02 maio 2018

Resenha - Bem atrás de você

Título: Bem atrás de você
Autora: Lisa Gardner
Páginas: 352
Cortesia: Editora Gutenberg
Skoob
Onde comprar: Saraiva

Após uma tragédia que o separou por oito anos de sua irmã mais nova, Sharlah, o jovem Telly ressurge como o principal suspeito de uma onda de assassinatos.
Só uma pessoa é capaz de desenhar  o perfil do criminoso: o hábil ex-agente do FBI Pierce Quincy, que é convocado para colaborar no caso. Mas seu envolvimento como pai adotivo de Sharlah pode obscurecer sua linha de raciocínio ou levá-lo para uma emaranhado de pistas desconexas, mostrando que o caso pode ir muito além do que parece ser.


"Eu já tive uma família.
  Mas então meu pai bebeu, injetou ou cheirou demais. E a mãe começou a gritar e gritar e gritar. Enquanto minha irmã e eu assistíamos de olhos arregalados no sofá."


Telly, então com nove anos, cuidava com todo amor e zelo de sua irmã mais nova, Sharlah, de cinco anos. Ele assumiu ainda muito pequeno a incumbência de ser o responsável pelo bem estar de sua irmãzinha. Seus pais, viciados e alcoólatras, não tinham a menor condição de zelar pelo bem estar dos filhos. Por isso essa função passou a ser de Telly, e ele a desempenhava muito bem por sinal. O relacionamento entre os irmãos funcionava às mil maravilhas. Telly dava banho, vestia, alimentava, levava para a escola, ajudava com os deveres e ainda lia para Sharlah, pois alguém lhe disse certa vez que era importante ler.


"Um livro por dia. Uma dose de literatura por dia para manter a saúde. Então, depois da escola, eu ia para a biblioteca, ainda arrastando minha irmã comigo, e líamos alguns livros, porque alimentação saudável não teríamos tão cedo."

O dia a dia dos irmãos era bastante incerto, pois dependendo de como seus pais estivessem no momento eles poderiam ter uma noite de relativa paz, ou não. A vida dessas crianças não era nada fácil tendo pais tão desajustados e inconstantes quanto esses.

Em mais uma noite de bebedeira, gritos e medo, Telly e Sharlah têm suas vidas mudadas para sempre. Ao tentar defender sua irmã e a si mesmo do pai alcoolizado e completamente fora de si, o menino comete um ato desesperado. E por conta dessa atitude extrema os irmãos são separados de maneira brusca e intempestiva.

Os anos passaram e agora Telly está com dezessete anos e Sharlah treze. Cada um vive sua vida em lares adotivos tendo ao lado bons pais. Mas tudo está prestes a mudar quando pessoas começam a morrer brutalmente, sem a menor chance de defesa, e o que é pior, tendo Telly como o principal suspeito dos crimes. Já que todos têm certeza de que ele é o culpado, inclusive Pierce Quincy, Rainie, a xerife Shelly e até mesmo Sharlah, sua irmã, acreditam que Telly seja um assassino frio e sem coração. E essa certeza só aumenta cada vez mais, já que Quince e Rainie, pais adotivos de Sharlah a deixam a par de tudo o que está acontecendo.

"Telly Ray Nash mantinha uma espécie de diário. Em todos os limites do seu quarto. Uma mensagem de dúvida, pressão e estresse.
Quem sou eu? Vilão ou herói?
Shelly desejou de verdade que o garoto tivesse escolhido uma resposta melhor para a pergunta."


E aí, você ficou curioso (a) para saber qual das duas respostas Telly escolheu? Então leia o livro logo que possível e deixe-se levar por uma estória cheia de suspense e reviravoltas surpreendentes.



[ - Minhas Impressões - ]

Pessoas, que livro foi esse? Sem brincadeira, ouso dizer que foi um dos melhores livros que  já li até então. E olha que eu já li muito! Uma trama envolvente, instigante, fascinante e muito, mas muito bem escrita!!!

Lisa Gardner conseguiu juntar todos os elementos indispensáveis à trama, tornando-a irresistível e totalmente viciante, uma vez que eu me vi ávida por saber tudo a respeito de Telly. Eu fiquei completamente desesperada e sem querer acreditar que ele era realmente o verdadeiro responsável pela matança, ainda mais por envolver pessoas tão queridas para ele.

Eu juro que tentei encontrar algo na estória que me obrigasse a criticar uma coisinha aqui outra ali, mas não encontrei absolutamente nada. O livro foi porreta demais da conta!

Gente, que relação mais linda a do Telly e da Sharlah! Dava vontade de juntar os dois em um abraço de urso e não deixar que nada de ruim lhes acontecesse. Eu fiquei extremamente comovida com toda a situação lamentável pela qual eles estavam passando tendo pais tão irresponsáveis e despreparados, sem conseguir  segurar a pressão e dificuldades da vida.

Achei o relacionamento de Telly com seus pais adotivos Frank e Sandra Duvall, e também o de Sharlah com Quince e Rainie, emocionante e pra lá de comovente. Senti por diversas vezes meus olhos se encherem de lágrimas.

Desde a primeira página, até a última, o livro foi sensacional! Eu não estou exagerando! Acredito piamente no que consiste essas palavras de que "às vezes você pega um livro, às vezes um livro te pega". E eu fui pega e enredada por suas palavras, por sua estória e por sua força. Me tornei refém.

Todos os personagens foram essenciais para tornar o livro tão atrativo e cativante. Não teve nenhum personagem que tenha destoado ou que tenha sido desnecessário à trama. Tudo fluiu maravilhosamente e superou e muito as minhas expectativas.

Quando me propus a ler o livro, a única coisa que me chamou a atenção foi a capa. Achei bastante interessante e fiquei muito curiosa para saber mais a respeito, mesmo porque eu não havia lido a sinopse e não sabia nada sobre a estória e sobre seus personagens. E por isso mesmo achei a escolha da capa e do título do livro muito inteligente, pois instiga e muito a curiosidade do leitor. Então vocês podem imaginar a satisfação que eu tive a medida que fui me inteirando dos fatos e ficando a par desse livraço!

Só tenho elogios a fazer à autora e sua mente brilhante, ela nos presenteou com um livro para ninguém botar defeito. E olha que eu tentei, visto que em todos os livros que leio busco ser o mais sincera e criteriosa possível, e falo mesmo caso não tenha gostado cem por cento. Mas como vocês já devem estar cansados de saber, uma vez que eu não paro de afirmar isso de todas as formas possíveis e cabíveis (risos) eu amei demais ler Bem atrás de você.


Se Inscreva e Participe!!!


15 comentários:

  1. Boa tarde Kaline!
    Mesmo não sendo muito fã de suspense/mistério, mas quando li a premissa e vi o tanto de gente falando bem dela, fiquei mega interessada em comprar o livro para ler. As vezes gosto de sair da minha zona de conforto e se aventurar em histórias assim igual a desse livro. Já está na minha wishlist. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Só a capa, já reflete que podemos esperar um livro misterioso e cheio de suspense. A algum tempo tive experiência de ler "Esconda-se" da mesma autora, a escrita da mesma, sempre evolui de forma divina. Fiquei curiosa para saber o que "Bem Atrás de Você", me reserva na hora da leitura!

    ResponderExcluir
  3. Oi Kaline!!
    Percebo que o livro deve ser bom de verdade. Gosto dos livros do gênero e acho que essa história de Telly ser ou não culpado já me intrigou de cara. Fora isso gostei que os personagens são consistentes e necessários para a construção da história. Além disso me parece um mistério bem intrigante.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Kaline!
    Gosto muito dos livros da autora e ainda não li esse.
    Gostei de saber que a narrativa é feita em terceira pesoa, intercalando com flash backs, adoro esse recurso porque podemos ir entendendo o que aconteceu no passado, enquanto a história se desenrola no presente.
    E bom que podemos conhecer vários distúrbios. Confesso que mesmo sendo psicóloga, ainda não os conhecia e gostaria de entender um pouco mais sobre eles.
    E que bom que não achou nadinha para criticar.
    Desejo um MÊS de sucesso e bençãos!
    “Nunca confunda movimento com ação.” (Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO – 4 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kaline.

    Eu acho que esse possível envolvimento do irmão da Sharlah com esses assassinatos, poderia ter alguma relação, com o passado deles, que fez com que eles seguissem rumos diferentes...

    ResponderExcluir
  6. Sou fã do trabalho da Lisa e estou de olho neste seu lançamento tem uns bons dias.
    Já li três livros da autora e a maneira dela conduzir um enredo é maravilhosa. Ela consegue jogar vários elementos dentro de uma mesma história e juntá-los de uma forma maravilhosa.
    Neste livro em questão, ela aborda família, proteção, crime e segredos com uma intensidade parece que fora do normal e por isso, pretendo ler o livro o quanto antes.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Olá! Esse livro também me ganhou só pela capa, assim que eu vi, falei que precisava ler e o melhor ter na minha estante. Melhor ainda é saber que além de uma capa linda, a história é maravilhosa e consegue fazer com que não nos desgrudemos até chegar ao fim. Já estou mais que curiosa e intrigada para saber qual lado Telly escolheu (será que ele foi para o lado negro da força?!).

    ResponderExcluir
  8. Oi Kaline.
    Ainda não li nada da autora, mas vi diversas resenhas positivas sobre seus livros.
    Bem atrás de você parece muito intrigante e instigante. Fiquei muito curiosa para saber se Telly é mesmo o culpado dos assassinatos.
    Bom saber que todos os personagens estão lá por algum motivo e que a trama foi bem desenvolvida.
    Mais um para a lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kaline!
    Sinceramente espero que o Telly tenha escolhido ser o herói e não o vilão pois só de ler sua resenha simpatizei por ele, imagine então quando for ler Bem atrás de você?! Provavelmente ficarei igual a você, desesperada e torcendo para que ele não seja o culpado... A relação dele com a irmã quando criança parece bem linda mesmo, espero que essa relação tão especial não tenha sido prejudicada por causa de tantas tragédias acontecendo nas vidas desses dois.
    Ainda não li nada da Lisa Gardner mas tenho bastante curiosidade em conhecer a escrita dela, principalmente por causa dos seus livros de suspense, gosto muito do gênero.
    Enfim, valeu pela dica, anotada. Abraços!

    ResponderExcluir
  10. O livro parece conter uma narrativa bem emocionante e comovente!! Fico na torcida para que não seja Telly o assassino!! A relação entre ele e a irmã realmente é de carinho e cuidado!! Fiquei com muita vontade de ler esse suspense que parece tão bem escrito!!

    ResponderExcluir
  11. Sinceramente, já me senti comovida só lendo sua resenha, que estória, que experiência triste! É sublime a relação de amor e união entre Telly e Sharlah, assumo que é surpreendente pois, eu sei como é ter um pai desequilibrado em casa e seus irmãos não colaborar para ter paz uns com os outros...
    Fica difícil acreditar que esse anjo se tornou o assassino, mas essa separação serviu para que cada um durante esse tempo longe,fosse moldado pela vida.
    Admito que me apaixonará tanto quanto você se eu tiver a oportunidade de ler este livro, já me senti presa na resenha, imagina lendo o próprio!? Ah, resenha excelente, envolvente e muito bem trabalhada, esse livro com certeza em breve vai pra minha estante, e me trará lições valiosas para guardar sempre na memória.

    ResponderExcluir
  12. Oi Kaline,
    O livro prende mesmo não é? Só escuto elogios a ele, e já está na minha pilha de próximas leituras!
    Confesso que só pelas resenhas também não quero acreditar que o Telly foi o responsável pelos assasinatos, e espero muito que a autora me surpreenda, fora que deu uma dó de separarem os irmãos ...
    Também adorei a capa, por isso adquiri o livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. A capa e o título realmente chamam a atenção à primeira vista, principalmente para quem gosta do gênero feito eu. Essa trama com todo esse histórico dos irmãos é mesmo forte e acompanhar essa separação e os possíveis caminhos trilhados por cada um é de gelar o coração. É um livro que quero muito ler e espero gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  14. Gosto bastante da escrita da autora, e ainda não conhecia esse.
    Juntando essa capa incrível e a premissa já podemos ver que a trama é sensacional.
    Adoro esse gênero, é um dos meus favoritos e gostei mais ainda de saber que envolve uma trama com irmãos.
    Já estou louca para ler.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  15. Já tinha vontade de ler esse livro pela capa, agora a vontade aumentou, acho que essa é a primeira resenha que leio onde só vejo elogios. Nossa que curiosidade pra saber se Telly é o assassino. Pena desses irmãos sofrerem nas mãos de país viciados. Bom que apesar de separados encontram outros pais responsáveis para os criarem. Adorei também essa alusão aos irmãos lerem sempre,inclusive frequentando bibliotecas, sempre admiro livros que citam isso, a importância da leitura. Esse vou ler certamente .

    ResponderExcluir