13 janeiro 2017

Resenha - DangeRock




Eve McGannon lidera a banda DangeRock desde adolescente. Sua voz atrai multidões como um ímã, da mesma forma que sua timidez a impede de confessar seu amor eterno por Brandon Conwell, o guitarrista e amigo de infância que sempre esteve ao seu lado, mas sem nunca percebê-la como mulher. Quando a banda recebe uma proposta irrecusável, o grupo unido se vê imerso em um turbilhão de sucesso absoluto e suas complicações. Isso inclui um astro musical que desperta um poderoso sentimento de ciúmes em Brandon, ao mesmo tempo em que tenta fazer Eve abandonar suas desilusões e ir em busca de novos sonhos. Eles aprenderão que o coração comanda todos os atos dentro e fora do palco. Basta apenas que sigam os sentimentos através das melodias que eles mesmos entoam.


Título: DangeRock
288 páginas | Skoob | Cortesia: Autora | Onde Comprar











Eve é uma garota adolescente apaixonada por seu melhor amigo Brandon. além de esconder a paixão há um bom tempo, ela também precisa testemunhar as diversas conquistas do amigo, já que, por escolher não revelar seu sentimento, ela fica de lado vendo-o com outras garotas. Melhores amigos, vizinhos e colegas de banda, eles passam a adolescência estudando na mesma escola e acabam fazendo com que a DangeRock (nome da banda) fique reconhecida na região.

Alguns anos depois, encontramos Eve em uma nova fase, um pouco mais madura, com a banda em ascensão. A jovem é líder de uma banda de rock que ainda conta com os mesmos integrantes lá da época da escola, o que inclui sua paixão de longa data, Brandon. No cenário em que se encontram, ela continua vendo o amigo em situações constrangedoras, até chegar um certo dia que ela se cansa e resolve viver.

O fato é, apesar de ser a vocalista da banda, posar com uma atitude poderosa, irreverente e personificar a roqueira, a personagem é na verdade uma santa. Ela não participa das festinhas dos amigos e passa esse tempo todo sem ter um relacionamento, esperando que um dia Brandon a note como algo mais do que uma amiga. Por ela ter se cansado de agir assim, resolve mudar de atitude e aproveitar o que a vida tem a lhe oferecer.

Nesse momento, surge uma oportunidade imperdível para a banda com um roqueiro famoso e lindo. Seus amigos começam a estranhar sua atitude e Brandon se incomoda com o novo jeito de Eve. Junte a isso o roqueiro bonitão e já imagine o que pode acontecer...



[ - Minhas Impressões - ]


O livro se trata de um romance contemporâneo com uma pegada hot. Não confunda hot com erótico, porque não é esse o caso. O livro é escrito em primeira pessoa e contado pelo ponto de vista de alguns personagens, se concentrando, na maior parte, na perspectiva da Eve.

A primeira vez que vi esse livro foi pelo Instagram e fiquei doida para conhecer melhor a história. Tenho meus motivos: gosto muito de rock e tudo o que faz referência ao estilo, o que inclui livros de romance com bandas de rock ou com enredo no meio musical. Com isso você já entende que eu li pelo menos alguns livros nesse estilo... não só livros... séries de livros... tá bom, não vou mentir, leio tudo o que consigo colocar as mãos que envolvem bandas de rock. Por isso, acho que tenho um pouquinho de conhecimento para falar sobre eles.... risos.

A personagem Eve me cativou no início da história, quando ainda era adolescente e sofria com seus hormônios direcionados ao seu melhor amigo. A parte da adolescência é bem curtinha, então logo conhecemos a nova Eve, que ainda não mudou. Em dado momento isso me decepcionou um pouco na personagem, eu esperava que ela, por fazer parte da ambientação no mundo do rock, tivesse pelo menos aproveitado um pouco. Não que ela precisava se perder e sair por aí pegando todo mundo, mas teria sido melhor se a personagem tivesse, ao menos, se envolvido com alguém diferente. Ainda bem que ela resolveu mudar de atitude. Isso salvou o enredo do livro.

O personagem Brandon é o típico amigo desligado, que tem uma amiga linda e fofa, mas que não abre o olho até que aparece alguém para pescar no seu riacho. Isso também foi um fator que me incomodou um pouco, bastou aparecer alguém para ele, que nunca olhou duas vezes para a amiga, ficar possessivo. Ele é o guitarrista da banda, lindo e o mais pegador. Me diverti com seus capítulos e gostei de ver o crescimento do personagem durante a trama.

Outros personagens aparecem e ganham destaque, como é o caso de Mitch, o roqueiro famoso e bonitão. Ele é mais velho, com carreira sólida e faz um papel bem interessante, o qual não vou detalhar para não perder a graça. Os outros integrantes da banda também são legais e poderiam ter sido até mais trabalhados.

A capa me agradou muito e foi a primeira coisa que me chamou a atenção. A diagramação está bem feita, com vários desenhos característicos e pertinentes ao enredo (caveiras, coturnos, instrumentos). O livro possui páginas amareladas e não é pesado. O tamanho da letra está ótimo e espaçamento confortável para a leitura. A história consegue te envolver e apresenta uma escrita de leitura fácil e rápida.

Indico para quem gosta de romance contemporâneo, com uma pegada musical.


26 comentários:

  1. Olá
    Primeiramente, se tem uma coisa que eu confundo é Hot com Erótico kkjk, não sei muito bem a diferença. Eu já conhecia essa obra de algumas outras resenhas que eu já conferi,e não tenho muita curiosidade em ler não, pois não foi algo que me fascinou. Acho a capa bem bacana. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Quero ler! Também sou fã das histórias envolvendo música e consigo me imaginar lendo e gritando pra esse cara abrir o olho logo e ver que a garota estava afim dele haha adorei a capa, achei bastante diferente e chamativa, espero poder conferir logo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Heloisa,
    não conhecia o livro, mas achei o enredo interessante, fico feliz que os personagens tenham evoluído e quando a mudança súbita de comportamento amigo, é previsível, nesse gênero sempre encontramos esse tipo de clichê, já nem me surpreendo mais, o duro é quando o cara que vem pescar no lago também é interessante e planta no nosso coração aquela de dúvida de por quem torcer.

    http://www.nossomundoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro história que envolve música, mas esse lado meio hot me deixa um pouco com o pé atrás, o livro me chamou atenção, mas acho que vou esperar e amadurecer a ideia.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Já estou adicionando esse livro na minha lista de desejados, amei a sua resenha e como você curti bastante a capa e agora que percebi que se trata de um livro nacional e não internacional, então fiquei mais interessa ainda nele! =D
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Duas coisas me chamam muito a atenção neste enredo: o romance e o pano d efundo musical, sem falar que é um amor que nasce da amizade e eu valorizo demais isso. Quero muito ler o mais rápido possível. Adorei a dica.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie!!
    Não sou muito fã de romances, mas gosto quando envolvem bandas de rock ou coisas do tipo...
    A capa é bem bonita, espero ter a oportunidade de ler...
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Helô
    Gostei muito de conhecer suas impressões sobre esse livro. Como você sabe, não curto muito livros hot, mas acho que daria uma chance para essa obra.
    Gosto dessa ideia de um amigo desligado, pois já vi vários amigos assim que não se tocam, sabe? E isso acho qeue me fará rir bastante.
    Também achei a capa muito bonita.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Me pareceu bem interessante a história do livro. Não conhecia obra e vai entrar pra minha lista. Essa questão do hot e erótico eu acho engraçada. Muitas vezes vejo as pessoas dizendo que não gostam e fico pensando se as pessoas não transam. Por que na literatura não podemos falar de coisas que todo mundo faz?

