26 fevereiro 2018

Resenha - A Carruagem da Morte

Título: A Carruagem da Morte #3
Autor: Gustavo Rosseb (Cortesia)
Editora: Grupo Editorial Pensamento / Editora Jangada
Páginas: 480
Skoob
Onde comprar: Saraiva /Amazon /Submarino

A aventura final da trilogia de Tibor Lobato está começando: uma nova quaresma chegou e todos os moradores dos vilarejos em torno da Vila do Meio sofrem o ataque brutal de um exército de criaturas horrendas. Ao saber da ocorrência de estranhos rituais, Tibor descobre que tudo faz parte de um plano macabro da Cuca, que ele pretende derrotar de uma vez por todas. Em meio a batalhas épicas, sonhos e pesadelos sobrenaturais, Tibor precisa enfrentar o maior de todos os desafios: conhecer a si mesmo e a extensão da própria força. Gustavo Rosseb resgata e moderniza os mitos e causos do folclore brasileiro, entretendo os leitores e provocando reflexões com temas como o preconceito, a morte e o poder da amizade e dos laços de família.




Livros Anteriores


 Tibor Lobato - O Oitavo Vilarejo Vl.1 - Gustavo Rosses
 Tibor Lobato - A Guardiã de Muiraquitãs - Vl.2 - Gustavo Rosses


Contém Spoiler por ser o último livro da série, por isso, se você ainda não leu, não se arrisque e leia somente as minhas impressões ok? E não deixe de ler as resenhas anteriores, porque essa série vale a pena conhecer! 



Mais uma vez a quaresma se aproxima, ela que antes era tão esperada por Tibor e responsável por lhe tirar o tédio, dessa vez é temida. A quaresma anterior deixou muitas cicatrizes, as quais ainda não foram totalmente cicatrizadas, na verdade, essas cicatrizes estão abertas e doloridas como se tivessem sido feitas no mesmo dia. A tristeza e culpa assolam o coração de Tibor, o medo consome todos os moradores da região, todos temem pela mesma coisa: A quaresma que está chegando.

Tibor e Sátir já estão preparados, dessa vez eles tem uma meta e nada pode desviar o foco dos irmãos. Eles precisam derrotar seus inimigos, principalmente sua tia-avó, a Cuca, e resgatar seu grande amigo. Mais uma vez eles partem em uma grande aventura, com personagens novos, monstros assombrando os vilarejos, sonhos esquisitos e uma esperança enorme de finalmente encontrar a paz. Com certeza, essa será a mais emocionante das quaresmas.


"Não existe escuridão que alcance o coração de uma fonte de luz."




[- Minhas Impressões -]

Quando o último livro da aventura de Tibor chegou na minha casa confesso que senti uma pontada no peito, de alguma forma eu não queria que acabasse. Ele me envolveu tanto nos últimos dois livros que eu senti uma ligação com a história, um amor por todos os personagens e cada coisinha que acontece no livro. Nada me deixou mais feliz ao ver que o livro é o maior da série, meus olhos até brilharam (risos).

O livro vem com um ar mais maduro, todos os personagens estão mais evoluídos e fica nítido de que o tempo que passou desde a última quaresma foi muito importante para o amadurecimento de todos. Tibor está mais centrado, mais "pé no chão" e de certa forma senti que estava mais desiludido quanto ao mundo. Como todo herói, Tibor sente que tudo que acontece é culpa dele e toma para si toda a responsabilidade de salvar os sete vilarejos.

As aventuras estão ainda mais emocionantes, o mistério toma conta do livro inteiro. É um livro muito bem escrito, fluido e tão gostoso de ler (você lê durante horas e parecem minutos). É narrado em terceira pessoa, com foco no Tibor. 


O livro trás ainda mais do nosso folclore e trata de assuntos bem sérios, achei legal da parte do autor em encaixar de forma suave e com muito bom senso, sem forçar a barra. Assuntos como a época da escravidão e orientação sexual também aparece no livro. Muitos dos personagens que aparecem trazem algo para se pensar.

Tem personagens novos, bem escritos e cada qual com sua importância na história (nesse livro nada aparece por acaso, lembre-se disso). Eu gostei muito de todos os personagens, eles foram montados de uma forma mais humana com erros e acertos, nem todos somos totalmente heróis. E ainda temos nossos personagens que já gostamos muito, Tibor e Sátir vem com um jeito mais adolescente, crescidos e com uma mentalidade mais evoluída, gostei muito de como conseguiram passar por todas as aventuras.

A capa do livro está sensacional, achei linda e muito bem feita. As páginas são amareladas e com uma fonte ótima e confortável para leitura. O livro é grande, mas flui e quando você percebe já está no finalzinho. Não achei nenhum erro no livro, não tenho do que reclamar.

O fim da história me deixou no chão, mas não imagino um final melhor para essa história incrível que o autor criou. Só posso dizer que sou grata por ter um pedacinho da nossa cultura e uma história tão linda e tão divertida como essa na minha estante. Nem preciso dizer que está mais do que recomendado, não é mesmo? Para todas as crianças, adolescentes, adultos e idosos, essa história merece ser lida por todos os brasileiros. 


Se Inscreva e Participe!!!!






13 comentários:

  1. Fui buscar as resenhas dos dois primeiros livros e preciso falar(escrever) das capas! Que capas mais lindas!Todas são belíssimas e como não conhecia os livros, já quero muito toda trilogia.
    Ainda mais que traz tanto sobre a gente, sobre nosso folclore, lendas e costumes de todo um povo.
    Aventura e crescimento, aprendizado e cultura!
    Tudo reunido em uma trilogia.
    Vão para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Giovanna!
    Não li nenhum dos livros da série, mas que vontade.
    Bom ver que esse último exemplar veio mais maduro e as personagens mais evoluídas.
    Nossa! E com tanta aventura e mistério, deve ser um livro fascinante de ser acompanhado.
    Bacana ver que o livro traz assuntos como escravidão e opção sexual de forma leve.
    Vou dizer o que mais? Quero ler.
    Uma semaninha plena de amor no coração!
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Oi Giovanna.
    Gostei bastante da premissa da série.
    Fiquei feliz em saber que o livro teve um bom desfecho e que todos os novos personagens têm um propósito na trama. Gostei de saber que tem temas importantes sendo abordados, como orientação sexual e a escravidão. São assuntos importantes a serem refletidos.
    Adorei as capas! São lindas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que bacana, nunca tinha visto nenhum livro que explorasse o nosso folclore, ja quero porque é um tema que merece ser mais comentado ja que é tao rico. A propósito, que capa linda hein?! Já quero toda a série. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Gi! Nossa, nunca havia ouvido falar nessa série, sério! Mas devo dizer que a história me conquistou, fui lá ler a resenha completa do primeiro livro e já estou aqui pensando onde vou conseguir encaixá-los na minha tbr (rs). Sua resenha ficou incrível!
    Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  6. Oi Giovanna!
    Ainda não li os dois primeiros então tratei de pular para as suas impressões rsrs
    Ahh entendo o sentimento, quando eu estou no último livro de uma série que gosto muito leio até mais devagar pra não acabar.
    Gosto de livros que nada acontece por acaso porque quando eu leio, eu sempre fico procurando algum motivo por isso acontecer rsrs
    Se tem mistério eu já gosto hahaha
    Que bom que os personagens evoluíram com a história, isso mostra uma coerência, e que o final foi algo bom.
    Agora vou tratar de ler um pouco mais do primeiro para conhecer um pouco mais sobre a história porque só entendi que é um livro e uma trilogia boa hahaha
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Só pela capa linda eu já leria, mas com esse enredo...praciso pra ontem!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esta trilogia, mas lendo a resenha deste ultimo volume não me animei mesmo recebendo tua nota máxima, acho que por eu não conhecer as historia anteriores.
    Fantasias me animam muito, ainda mais com essas capas e titulo, mas essa não rolou pra mim.

    ResponderExcluir
  9. Eita que ainda não conhecia esta série,mas pelo visto você curtiu bastante a leitura. Gosto muito de livros com temáticas diferentes e pelo visto essa envolve folclore e seres misticos ( vou ter que saber mais sobre os livros anteriores), mas com certeza achei uma excelente indicação. Esta capa é linda ( mas que dá medo, isso dá!!)

    ResponderExcluir
  10. Oi Giovana!
    Que bom que os livros te conquistaram tanto, principalmente esse último da trilogia, confesso que não me interessei tanto, mas não dá para negar que é uma história bem escrita, e gosto quando os autores mostram a evolução dos personagens... Achei a capa muito bonita!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Giovanna ;)
    Não conhecia a série ainda, mas achei a premissa bem interessante, e adoro livros de fantasia!
    Acho que fiquei meio perdida durante a resenha, por não conhecer a história e seus personagens, mas achei bem legal os temas abordados pelo autor, como nosso folclore!
    Enfim, adorei a resenha e que bom que foi um dos seus favoritos ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Caramba, e como eu não conhecia essa série?? Parece ser ótima, divertida, realmente criou uma conexão com você e isso é o mais importante. E ainda é nacional, com referências ao folclore? Já quero!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Giovanna! Eu nunca tinha ouvido falar dessa série! Parece muito interessante. Adoro quando livro está mais envolto em uma atmosfera de misterio assim. Também é bacana saber que os personagens amadureceram né? Da vontade de ler os primeiros e conhecer mais da historia sabendo que a evulucao dos personagens está garantida ao longo da série! Bjs

    ResponderExcluir