08 fevereiro 2017

Resenha - Amor de Puta




Título: Amor de Puta
Autor: Ricardo Daumas
Editora: Sensus / Cortesia: Lilian Comunica
Páginas: 280
Skoob / Goodreads
Onde comprar: SaraivaLivraria Cultura


'Amor de Puta' é uma história de amor. É uma metáfora de nossa vida, sempre motivada por interesses, em que estamos incessantemente procurando por amor, reconhecimento, razão de viver... é a história João, executivo carioca forçado, como muitos outros, a se mudar para São Paulo. Isso o faz perceber que jamais fora senhor de suas ações e, a partir daí, começa uma catarrse pessoal tendo como elemento de provocação uma garota de programa, que põe seus valores de ponta cabeça. Apesar de toda a ousadia, é uma trama de questionamentos, com paixão e sensibilidade na busca de caminhos. João vive essa catarse, na tentativa de resgatar sua “criança interior”, há tanto oprimida pelos valores e dogmas da sociedade. Ele vive essa metáfora da maior relação de interesse da história da humanidade, onde se vende aquilo que se não deveria se entregar por negócio e que acaba se convertendo no amor mais puro, surpreendente e inesperado ao se deparar com a dedicação espontânea de alguém que lhe dá por carinho aquilo que aos outros vende...









Não escolhi o livro pela capa, pela sinopse e sim pelo título. Como é de ser esperar, aguça a curiosidade de um leitor (como eu) que tende a querer conhecer um pouco sobre tudo. Mas afinal, o que é um Amor de Puta? Antes de tudo, fui pesquisar o significado de puta, que segundo os dicionários tradicionais, significa s.f. [Pejorativo] Tabu. Mulher que faz relações sexuais por dinheiro; prostituta. Até mesmo o dicionário trata tal definição como pejorativo, e não seria para menos se chocar com tal título ou criar um certo preconceito com o título. Mas, tentei ir além e dá uma chance para a leitura.

"Não há ninguém no comando desse corpo, apenas uma memória do que fui e que me orienta resgatando as respostas num repertório que já não reconheço como legítimo, é apenas mecânico, lógico, consequente."

João é o nosso protagonista, cuja vida não vai nada bem. Desgostoso com determinados problemas, afinal ter que se mudar do Rio de Janeiro para São Paulo afetou-lhe em todos os sentidos. Para sua tristeza, a sua vida pessoal piora a cada dia. Como lidar com os problemas diários estando desmotivado para a vida?

Adentrar a fundo no enredo seria quase um crime, pois estaria dando spoiler. O fato é que aparece alguém na vida de João, e ela pode e vai mudar a sua vida. A metáfora criada pelo autor Ricardo Daumas, nos faz perceber o interesse nas relações humanas, que de fato existe há séculos! Que seria o amor entre amantes. o amor carnal, o amor eros, a lascívia existente entre homens e mulher no lado mais oculto do ser humano.

Apesar da avaliação pessoal, os diálogos entre Celeste e João tornam-se bem interessantes, e não chegam a ser exagerados ou mesmo enrolação por parte do autor. A obra em si é densa e descrita, em alguns momentos deixei a leitura de lado por falta de uma diagramação, capítulos e diálogos mais elaborados (apesar de diretos). Um dos pontos engraçados que preciso citar foi o momento em que a Celeste respondeu a pergunta do João, se, de fato, ela era uma puta. A resposta foi seca, "Sim, sou uma puta".

Amor de Puta é um livro que irá tratar de crescimento pessoal, de estar sem esperança alguma e no pior momento vê-la brotar de modo inesperado e impossível. Em síntese não foi uma obra que supriu as minhas expectativas, nem mesmo foi o final o qual esperava. Pode não ter sido uma das minhas melhores leituras, mas o fato de conhecer a obra sem qualquer preconceito me fez refletir que devemos selecionar o conteúdo que lemos, e nos perguntar sempre: Esse livro acrescentou em minha vida? De certo modo sim, pois a sinceridade entre os personagens é visível, por outro lado me provou que não importa o quanto dinheiro se tenha, todos estamos suscetíveis à solidão!

"Nada mal para quem começou a semana pensando em cortar os pulsos."

Recomendo a obra para aqueles que desejam uma leitura para quebrar tabus ou ainda conhecer de fato a história.

18 comentários:

  1. Oi, Amanda!
    Esse livro parece ter sido escrito para chocar o leitor.
    Pelo título mais parece um romance erótico, mas a sinopse desmente isso e diz que existe profundidade na história. Sua resenha confirma isso.
    Esse não parece um livro que eu leria, acho que por tratar da natureza humana tão limpa e seca, mas confesso que fiquei curiosa. Talvez um dia eu posso vir a ler.
    Obrigada pela indicação!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Assim que li o título já fiquei interessado pelo livro. Eu consegui perceber que seria uma metáfora e que quebraria tabus. Depois de ler sua resenha a minha vontade aumentou mais ainda, creio que essa obra tenha uma história bem chocante para algumas pessoas. O final não foi o qual você esperava e sua nota não foi uma das melhores, mas a minha vontade de conhecer um pouco mais sobre João não diminuiu. Muito obrigado por me apresentar o livro! ♥

    http://desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu nao conhecia esse titulo, mas preciso confessar que essa premissa não chamou a minha atenção. Achei o título be ousado e foi outro ponto que não me interessou. mas ainda assim os elementos não conseguiram me deixar curiosa. Gostei de ler suas impressões a respeito, e o que mais se destacou para mim foi o fato de haver as questões envolvendo crescimento pessoal e afins.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oie confesso já li uma resenha e estou loca para le esse livro já está na minha lista bjs ...
    http://jesscastrojc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O título chama a atenção, mas deveriam trocar a sinopse pela sua resenha! hahahaha! Apesar dele não atender suas expectativas da vontade de ler pela forma como fala das lições de vida que ele trás.
    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda!

    Tudo bem? Então, esse título é bem impactante né? Mas acho que este é mesmo o objetivo. Enfim... tenho uma impressão de conhecer esse livro, bom sobre a sua resenha: eu me interessei muito por você falar que se trata de um livro sobre crescimento pessoal. Gosto muito de livros que nos mostrem amadurecimento, acho que todo mundo passou/vai passar por uma fase da vida onde estamos desgostosos com o que estamos vivendo e um livro que nos coloque de frente para esta realidade pode dar força para quem esteja passando por isso.

    Outro ponto que me chamou atenção na sua resenha foi o seu comentário sobre os diálogos entre Celeste e João, fiquei intrigada para saber mais...

    Beijinhos
    Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Amanda, o título aguça a curiosidade sim, como negar? Mas não sei se seria um livro que me agradaria, embora você tenha pontuado que os diálogos sejam interessantes, não sei se isso sustentaria toda uma leitura.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?

    Diferente de você eu não gostei do titulo da obra, não acho que títulos assim chamem a atenção, mas sim afastem o leitor, mas cada um cada um. Mas de qualquer forma não consegui sentir vontade de realizar a leitura do livro, acredito que foi pelo titulo, pois a proposta do mesmo é bem interessante, e não nego que a capa é muito bonita!

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro e, sim, pelo titulo, vejo logo que não e de meias palavras nem de rodeios não! :) ahahah

    Que pena que não te agradou muito, eu acho que vou passar, ate porque não faz muito o meu tipo de leitura e tem uma perspetiva quase que "feia", entendes?

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Realmente o título chama a atenção de cara.
    Gostei do vermelho na capa, mas não cheguei a gostar dela.

    A história do livro parece ser muito interessante.
    Afinal de contas, vai que a Celeste faz a gente pensar também?

    Diagramação e diálogos são fatores muito broxantes para mim também, mas acho que eu iria gostar de ler esse livro, gostei muito da sinopse.

    Bjs
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  11. Oiee Amanda ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas, assim como aconteceu com você, fui fisgada pelo título. Mesmo sabendo que a obra não supriu as suas expectativas, e não foi lá a melhor leitura do ano, eu fiquei curiosa para conhecer o João e a Celeste. Espero gostar pelo menos um pouquinho...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Eu não conhecia o livro, mas realmente o nome chama bastante atenção.
    Fiquei na dúvida se é um enredo que desperta meu interesse. Mas acho que também daria uma chance...

    ResponderExcluir
  13. Olá, ainda não conhecia o livro, e gostei da forma como livro te tocou. E que apesar de não ter sido sua melhor leitura, alguma coisa veio a acrescentar. Não sei se o leria, e nem sei se seria preconceito, mas não é um gênero que em muito me atrai. Mas ver que os personagens foram sinceros durante o enredo, é um ponto forte e curioso do livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Eu já conhecia a obra, o título me chamou bastante atenção também, mas a premissa dele não foi tão atrativa assim. Fiquei curiosa a princípio, porém ao procurar um pouco mais sobre o livro, vi que o livro não faz o meu gênero :/

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. E eu que pelo titulo imaginava que seria um diário de uma puta 🙈 rsrs quebrei a cara!o livro pela tua resenha parece ser bem impactante e que deixou bem curiosa a respeito!vou colocar em minha lista de leituras futuras as vezes é bom sair da zona de conforto e aprender mais com coisas novas

    ResponderExcluir
  16. Pelo titulo eu imaginava algo bem diferente, mas concordo com vc que chama a atenção, entretanto, a trama em si não me chamou muito a atenção, e como ja quebrei a cara com livros que me atrairam só pelo titulo/capa vou deixar passar

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que o título não chamou a minha atenção, na verdade meio que me desanimou, sabe? Mas lendo sua resenha percebi que é uma obra interessante, apesar de não parecer nada extraordinária. Achei curiosa a situação e imagino que proporcione muitas reflexões para o leitor mesmo. Enfim, gostei de conhecer um pouco dessa obra e quem sabe um dia eu não leia, né?

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    De fato o título desse texto é bem chocante e nos leva a pensar, imediatamente, no sentido pejorativo da palavra "puta".
    Bem, não sei se leria esse livro por agora, creio que não. Mas gostaria de lê-lo futuramente, para explorar esse lado de quebrar tabus. Obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir