28 dezembro 2017

Retrospectiva - Top 10 dos melhores livros lidos em 2017


Oi gente, hoje eu não trago resenha, coluna, dia de quote, observatório literário e muito menos reflexão para vocês. O motivo desta postagem é para que vocês fiquem por dentro dos livros que eu mais amei ter lido no ano de 2017 e que logo logo nos deixará. A escolha de cada um desses livros foi feita com muito carinho, e todos os que aqui estão despertaram em mim um mix de sentimentos e mexeram demais com as minhas emoções. Então sem mais delongas, aqui estão eles, espero que vocês apreciem sem moderação (risos).

Ah, quase ia esquecendo de falar... os livros virão em ordem de preferência e gosto pessoal, e  não por ordem de leitura.









10°- E viveram felizes para sempre

                                           
Alguns finais são apenas o começo...
Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza. Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em  E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Lembro que quando li esse livro eu fiquei completamente encantada e mais apaixonada ainda por essa família nem um pouco convencional, mas extremamente irresistível e viciante. A leitura me proporcionou grandes momentos, pois eu ri, chorei e também me alegrei com cada novo epílogo que me foi apresentado. Mereceu 5 estrelas sem sombra de dúvidas.



9°- Tentação ao pôr do sol

                                           
Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores,  ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar.
Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy têm duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele.
Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem certeza de que a jovem será sua e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas desejo e fascínio não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.

Esse livro foi um dos mais engraçados que eu já li em toda minha vida. Sua história é composta por momentos engraçadíssimos, e grande parte se deve aos funcionários do hotel, que em algumas situações foram mais interessantes do que os protagonistas do romance. Se bem que de todos os livros que eu li da família Hathaway esse foi o que eu mais gostei.  A história de amor de Poppy e Harry me conquistou de vez e valeu 5 estrelas sim, sem nenhum arrependimento.



8°- Uma sombra na escuridão

                                                 
Do mesmo autor de A garota no gelo.
A detetive Érika Foster tem agora um desafio aterrorizante. Em uma noite de verão, a detetive Érika Foster é convocada para trabalhar em uma cen
a de homicídio. A vítima: um médico encontrado sufocado na cama. Seus pulsos estão presos e através de um saco plástico é possível ver seus olhos arregalados. Poucos dias depois, outro corpo é encontrado, assassinado nas mesmas circunstâncias.  As vítimas são sempre homens solteiros, bem-sucedidos e, pelo que tudo indica, há algo misterioso em suas vidas. Mas, afinal, qual é o segredo desses homens? Qual é a ligação entre as vítimas e o assassino? Érika e sua equipe se aprofundam na investigação e descobrem um serial Killer calculista que persegue seus alvos até achar o momento certo para atacá-los. Agora, Érika Foster fará de tudo para deter aquela sobra e evitar mais vítimas, mesmo que isso signifique arriscar sua carreira e também sua própria vida.

Uma sombra na escuridão foi um daqueles livros de suspense que me deixou arrepiada e também com medo. Teve várias cenas que eu ficava imaginando como teria sido se fosse realmente verdade, pois foram descritas com muita realidade. Fiquei com um medo danado (risos) e gostei de mais do livro, mas por causa de  uma coisinha aqui e outra ali acabei dando 4 estrelas. No entanto figura na minha lista em oitavo lugar.



7°- Quatro vidas de um cachorro

                                                 
Esta é a inesquecível história de um cão que - após renascer várias vezes - imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, Quatro v
idas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento das pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais.

Caramba! Quatro vidas de um cachorro me arrancou muitas lágrimas! Lembro de ter ficado totalmente tocada pela história e a forma tão bela que o autor encontrou para contá-la. Me apaixonei por Bailey deste então e lembro do livro com grande carinho e ternura. O livro e sua história foi um ensinamento para toda vida, e livros assim fazem toda a diferença para mim, por isso mesmo que ele também ganhou 5 estrelas.



6°- Não voltarás

                                                 
Mike Zetterberg vive com a esposa Yilva e a filha do casal  numa pequena cidade praiana da Suécia. Uma noite, Ylva não volta para casa depois do trabalho. Mike acredita que ela só foi tomar um drinque com as amigas, mas, quando ela não aparece na manhã seguinte, ele começa a se preocupar. Enquanto Mike lida com as suspeitas da polícia e com o próprio desespero, ele nem desconfia de que sua esposa está viva e há apenas alguns passos de casa, presa num porão do outro lado da rua, atraída para uma trama horripilante de punição e vingança. Uma câmera de vigilância lhe permite ver sua família pela tela da TV. Eles não podem vê-la - e certamente não podem escutar seus gritos desesperados de socorro.


Ler esse livro me causou grande desespero e aflição. Sua história é um thriller psicológico para ninguém por defeito, fiquei extremamente assustada com o sofrimento que foi imposto a personagem Ylva, e mesmo que eu tenha sentido muita raiva dela na história não acho que ela merecesse tudo pelo que passou. Este livro com certeza também mereceu ganhar 5 estrelas.



5°- O casal que mora ao lado

                                                 
Tudo começou em um jantar... um thriller psicológico surpreendente da autora best-seller internacional Shari Lapena. É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós- parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Uau! Ainda me arrepio quando leio a sinopse do livro. Ele simplesmente foi excelente! Eu fiquei agarrada às páginas do livro e só descansei quando cheguei ao fim e descobri quem estava por trás do sequestro de Cora, e posso dizer que ainda estou sob o impacto dessa história, pois ela teve muitas reviravoltas. E é claro que também ganhou 5 estrelas, com muito louvor.



4°- Quem era ela


É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no n° 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço.
Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas
pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.
Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante, reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras.

Quem era ela assim como os dois livros acima é recheado de suspense e ninguém é como aparenta ser. Ao ler esse livro fui assaltada por vários sentimentos conflitantes e também confusos, pois lembro de estar convicta de já saber quem era o assassino, mas tomei uma rasteira daquelas. E por conta disso suas estrelas não poderiam ser menores que cinco.



3°- Um pequeno favor


Livro apontado como o sucessor de Garota exemplar e A garota no trem, "Um pequeno favor" inclui traições e reviravoltas, uma pessoa morta e a questão recorrente: quem está enganando quem?
Quando sua melhor amiga, Emily, pede a Stephanie para buscar seu filho Nicky na escola, ela alegremente concorda. Nicky e seu filho Miles são melhores amigos - exatamente como ela e Emily. Mas Emily não volta. Ela não atende ao celular ou responde às mensagens. Stephanie sabe que algo está terrivelmente errado. Aterrorizada, ela busca ajuda nos leitores do seu blog. Até que ela e Sean, marido de Emily recebem notícias chocantes: Emily está morta. O pesadelo de seu desaparecimento finalmente chegou ao fim. Ou será que não?

Assim que me deparei com a sinopse desse livro me senti ávida em lê-lo. Lembro que me agarrei a ele e só parei de ler quando descobri o que afinal havia acontecido à Emily. Final surpreendente, com pessoas capazes de qualquer coisa para atingir seus objetivos. Embora o livro figure em terceiro lugar ele recebeu 4 estrelas.



2°- Rainha de Katwe


A incrível história da garota africana que conquistou o mundo do xadrez agora chega aos cinemas! Nascida e criada em uma das favelas mais miseráveis da África, Phiona Mutesi chamou a atenção do mundo todo ao se tornar campeã nacional da Uganda com apenas quatorze anos de idade. Com essa vitória teve a chance de competir nas Olimpíadas de Xadrez, o evento de maior prestígio do jogo. Lá, foi uma das primeiras mulheres de seu país a ganhar  o título de Mestra do Xadrez. Tanto na vida como nos tabuleiros, Phiona demonstrou um talento impressionante de perseverar diante dos maiores obstáculos. Esta é a sua história, que está chegando também aos cinemas de todo o Brasil pelos estúdios Disney, estrelada pela vencedora do Oscar Lupita Nyong'o e pelo ator premiado David Oyelowo.

Esse livro foi um dos primeiros que resenhei aqui no blog e não a toa ele aparece em segundo lugar da minha lista dos queridinhos. Sua história embora muito triste também mostra uma enorme superação e força de vontade de sua personagem principal Phiona Mutesi. Virei fã dessa personagem da vida real desde então, e por isso seu livro mereceu 5 estrelas e também favorito. Mas não está em primeiro lugar  porque outro livro acabou com minhas reservas e estoques de lágrimas. Vocês já já irão conhecê-lo.

1°- Por lugares incríveis


Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante.  Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para um trabalho de Geografia - visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem pode finalmente ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

Gente, deixei este livro por último porque não tinha como ele não estar em primeiro lugar na minha lista. Ele é simplesmente perfeito de todas as maneiras imperfeitas que podem existir. Sua história é linda, porém tremendamente triste. Eu lembro que fiquei por um bom tempo revivendo-a em minha cabeça, e como eu chorei durante e depois de ter lido, pois tenho certeza que essa história se repete dia após dia na vida de muitas pessoas, jovens ou não. Este é um livro forte, profundo, doloroso e tremendamente real figurando como primeiro lugar da minha lista e do meu coração, ganhando 5 estrelas e favorito com todo mérito.


Então é isso pessoal, esses foram os livros que me conquistaram neste ano que se finda. Embora eu tenha lido 76 livros neste ano, esses são o meu top 10. Espero que vocês tenham gostado das minhas escolhas, e se já leram poderão revivê-los aqui comigo e caso ainda não, está aí uma ótima oportunidade para isso.
Desejo um 2018 de excelentes leituras para todos e a gente se encontra por aqui.


Se Inscreva e Participe!!!




7 comentários:

  1. Oi, Kaline. Como vai? Eu tenho Por lugares incríveis mas até hoje não li, você acredita? Eu fico com meio de ficar tristonha demais com a história, então eu preferi enrolar e até agora não li. Amo a Lisa Keyplas e curti muito esse livro dela, assim como os da Julia, mesmo que não li esse último livro dela.
    Beijos!
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Kaline!
    Acredita que não li nenhum desses livros, embora tenha aqui Por lugares incríveis, e, O casal que mora ao lado.
    Agradeço as indicações e já anotei alguns para poder ler em 2018, porque esse ano não dá mais, né?
    Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Tinha um danado de um ponto de troca no Skoob e fiquei no maior jogo:este ou aquele?rs Por Lugares Incríveis ganhou de Não Voltarás. Os dois resumos me ganharam e eu preciso urgente ler ambos!
    De todos os livros citados, só conhecia a história de A Rainha do Katwe, pois vi o filme não faz muito tempo.
    Vou tentar montar minha lista!rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Tô tentando a muito tempo por lugares incríveis eu adorei a temática do livro e na época era um conceito acontecendo com uma pessoa no meu círculo social

    ResponderExcluir
  5. Olá Kaline ;)
    Adorei os seus escolhidos como melhores do ano!
    Alguns ainda não li e quero muito, como Por Lugares Incríveis, Um pequeno Favor e Um Casal que Mora ao Lado. Já li toda as séries Os Hathaways e Os Bridgertons, e amo ambas S2
    Esse fim de ano está dando uma nostalgia, tive leituras incríveis *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não li nenhum desses, mas o que mais me chamou atenção foi o Rainha de Katwe. Aliás eu já tinha ouvido falar desse livro há um tempo e simplesmente me esqueci dele, me esqueci de anotar inclusive. Que surpresa ótima encontrar ele na sua lista, e em 2º lugar, porque me lembrou que preciso lê-lo!
    Adorei seu top 10! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Não li nenhum dos livros da sua lista, mas alguns me chamam muito atenção.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir