12 maio 2016

Resenha - Trama




O sonho de Nels era ser cavaleiro do reino de Avërand. Filho obediente, ajudava como podia os moradores de sua pequena e tranquila aldeia. Querido por todos e tratado como herói, acreditava que logo seria selecionado como escudeiro da cavalaria.
Mas isso foi antes de ser assassinado por uma figura misteriosa.
Nels virou um fantasma, e agora só uma pessoa consegue vê-lo: a princesa Tyra, herdeira do reino e sua única esperança de entender o motivo do crime. A princípio, a jovem mimada não dá a menor confiança para o rapaz, mas, à medida que o mistério da morte dele vai se desenrolando, os dois percebem que têm em comum um segredo e um inimigo terrível, que pode se disfarçar de qualquer pessoa.
Nels e Tyra não têm escolha. Precisam fugir do castelo, desbravar um mundo oculto repleto de magia e espectros sombrios e encontrar uma agulha, a relíquia capaz de remendar o que foi descosturado na Grande Tapeçaria. E o tempo corre contra eles, pois o fio de Nels está prestes a desaparecer para sempre.

Título: Trama
304 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Arqueiro || Onde Comprar








Nels sonha em ser um cavaleiro desde que consegue se lembrar. Aos olhos dos moradores da Vila das Pedras o jovem já é visto como tal desde que realizou vários atos heroicos entre eles. A única coisa que o impede de realizar seu sonho é sua mãe. Por alguma razão ela sente aversão a tudo que venha da realeza e afasta Nels de tudo que se relaciona a eles, incluindo ser um cavalheiro.

Todos os anos é realizado uma festa em Vila das Pedras onde o rei, a rainha e a princesa comparecem para a escolha dos novos aspirantes a cavalheiros. Nels está decidido que mesmo contra a vontade da mãe ele será escolhido, mas para isso terá que terminar todas as tarefas deixada por ela a serem realizadas na pequena fazenda enquanto se ausenta. Parecia impossível terminar a tempo mas com a ajuda de Ickabosh, um senhor amigo de sua mãe, Nels consegue chegar antes da realeza na festa.

Infelizmente no único ano que Nels consegue ir a festa nenhum jovem será selecionado á guarda e todos ficam decepcionados e tristes, porque vários jovens tentariam nesse ano. No entanto Ickabosh sugere ante a multidão, chamando a atenção do rei, para que fosse feito um duelo de modo a entreter o povo. O rei aceita e escolhe o cavaleiro favorito do reino Sir Arek e o povo á Nels com a recompensa de um beijo da princesa Tayra. Com muito esforço Nels vence Arek e na hora de receber sua recompensa se surpreende com o jeito arrogante e preconceituoso da princesa no qual se recusou a beijar um camponês. Nels volta para casa devastado e humilhado. Ao contar os acontecimentos á mãe ele se espanta em vê-la desesperada dizendo que precisariam ir embora antes que o matassem.

Não entendendo nada o jovem sai de casa encontrando uma pessoa encapuzada e também sua morte.

Tayra está apaixonada por Sir Arek e tem certeza que ele pedirá sua mão em casamento, e então, acaba que recebendo um recado de Ickabosh para encontrar o seu amado na floresta. Só que ao invés de encontrá-lo se depara com o camponês insolente que desejava seu beijo, mas só que o jovem não está mais entre os vivos e sim virou um fantasma que somente Tayra pode ver. Nels mal acredita quando a princesa o vê depois de tantos dias vagando solitário pela floresta. Ela é a única que pode ajudá-lo a seguir em frente. Tayra se recusa em ajudar, mas Nels é persistente e começa a persegui-lá e atormentá-la por onde vai.

Todos no castelo creem que a princesa ficou doida falando sozinha pelos cantos e gritando para o ar, e por isso, Tayra se vê sem saída, mas ao falar com Ickabosh descobre que Nels precisa de um objeto lendário para ser salvo e somente ela poderá ajudá-lo e por ele ser um fantasma não conseguirá o que precisa sozinho.

E conforme a busca se inicia Nels e Tayra descobrem mais sobre o passado e percebem que nem tudo é como imaginam, pois seus destinos sempre foram ligados.



[- Minhas Impressões -]

Sabe aquele livro que você pega para ler sem pretensão nenhuma e quando percebe já está tão envolvida pela estória que parar de ler é quase um sacrilégio? Então, Trama é assim. São tantas aventuras e descobertas que a cada novo acontecimento ficava mais empolga e encantada.

O livro é do gênero fantasia feudal e é narrado em terceira pessoa contando vários pontos de vistas dos personagens em locais diferentes. Não é o meu tipo favorito de narrativa mas me surpreendi bastante positivamente em ver que a leitura fluiu muito fácil e tinha momentos que até mesmo me esquecia que era em terceira pessoa com tamanha proximidade que tinha com a estória.


Nossos personagens principais são o camponês Nels e a princesa Tayra.

Nels é um jovem de 17 anos que trás consigo muita honra e senso de justiça para com as pessoas. Tudo na vida dele é um mistério, desde as coisas que a mãe esconde a cerca do pai até dos motivos da cautela excessiva. Ele me encantou de cara. Mesmo sendo um bom moço ele tem muita personalidade e em nenhum momento se sentia inferior por ser um camponês. Tanto que mostrava para princesa Tayra que títulos são somente títulos.

Quanto a personagem Tayra, é aquela personagem que você aprende a gostar depois que entende suas atitudes. A principio uma jovem mimada, preconceituosa e egoísta que só pensa em si e nas suas necessidades. Mas conhecendo ela mais a fundo vemos incertezas e medos que ela trás junto com a coroa. O crescimento da personagem é notável e quando isso acontece só torcia para que tudo desse certo. É bem legal ver o preconceito esvaindo e o egoismo se tornando preocupação pelo próximo.

Durante a busca somos apresentados a diversos personagens secundários como a Gleesel, uma "bruxa" amaldiçoada, o fantasma do rei da Mina Ocidental, Panção e até mesmo Ickabosh que foi o precursor de todas as aventuras que enfrentam.

Todos contém uma características única e muito bem construídas que trouxeram momentos esplendidos á estória. Sem contar que o vilão dessa estória pode moldar sua aparência para o qual quiser, e por isso, sempre ficava aquela dúvida se a pessoa era realmente quem dizia ser.

A mitologia da estória é sensacional e muito bem estruturada. É meio complicado explicá-la mas associo ao destino onde cada parte do mundo é ligado por linhas que vão para um plano maior. Os urdidores tecem esses destinos como se fossem tecidos e assim moldam o destino das pessoas. É bem interessante quando entendemos, mesmo parecendo complicado a primeira vista.


O romance mesmo sendo esperado pelo leitor é muito lindo de ser visto pois é sutil e desabrocha como uma flor, sem pressa e no tempo certo. Tayra e Nels se apaixonam aos poucos quando os preconceitos são colocados de lado, principalmente por parte da princesa, e quando isso ocorre ela se doa completamente para trazer vida de volta ao seu amado.


A construção do livro físico em si está maravilhosa. Temos um mapa antes da estória que mostra os caminhos por onde os protagonistas andam ambientando o leitor e a distância que percorrem. A diagramação está delicada e muito agradável de ser lido trazendo o desenho de uma agulha em cada novo capitulo.

A arte da capa também me agradou bastante e trás bastante da estória com a agulha e linha toda embolada em amarelo contrastando com o azul.

Uma coisa que gostaria de frisar também é que ele é um livro único. Estava sentindo falta de começar e terminar uma estória. É meio cansativo precisar até mesmo anos para encerrar uma série ou trilogia.

No geral Trama trás uma estória diferente e muito envolvente que ao mesmo tempo que é leve trás momentos de tensão onde torcemos pelos personagens e desejamos que tudo dê certo. Não faço a miníma ideia de como foi a parceria de escrita dos autores, pois não sabemos diferenciar quem escreveu o que, já que é constante e sem pontas soltas. Mas digo com toda certeza que é um livro maravilhoso que encantará a todos que buscam uma leitura envolvente e cheia de intrigas.

14 comentários:

  1. Oi Stefani, preciso confessar que, em primeiro momento a obra nem chamou a minha atenção e por isso não quis ler nada a respeito sobre ela. Sua resenha é a primeira que leio sobre o enredo, e preciso admitir que fiquei bem empolgada, ainda mais depois de perceber também a sua própria empolgação na resenha. Fiquei bem curiosa sobre a mitologia envolvida e especialmente sobre os personagens. Já anotei a dica aqui, obrigada!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Stefani,

    Realmente esse livro é uma trama. Acho que foi até por isso que a narrativa dele é em terceira pessoa, para criar de alguma forma várias estórias que irão se encontrar. O livro não tinha me chamado tanta a atenção, mas agora fiquei curiosa e quando você falou do jeito da princesa já achei que tinha encontrado um personagem para odiar, mas pelo visto ela amadurece ao longo do enredo. Mas quem será que matou o Nels, que dó do moço.
    Esse livro me enganou. Apesar da capa bonita não tinha chamado minha atenção, mas agora estou inclinada a dar uma chance e ver como os autoras trabalharam essa mitologia.


    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Não sabia que era livro único, também gostei da notícia! Comecei a ler sua resenha pensando em um romance distopico e então me deparo com um garoto fantasma! Já fiquei maluca de vontade de ler! Espero gostar também.
    Beijo, Mari

    ResponderExcluir
  4. :D Eu também dei 5 estrelas e favoritei... É demais esse livro.
    Achei que ele ultrapassou o tio Rick! Mais um autor que virou meu ídolo.

    Ps: Estou sorteando esse LIVRO lá no blog.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros

    ResponderExcluir
  5. Nossa!!! Quando vi esse livro nos lançamentos da editora eu até me interessei por ele mas nem tanto. Acho que faira como você, começaria a ler sem expectativas e com certeza eu me surpreenderia. Ainda bem que vi a tua resenha, agora estou super curiosa para realizar essa leitura e espero que eu goste tanto assim.

    ResponderExcluir
  6. Oi Stefani, tudo bem?
    Confesso que até ler sua resenha esse livro não me interessava, mas agora que conheci melhor essa história, preciso lê-la!
    Achei a premissa muito interessante e parece ser uma ótima fantasia.
    Fiquei feliz em saber que a trama da história é envolvente e prende o leitor.
    Fiquei muito empolgada com sua resenha e espero realizar essa leitura em breve.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiee Stefani ^^
    Eu adoro livros com mapas, mas não sou fã de fantasia (o gênero cujos livros quase sempre têm mapas... Vai saber *~*), então esse livro não tinha me chamado a atenção antes. Achei a história interessante agora, entendendo-a um pouco melhor, e fico feliz que o livro tenha te encantado tanto. Saber que a história é diferente me animou ainda mais, pois estava mesmo querendo algo original. Gostei :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Uma coisa que gostei de saber é que o romance foi acontecendo aos poucos, no momento certo. Acho isso ideal, ainda mais em livros desse gênero. Aliás, pelo que pude perceber, não só o romance mais a história como um todo, aconteceu na hora certa. Isso é algo bem positivo. Sem falar que por ele ser um livro único também ajuda né? (já não aguento mais livros com continuações e tal, se for uma distopia então...aff). Enfim, não sei se um dia vou arriscar na leitura, mesmo assim, torço para que os admiradores gostem, afinal, a história me parece ser diferente e bem escrita.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  9. Oie Stefani!
    É realmente maravilhoso quando sem termos nenhuma expectativa o livro se mostra uma leitura maravilhosa! Amo muito quando isso acontece!
    Você conseguiu na sua resenha nos apresentar a história e contar suas impressões de forma muito clara!
    Sobre o livro amei a capa e o fato de dar um mapa com o qual o leitor pode se achar na história!
    Mas o que mais amei foi o fato de ser um livro único! Ultimamente só tenho lido livros em série, e não é que não goste, mas é ótimo ler uma história bem contata com início, meio e principalmente um fim!

    Bjinhos ;)

    Elaine M. Escovedo

    http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie, stefani, gostei da história e acho que leria. Adorei isso de Nels virar um fantasma e a princesa vê-lo, fiquei curiosa para saber se ele volta a vida. Eu nunca li uma mitologia feldal mas parece ser algo bem bacana. Senti falta na resenha de quots. E gostei disso de colocarem um mapa antes da história indicando os lugares por onde eles passaram. Ah, e concordo com você que é ótimo ter um livro único já que o pessoal só quer lançar séries ultimamente.

    ResponderExcluir
  11. AI, MEU CORAÇÃO! Estava esperando por essa resenha! Hahaha. Menina, amei, amei. Desde que li a sinopse de TRAMA, desejei ler a obra. Eu adoro romances sobrenaturais, e nunca li nenhum ambientado nessa época. UAU. UAUUUUUU. Amei sua resenha, super-completa. É um deleite aos olhos para saber exatamente o que esperar do enredo. Quero muito ler a obra! Com certeza está entre minhas prioridades. <3 Parabéns pela bela resenha.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Nunca li nada que englobasse o gênero fantasia feudal e pelo desenvolvimento narrado por você, fiquei muito curiosa. Gostei do desenvolvimento e de saber que a antipatia a primeira vista a Tayra passam quando a conhecemos melhor (adoro isso em livros)!! Gostei muito de se tratar de um livro único, já que ultimamente praticamente todos os lançamentos são séries, duologias, etc. Parabéns pela resenha ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  13. Olha, eu amei esse livro por dois motivos : A história da festa, ce o rapaz não poder ir por causa dos afazeres e o fato dele receber ajudar do me lembrou muito a Cinderela gente, o gato borralheiro hahahe. E o segundo motivo, ser um livro único. Não aguento mais tantos livros que são mais de um, sério. E bem, sobre a história. Achei muito interessante, gosto quando um personagem entra na vida do outro e muda toda a estrutura, como o Nels fez com a Tayra. E depois a saga dos dois pra poderem ficar juntos... ♥ gostei mesmo. Vou colocar como quero ler no skoob. Tayletitshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Primeira resenha que leio desse livro, a principio quando vi esse livro nos próximos lançamentos eu não dei muita ideia, mas lendo a sua resenha bateu aquela curiosidade rs' É raro eu ler livros medievais e são séries bem grandinhas e o fato dele ser único é maravilhoso. Quero saber mais detalhes dessa Trama, e a premissa é interessante e curioso. Odeio essas personagens mimadas, mas é bom saber que a mesma cresce e melhora no decorrer da história. espero ler em breve e essa capa é linda mesmo.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir