26 janeiro 2017

Resenha - 50 Grandes Ideias da Humanidade





Titulo: 50 grandes ideias da humanidade que você precisa conhecer
Autor: Ben Dupré
Cortesia: Editora Planeta
Skoob / Goodreads
Páginas: 216
Onde comprar: Submarino

“Resistimos à invasão dos exércitos; não resistimos à invasão das ideias.” É com essa frase do escritor francês Victor Hugo que Ben Dupré inicia este livro. Não poderia ter escolhido melhor. Afinal, as ideias constroem governos e os derrubam, criam novos comportamentos e tendências, alimentam crenças e desconstroem mitos. Nada é mais forte do que uma ideia, por mais que ela assuste ou encante. Dividido em seis grandes grupos – filosofia, religião, política, economia, artes e ciências –, este livro apresenta os conceitos básicos por trás de cada tema. Em filosofia, por exemplo, aborda diversas correntes do pensamento e alguns dos conceitos criados para dar conta dos grandes dilemas humanos. Já em religião, discute questões básicas e movimentos como o fundamentalismo e o criacionismo. A parte dedicada à política é a maior porque engloba todo tipo de movimento: do liberalismo ao racismo, do fascismo ao feminismo. Os principais movimentos artísticos, as teorias mais importantes da ciência e da economia completam as 50 grandes ideias da humanidade que você precisa conhecer.












50 grandes ideias da humanidade é um livro estilo almanaque que reúne, como diz o próprio título, conceitos que marcaram a história humana. Esta é uma coletânea com uma apresentação editorial muito legal (e super caprichada), então vou mostrar um pouquinho dos detalhes para vocês conhecerem.


As 50 ideias são divididas em seis tópicos principais: filosofia, religião, política, economia, arte e ciência. Logo na introdução, o autor expõe um pouco do que o leitor vai encontrar adiante e já antecipa que ele não traz apenas as ideias maravilhosas, mas também as ideias terríveis que criaram uma mancha indestrutível na nossa história.


O desenvolvimento de cada item possui um padrão visual bem dinâmico e todos possuem quatro páginas. O primeiro parágrafo em negrito traz uma breve introdução (geralmente acompanhado de uma citação) sobre o tema. No texto, autor traz um resumo do surgimento da ideia, o contexto histórico, as teorias, as contradições, os principais pensadores ligados a ela e, em algumas, até o impacto que a ideia tem no nosso presente.


Toda ideia tem uma linha do tempo, além de citações em destaque, caixas com mais informações sobre o assunto ou pensamentos relacionados a ele, e no final a chamada “ideia condensada” que nada mais é que uma frase (ou mesmo uma pergunta) que busca expressar a ideia em si.


Nas últimas páginas o livro ainda traz um glossário para auxiliar o leitor com algumas palavras e um índice para encontrar facilmente algumas referências. O índice, assim como o sumário, é algo bem legal de olhar neste tipo de livro para descobrir o que vai encontrar dentro dele.




[ - Minhas Impressões - ]

Legal, né? Agora que vocês tiveram uma noção de como é o livro, vou contar um pouquinho da minha experiência de leitura. Bom, pra começar, eu gosto muito de conhecer um pouco de tudo e de sentar para discutir sobre todo tipo de coisa, então este livro foi um prato cheio para mim.

Apesar dos tópicos terem poucas páginas e serem rapidinhos de ler, pode ser cansativo tentar ler tudo de uma vez só; inclusive, não é algo que eu recomende porque o legal dele é justamente você ler um tópico e ter tempo para pensar sobre o assunto de um ângulo diferente da concepção que você já tem.

Termos como “mal”, “alma”, “destino”, ou mesmo “dever” são tão corriqueiros para nós que raramente pensamos em como pode ser difícil definir ideias tão abstratas. Tolerância pode não ser necessariamente uma coisa boa e a famosa regra de ouro (faça o que gostaria que fizessem com você) pode não funcionar quando a moral é algo tão relativo, mas será que é possível criar uma moral universal?

Esses são só alguns exemplos de reflexões que o autor consegue trazer aqui. Vou confessar que eu senti falta de mais imparcialidade por parte dele, o que foi o motivo de eu não ter dado cinco estrelas. Mesmo assim, é o tipo de livro que tem muito a acrescentar e se não for o seu tipo de leitura, ainda é uma ótima opção de presente para quem você sabe que vai gostar.

20 comentários:

  1. Oie Lu, nossa não me imaginava lendo um livro assim, mas pelo visto parece ser bem legal, eu sou bem curiosa e gosto sempre de aprender coisas novas e esse livro parece ser ideal para isso, só fiquei um pouco com pé atrás para a imparcialidade do autor ao qual você falou, mas mesmo assim é uma ótima dica, obrigada!