    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Temos o gosto por obras que se refiram ao meio musical em comum! Gosto muito e nunca perco a oportunidade de fazer tais leituras.
    Ainda não consegui mergulhar nessa obra, mas adorei saber suas impressões e creio que seria cativada facilmente por Eve também e essa situação dos hormônios!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Heloisa!
    Já tinha visto o livro em algumas páginas no face, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha. Vou confessar que também gosto de livros com uma pegada musical, e o fato de a protagonista evoluir no decorrer da história chamou a minha atenção, e também amo livros que divertem o leitor, e DangeRock parece ser nesse estilo.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Pelo li na sua resenha essa obra é romance contemporâneo e enredo bem clichê. Não sei se entraria para lista de livros que gosto de ler, mas é mais pelo gênero que não tenho afinidade. A sua resenha é ótima! Bj

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    A sinopse não me cativou muito, mas após ler suas opiniões e perspectivas fiquei animada para saber mais, não podemos julgar o livro pela sinopse, não é mesmo? Foi muito bom saber que a Eve tem uma personalidade que evolui durante a história o que acaba dando um bom fim para história; a capa chama muito atenção além de ser extremamente bonita.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oie
    eu achei bem legal o enredo, não conhecia o livro ainda mas parece uma boa opção para ler e passar o tempo, gostei da resenha, ótima indicação, vou pesquisar mais e quem sabe eu procuro ler

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Achei a premissa desse livro muito bacana. Ainda não o conhecia, mas faz muito meu estilo, então, é certeza que vou ler. Assim que tiver uma oportunidade, vou procurar o livro no link da resenha e comprar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Apesar da sua resenha maravilhosa e empolgada, não estou num momento muito legal para esse gênero. Na verdade li muitos livros parecidos com esse, por isso estou meio enjoada.
    Mas fiquei feliz que tenha gostado! Anotei a dica para uma próxima oportunidade!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia esse livro e já li algumas obras dessa autora e gostei muito. Fiquei curiosa com esse livro. Gosto de livros hots e amo essa coisa de música e livro. Acho que esse seria um livro que parece ser fofo e eu gostaria de ler. Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia essa obra ainda. Mas não me atraiu, não. Suas impressões não me convenceram de que vale a pena ler.

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem por aí?

    Eu gosto de tudo que envolve música, pois eu costumo dizer que sou movido à música haha. Eu não gosto muito de romances contemporâneos, prefiro os de época, mas se envolve música, não é? Hahaha. A capa é muito bonita mesmo e eu tenho que concordar 100% contigo sobre isso. Parabéns pela resenha, ficou ótima!

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  20. Oláa!
    Amoo essa mistura de romance com música. Sempre é sucesso comigo na certa. haha
    Gostei bastante da premissa, parece clichê, mas ainda assim, muito envolvente e apaixonante.
    Dica anotadíssima!
    Beijoso!

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Gosto de história que envolvem música, mas não Rock, não é meu gênero preferido. Ainda mais por conter esses personagens tão "deuses" perfeitos, eu fujo deste tipo de leitura. Apesar de ver que suas impressões do livro foram completamente positivas, não leria o livro, não me apeguei muito aos personagens.

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia a autora ou a obra. A capa é muito bonita (adorei os tons das cores) mas a sinopse não me convenceu muito. Claro, deve cumprir seu papel.

    Amo rock, como você. Mas só esse fato realmente não me faria ler o livro. Não sou muito fã de romances, ainda mais um que tem um cara tapado que só percebe a mina quando ela já em paz virando os olhos pra outros. Odeio caras assim.... E também não gosto do esteriótipo de rocker que você descreveu... Nem todo usam caveiras, couro e spikes a todos os momentos.

    Boa resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  23. Olá! Música e romance combina. Normalmente as coisas que tenha rock tem no minimo pouco de hot. Que bom que os personagens te cativou e você se divertiu com os capítulos. É realmente bom ver o crescimento de personagem durante a trama. A capa realmente chama atenção. Que bom que a diagramação está bem feita e tem vários desenhos. Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oiii

    Achei a mistura de musica, romance e hot inovador, mas não faz meu tipo, a capa é linda, mas vou deixar passar a dica.
    Adorei sua resenha.

    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  25. Oieee
    Nossa pelo visto a história deve ser ótima.
    Mas porque sempre tem que ser assim.... Viu que vai perder porque entra alguém na vida dela aí ele a nota...Affsss
    Mesmo assim estou doida para ler e conhecer cada personagem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Eu também amo tudo que envolve rock, não posso ver um livro que trás algo que envolva o gênero que eu quero comprar. Mas, esse não me chamou tanta atenção, sei que você apontou bastante coisas positivas e até o recomenda, mas as coisas que não te agradaram muito, que me desanimaram. Mas, quem sabe?
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir