14 janeiro 2019

Dia de quotes [70] - Minha vida (não) é uma comédia romântica




Hoje os quotes serão desse livro delícia de se ler, da autora Lola Salgado (mesma autora do livro Sol em Júpiter). Trata-se de uma comédia romântica e nos traz a história de Chloe, uma mulher de vinte e cinco anos, em busca do amor, porém ela acaba encontrando mais do que isso, o amor próprio e auto reconhecimento e aceitação, até enfim conseguir sentir-se completamente realizada. 




"Talvez não tenha nada certo na vida. Talvez ninguém saiba muito bem o que está fazendo. Mas você precisa relaxar um pouco, Chloe. ou vai morrer do coração mesmo comendo comida saudável."
"Mamãe ouvia dizendo que eu precisava ouvir mais o meu sexto sentido. mas que sexto sentido? Eu não fazia a menor ideias de como deveria funcionar. Será que era uma voz soprando baixinho na minha mente?"
"As coisas não estão legais e você tem direito de ficar frustrada. Mas a vida não é um filme e você não precisa de ninguém para te salvar. Nunca precisou."
" - Filha, vinte e cinco anos não é o fim da vida. - Papai tinha uma expressão chateada e preocupada ao mesmo tempo. - Nem trinta. Nem quarenta. A vida é muito longa, dá tempo fazer muita coisa."
"Cada um tem uma régua que só consegue medir a própria vida, meu amor. Não tente usar a régua dos outros. (...) O que estou querendo dizer é que as coisas acontecem no tempo certo."
"Fui ensinada que cabelos lisos eram bonitos, mas os meus não. Foi um processo demorado e cheio de altos e baixos até que eu chegasse aquele ponto de me amar do jeito que era."
"Eu precisava parar de tentar projetar coisas que estavam dando errado na minha vida em outras pessoas. Buscar alguém para me completar, para ser o meu salvador. Porque, no fim das contas, as mocinhas das comédias românticas não precisavam de ninguém. O amor era só algo à parte, para somar. Elas já eram completas sozinhas."
"Nem sempre vão aparecer pessoas agradáveis no nosso caminho. Na maior parte do tempo é o contrário, na verdade. Mas a gente tem que aprender a ir driblando esses comentários e desviando a atenção para as outras pessoas, as legais. Tem muita gente que te acha linda de todo jeito."
"Amor próprio não é você estar bem todos os dias, superconfiante e segura de si... Mas você luta por você. Conhecer seus defeitos e entender que eles são pequenos perto do resto." 


Inscrições Abertas - Participe !!


4 comentários:

  1. Oi Luana, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas a premissa parece bem legal. Adorei os quotes falam bastante sobre amor próprio, e que não precisamos de outra pessoa para sermos felizes. Achei a capa em linda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh!!!Confesso que me emocionei no trecho que fala sobre cabelos lisos serem os "bonitos". Minha irmã uma vez me disse isso..e sei lá, isso me doeu que acabei partindo pro tal alisamento(tenho cabelos bem cacheados).
    Aí me olhava e não me via. Foi um processo longo, até meus cachinhos voltarem e hoje, faço questão de estar sempre com eles. Nunca mais deixarei ninguém falar dos meus cabelos!
    Por isso, adorei poder ver este tipo de aceitação e com certeza, deu muita vontade conhecer mais do livro!
    Quero!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. O titulo leve e divertido dão o tom do livro, confirmado pelas quotes escolhidas. Achei uma mistura de autoajuda mas com a irreverência de uma comédia. Frases de impacto que foram ditas com tom divertido, como na primeira frase, dão a leveza que falei no incio. Essa época da vida, de busca de um amor, é sempre muito perturbadora, principalmente para as mulheres, a autoestima é facilmente abalada e o relógio biológico grita, falo por mim. Chole deve ser uma mulher cercada de pessoas que a amam, vejo pela maneira carinhosa com que se dirigem a ela, falando de seus dramas com carinho mas com toque de chacoalhada. Pode ser cliche mas "se amar, antes de amar o outro", é o grande lance da vida e pelo jeito ela está em busca desse caminho. Mesmo eu já tendo passado por essa fase, se tiver oportunidade quero ler, pois me pareceu abordarem os tema e conflitos dela, de forma delicada, clara e bem realista.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Fiquei impressionada com esse primeiro quote, pois já ouvi muito essa última frase (até arrepie aqui). Conheço o trabalho da Lola, então tenho certeza de que o livro é muito gostoso de ler, e uma suspeita de que vou me identificar (e muito) com outras passagens da história (risos).

    ResponderExcluir