    Bjs jany


    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luana!
    Parece um livro bem bacana. Talvez eu até desse uma olhadinha na parte de ciências, que uma parte que curto. Ler tudo de uma vez pode ser muito cansativo e iria deixar a leitura muito tediosa. Acredito que seja um tipo de livro para estudar.
    Fico feliz que você tenha curtindo.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Acho esse tipo de livro mega interessantes, porém não tenho paciência nenhuma pra ler, sabe?
    Que pena que ele não é imparcial, porque apesar de não ler muitos livros do gênero, sei que é uma característica importante.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Oiiii,

    Achei bem interessante a capa e a diagramação do livro, mas não me interesso muito por almanaques (nem aqueles que aparecem nos meus livros preferidos), não consigo me prender, sempre tive a impressão de que é o tipo de livro que a gente pega só consultar rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  5. O livro me parece muito interessante, principalmente pra mim que estou em periodo de vestibular, acho que renderia bons argumentos nas redações haha. É uma pena que o autor não tenha sido tão imparcial porque de certa forma acaba induzindo o leitor.

    ResponderExcluir
  6. Ola Luana achei bem interessante a proposta do livro e a diagramação está linda e delicada,no momento não leria por estar em uma fase de romance, Chick lit, mas deixei a dica anotada, afinal informação nunca é demais. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem? livros nesse estilo infelizmente não me chamam a atenção, a não ser que seja para alguma pesquisa e olhe lá, procuro sempre realizar a leitura de algo que nos tirem da nossa realiade, e não que sejam focados na reflexão etc, por isso dessa vez passo a dica quem sabe numa próxima eu não me interesse pelo livro!
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! :) Eu confesso que não me interesso muito pelo tema, ate por não ser propriamente uma historia, talvez mais de relfexao, quase "estudo"... :)

    Mas fico contente que nos faça pensar sobre coisas que tomamos como adquiridas, em cujo significado nem pensamos..

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, esses livros tipo almanaque sempre são interessantes. Tenho poucos, mas quando me deparo com algum na livraria, paro para dar uma folheada. Fiquei curiosa para conferir as 50 grandes ideias! Abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Não tenho em casa e dificilmente leio livros do tipo, mas quando tenho a oportunidade de ler alguma coisa que irá me trazer conteúdo e reflexão ao mesmo tempo eu agarro a chance. Fiquei bem curiosa quanto a esse livro e vou anotar a dica com certeza. Acho válido que recomende a leitura aos poucos, pois esses tipos de livro podem se tornar realmente exaustivos se tentarmos ler de uma vez. Obrigada pela dica, beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    EU ainda não conhecia esse livro, é bem diferente do que eu estou acostumada a ler.
    Mesmo sendo algo bem interessante, não sei se faria a leitura. Vou deixar para outro momentos.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Esse não é um livro que costume me agradar muito, apesar de ser curiosa assim como você. Em livros assim costuma acontecer justamente o que aconteceu com você - do autor não ser lá muito imparcial e acabar deixando sempre as impressões dele sobre cada acontecimento, sendo bons ou ruins. Enfim! Passo a sugestão da vez, mas, gostei muito de sua resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Vendo ali a primeira foto que você colocou, gostei muito dos tópicos, como feminismo, islamismo, racismo... E fiquei bem curiosa para saber como o autor aborda esses temas.
    Esse é o tipo de livro que eu gostaria de ganhar de presente, pois ele faz refletir sobre os assuntos que são os que nos rodeiam ultimamente. Com certeza é uma ótima dica.

    Abraços, Lara.
    Psiu, Vem Ler!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não sou muito fã de livros de não-ficção,mas esse parece ter bastante coisas a acrescentar. Bastante conhecimento.

    ResponderExcluir
  15. Não sei, acho que de repente se fosse realmente imparcial não instigaria tanto a reflexão sobre os assuntos... Pelo menos foi a impressão que eu tive. Não fiquei com vontade de ler porque ao contrário de você não faço questão de conhecer um pouco de tudo e muito menos de sentar pra discutir sobre tudo que é assunto, então prefiro me focar na leitura de ficção mesmo.

    ResponderExcluir
  16. Assim como você gosto de saber um pouco de tudo haha só quando o assunto é exatas que eu fujo bastante, mas o livro parece bem interessante e eu fiquei com muita vontade de tê-lo na minha estante.
    Www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem? Gosto destes livros que nos tragam um bom conhecimento. Este parece-me reunir as melhores ideias e curiosidades importantes, fiquei bastante curioso pela leitura. Também gosto de ficar atento e antenado em tudo, é sempre importante para vivermos o verdadeiro conhecimento.

    ResponderExcluir
  18. Oi.

    Realmente, o livro não faz muito meu estilo de leitura, mas seria um ótimo presente. Vou anotar a dica e presentear um pessoa que goste desse tipo de livros. Tenho certeza que muitas pessoas adoraria conhecer todas essas ideias.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Luana

    Não conhecia o livro e achei a diagramação bem agradável, sua apresentação da mesma foi excelente. Mas apesar de ter achado a proposta interessante, não senti muita vontade de ler, ainda mais depois de você ter dito que sentiu falta de um pouco de imparcialidade. Então dessa vez eu passo a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Apesar de ser curiosa com alguns fatos que observei no indice que você mostrou, acho que é um livro que eu não compraria...

    Justamente por ser um livro que pode ser exaustivo se lido de uma vez - filosofia é muito complicado de absorver e de fato é importante tirar um tempo para refletir.

    E de fato, acredito que quando uma pessoa escreve um livro com diversas temáticas, ela não deve ser parcial... Senão mostra só um lado da moeda.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir