06 fevereiro 2017

Resenha - HQ Dois Irmãos



Titulo: Dois Irmãos
Autores: Fábio Moon e Gabriel Bá
Cortesia: Cia das Letras
Skoob / Goodreads
Páginas: 232
Onde comprar: Amazon

Um dos livros mais importantes da literatura brasileira contemporânea, Dois irmãos vem, desde seu lançamento há quinze anos, conquistando novas gerações de leitores. E foi com o mesmo entusiasmo desses leitores que Fábio Moon e Gabriel Bá embarcaram na missão de adaptar o romance de Milton Hatoum para uma graphic novel. Entre os mais premiados da última década, os irmãos quadrinistas vêm igualmente arrebatando fãs e trazendo uma verdadeira legião de leitores às HQs. Suas obras foram publicadas em diversos países, atravessando fronteiras culturais e políticas.
Ao mesmo tempo que preserva a força narrativa de Hatoum, esta adaptação evidencia o talento de Bá e Moon na construção de histórias que alternam entre a tragédia, a delicadeza, a brutalidade e o humor. No traço deles, a vida dos gêmeos Yaqub e Omar ganha novos contornos épicos. A Manaus dos quadrinhos, feita de um jogo de luz e sombras, acolhe este drama que cruza gerações e, seja nos grandes planos ou nos mínimos detalhes, carrega o enredo original de energia e vitalidade.
Quem conhece a obra de Hatoum vai não apenas reencontrar, mas redescobrir com outros olhos personagens marcantes como Domingas, Halim, Zana e Dália. E os novos leitores terão contato com um riquíssimo universo ficcional, um drama que, ao esmiuçar a intimidade e a rivalidade de Yaqub e Halim, lança luz nas frestas das relações familiares, do amor e da história recente do Brasil.









Hoje eu vim trazer para vocês um pouco sobre a adaptação em quadrinhos da obra premiada do Milton Hatoum: Dois Irmãos. O livro do Hatoum já é considerado um clássico contemporâneo, mas se você ainda não conhecia, tenho certeza de que deve ter ouvido falar da minissérie da Globo (de mesmo nome), inspirada no livro que estreou agora em janeiro. Nem preciso dizer que o Fábio Moon e o Gabriel Bá fizeram um ótimo trabalho nesta adaptação em quadrinhos, já que eles ganharam o prêmio Eisner (principal prêmio de HQs) em 2016 pela produção.

Dois Irmãos se passa em Manaus e gira em torno de um conflito entre os dois irmãos gêmeos: Yakub e Omar, o segundo sempre tratado como Caçula. Seus pais, Halim e Zana, viviam um casamento muito feliz e Halim nunca quis ter filhos (talvez o correto fosse dizer que ele sempre quis não ter filhos). Depois da morte do pai de Zana, ela decide que quer ter três filhos e assim nascem os gêmeos, seguidos depois da irmã Rânia.


Omar nasceu alguns minutos depois de Yakub, muito fragilizado, desde então a mãe o trata com muito zelo, mimando e superprotegendo o caçula, deixando muito claro que ele é seu preferido. Por causa de uma briga feia que os dois tiveram no início da adolescência, Yakub é mandado para o Líbano para viver com os parentes de Halim, retornando anos depois. Neste tempo, Omar foi criado como se fosse o único filho.

Talvez pela criação completamente diferente que ambos tiveram, os gêmeos possuem personalidades completamente opostas. Enquanto Yakub é inteligente, dedicado e distante, Omar é presente, folgado e só quer saber de festas ou ficar deitado na rede. Assim como suas personalidades, eles seguem caminhos diferentes na vida sem nunca se reconciliarem do acontecimento que marcou suas infâncias. Existem muitos outros elementos que movem esta história, além do ódio entre os irmãos, que tornam esta obra surpreendente, e te faz desejar a todo o momento que fique tudo bem no final.



[ - Minhas Impressões - ]

A história é narrada em primeira pessoa e não segue uma ordem cronológica, é justamente como se alguém estivesse contando suas memórias em partes, sem obedecer a uma ordem certinha. Pode ser um pouco confuso no início, mas logo você se vê juntando as peças e entendendo o que acontece nessa família. Quem é o narrador eu não vou contar para vocês, faz parte de uma das principais descobertas dessa leitura.

Se tratando de uma adaptação em quadrinhos, eu não posso deixar de falar dos traços maravilhosos que compõe esta obra. A história do livro traça um período de muitas mudanças no Brasil que ocorreram no século XX, e Manaus não foi imune a elas. A construção do cenário nos desenhos é incrível; o Fábio e o Gabriel conseguiram criar uma adaptação digna da profundidade que possui o livro do Hatoum. Ah, e uma curiosidade, o Fábio e o Gabriel não só são irmãos, como também são gêmeos!



A leitura da HQ é bem tranquila, dá para ler em uma tarde, devagar e prestando atenção nos detalhes. Os personagens são super realistas e muito bem representados, te prendem mesmo quando você não gosta muito de algum deles. A história realmente te envolve; você fica ali na torcida acompanhando o desenrolar dos acontecimentos. E o que é esse final, gente?! Mexeu totalmente comigo!

As ilustrações são todas em preto e branco, com jogo de sombras. Nas fotos vocês podem conferir um pouquinho do trabalho dos irmãos, mas que não representa nem 10% da beleza do conjunto todo. Se vocês tiverem a oportunidade, não deixem de ler esta HQ e também, é claro, o livro do Hatoum na íntegra, ambos se complementam. Estou ansiosa para assistir a minissérie e ver como ficou. E vocês que já assistiram, me contem o que acharam!


31 comentários:

  1. Olá Luana
    Eu não conhecia essa HQ, mas como amo o estilo, eu fiquei bem curiosa, ainda mais depois de poder ler seus comentários a respeito. Legal sobre as ilustrações terem esses aspectos que você mencionou, e eu gostei das fotos no seu post, o trabalho deve ser maravilhoso!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luana!
    Adoro quadrinhos! Estou já bastante tempo querendo ler esse quadrinho, mas sempre deixo a oportunidade passar quando faço algum compra na Amazon.
    Não cheguei a assistir a minissérie, mas vi uma cena que me deixou ainda mais curiosa com o quadrinho.
    Pela fotos já posso perceber que as imagens contidas do Hq são incríveis.
    Espero um dia ter a oportunidade de poder ler "Dois Irmãos", tanto o livro quanto o quadrinho.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Luana!

    Adorei poder conferir suas considerações a respeito dessa obra. Eu não sabia da existência dessa adaptação. Na verdade, só fui esse título depois da adaptação televisiva da rede Globo. Não acompanhei muito episódios, mas pelos poucos que eu vi posso dizer que a atuação do Cauã Reymond está muito boa.
    Adorei essa HQ e pelas poucas fotos que você disponibilizou, deu pra perceber o zelo e o cuidado dos meninos ao fazer cada traço da ilustração. Adorei saber da existência desse material e espero poder adquiri-lo em breve.
    Parabéns pela matéria!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem ?
    Eu não assisti a série, na verdade nem sabia que era livro. Quando via as chamadas na Globo, achei que era apenas chamariz. Interessante a proposta em quadrinhos. Me parece um enredo tão intenso que a suavidade dos quadrinhos trás muita beleza.
    Adorei.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Engraçado você citar a organização não cronológica e a menção a parecer que o narrador conta memórias... Parece até que a minissérie televisiva foi mais influenciada pela HQ do que pelo livro em si. Gostei das ilustrações e acho que investiria nessa HQ se a história me envolver depois de ler o livro.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Luana, li o livro original tem um bom tempo e fiquei empolgada quando falaram da minissérie, mas não assisti. Acho que a leitura desta HQ será uma boa aventura para relembrar a trama que a partir de agora, ficará bem conhecida.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Quando eu vi a propaganda na televisão eu fiquei a me dizer que nunca tinha visto esse tal livro que seria adaptado. Mas logo após o lançamento da série vi diversas pessoas fazendo resenhas desse quadrinhos e então eu liguei os pontos kkk. Enfim, esse quadrinhos é muito lindo mas tmbm um ouço caro por isso não o levei para casa kkk. Espero que o seu preço diminua. Eu acabei não vendo os episódios da série mas sei que ficou uma baixa de uma produção e pretendo ver ela toda logo em breve. Adore a resenha e até mais ver

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?
    Bom para começar não conheço a minissérie/serie da Globo,pois faz meses que não assisto o canal aberto, mas por se tratar de uma HQ eu achei bastante interessante a proposta da obra, não sei se eu chegaria a ler o livro, ou assistir a série, mas vou atrás da HQ com certeza!
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu via com mais frequência o livro em listas de vestibular, mas nem fazia ideia sobre o que se tratava. Quando começou a passar a minissérie na TV e comecei a assistir algumas partes, acabei me interessando pela história. Achei a ideia do livro ter sido adaptado em HQ muito boa. Afinal, como se trata de um livro que, frequentemente, é solicitado em vestibulares, essa é uma boa opção para aqueles alunos que não gostam muito de ler, afinal, dessa maneira conseguem se aproximar da essência da história. Eu fiquei apaixonada pelo livro, e quero comprar o mais rápido possível!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Já li a HQ, olha que não sou muito fã desse estilo, e fiquei surpresa com a história. Como você disse, os personagens são interessantes, ainda que para o lado ruim hahaha. Os traços são realmente maravilhosos.
    Ainda não li o livro, mas pretendo. Também não vi a série, apenas algumas cenas e acho que os atores fizeram muito bem :D



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Nossa, tenho escutado muitos comentários sobre o livro "Dois Irmãos" e essa HQ. Apesar de ser um clássico, acho que a minissérie ajudou muito nessa popularidade.
    No entanto, não me interessei pelo livro e menos ainda pela minissérie. Talvez, leria a HQ por ser uma leitura mais rápida e porque, pelos seus comentários, parece que os traços dessa HQ são realmente belíssimos. Aliás, as fotos que você colocou confirmam totalmente essa impressão.
    Vou anotar a dica e, quem sabe, a leitura da HQ não me motiva a ler o livro também né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Não sou muito de ler HQ, por falta de costume mesmo, mas adorei esse, sua resenha ficou bem completa e a história juntamente com as imagens que você colocou no post me instigaram muito! Vou colocar na minha lista de futuras leituras!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  13. Um clássico que virou produção de TV. Não tem como não gostar. Acho que a HQ é a melhor versão da história e encanta pelo traçado, como você destacou.

    Bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi oi querida,
    Adoro ler as suas resenha, pois são sinceras e leves. Dá para ler sem medo de spoiler, entende?!

    Eu preferiria ler o HQ do que o livro em si. Não assisti a mini-série de TV, porque achei uma história muito violenta e cheia de maldades. Eu gostei bastante do HQ, mas preferiria que seguisse uma ordem enquanto estivesse lendo.

    P.S anoitei a dica, e assim que possível vou ler.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  15. Não sabia que tinha uma versão em HQs deste livro. Sim, ouvi falar da minissérie, mais não parei para ver. Porém o livro já estava em minha metas, e acredito que após essa sua apresentação também dessa versão, vou buscar conferir a leitura em quadrinhos. Gostei de como os personagens são realistas e que a leitura pode ser feita de forma rápida. Anotei a dica.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Nossa, não sabia que a mini série era inspirada em uma HQ! Eu adorei assistir, então acredito que essa leitura deveria ser obrigatória para mim. Acho muito interessante todo esse contexto em que a história está inserida e tudo o que vem por trás dele. Adorei essa sua dica, com certeza lerei muito em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi Luana,
    O livro Dois Irmãos não chamou minha atenção, mesmo coma série e automática hypagem que ele sofreu. E a mini-série nem me atrai.
    Mas essa adaptação em quadrinhos me agrada mais. Principalmente por ser uma leitura mais rápida. Além também de ser uma forma diferente de introduzir um clássico nacional para as pessoas que tem certa aversão em ler esse tipo de livro.
    Dica a notada.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  18. Olá ♥
    Bom eu não me senti atraída com o livro dois irmãos, não sei por que acho que a premissa não me instigou, e saber do favoritismo da mãe por um filho me deixou menos motivada ainda a fazer a leitura. Não curto muito HQ, mas tenho que confessar que a arte gráfica está maravilhosa. Talvez eu tente fazer a leitura pelo HQ para sair um pouco da minha zona de conforto. Parabéns pela resenha, gostei bastante. ♥
    Beijs

    ResponderExcluir
  19. Oi, preciso dizer que não conhecia a história, não conhecia a série... enfim realmente to por fora da história. No entanto, apesar de eu não ler HQs, essa realmente parece ter um trabalho incrível no quesito de desenho e é realmente legal ver como só a criação é capaz de mudar tanto o jeito de uma pessoa ser. Mesmo assim, e mesmo achando interessante o enredo, não é algo que me despertou desejo intenso de ler, acho que justamente por eu não ser muito fã do estilo. Outra coisa que não me chama atenção a ponto de ter vontade é a história, apesar de ser legal para mim falta algo a mais... Então não sei, ainda vou pensar se darei uma chance, e por enquanto passarei a dica. Mas foi ótimo conhecer um pouco sobre uma obra desconhecida até então para mim.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom?
    Realmente fiquei conhecendo essa série pela minisérie homônima da globo e fiquei bem curiosa para tentar entender mais a história, já que vi apenas alguns episódios. Qual a melhor maneira de fazê-lo senão pela HQ? Fiquei feliz em saber que trata-se de uma adaptação de leitura fácil, rápida e muito bem feita. Confesso que fiquei bem curiosa para saber quem é o narrador rs Quero muito conhecer a história desses dois irmãos criados de maneira tão diferente e do desdobramento dessa criação em suas vidas. Sugestão anotada!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Realmente não conhecia o livro, mas já tinha ouvido falar da mini série na globo e só agora consegue entender o contexto da história. Cada vez mais tenho apreciado obras ambientadas no Brasil, então fiquei bem curiosa para conhecer a vida desses gêmeos e todos os elementos que compõe a narrativa. Achei a HQ de muito bom gosto, pois de certa forma, torna a leitura mais acessível. Uma pena essa confusão da narrativa não seguir uma ordem cronológica, isso desaponta um pouco, mas ainda assim fiquei curiosa e vou tentar adquirir uma para mim.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  22. Olá Luana,
    Estou bem curiosa para ler essa obra, mas ainda não sei em qual formado pretendo fazer a leitura. Adorei saber que a HQ é bem tranquila e que dá para ler em uma tarde.
    A ideia da história eu já conhecia e me agrada muito.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Eu AMO essa história, mas faz bastante tempo que li. To precisando reler, e em hq seria bem melhor. Adoro os traços das ilustrações, acho tão intenso, não sei explicar, retrata bem a história mesmo. Adorei a sua resenha e eu espero MUITO adquirir essa edição. Literatura brasileira é boa demais. Hahahaha.

    beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oi, luana, que bom saber que os autores conseguiram retratar com maestria a cidade e a história desses dois irmãos, que realmente, nos últimos tempos tem ganhado uma divulgação imensa, devido a série. Eu tenho muita vontade de ler o livro e gostei de conhecer um pouco através do seu resumo sobre o que ele trata.

    ResponderExcluir
  25. Oie
    esse quadrinho está dando o que falar, quando vou em livraria eu fico namorando muito e espero super ler em breve e gostar pois adoro hq desses gênero, parabéns da resenha e que bom que gostou tanto

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oieee, eu já vi alguns blogs comentando sobre essa HQ, e achei o traço muito bonito, espero poder ter a oportunidade de ler em breve!

    Bjs

    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi, Luana

    Eu solicitei essa HQ em dezembro, mas houve algo com o envio e eu acabei não recebendo. Não sei se a editora vai me enviar novamente, mas oara falar a verdade depois de ter assistido a série eu meio que perdi o interesse, pois achei a história bem maçante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Eu não sabia que a minisérie da Globo era inspirada em um livro, que legal, amei saber disso, amei ainda mais, saber que foi adaptada para história em quadrinho (amoooo). Eu não acompanho a adaptação da Globo, mas já li um pouco a respeito e achei bem interessante. Vou anotar a dica, procurar pelo livro e pela HQ.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  29. Oiee Luana ^^
    Sabe que eu não sabia da existência de "Dois irmãos" até ver sobre a minisérie da Globo? Pois é, ~shameonme.
    Gostei bastante dessa edição em HQ, as ilustrações ficaram lindas (pelo que deu para ver nas fotos). Estou doida para ler a história e conhecer ainda mais, agora estou em dúvida se leio o livro liiivro mesmo, ou a HQ...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Gosto muito dos desenhso do Fábio Moon, o acompanho já há anos! Os quadrinhos parecem encantadores, não li o livro original mas com certeza leria esse quadrinho XD

    Os traços são muito bonitos e a história é intrigante, não sei se vou ver a minissérie, mas os quadrinhos realmente me pegaram! O lerei assim que conseguir incluí-lo em minha estante!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?
    Acredita que eu nunca ouvi falar sobre essa história e nem a minissérie. Mas de cara fiquei animada, a premissa dá hsitoria é muito interessante. Achei bem bacana abordar a diferença na personalidade de dois gêmeos por conta da criação que tiveram. Também fiquei apaixonada pelas ilustrações, estão lindas. Enfim, adorei conhecer esse livro.

    Beijos :*

    ResponderExcluir