07 maio 2018

Resenha - Amor em Jogo

Título: Amor em Jogo #1
Autora: Simone Elkeles
Páginas: 360
Editora: Globo livros
Skoob
Onde comprar: Amazon


Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também... Irresistível.






Derek Fitzpatrick, é um garoto de 17 anos, do Texas, que estuda em um colégio interno, na Califórnia.  Porém, uma brincadeira infantil muda completamente sua vida. Sem opções, ele terá que deixar a cidade em que vive e a escola, e se mudar para Chicago com a esposa de seu pai, que trabalha na marinha e casou-se novamente após a morte da esposa. O rapaz não fica muito contente com a mudança, mas, como seu pai fica muitos meses fora ele não tem para onde ir, a não ser viver com Brandi, sua madrasta.

Ao atravessar o país, deixando a quente e úmida Califórnia e se mudar para uma fria Chicago, Derek não imagina o que o espera. Ao chegar na casa da família da madrasta, uma situação inusitada coloca Derek cara a cara com uma garota nada convencional, Ashtyn Parker, a irmã de Brandi.

Ashtyn é a única garota no time de futebol americano da escola, considerada um dos melhores jogadores do time, ela é durona, dedicada e não se deixa levar. Cansada de ter sido abandona, pela mãe e pela irmã, tudo o que ela busca é a aprovação do pai, um homem amargo e sozinho. E para conseguir tal feito, ela viu no futebol uma alternativa.

Porém, os planos da garota mudam quando sua irmã aparece em casa, e junto com ela, há um enteado lindo e confiante, Derek. A atração dos dois é imediata, mas a teimosia de ambos é enorme, não os deixando levar pela paixão. Sendo assim, mais parecem cão e gato.

"Coloque na sua cabeça que eu não quero que você lute por mim."

Entretanto, muitas reviravoltas acontecem, Ashtyn que antes namorava, agora está solteira, o campeonato de futebol está próximo e Derek e ela se aproximam ainda mais. Contudo, Derek tem um segredo que pode colocar a relação dos dois em risco e ao mesmo tempo contribuir para o futuro dos mesmos.

Esse livro fala sobre amizade, família e amor adolescente. As inseguranças e medos juvenis. E principalmente, mostraa imagem de uma garota forte, que não liga para o que os outros pensam, e sim corre atrás dos seus sonhos, independentemente da situação!


"Você precisa ir atrás do que quer e não atrás."





[-Minhas Impressões-] 

Sabe aquele livro fofo e bem rapidinho de ler? Que quando você termina seu coração fica mais leve e cheio de amor? Amor em jogo é um desses livros. Um amorzinho, ideal para sair de uma ressaca literária. Ele me lembra um pouco O Acordo da Elle Kennedy, mesmo abordando outros temas, são duas leituras com clichês, leves e fluídas.

Os personagens foram um dos pontos positivos da história, Ashtyn é uma garota forte, que não se deixa levar por qualquer coisa, é dedicada e decidida. Achei muito importante a autora colocar uma mulher em um time de futebol só de homens, mostrando que a mulher pode ser ou estar onde ela quiser.

Já o Derek, apesar de ele ser bem confiante e sedutor, adorei a forma como ele se preocupava com a Ashtyn e como ele era leal a mãe falecida e aos amigos. Um garoto que apesar dos erros, tinha princípios.

Mas, os personagens secundários não ficaram atrás dos protagonistas não, adorei os amigos da Ashtyn e como eles a protegiam, a irmã dela e o sobrinho também foram muito importantes, assim como a avó do Derek. Juntos, complementaram esse romance fofo.

A escrita da autora também contribuiu e muito para o sucesso da leitura, ela é bem leve, fluida e cativante, impossível de largar. Esse livro pode ser lido em um dia facilmente. Já a capa do livro eu acho bem fofa e clichê, típica de romances jovenzinhos. Esse livro tem uma continuação, que é muito boa, na minha opinião, até melhor.

Recomendo esse livro pra quem gosta de um bom clichê e um romance jovem. Mas, que apesar disso, foi muito bem escrito e nos deixa uma mensagem. Se você gosta desse tipo de livro, ou está procurando livros assim, esse pode ser uma ótima opção para você! Super recomendo! <3

"Todo mundo tem um propósito na vida, ele me disse uma vez. Encontrar o seu é crucial para saber quem você é e o que você quer ser."

Se Inscreva e Participe!!!

9 comentários:

  1. De vez em sempre faz tão bem ler um livro leve e descontraído e este acima parece ser tudo e se brincar, um pouquinho mais!
    Amo um bom romance, mesmo quando este traz personagens tão jovens e repletos de descobertas.
    Como não conhecia, estou aqui encantada e doida para ler não somente sobre o casal, mas também sobre todos os personagens que costuram esta história.
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhhhh que livro mais amorzinho.
    Eu tenho um fraco por romances assim que a personagem será durona, que a história sempre nos ensina algo importante que levaremos para toda vida. Eu não conhecia esse livro, já vou add a minha wishlist para comprar com toda certeza.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Adoro uma leitura mais leve, cheia de clichê, depois daquela leitura mais pesada é sempre muito bem vinda. Não conhecia o livro, mas gostei bastante do enredo e os personagens parecem ser bem fortes e intensos. Já virei fã da Ashtyn, pois ser a única garota no time de futebol americano não é fácil (#girlpower). Tenho certeza de que vou suspirar muito lendo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Karoline
    Recentemente, eu tive a oportunidade de ler um livro da Simone Elkeles, adoro a forma que a historia dela se desenvolve. Não tinha conhecimento ainda desse livro, mas eu adorei o conteúdo, ele traz um romance adolescente aparentemente delicioso!

    ResponderExcluir
  5. Oi Karol,
    Ah, eu não nego, clichês me conquistam, principalmente romances adolescentes. Sabe que o ponto que mais me chama atenção foi exatamente a protagonista Ashtyn e sua força, uma menina nessa idade, que não tem mede de fazer aquilo que gosta, e no meio de vários garotos, vamos combinar que na adolescência eles são bem chatos, rs.
    Eu já conhecia um pouco do livro, gostei da proposta, uma leitura para sair da ressaca.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Karoline!
    Confesso que não curto livros de romance jovem, mas amo clichê assim como gosto de livros com personagens determinados e fortes que lutam pelo que quer igual a Ashtyn, achei bem interessante ela fazer parte de um time de futebol só de homens, dá pra ver que ela tem bastante garra!
    Já adicionei na minha lista de leitura. Valeu pela dica! Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia o livro, mas não me importo do enredo ter alguns pontos elementos clichês, pois o importante é como o autor se desenvolve a partir deles. É bom, às vezes, ler algo leve assim, ainda mais sendo uma leitura rápida. As personagens são bem interessantes e parecem ser bem construídas.

    ResponderExcluir
  8. Karoline!
    Não vejo livros de romance sem clichê, porque o amor por si só é um clichê e isso que torna tudo tão real, os sentimentos...
    Deve ser uma série muito boa.
    Quando o livro é bem escrito, vale a pena fazer a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Não tenho costume de ler livros com romance adolescente, mas esse me chamou a atenção por conta dos personagens e da situação.
    Achei bem legal o fato dela ser única menina num time de futebol só de garotos.
    Anotada a dica.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir