21 julho 2015

Reflexão/Contos [22]



Apenas por hoje

Hoje eu não quero voltar para casa, quero ficar e andar por aí. Hoje eu quero sorrir sem direção, brincar de sentir toda a emoção. Deixo que meu rosto se desnude, e brinque de faces e olhares, já estou cansada de carregar todas as máscaras valsando em um baile sem som e passos tão regulares.



Ouvindo os barulhos das ruas, vejo que as luzes se apagam e outras acendem. Meu caminho se distorce por uma sombra fraca de algum poste a meia-luz. Todo o suor de todas as danças, agora já gelam minha pele. Todos os gritos já se foram, restou apenas o vazio reconfortante do silêncio.

Hoje eu quero brincar de ser livre em um mundo em que liberdade duram apenas algumas horas. Quero ser a criança levada que não vai dormir depois que a luz se apaga, e abre o guarda-roupa sem medo de monstro algum.

Hoje quero que todo nosso faz de conta toque a realidade, de forma que ela se seduza, e tome para si o que um dia foi apenas fantasia. Vou me travestir de sonhos, fechar os olhos e abrir o olhar da alma, viver pisando em nuvens mesmo que com os pés sobre concretos.

Hoje só quero te tocar, e com meus dedos escrever poesias na sua pele, fazer você esquecer seu nome e só lembrar do meu. Hoje eu quero esquecer todo o blá blá blá, mergulhar na multidão, ser apenas mais uma, ser uma.

Só quero mais uma taça, tirar os saltos, tomar a garoa, cantar uma música qualquer, me entorpecer de lirismo, acreditar que ainda posso ser o que eu quiser, mesmo quando o mundo diz o contrário.

Hoje vou tirar meus sapatos, caminhar descalço, ver a madrugada acordar, o sol me censurar, e não ligar se minha maquiagem borrou ou não. Quero sorrir, suspirar, porque depois apenas algumas lembranças restarão.

12 comentários:

  1. Oi Daiane!
    Amei. As vezes as palavras tem o poder de nos libertar e de nos deixar leve, e isso foi o que senti lendo o seu texto.
    Parabéns!

    http://entree-virgulas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Que lindo texto. Muito bem escrito. Acho incrível a quantidade de blogueiras que escrevem tão bem, assim como você, e que mereciam ter livros próprios publicados. Sucesso em tudo o que você fizer!

    Beijos,
    http://www.complexodevaneio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei seu texto flor, quem que não deseja hoje em dia, viver aquele momento, sem pensar em mais nada,voltar a ser criança em alguns momentos,esquecer do mundo de tudo e viver,apenas viver sem medos,sem anseios, sem nada para atrapalhar. Eu preciso e quero um dia assim,só pra mim, sem pensar em problemas nem nada.

    Belo texto, li e viajei no tempo.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse conto, Daiane. Bem reflexivo, parabéns!
    Beijo,
    http://pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Lindo o texto... fui lendo e imaginando várias cenas, vários personagens, várias ocasiões em que ele poderia ser adotado...

    www.novocaroneiro.com

    ResponderExcluir
  6. OI Daiana..tudo bem?
    Lendo esse conto dá até vontade mesmo de sair assim livre, fazer várias coisas sem preocupação e sem ser criticado.
    Inspirador demais! Parabéns!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adorei o conto!
    A maneira como você escreveu nos toca fundo, afinal acho que é o que a maioria queremos, viver o momento sem se preocupar com mais nada.
    Parabéns!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  8. Texto muito lindo, você tem uma maneira profunda de escrever que eu totalmente amei. Ser livre e poder andar para onde eu quiser, quando eu quiser e sem olhar pra trás é uma das coisas que eu mais gostaria de fazer vida, e que sei que mais serão difíceis de alcançar. Acho que é por isso que me identifiquei tanto com esse desejo da protagonista. Um beijo!

    Thaís na Cidade

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo Daiane. Eu adoro escrever contos e textos assim, porque me liberto. Liberto a minha mente, as neuras, as angústias e até mesmo a energia positiva. Parabéns!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que texto mais lindo, gosto muito de ler contos leves assim. Gostaria de escrever no meu blog, mas algumas leitoras não estão acostumadas comigo escrevendo textos hihi Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  11. Uauuu, que texto lindo! "Quero sorrir, suspirar, porque depois apenas algumas lembranças restarão." que frase intensa e reflexiva para fechar com chave de ouro eihn! Temos que VIVER intensamente cada minuto de nossas vida. Amei, parabens! <3

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
  12. Uauuuu que texto lindo, serviu para que eu pudesse refletir bastante e pensar um pouco na vida :)

    ResponderExcluir