo tendo um enredo que pode parece ser clichê, tem uma narrativa envolvente que supera o que o leitor espera dele com personagens tão cativantes quanto a Eva e o Enzo.

    ResponderExcluir
  18. Olá !!
    Conheço a autora do livro As Batidas Perdidas do Coração ♡♡(super recomendo ))
    Sei que autora envolve o leitor com o livro e mexe com suas emoções !!
    Não conhecia esse mas já vou anota-lo para ler ..

    Bjos

    ResponderExcluir
  19. Oi Italo,
    Quero muito ler a série As Batidas Perdidas do Coração, só vejo elogios desses livros e como amo histórias intensas não posso deixar essas leituras passarem.
    Adoro chick-lit, não é meu gênero preferido mas sempre quando estou buscando uma leitura mais leve e fluida esse gênero é uma boa pedida.
    Gostei da história desse livro, pelo jeito é uma trama envolvente e reflexiva, e que traz lições valiosas sobre a importância das amizades verdadeiras e sinceras. Amo livros que abordam em suas histórias de uma forma singela e pura temas tão importantes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Adoro a Bianca Briones, mas ainda não tive a oportunidade de ler esse livro. Ele me chamou muito a atenção por ter uma proposta bem diferente do que a autora costuma fazer. Quero ler assim que possível.
    Bjs!

    ResponderExcluir