últimas resenhas

Resenha - Puro Êxtase


Título: Puro Êxtase
Autora: Josy Stoque
N° de páginas: 256
Cortesia: Editora Astral Cultural
Skoob
Onde comprar: Amazon
Trinta anos, bonita, bem-sucedida,  casada.
Aparentemente, não faltava nada na vida de Sara, mas não era bem assim. Faltava amor, cumplicidade e estímulo. Faltava se lembrar de que estava viva, e o divórcio foi uma maneira dolorosa de entrar em contato com essa realidade. Agora, é tempo de recolher os pedaços e se reinventar. Resgatar os amigos esquecidos, investir na carreira, ser dona do seu futuro. Uma noite, um bar, um estranho. Pouco a pouco, todos os preconceitos são deixados de lado. E todas as possibilidades de prazer se tornam reais. "Puro Êxtase" é o livro mais ousado de Josy Stoque. Dispa-se dos preconceitos e venha se surpreender com a coragem de Sara.


- ATENÇÃO - Conteúdo para +18 anos


Sara voltou para a casa dos pais depois de uma dolorosa e traumática separação. Os dez anos que passou casada com Luís não foram os melhores de sua vida. Agora, separada e sozinha o que ela mais deseja é viver e aproveitar tudo o que a vida tem para oferecer.

Então, após passar por um sofrido divórcio e enfrentar uma depressão, Sara consegue superar tudo com a ajuda e o apoio de suas melhores amigas, e decide se jogar nos relacionamentos sem compromisso e de uma noite só. Ela está determinada a experimentar sexo casual com desconhecidos e o que mais aparecer pelo caminho.

"As mãos dele despertaram sensações em meu corpo que ansiavam por uma oportunidade para se manifestar. Não quero voltar a me sentir um lixo humano, rejeitada, não querida. Quero me sentir assim, espontânea, feliz, de bem comigo mesma. E me amando completamente, mesmo com minhas imperfeições".

Tudo começa quando ela vai a um bar à noite e sozinha, já que nenhuma de suas amigas pôde acompanhá -la. Chegando lá, Sara conhece um moreno que vira sua cabeça e a faz viver uma noite incrível de sexo selvagem. Depois desse desconhecido, outros homens se juntam a lista de Sara, e vale tudo entre quatro paredes.

"É o despertar de minha própria sexualidade, de minha feminilidade e prazer. Quero me sentir sempre assim, dona de mim, de meus sentimentos, de meu corpo, nas rédeas de minha própria vida".

Sara sente-se cada vez mais feliz com a vida que leva, pois com esses homens ela sabe muito bem o que eles querem dela e ela deles. E por isso não há cobrança e nem sentimentos envolvidos. Sara não poupa ninguém, basta que o homem seja gostoso e que a deseje para que ela vá para a cama com ele.

Ela acaba encontrando esses homens em bares, na academia, no trabalho, na internet e até em viagens, e o que há entre eles é apenas sexo e desejo carnal. Está tão determinada a ser uma mulher livre e com uma vida sexual ativa e sem neuras, que não aceita muito bem os conselhos de suas amigas, que insistem que o que ela realmente precisa é encontrar o amor, pois uma hora o tipo de vida que está levando irá perder a graça e o encantamento, e ela sentirá falta de ter alguém de fato ao seu lado.

Porém, uma tragédia acontece a Sara, e ela quase perde a vida, levando-a então a repensar tudo o que viveu antes e depois de seu casamento, e também a levar em consideração os conselhos de suas amigas. Sara então precisa buscar respostas dentro de si mesma e descobrir o que de fato ela quer para si.


[- Minhas Impressões -]

Puro Êxtase é uma história picante e bastante sexual. Com muitos momentos de pegação, sexo explícito e ménage à trois. Em um primeiro momento é interessante a transformação que acontece com Sara, visto todo o sofrimento pelo qual ela passou durante e após o casamento e também por sua depressão. Mas a medida que a história vai se aprofundando e a leitura vai avançando, começa a ficar meio entediante, pois é mais do mesmo, ou seja, sexo quase o tempo todo.

Eu não desgosto da premissa do livro e nem da história em si, mas senti falta de um caminho, uma direção para a personagem de Sara. Para mim passou a impressão de que a história estava muito presa somente no sexo, e eu entendo que a intenção da autora foi mostrar a mudança por qual Sara passou ao se transformar em uma mulher que vive exclusivamente em busca do prazer sexual. Acho super válido e coerente a intenção da autora, porém, não concordo com a trama girar o tempo todo em torno disso. E talvez por isso mesmo que eu não tenha conseguido me conectar com a história e muito menos aos personagens, infelizmente.

Para mim ficou faltando romance, envolvimento e sentimento. Teve um momento no livro que eu pensei que finalmente Sara acabaria se envolvendo de verdade com um dos vários homens com quem transou, mas, para minha tristeza, isso não aconteceu.


Outro motivo que acredito que tenha me impedido de me conectar à historia foi justamente a quantidade de homens aparecendo a todo momento na vida dela. Para mim foi complicado me afeiçoar a algum deles, pois eles desapareciam da história com a mesma velocidade com que surgiam.

A leitura e os personagens não me cativaram e eu também não consegui me simpatizar por nenhum deles, nem mesmo por Sara.

O final ficou em aberto, uma vez que haverá outro livro para terminar de contar a história de Sara e eu irei querer ler, pois quero muito saber como tudo terminará, e o que será de Sara e seu insaciável apetite sexual (risos).

A história não me agradou, mas pode muito bem surtir um efeito totalmente contrário em outros leitores, por isso mesmo que eu sempre digo que o que não foi bom para mim pode ser maravilhoso para o outro.

Recomendo a leitura de "Puro Êxtase" para todos que amam ler.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário