08 maio 2018

Resenha - Proibida para mim


Título: Proibida para Mim #1
Autora: Elizabeth Bizerra
Cortesia: Editora Bezz
Página: 548
Skoob
Onde Comprar: Amazon

Quando Neil Durant socorre Jennifer Connor durante um assalto em uma noite fria ele não sabe que sua vida mudará para sempre. Descobrir que a jovem é cega é uma surpresa para ele. Neil está preso em um casamento de conveniência e sabe que Jennifer é totalmente proibida para ele. O correto é afastá-la de seu mundo sujo, mas o destino insiste em aproximá-los cada vez mais. Passado e futuro se entrelaçam de forma surpreende e os dois se veem mergulhados em uma paixão incandescente.



Em ``Proibida pra mim`` vamos conhecer Neil Durant, um homem que tem em sua vida grandes arrependimentos de horrores que causou no passado. Um deles foi ter sido cúmplice das maldades do seu irmão gêmeo Nathan que sempre teve um comportamento muito diferente do seu.

Um dia, seu irmão falece devido um grave acidente e Neil se torna responsável pela gestação de Sophia (ex-namorada do seu irmão), que com o passar do tempo acaba se tornando uma pessoa completamente desiquilibrada. Ela se mostra incapaz de cuidar da sua filhinha que sofre de uma deficiência física.


Neil, por outro lado, apesar de não ser o pai biológico da menina, procura sempre ser presente e amoroso, além de ser um grande empresário bastante conhecido na cidade de Nova York.
Em certa noite, passando por um bairro bastante perigoso, Neil acaba ouvindo ao longe gritos de uma bela jovem assustada pedindo por socorro, pois está sendo encurralada por um assaltante que está tentando levar sua bolsa.  Então, assim que Neil vê a cena, instintivamente corre para ajuda-la e assim que se aproxima, o homem foge desnorteado deixando a jovem indefesa no chão. 

`` O homem lança um olhar vidrado, louco e alienado. Eu conheço bem esse tipo de olhar transtornado. Na mesma hora, vejo que não é uma boa ideia enfrentar o homem, pois além de drogado, ele pode estar armado também``

Assim que o homem vai embora, Neil corre para ajuda-la, porém se vê completamente atraído pela jovem ruiva assim que a encara, mas qual a surpresa de Neil ao perceber que a jovem não pode vê-lo, ela não enxerga. Dessa forma, Neil se mostra ainda mais preocupado com a situação, porque além de estar emocionalmente assustada, está sozinha sem qualquer tipo de proteção fazendo com que o próprio Neil tome a frente da situação e se ofereça então para guia-la em segurança para casa. 

``Quando a vejo mais calma e o seu choro transforma-se em alguns suspiros. Ergo o seu rosto com o dedo. Fascinado, dou conta de como aqueles olhos banhados de lágrimas, tornam-se ainda mais hipnotizantes. ``

``Ela encolhe em meus braços. Noto-a visivelmente pálida, e uma expressão angustiada toma conta de seu rosto. Ela tenta se livrar do meu abraço sem sucesso``

Após aquela noite, Neil não tira Jennifer, a garota ruiva, de sua cabeça e tenta descobrir a todo custo onde ela mora para poder reencontra-la novamente, então assim que Jennifer é localizada, Neil passa a visitá-la com bastante frequência e lhe oferece seguranças para sua proteção. Só que Jennifer não fica nada feliz com o que ele está fazendo. Ela mal o conhece para que ele tome esses tipos de atitudes, mas com o passar do tempo e após muita insistência por parte de Neil, Jennifer descobre pela sua amiga, Paige, que ele é um empresário bonitão e muito importante, mas é casado e tem uma filha.


Apesar de tudo isso, aos poucos eles vão mantendo uma relação amigável e com o passar dos dias ambos começam a ter sentimentos bastante intensos. A partir daí, eles terão que saber passar por cima das dificuldades que surgirão. Também terão que saber lidar com o passado sombrio que ambos carregam. Muitos segredos ainda serão revelados, pois o destino de certa forma fará com que tudo venha à tona novamente!


[- Minhas Impressões -]

Neil e Jennifer formam um casal que possui muita química durante todo o enredo. Isso tornou a leitura muito gostosa e foi muito agradável acompanhar o desenvolvimento do romance e de todo o drama na vida de cada um. Embora eu sinceramente tenha achado que as partes sensuais poderiam ter sido um pouco menos repetitivas, porém com o passar das páginas acabei me acostumando, principalmente porque percebi que a autora teve todo um cuidado especial para que nada fosse passado de forma vulgar, pois cada parte sensual foi muito bem detalhado.

Mas apesar disso, devo dizer que achei muito lindo todos os momentos íntimos vividos pelos nossos protagonistas, pois eu entendi que tudo isso foi para caracterizar a forte ligação dos dois e o intenso amor que ambos despertaram. Fiquei completamente apaixonada e fascinada por tudo no decorrer dos capítulos. Não conseguia largar o livro de forma alguma.

A autora desenvolveu muito bem e mesclou de forma muito inteligente os momentos de amor e os dramas do nosso casal. Há alguns segredos que vocês descobrirão que são muito dolorosos e isso faz com que nós, leitores fiquemos presos à trama sem conseguir sequer notar o tempo passando.



Tudo vai se encaixando durante os capítulos e isso nos proporciona montar uma parte do quebra cabeça da história, porque muitas coisas vão sendo interligadas. Mas também há um certo personagem que vai surgir e vai ser muito importante, porque é a partir de seu surgimento que as coisas vão começar a ser explicadas e começaremos a compreender como tudo de fato aconteceu.

Enfim...

Achei muito linda a maneira carinhosa que Neil trata não só a Jenny, mais também sua filha Anne.  Ela é uma criança muito cativante que acaba nos conquistando durante cada página. Na verdade, ela acaba roubando as cenas e principalmente os nossos corações de maneira única.

Todos os personagens secundários também foram muito bem introduzidos e tiveram um papel importante durante os capítulos que foram surgindo. Mais especialmente Paige (amiga de Jenny), porque apesar de ser toda estabanada, ela se mostra uma verdadeira amiga nos bons e nos maus momentos. Fiquei bastante admirada pela amizade de ambas, pois mostra como devemos valorizar as verdadeiras amizades.

Então, para finalizar a resenha, digo que no geral não tenho do que reclamar, porque tudo foi muito bem trabalhado e apresentado. A trama foi muito bem escrita e a autora me prendeu demais aos personagens. Ouso dizer que senti exatamente o que cada um deles estava sentindo. Vivi cada momento de angústia com eles também e por isso, confesso que a leitura acabou se tornando muito mais do que especial para mim. 

Assim que finalizei a leitura, confesso que fiquei com o coração apertado, porque não estava acreditando no desfecho, mas por sorte, apesar de ter sido avisada para me preparar, eu já tinha o segundo livro em mãos enviado a mim pela própria autora. Por isso, sem pensar duas vezes, já iniciei a leitura que, aliás, também está muito boa, mas isso vocês irão ter que conferir na próxima resenha (risos)


Quanto à diagramação, eu preciso dizer que achei muito linda toda a edição, pois achei que a capa possui um charme todo especial. Também fiquei apaixonada por cada inicio de capitulo em preto e branco que deu um toque ainda mais especial. A fonte é de bom tamanho facilitando bastante a leitura. Quanto à revisão, eu sinceramente devo ter achado uma palavra ou outra errada, mais nada que me atrapalhasse na leitura.

A Editora Bezz está de parabéns por ter lançado essa maravilha literária. Recomendo demais, mais se preparem, pois o seu coração vai bater muito forte a cada capitulo.


Se Inscreva e Participe!!!





10 comentários:

  1. Silvana, tu simplesmente trouxe a resenha, de um dos livros nacionais favoritos! Eu tenho um amor tão grande na Elizabeth Bezerra, eu descobri ela quando, eu estava na fase de descobertas de autores brasileiros. A "Série New York" e maravilhosa, são 7 livros, que contam 4 historias diferentes! Todos os livros da série são bem sensuais e erótico, o "Proibida Para Mim" é um ótimo livro, assim como todo o resto da série, então quem ainda não tinha conhecimento, podem ler que a satisfação de leitura garantida!

    ResponderExcluir
  2. Oi Silvana!
    Eu amoooooo demais as fotos que você posta junto das resenhas. Eu não tenho esse livro da Elizabeth, só tenho os marcadores Rsrsrsrs mas me apaixonei pelos livros dela que preste no adquirir eles em breve,dela eu tenho só o Te Prometo Ser Única. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ahh que lindo. Amei muito a resenha e Silvana, fico muito feliz que tenha gostado do livro. Essa série será sempre muito especial em meu coração. Obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  4. Puxa, não conhecia o livro e só de ler o titulo, já senti muita vontade conhecer. Daí vem a resenha e? A gente fica aqui querendo conhecer Jenny e Neil. E a forma totalmente avessa que se conheceram, se apaixonaram e viveram este amor.
    Sem contar na parte do drama familiar que acredito eu, ser parte muito importante em todo o enredo.
    Vai para a lista de desejados com certeza e já quero a resenha do segundo livro.rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá! Conheci o trabalho da Elizabeth por meio dessa série e simplesmente amei. Neil e Jeny tem lugar especial no meu coração (mas confesso que não são os meus favoritos). Foi muito bacana acompanhar como a relação deles foi evoluindo e apesar dos obstáculos (e que obstáculos!) o que prevaleceu foi o amor. Não fui preparada para o final, mas por sorte, já tinha o segundo livro, então meu sofrimento durou uns 10 minutos (risos). Os personagens secundários por muitas vezes roubaram a cena e eu me via já desejando a sua história.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil,
    Ah, eu tenho a série da autora na lista de desejados, não imagina como me encanto com a escrita dela a cada resenha que leio.
    Apesar de entender que o livro tem uma pegada hot, eu gostei mesmo foi do romance, da forma como os dois personagens pareceram precisar um do outro, e olha, tendo uma criança na história não tem como não se encantar.
    Gosto assim, quando todos os personagens cativam, e fiquei bem curiosa para saber mais sobre o irmão de Neil...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Silvana!
    Quando li a sinopse pensei que Proibida pra Mim era do tipo "mais do mesmo", sabe como é?! Mas lendo sua resenha pencebi que eu estava enganada, e fiquei bastante interessada em conhecer a história de Neil e Jennifer, mas como se trata do primeiro volume de uma série irei iniciar a leitura apenas quando tiver todos os livros ao alcance de minhas mãos pois sou muito ansiosa e não aguento esperar para ler continuações, ainda mais Proibida pra mim terminando dessa forma, te deixando com o coração apertado...
    Ah, bom saber que a autora teve todo o cuidado de não tornar as cenas sensuais vulgar, não gosto de livros nesse estilo... Gosto de livros com crianças, principalmente do tipo tão especial como a Anne que roubam as cenas!
    Enfim, valeu pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Silvana!
    Muito bom quando já temos o próximo exemplar de uma série que toca nossos corações e podemos prosseguir um no outro.
    Até que gostei da ideia de os protagonistas se encontrarem após ele salvá-la de um assalto. Nada como um heroi resgatando a mocinha.
    Fiquei intrigada quanto a esses passados dolorosos de ambos...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Não é um gênero que eu estou acostumada a ler, pois não gosto muito de romance sensual mas gostei bastante da premissa e de tudo que envolve essa coisa da família dele.
    Achei bem legal a protagonista ser cega, pois são poucos os livros que trazem essa temática. Ainda bem que você já tinha o próximo livro haha

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  10. Esse livro apesar das cenas sensuais parece ser muito bom, romance com personagem deficiente visual. E o começo já tem essa situação de violência e Neil está ali para ajudar Jennifer. Fiquei curiosa para saber o que esses dois tem em seu passado para revelar. Um romance diferente dos que estou acostumada a ler.

    ResponderExcluir