18 agosto 2017

Resenha - Por Um Toque De Sorte #2

Título: Por Um Toque De Sorte #2
Autora:  Carolina Munhóz
Editora: Rocco
Ano: 2016
Páginas: 304
Onde Comprar: Amazon / Saraiva
Skoob

De Dublin a Paris, Rio de Janeiro e Hollywood, eles estão por toda parte. São os donos das marcas que você usa, comandam os canais de televisão a que você assiste, criam os aplicativos de celular que você baixa. No segundo livro da série Trindade Leprechaun, iniciada com Por um toque de ouro, Carolina Munhóz dá continuidade à história da jovem Emily O’Connell, uma garota bonita e rica, dona de um império fashion, que descobre ser herdeira de uma rara linhagem desses pequenos seres mágicos considerados guardiões de potes de ouro escondidos. Ela só não esperava que esse legado sobrenatural pudesse levá-la para o centro de um esquema perigoso e cruel. Em “Por Um Toque de Sorte”, Emily deixa seu mundo de glamour para trás em busca de um impostor que rouba toques de ouro. Será que ela será capaz de cumprir sua jornada? Isso ela só vai descobrir no final do arco-íris. Se conseguir chegar lá.


Não contém Spoilers, mas vou deixar abaixo a primeira Resenha 
que foi publicada aqui no Blog para quem quiser conferir: Por um Toque de Ouro #1






Quem disse que segundo livro de uma trilogia é sempre ruim ? Em "Por Um Toque De Sorte" volume 2 da Série Trindade Leprechaun , podemos ver a história se tornando ainda mais bela e alcançando proporções fantásticas.

Após ter seu toque de ouro roubado Emily perdeu tudo : seus pais, sua herança, sua sorte. E agora trancafiada em seu quarto sem vontade alguma de viver, não sabe o que fazer para pegar o desgraçado que destruiu a sua vida.

Ao conhecer Liam, outra vítima do ladrão de toques de ouro, ela começa a querer mudar sua situação e decide ir atrás daquele Leprechaun impostor. Darren , melhor amigo de Emilly, está ao lado da amiga pra o que der e vier, ele foi o único que a apoiou quando ela teve sua sorte roubada e agora mais do que nunca, a amiga conta com a ajuda dele para juntos destruírem aquele que fez a vida de Emily desmoronar.


"No meio de toda a turbulência da vida, eu te encontrei. E, se for preciso, viverei no caos só para ter você ao meu lado."


 Em uma festa, Daren descobre o possível paradeiro do ladrão de toques de ouro e não hesita em correr para a casa da amiga afim de traçarem um plano e pegarem ele. Após terem o plano elaborado, eles partem para Paris, local onde o impostor está e que certamente encontrou sua próxima vítima. Ao chegarem na Cidade Luz, os três entram disfarçados em uma glamorosa festa para colher informações sobre a vítima e sobre o que o impostor vem tramando. Nessa festa , conseguem descobrir que o maldito se casou com a vítima escolhida , com isso eles partem em busca do casal antes que seja tarde demais para a garota.

Quando chegam no lugar onde o casal estaria passando a Lua de Mel , percebem que talvez a vítima não seja tão vítima assim, já que ela parece está muito bem com toda aquela situação, após Emily explicar a razão de estarem ali. Depois de toda a explicação, a francesa então fala que sempre soube da falsidade do marido, e por isso fechou um trato com ele: entregaria seu toque de ouro se ele casasse com ela , pois somente assim ela poderia tomar posse da herança da família. Dessa forma, nenhum dois tinha acesso a vida pessoal um do outro e ela não sabia onde seu marido poderia estar.

Frustados ao descobrir que existiam Leprechauns com essa ganância eles voltam para hotel e começam a pensar nos próximos passos quando Emilly começa a sentir um enorme desejo de vir para o Brasil, quase como uma voz a chamando. E assim, os três amigos partem para América com o propósito de descobrirem mais sobre sua espécie e finalmente pegarem aquele maldito impostor.


           
   [- Minhas Impressões-]

A cada livro da Carolina Munhóz que leio, fico mais encantado com a criatividade que ela tem e o crescimento que apresenta a cada obra. Com uma forma de escrita impecável, a autora nos presenteou com mais um livro incrível.

Com uma pegada mais adulta que o primeiro volume da série, a trama desse livro vai trazer bastante a questão do recomeço. Ser traído não é fácil, mas ter sua vida destruída por alguém que você amava e confiava é bem pior , com certeza. Emily está com seu coração dilacerado após descobrir os planos malignos do seu ex, e mesmo sabendo que ele é um canalha não consegue tirar tudo que os dois viveram da cabeça. E apesar de passar uma grande parte da história triste e lamentando, tem um momento que ela decide se erguer e mudar aquele quadro deprimente, e fazer daquela situação um degrau para algo melhor. Achei isso muito bom, pois nos transmite uma mensagem linda de como podemos ultrapassar a barreira da dor e do sofrimento principalmente em algo que não imaginávamos.

