Dia de Quotes [84] - Mil Beijos de Garoto


Olá pessoal, tudo bem?
Hoje estou vindo aqui trazer alguns trechos do livro ``Mil Beijos de Garoto`` e espero que vocês gostem. Depois me contem se já leram e o que acharam =]




Você me disse que são suas memórias favoritas. Não coisas, nem dinheiro, mas o beijos que recebeu do vovô, porque foram todos especiais e fizeram você sorrir, sentir que era amada, porque ele era sua alma gêmea. Seu para sempre e sempre.
Não sei bem por quê, mas capturar momentos me fascinava. Talvez porque às vezes tudo o que temos são momentos. Porque não há repetições; o que acontece em um momento define a vida — talvez seja a vida. Capturar um momento em filme o mantém vivo para sempre. Para mim, fotografia era algo mágico.


Ela me conhecia tão bem quanto eu mesmo [...[ não havia segredos comigo. Não com ela. Ela era a punica pessoa que me conhecia completamente.
Vovó também disse que as melhorar coisas da vida morrem rápido, como a flor de cerejeira. Porque algo tão belo não pode durar para sempre. Ela permanece or um breve momento no tempo para nos lembrar de como a vida é preciosa, antes de desaparecer tão rápido quanto chegou.
Por natureza, eu era uma pessoa ativa, via o sono como uma perda de tempo quando era possível gastá-lo pelo mundo, explorando e criando memórias.
Quando meu arco tocava a corda, eu era transportada por um mar de noras e tons. A dor e a tristeza dos últimos dois anos desapareciam. A solidão, as lágrimas e a raiva, tudo evaporava, deixando ma ra que eu não encontrava em nenhum outro lugar.
A música era normalmente meu remédio, então me joguei na prática intensa. O único problema? A cada vez que eu terminava uma música, assim que a última nota se dissipava e eu baixava meu arco, aquela devastação, agora dez vezes maior, voltava a me tomar. E permanecia.
Nos dois anos anteriores, pensei que tivesse suportado todas as faces da dor. Mas eu estava errada. Eu estava tão errada. Porque nada se comparava à dor de ver a pessoa amada nos braços de outra.
Você ensinou a ele, com palavras e ações, que a vida não precisava ser sempre tão séria. Que a vida era para ser vivida. Que a via era uma grande aventura, para ser vivida bem e ao máximo.
Mas, quando olhei para cima na escuridão, com o vento frio açoitando os galhos, meu estômago revirou. Os galhos sem folhas, seus braços delgados girando e se retorcendo, tudo refletia esse momento no tempo. O momento em que eu soube que minha garota estava indo embora.
Mesmo se ela não tivesse me dito por que havia me afastado, eu teria achado meu caminho de volta para ela. Mesmo com toda a mágoa, dor e raiva, eu seria atraído de volta, como uma mariposa para uma lâmpada. Eu jamais poderia ficar longe.
Mas, enquanto eu a olhava, seus lábios rosados franzidos no sono, o rosto avermelhado com o calor, senti como uma lança atravessasse meu peito. Eu ia perdê-la. Eu ia perder minha única razão de viver.
O momento em que você sabe que é tão amada, que é o centro do mundo de alguém tão maravilhosamente, que você viveu... mesmo que tenha sido por pouco tempo.
Eu queria que as pessoas tivessem esse sensação todos os dias. Por que e necessário o fim de uma vida para se aprender a apreciar cada dia? Por que precisamos esperar até ficar sem tempo para começar a conquistar tudo o que sonhamos, quando um dia tínhamos todo o tempo do mundo? Por que não olhamos para as pessoas que mais amamos como se fosse a última vez que a vemos? Porque, se olhássemos, a vida seria tão vibrante. A vida seria tão verdadeira e completamente vivida.
Quando olho para você, quando você me toca, quando vejo seu rosto, quando nos beijamos, meu coração toca uma música. Ele canta que precisa de você como eu preciso de ar. Ele cantar que encontrei a parte perfeita dele que estava faltando.



Categorias:

3 comentários:

  1. Ainda não consegui ler este livro ;/ e não foi por falta de interesse não, só não deu mesmo..rs
    Por isso, fiquei ligadinha em cada quote acima, pois alémd e trazer não só o romance doce e juvenil, parece que traz muito além, como família, saudade e? Música!!!
    Ainda espero conferir esta obra!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Ah, como é bom reler esses quotes, deu até uma vontade de reler o livro todo.
    Amei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estava com esse livro na minha lista há algum tempo, mas acabei pegando um spoiler que simplesmente me fez nunca querer lê-lo (#dramática). Até sei que em se tratando de Tillie Cole o sofrimento é garantido, mas acho que ainda não estou preparada para tanto assim.

    ResponderExcluir