Não adianta nos prendermos a sentimentos bons com aqueles que só querem a nossa destruição. E Emily entendeu isso e fez um bom uso da sua dor. Nós nunca devemos pensar que a dor é o fim. Sei que um término é doloroso e que dependendo da situação, pode deixar grandes cicatrizes, mas que com isso, possamos aprender a usar a dor para crescermos e nos tornarmos pessoas melhores, e é nesses momentos de dor que podemos refletir, repensar nossos atos e nos conhecer melhor.

Darren é um personagem que me cativou muito principalmente por ele ser tão espontâneo (algo que me identifico super) e sempre estar disposto a ajudar a amiga. Mas nesse segundo volume, a amizade entre os dois vai sofrer um leve abalo.

Após repensar sobre sua vida, Emily percebe que não é mais aquela garota imatura e inconsequente da Irlanda, porém Darren não entende que ela não quer mais essa vida de baladas e curtição, isso porque eles nunca tiveram oportunidade de falar sobre isso, e por isso, acaba sendo um erro eles não terem sentado para conversar sobre isso.

Infelizmente a falta de diálogo pode acabar mesmo com um relacionamento (e pode crer a a amizade está incluída aqui sem dúvida) e isso é algo realmente chato, principalmente com uma amizade de anos (não estou dizendo que eles não serão mais amigos, mas isso você só saberá lendo).


Uma outra coisa que gostei muito foi o fato da autora trazer um personagem "bissexual". Liam sempre teve relacionamentos heterossexuais, mas ao encontrar o impostor, se apaixonou por ele e tiveram um namoro (até que ele também foi enganado). Os bissexuais são sempre visto com muito desdém e até um certo preconceito por serem tidos como "indecisos" , e isso não é algo legal. Tudo bem você ter sua orientação sexual e se orgulhar disso, mas não é necessário descriminar a orientação sexual dos outros , independente de qual seja ela. Sempre buscamos rotular tudo, mas tem algo que nunca será rotulado: o amor. E não importa qual é o gênero, se existe amor de verdade , certamente valerá a pena. Além disso, o respeito às diferenças é sempre muito importante.

Algo na obra que vale a pena pontuar, é a ganância que certos personagens apresentam em querer sempre mais.

Quando os personagens chegam ao Brasil, eles conhecem uma família cujo o toque de ouro do pai e da filha mais nova fora roubado pela filha mais velha. Apesar de nesse caso o roubo ter sido uma necessidade, existem aqueles que passam por cima de tudo e de todos para alcançar o que desejam. Isso é algo que vemos constantemente em nossa sociedade, infelizmente.

Vale lembrar que o espaço na narrativa é ampliado nesse segundo livro, já que os personagens precisam viajar em busca de conhecimento, deixando a obra ainda mais atrativa.

A parte gráfica da obra está linda! A capa com tons de verde remete ao título, e ainda temos a imagem que uma mulher correndo , fazendo menção a protagonista que sai em busca do seu toque. A diagramação está impecável como sempre podemos notar nos livros da Carolina, e com uma revisão muito bem feita.

"Por Um Toque de Sorte" é uma belíssima continuação, que nos apresenta mais a fundo o mundo dos Leprechauns. Com um modo criativo incrível da autora, temos aqui uma recriação impecável dessa lenda Irlandesa tão famosa. Se aventure com Emily , e tente achar o seu fim do arco-íris.
"Havia paixão nos olhos dele, e ela conseguiu identificar isso. Em um segundo o odiava e queria ser independente; no outro, o via fazendo algo doce e deseja beijar seus lábios. Repetia sempre os mesmos erros. Ou os mesmos acertos. No jogo do amor, era difícil saber a resposta certa."

PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!


14 comentários:

  1. Oie Ítalo, tudo bem?
    Vou te confessar que só li a sua resenha por alto, porque adquiri os dois primeiros volumes recentemente, e estou louca para ler! Acho as capas dessa trilogia tão maravilhosas <3
    Amei as suas fotos, e salvei o link para voltar na resenha assim que ler o livro haha

    Com Carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br
    CONCORRA A UM EXEMPLAR DE "AS TUMBAS DE ATUAN" - https://goo.gl/SmjGCh

    ResponderExcluir
  2. Olá Italo, tudo bem?
    Li este livro no final do ano passado, apesar de não ter lido "Por um toque de ouro" antes. Mesmo assim, amei a leitura, agora quero ler o primeiro livro antes que lancem o terceiro kkkkk.
    A capa é mesmo lindíssima, e me apaixonei pela escrita da "Carolina Munhóz". O verde da capa é lindo, e remete à cor dos leprechauns.
    Achei a estória muito bem estrutura e os personagens bem desenvolvidos. Gostei de ver que a personagem Emily supera suas decepções e se torna uma heroína forte.
    Também gostei do personagem bissexual não vir rotulado, isto é algo que não aparece frequentemente nos livros.
    E, por último, amei a vinda dos personagens para o Brasil!

    ResponderExcluir
  3. Italo!
    Tenho o primeiro livro dessa série aqui, mas ainda não li. Gosto de ler as séries quando tenho todos os livros, sem a ansiedade de esperar pelo próximo.
    Realmente o gosto da traição, principalmente por alguém que amamos é muito pior, para mim é uma traição dupla.
    Fico feliz em ver que a autora trouxe personagens mais amadurecidos e assuntos relevantes, como a bissexualidade.
    Bom final de semana!
    "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ainda nao conhecia o livro mas gostei bastante da premissa, fiquei curiosa para saber mais.
    A capa é muito fofa!
    Vou procurar para ler <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Italo ;)
    Já conhecia essa série da autora, mas só de vista. Acho as capas lindas demais *-*
    Não conhecia a história, mas já fui ler a resenha do primeiro e me interessei demais em ler! Realmente o segundo livro de uma série as vezes carrega esse estigma de que não será tão bom quanto o primeiro, mas que bom que o caso não se aplica a Por um Toque de Sorte! E amei que fala sobre essa lenda irlandesa, nunca li um livro que abordasse esse tema.
    A Emily parece estar mais determinada e corajosa nesse segundo livro, parece ter amadurecido bastante depois de tanto sofrimento. E achei demais que o livro acontece em lugares diferentes, como a França e o Brasil! Espero ler logo logo os livros, muito obrigada pela indicação!
    Abç

    ResponderExcluir
  6. Estou louca para ler o primeiro livro é essa resenha só aumentou a minha vontade. Não posso falar muita coisa, porque ainda não li o primeiro, mas o que me chamou a atenção em sua resenha foi o personagem, Liam, ser bissexual,o que é muito raro hoje em dia. Também gostei do fato de o livro tratar do recomeço e de certa forma, pelo que percebi, foi o amadurecimento da personagem principal. Gosto quando os livros falem, de alguma forma, o lado sombrio do ser humano, do que um homem é capaz de fazer para conseguir o que quer, é interessante.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não sabia muita informação dessa série, mas achei bem interessante.
    O enredo parece tratar de assuntos importantes e sérios, de uma forma clara e bem desenvolvida. Os personagens, pelo que você comentou, parecem crescer e amadurecer no decorrer dos livros e sua história.
    Fiquei animada para fazer a leitura.
    A resenha está ótima!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que livro interessante, não tinha conhecimento sobre ele. A trama é muito envolvente, apesar de ser continuação e não ter lido a primeira resenha mas já dar para perceber que é uma fantasia muita maravilhosa e uma história incrível.

    ResponderExcluir
  9. Tenho esta obra, e o primeiro livro, mas admito que sempre tive receio de ler está obra e não gostar, pois já li outras resenhas que diziam que a estória era ruim, e muito mal desenvolvida, mas sua resenha me diz ao contrário, principalmente em relação a está continuação. Vemos que a personagem teve ser coração dilacerado pelo seu ex, que tramava coisas ruins, acredito que isto seja muito triste. Vamos continuar embarcando nesta aventura cativante, e envolvente, com personagens super bem desenvolvidos. Por isto pretendo sim dar uma chance a obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hey *-*
    Mesmo eu não conhecendo o primwiro livro eu gostei da trama.
    Estou louca para começar a ler a e saber quem será o impostor e como ele vai trair todos.
    Vou dar uma conferida e resenha do primeiro volume.

    Bj

    ResponderExcluir
  11. Eu comprei o e-book e como pretendo ler em breve, confesso que fiquei com medo de ler a resenha e achar um spoiler haha Carolina Munhóz é maravilhosa, e tô louca pra começar a ler essa série logo!

    ResponderExcluir
  12. Olá Italo,
    Fui apresentada a essa série na resenha do primeiro livro e desde então estou ansiosa para começar a ler. O que me fisgou mesmo foi me deparar com a frase “inspirada nas lendas irlandesas” na sinopse do primeiro livro. Amo a Irlanda, então não há como não ficar intrigada em ler o primeiro livro dessa trilogia. Que empolgante saber que o segundo livro traz uma continuação bem elaborada e que prende ainda mais o leitor nesse universo tão criativo.
    A história pelo jeito é bem envolvente, com uma pitada de magia e com temas inseridos que tornam a leitura ainda mais cativante. É nítido o amadurecimento da protagonista Emily, quero acompanhar a jornada dessa garota.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Vi que esta pra ser lançado terceiro livro dessa serie e fiquei muito curiosa por causa da capa.
    Ainda nao li os outros livros dessa serie.
    Tenho o pe atras com essa escritora, tentei ler o livro O Reino das Vozes Que Não Se Calam da parceria dela com Sophia Abrahão, mas não consegui terminar.
    Mas ainda assim acho que vou dar uma chance.

    ResponderExcluir
  14. Olá! Já tinha amado a resenha do primeiro livro, agora estou mais ansiosa ainda para ter todos os livros e enfim começar a leitura, pois não aguentaria ler em etapas. O mundo de fantasia me encanta e não tenho duvidas que esta série se tornará umas das minhas preferidas.

    ResponderExcluir